Partilhar

Causas da ansiedade noturna

 
Por Equipe editorial. 30 abril 2020
Causas da ansiedade noturna

Você tem sintomas de ansiedade à noite ou ao dormir? A ansiedade é uma condição que pode aparecer a qualquer momento, mesmo quando estamos preparados para relaxar na cama e dormir. Normalmente, os episódios de ansiedade noturna geralmente estão relacionados com os elevados níveis de estresse que temos durante o dia e as preocupações ou tensões que acumulamos, que geram nervosismo na hora de dormir. No entanto, essa ansiedade também pode aparecer por outros motivos, como alguns transtornos ou condições que requerem atenção médica, por isso é importante ficar atento aos sintomas que aparecem, bem como a duração dos mesmos. Para que você possa tirar dúvidas e encontrar as respostas que procura, neste artigo de Psicologia-Online, identificamos as causas da ansiedade noturna e explicamos como tratá-la.

Ansiedade noturna: sintomas

Uma pessoa que sofre de ansiedade antes de dormir pode apresentar um ou mais dos seguintes sintomas:

  • Ritmo cardíaco acelerado.
  • Palpitações.
  • Tremores ou estremecimento.
  • Transpiração.
  • Dores, pressão ou desconforto no peito.
  • Dormência.
  • Tonturas ou vertigens.
  • Náuseas.
  • Sentir muito calor ou frio.
  • Dores musculares.
  • Fadiga.

Vejamos nas seções seguintes quais podem ser as possíveis causas daansiedade noturna.

Causas da ansiedade noturna - Ansiedade noturna: sintomas

Estresse e preocupações em excesso

Sem dúvida, uma das causas da ansiedade para dormir mais comuns é o estresse excessivo e o fardo das preocupações. Todas as preocupações que estão se acumulando no dia a dia podem ser as principais responsáveis por nossa mente não conseguir se desconectar na hora de dormir e, portanto, nos custa muitíssimo conciliar o sono e descansar bem. Os problemas de trabalho, pessoais, familiares, etc., podem estar por trás desses episódios de estresse e ansiedade noturna.

Em muitos casos, as preocupações do futuro também são culpadas de ter ansiedade à noite e de não poder dormir bem. E é que ficar diante dos acontecimentos que estão para acontecer conosco pode ser um sinal claro de estresse que temos e nos tornar muito mais vulneráveis aos problemas para dormir. O fato de não poder desconectar a mente para dormir também pode ser consequência da realização de exercício físico antes de se deitar, causando a ativação do sistema nervoso.

Ataques de pânico noturnos

Os ataques de pânico noturnos podem ser definidos como breves episódios de ansiedade intensa que ocorrem quando o corpo está em estado de repouso. Os sintomas desses ataques variam de uma pessoa para a outra, mas, em geral, a pessoa afetada pode manifestar o seguinte:

  • Acordar com um sobressalto e de repente no meio do sono, aterrorizado e com sintomas de ansiedade.
  • Batimentos cardíacos rápidos e irregulares.
  • Náuseas.
  • Transpiração.
  • Dificuldade para respirar normalmente.
  • Ondas de calor ou calafrios.
  • Sensação de que algo ruim vai acontecer.

Esses ataques de pânico noturnos podem ser complicados de controlar e aliviar e, embora geralmente durem apenas alguns minutos, consequentemente a pessoa afetada não consegue conciliar o sono novamente e sente medo de que um ataque deste tipo se repita enquanto dorme. Embora as causas exatas sejam desconhecidas, foi apontado que sua condição poderia estar relacionada com o estresse extremo, a genética e mudanças no funcionamento de algumas partes do cérebro. Para seu tratamento, recomenda-se procurar um especialista e iniciar uma psicoterapia que geralmente é combinada, em muitos casos, com o uso de certos medicamentos.

Causas da ansiedade noturna - Ataques de pânico noturnos

Transtornos do sono

Outra das causas que pode responder à pergunta de por que me dá ansiedade enquanto durmo pode ser o sofrimento de algum tipo de transtorno do sono. Nestes casos, o mais comum é que a pessoa sinta um medo que se apodera dela e que a impede de conciliar o sono, assim como alcançar as fases profundas do mesmo.

