menu
Partilhar

Como superar o medo da solidão

 
Por Marissa Glover, Psicóloga. 4 fevereiro 2021
Como superar o medo da solidão

Todas as pessoas já experimentaram ou experimentarão em alguma etapa da vida o medo da solidão. Este sentimento é um dos mais difíceis que podemos experimentar, pois o medo central está baseado na sensação de abandono e os seres humanos são sociais por natureza, necessitamos estar em contato com os outros. A verdade é que as pessoas nascem sozinhas e morrem sozinhas, apesar de criarmos laços afetivos ao longo da nossa vida, o que é normal e necessário para nosso bem-estar e desenvolvimento, devemos também cuidar de nós mesmos e nos encontrar tranquilo e em paz, até nos períodos de solidão.

Como podemos ver, é muito comum experimentarmos em alguma etapa de nossas vidas o medo de ficar sozinha/o, mas de onde vem esse medo da solidão? E, acima de tudo, como podemos superá-lo? Neste artigo de Psicologia-Online, analisaremos de onde vem e mostraremos algumas chaves para aprender como superar o medo da solidão.

Também lhe pode interessar: Como superar o medo da rejeição

Causas do medo da solidão

Para poder aprender como superar o medo de ficar sozinho/a é importante que saibamos detectar quais são as causas. Uma das perguntas-chaves sobre este assunto seria: por que algumas pessoas têm tanto medo da solidão?

De acordo com os pesquisadores e especialistas no assunto, o sentimento de solidão vem desde a primeira infância e está relacionado principalmente com nosso desenvolvimento emocional. Por exemplo, quando bebês ou crianças temos alguma necessidade e ela não é bem atendida ou satisfeita pelos pais, bem como quando crianças ouvimos constantemente ameaças dos adultos de que seremos deixados sozinhos se nos comportarmos mal, entre outras coisas. Esse tipo de situações provoca na pessoa um sentimento de abandono, reforça o medo da solidão e com o passar dos anos nos faz sentir despreparados para experimentá-la.

Outro aspecto importante a levar em consideração que combinado com nosso desenvolvimento emocional pode propiciar esse sentimento de medo da solidão, é que geralmente em nossa cultura a solidão é percebida como algo puramente negativo. Por exemplo, uma pessoa que tem poucas amizades, não é considerada da mesma forma que outra mais sociável, que geralmente é valorizado de forma mais positiva.

Às vezes, o fato de não ter um cônjuge também é valorizado de maneira negativa, entre outro tipo de situações que fazem com que as pessoas inconscientemente gerem certo medo da solidão. Por outro lado, o nível de autoconfiança é um fator determinante na hora de superar o sentimento de solidão. Uma pessoa com baixa autoestima tende a experimentar mais medo da solidão do que outra pessoa que tem autoconfiança suficiente.

5 chaves para superar o medo de ficar sozinha ou sozinho

Todas as pessoas têm a capacidade para superar o medo da solidão e alcançar a sensação de tranquilidade e paz diante desses momentos na vida em que nos encontramos sós. A seguir, apresentamos detalhadamente as 5 chaves que podem ajudá-lo a superar o medo da solidão.

1. Aprenda a distinguir seu estado emocional

Não é a mesma coisa estar sozinho/a e se sentir sozinho/a. Um aspecto fundamental que é necessário levar em consideração quando se deseja superar o medo da solidão, é aprender a identificar se esse sentimento provém mais de uma solidão física ou de um estado mental. Por exemplo, em muitas ocasiões você pode estar cercado de pessoas e se sentir sozinho apesar disso e, pelo contrário, estar sozinho fisicamente e se sentir em paz consigo mesmo.

Estar sozinho fisicamente costuma ser uma situação temporária da qual pode derivar um sentimento de solidão, no entanto, a solidão que provém de um estado mental costuma ser mais profundo, é uma sensação de vazio, de não ter nada, de frustração constante, a pessoa que a experimenta não confia em suas capacidades pessoais, emocionais e afetivas para seguir em frente.

