Psicologia clínica

Ansiedade todos os dias: por que e o que posso fazer?

 
Alejandro Garcia Mingrone
Por Alejandro Garcia Mingrone. 7 janeiro 2022
Ansiedade todos os dias: por que e o que posso fazer?

A vida é cheia de momentos que podem gerar preocupação e estresse. Enfrentamos diariamente situações que nos despertam sentimentos que impedem que transitemos nossas atividades cotidianas com tranquilidade. Viver com ansiedade pode gerar como resultado uma série de pensamentos e reações em nível corporal que são capazes de causar complicações que alteram nossa forma de vida.

Mas, o que está acontecendo se você tem ansiedade todos os dias? Quando o estresse aparece diariamente e não contamos com ferramentas para solucioná-la, existem consequências que é preferível evitar. Ter dados relevantes a respeito desta temática pode nos fornecer alternativas para abordá-la de um modo efetivo. Você se interessa em saber mais sobre isto? Neste artigo de Psicologia-Online, te daremos informações sobre ansiedade todos os dias: por que e o que posso fazer?

Índice

  1. É normal ter crise de ansiedade todos os dias?
  2. O que acontece se tenho ansiedade todos os dias?
  3. Sintomas da ansiedade generalizada
  4. Quanto tempo pode durar a ansiedade em uma pessoa
  5. O que posso fazer se tenho ansiedade todos os dias

É normal ter crise de ansiedade todos os dias?

A primeira coisa que devemos levar em consideração é o fato de que a ansiedade é uma resposta involuntária que o ser humano produz diante de situações que representam um perigo ou uma ameaça. Se você sofre crises de ansiedade todos os dias, provavelmente você tem um transtorno de ansiedade generalizado.

No entanto, ao falar sobre a ansiedade que se apresenta a nós todos os dias, devemos levar em conta certos aspectos que podem agir como desencadeadores deste tipo de problemas. Na raiz destas circunstâncias, existem alguns fatores que podem incidir no surgimento da ansiedade todos os dias:

  • Estilo de vida: o estresse que situações de pressão representam pode derivar em ansiedade generalizada.
  • Fatores genéticos: a herança familiar relacionada com as conexões neuronais também desempenha um papel importante no desenvolvimento da ansiedade, já que há determinadas zonas do cérebro que regulam emoções nas pessoas.
  • Fatores ambientais: ao longo da vida, vamos vivendo situações que acabam guardadas em nossas memórias. É possível que haja pessoas dentro de nosso entorno próximo que tenham sofrido ou sofram de ansiedade todos os dias. Desta maneira, traços de comportamentos podem ser imitados e adotados como padrões de comportamento na vida.

Se você quer resolver de forma mais detalhada a questão de por que tenho ansiedade todos os dias, neste artigo você encontrará os tipos de transtornos de ansiedade, suas causas e tratamento.

Ansiedade todos os dias: por que e o que posso fazer? - É normal ter crise de ansiedade todos os dias?

O que acontece se tenho ansiedade todos os dias?

A ansiedade generalizada não apenas está vinculada com ideias ou pensamentos, mas também com reações corporais produzidas devido a situações estressantes. É importante que possamos detectar se os sintomas da ansiedade se desenvolvam todos os dias para agir de um modo eficaz diante destas dificuldades.

Por estes motivos, este quadro clínico repercute negativamente no controle de nossas relações sociais, em nossos hábitos de vida e no desempenho tanto escolar como profissional. Se em seu caso você tem crises de ansiedade todos os dias e quer aprender a geri-las, te recomendamos este artigo com Técnicas de relaxamento mental.

Sintomas da ansiedade generalizada

Sofrer diariamente com a ansiedade faz parte do transtorno de ansiedade generalizada. Segundo o DSM-V[1], esta doença apresenta uma série de características que devem estar presentes para que possa ser feito este diagnóstico.

Talvez você conheça alguém que sofra de ansiedade em seu entorno próximo e se pergunte como uma pessoa com transtorno de ansiedade vive ou como a ansiedade é sentida no corpo. A seguir, descreveremos os sintomas da ansiedade generalizada:

  • Preocupação excessiva em relação a atividades sociais e/ou profissionais.
  • Dificuldade no controle das preocupações.
  • Irritabilidade.
  • Tensão muscular.
  • Problemas de sono. Se este é seu caso, neste artigo te contamos as causas da ansiedade noturna.
  • Dificuldades na concentração e a atenção.
  • Deterioramento das relações sociais e profissionais.
  • A duração destas manifestações é de seis meses ou mais.

Embora estas características façam parte do transtorno de ansiedade generalizada, é importante compreender que a presença de algum destes sintomas não implica em estar com este tipo de doença. O diagnóstico sempre deve ser feito por um profissional da saúde, já que este se encarregará de avaliar a evolução clínica do paciente.

Ansiedade todos os dias: por que e o que posso fazer? - Sintomas da ansiedade generalizada

Quanto tempo pode durar a ansiedade em uma pessoa

Algumas pessoas afirmam ter ansiedade todos os dias no mesmo horário. É possível, mas a causa pode estar vinculada à tarefa que se desenvolve neste momento. Se você está se perguntando quanto tempo dura a ansiedade no corpo, a duração pode variar segundo a pessoa e suas características.

Por isso, o tempo de duração em uma pessoa que apresente um transtorno de ansiedade generalizada poderia ser maior que o de outra pessoa que sofra de ansiedade por um fato isolado. No entanto, é possível diminuir a duração com terapia através da realização de tratamentos psicológicos.

O que posso fazer se tenho ansiedade todos os dias

É importante entender que não é normal ter ansiedade todos os dias e que a ansiedade pode ser tratada. Como foi mencionado recentemente, diante da aparição de sintomas de ansiedade, é possível recorrer a alguns tratamentos que apresentam uma boa eficácia na abordagem deste transtorno. Aqui descreveremos os principais.

Terapia psicológica

As sessões de psicoterapia podem ajudar a enfrentar situações que despertam ansiedade de outro modo. As terapias de curta duração dão a possibilidade de ter maiores ferramentas para tolerar a ansiedade todos os dias. Como exemplo, mencionaremos a terapia cognitivo-comportamental. Objetivamente, neste artigo te daremos informações sobre quais são as Técnicas de terapia cognitivo-comportamental para a ansiedade.

Por outro lado, estão as terapias de longa duração que tentam localizar a origem dos conflitos da pessoa, o que permite enfrentar situações estressantes de forma mais favorável. A terapia de psicanálise é a mais conhecida dentro das terapias longas para o tratamento da ansiedade generalizada.

Medicação psiquiátrica

Quando os quadros de ansiedade revestem uma gravidade considerável para a vida da pessoa, uma das alternativas consiste na administração de medicamentos que agem sobre a química do cérebro e produzem modificações que beneficiam o paciente. No entanto, a medicação deve ser receitada sob prescrição de um profissional de saúde em conjunto com tratamento psicológico.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Ansiedade todos os dias: por que e o que posso fazer?, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Referências
  1. Asociación Estadounidense de Psiquiatría. (2013). Manual diagnóstico y estadístico de los trastornos mentales (DSM-V). Arlington: Editorial Médica Panamericana
Bibliografia
  • Navas Orozco, W., Vargas Baldares, M.J. (2012). Trastornos de ansiedad: revisión dirigida para atención primaria. Revista Médica de Costa Rica y Centroamérica LXIX, (604), 497-507.
  • Reyes-Ticas, A. (2005). Trastornos de ansiedad guía práctica para diagnóstico y tratamiento. Honduras: Editorial Médica Panamericana.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 3
Ansiedade todos os dias: por que e o que posso fazer?