Entre os principais transtornos do sono que podem levar ao sofrimento de ansiedade ao dormir, estão:

  • Insônia.
  • Apneia do sono.
  • Terrores noturnos.
  • Paralisia do sono.

Síndrome das pernas inquietas (SPI)

Entre os transtornos que podem causar o sofrimento de ansiedade à noite na hora de dormir, está a chamada síndrome de pernas inquietas (SPI). Trata-se de um transtorno neurológico em que a pessoa afetada tem a necessidade incontrolável e urgente de mover suas pernas quando está em repouso. Além disso, aqueles que sofrem alegam sentir espasmos, formigamento, picadas, ardor e dor nas pernas.

Apesar das causas desse transtorno não serem totalmente claras, os especialistas apontam como possíveis desencadeantes os fatores genéticos, a anemia, a gravidez em estágio final, o sofrimento de diabetes, Parkinson, insuficiência renal ou neuropatia periféricas e o uso de alguns medicamentos. Para seu tratamento, os medicamentos indicados pelo médico deverão ser consumidos, além de realizar algumas mudanças importantes nos hábitos de vida para reduzir os sintomas.

Causas da ansiedade noturna - Síndrome das pernas inquietas (SPI)

Como tratar a ansiedade noturna

"Não consigo dormir com ansiedade" - Esse é um problema mais comum do que você pensa. Agora que você já descobriu quais são as possíveis causas da ansiedade noturna, mostraremos uma série de medidas e recomendações que podem te ajudar a controlá-la e melhorar a qualidade do seu sono e descanso:

  • Procure ajuda profissional: é essencial que, se você suspeita que a ansiedade noturna pode ser consequência de algum problema de saúde física, procure imediatamente o seu médico para que ele o examine e receite o tratamento adequado. Da mesma forma, se você não está consciente do problema ou se quando tenta resolvê-lo, você percebe que os sintomas de ansiedade não melhoram, é melhor fazer terapia psicológica.
  • Realize exercícios físicos diário: manter-se ativo e fazer atividade física é muito benéfico para sua saúde física, mas também mental. Foi demonstrado que, quando nos exercitamos, liberamos serotonina ou endorfinas, que nos ajudam a nos sentir melhor e a reduzir tanto o estresse como a ansiedade ao promover a diminuição de cortisol no organismo.
  • Não treine nas últimas horas do dia: embora o exercício possa ajudá-lo a controlar a ansiedade à noite, é importante que você não o pratique nas últimas horas do dia, pois você fará com que seu sistema nervoso esteja muito ativo à noite e, consequentemente, não conseguirá conciliar o sono com facilidade.
  • Cuide da sua alimentação: procure fazer jantares leves e evitar as refeições fartas ou muito abundantes durante a noite. Isso irá ajudá-lo a conciliar o sono e a evitar a ansiedade antes de dormir.
  • Evite tomar bebidas com cafeína ou taurina em excesso ou após o meio da tarde, pois esses estimulantes podem afetar o seu sistema nervoso e o seu descanso noturno.
  • Mantenha um horário fixo para dormir: vá para a cama todos os dias no mesmo horário para não alterar o ritmo circadiano e desfrutar de um sono reparador e de qualidade.
  • Pratique técnicas de relaxamento ou mindfulness: são excelentes para combater a insônia, desconectar a mente e superar a ansiedade e o estresse excessivo. No seguinte artigo de Psicologia-Online, mostramos algumas boas técnicas de relaxamento mental.
  • Evite usar dispositivos eletrônicos 30 minutos antes de dormir, pois eles estimulam a mente e dificultam o sono, aumentando a probabilidade de sofrer de ansiedade noturna.
Causas da ansiedade noturna - Como tratar a ansiedade noturna

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Causas da ansiedade noturna, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Escrever comentário sobre Causas da ansiedade noturna

O que lhe pareceu o artigo?

Causas da ansiedade noturna
1 de 5
Causas da ansiedade noturna

Voltar ao topo da página