2. Aprenda a disfrutar da solidão

A solidão não é totalmente negativa, também tem seu lado positivo e é preciso saber aproveitá-lo. Uma forma de aproveitar esses momentos livres em que você está sozinho, é trabalhar na introspecção para se conhecer melhor, se redescobrir, inovar, desenvolver a criatividade e aumentar o próprio potencial.

Praticar a introspecção e desfrutar desses momentos de solidão e silêncio é um ato fundamental para o amadurecimento, pois permite ser mais consciente do que acontece consigo mesmo e o torna uma pessoa mais independente emocionalmente e com maior autoestima. O importante acima de tudo, é saber alternar entre estar sozinho e acompanhado e se sentir tranquilo em ambas as circunstâncias para alcançar um equilíbrio saudável.

3. Mantenha contato com outras pessoas

Em algumas ocasiões, pode ser que o próprio medo da solidão faça com que nos afastemos cada vez mais dos outros devido a sensação de falta de controle emocional que é experimentada e tudo o que isso acarreta, como pensamentos e emoções que geram desconforto e terminam em isolamento. Por exemplo, uma pessoa que tem medo da solidão, poderia ter pensamento como: “não quero começar um relacionamento porque com certeza depois de um tempo vão me abandonar e me sentirei pior”, “não vou chamar meus amigos porque vão dizer que dependo sempre deles”, e assim por diante.

Isto varia dependendo da pessoa e da situação individual, porém é importante, principalmente quando se tem os sentimentos à flor da pele, evitar se isolar e manter o contato com as pessoas próximas, como família, amigos, cônjuge, etc. bem como sair de casa e se distrair para ajudar a aliviar o desconforto emocional.

4. Pratique meditação

A prática da meditação ajuda a regular pensamentos e emoções. É uma grande aliada para manter esse equilíbrio interior que lhe permite avançar, vivendo momento a momento com intensidade e com consciência, focando no aqui e agora, deixando de lado os pensamentos perturbadores sobre o que aconteceu no passado e da incerteza sobre o que vai acontecer no futuro.

Aumenta a capacidade das pessoas de lidar com as situações adversas e de se adaptar até a mudanças traumáticas. Cabe mencionar que atualmente existem pesquisas que tem demonstrado como a meditação alivia os sentimentos de solidão. E está comprovado cientificamente que não só traz benefícios a nível psicológico, mas também físico, o que favorece para manter o equilíbrio entre corpo, mente e espírito.

5. Procure acompanhamento profissional

Quando o sentimento de solidão é muito intenso, constante e parece que pode mais que que você mesmo, pode ter efeitos negativos na saúde, pois podem surgir sintomas de depressão e uma diminuição importante na qualidade de vida. Nestes casos é necessário procurar um/a profissional, o qual se encarregará de te apoiar e dar-lhes as ferramentas para poder superar esse medo da solidão que o está bloqueando e impedindo de viver de forma plena e satisfatória.

Conclusão

Concluindo, podemos ressaltar que todas as pessoas têm a capacidade para superar o medo da solidão, para isso é necessário aprender a estar sozinho e desfrutar dela. Embora a princípio possa doer e parecer difícil, quanto menos o evitarmos, mais fácil será de aprender a conviver de maneira saudável com ela.

A sociedade é necessária para incrementar o bem estar e a independência emocional, pois favorece a introspecção. Isso nos permite entrar em contato com nosso eu interior e nos ajuda a melhorar a autoestima. É necessário também manter um equilíbrio saudável entre estar sozinho e acompanhado.

Por fim, deve-se levar em consideração que quando o sentimento de solidão é tão intenso que se torna depressão, é muito importante procurar um profissional e começar um tratamento.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como superar o medo da solidão, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como superar o medo da solidão
Como superar o medo da solidão

Voltar ao topo da página