Partilhar

Como superar uma traição no casamento

Por Marissa Glover, Psicóloga. 25 novembro 2019
Como superar uma traição no casamento

A infidelidade é uma situação muito difícil de superar no casal e, portanto, também de perdoar. É um ato muito sério, pois a pessoa que foi infiel violou o pacto que haviam estabelecido, provavelmente, desde o início da relação. Trata-se também da perda de confiança em relação à pessoa e uma falta de respeito enorme.

Portanto, se você está atravessando uma situação na qual você foi traída(o), é normal que se sinta frustrada(o) e que esteja custando muito seguir em frente. Nesse artigo de Psicologia-Online: como superar uma traição no casamento, daremos uma série de conselhos que serão de grande utilidade para alcançá-lo.

Quanto tempo demora para superar uma traição

Algo que é importante mencionar, embora dependa da situação individual e da perspectiva de cada um, é que você deve levar em consideração o tempo em que ele(a) foi infiel e o tipo de relacionamento que seu parceiro partilhou com a outra pessoa. Embora também seja grave, uma traição de uma noite não é o mesmo que uma na qual seu parceiro teve uma relação com outra pessoa durante 1 ano ou mais, por exemplo.

Certamente, em uma traição de muito tempo, seu parceiro(a) sentirá algo mais profundo pela outra pessoa, o que não acontece com uma infidelidade de curta duração, e você é um pouco menos afetado e, portanto, levará menos tempo para superá-la. No entanto, qualquer que seja a sua situação, é uma questão delicada.

Causas de traição no casamento

Antes de seguir para os conselhos para poder superar uma traição, vamos analisar quais são as causas mais comuns que geralmente levam uma pessoa a ser infiel.

  • Problemas de relacionamento. Ter problemas de relacionamento de maneira constante e cada vez mais intenso. Isso ocorre porque desde o início o casal não aprendeu a resolver seus problemas e os deixava passar até que se tornaram cada vez maiores. Finalmente, os membros do casal se sentem “sem saída” e um ou ambos optam por cometer uma infidelidade, inclusive como uma maneira de lidar com a situação.
  • Monotonia na relação. Em muitas ocasiões, os casais chegam a um ponto no qual a relação se torna muito monótona e até chata. Sempre realizam as mesmas atividades, nunca tentam algo novo, deixam de surpreender um ao outro, etc. Por isso, podem optar por buscar novidades com outras pessoas.
  • Apaixonar-se. Como sabemos, apaixonar-se, ao contrário do amor, é um sentimento extremamente intenso, mas passageiro. Muitas pessoas geralmente confundem apaixonar-se com amor e pensam que estar apaixonado é a maneira mais profunda de amar alguém, quando realmente não é assim. Desta forma, pode acontecer que um dos membros do casal se apaixone por outra pessoa e pense que com o parceiro atual o amor acabou.
  • Ato de vingança. Às vezes, uma pessoa pode decidir trair para se vingar de algo que o seu parceiro(a) fez, como por exemplo, também ter sido infiel, ter mentido, etc., por alguma situação que a pessoa considere grave o suficiente para trair.
  • Insatisfação sexual. É possível que um dos membros da relação se sinta insatisfeito sexualmente, seja porque seu parceiro(a) evita ter relações com ele(a), porque não se entende nesse sentido com seu parceiro(a) ou simplesmente porque gosta também de experimentar com outras pessoas.
  • Insegurança. Outra das razões é que geralmente um dos membros do casal tenha uma baixa autoestima, embora às vezes não seja tão evidente e saber que pode chamar a atenção e estar com outras pessoas faça com que se sinta mais seguro e desejado.
  • Imaturidade emocional. As pessoas emocionalmente imaturas que se comprometem com outra pessoa quando realmente não são capazes de fazê-lo. Cometem infidelidade sem estar consciente das consequências que isso pode trazer para a outra pessoa e para elas mesmas.

Como superar uma traição: 5 passos e conselhos

1. Aceite o que aconteceu

A pior coisa que pode ser feita quando uma pessoa te trai é tentar evitar a situação, recusar a dor e fazer como se nada tivesse acontecido. É normal que sentamos dor, que a experimentamos e soframos, já que a pessoa que acreditávamos que jamais nos trairia, nos traiu. Para isso, é importante aceitar que o que aconteceu, embora às vezes nos custe, e aceitar também todas as emoções, embora dolorosas, que isso possa ter nos trazido.

2. Expresse suas emoções

É necessário desabafar completamente e não ficar guardando nada para si mesmo(a). Fale sobre o que sente, chore, grite, escreva o que sente, não importa a maneira como faça, o importante é externalizar suas emoções.

3. Tire seu tempo

A melhor coisa que você deve fazer antes de tomar qualquer decisão, seja continuar com a relação ou deixá-la, é tirar seu tempo. Qual é a utilidade de tirar o seu tempo? Serve mais do que tudo para impedi-lo de refletir sobre o que aconteceu, para desabafar, para viver seu próprio processo de aceitação e, finalmente, poder tomar com mais clareza a decisão que acredita ser melhor para você.

4. Tome uma decisão

Depois de tirar seu tempo, certamente a perspectiva que você tinha sobre a infidelidade mudou. Então, agora você tem que enfrentar essa situação e não a evitar. Qualquer que seja a decisão que você tomou, comunique-a ao seu parceiro, explique os motivos que você tem para tomar a decisão e cheguem a um acordo da melhor maneira possível.

5. Aprenda a perdoar

Finalmente, seja você decidiu ou não continuar com a relação, é importante que você aprenda a perdoar a pessoa, porque esse perdão irá aliviar a você mesmo(a). Está claro que não é algo que você possa fazer facilmente de um dia para outro, mas quando você pretende fazê-lo, as coisas ficarão mais fáceis.

Como superar uma traição no casamento - Como superar uma traição: 5 passos e conselhos

Terapia de casal para superar uma traição

Caso você tenha decidido perdoar e continuar com seu casamento, mas sente que não pode lidar com a situação sozinho(a), é altamente recomendável que ambos busquem a terapia de casal com um profissional. A terapia é realizada alternando sessões de maneira individual e em casal. O objetivo dessa terapia é aprender a gerenciar as emoções provocadas pela infidelidade, descobrir os problemas que provavelmente já existiam na raiz e ir gradualmente solucionando-os.

Ela também se concentra em melhorar a comunicação no casal, pois isso os ajudará a se entender melhor e a solucionar os futuros conflitos de uma maneira melhor, que aumente o apoio e a compreensão, entre outras coisas favoráveis para a relação à curto e à longo prazo. Favorece que a pessoa que foi afetada possa perdoar sinceramente seu parceiro e também ajude ao que cometeu a infidelidade a se perdoar, já que nesses tipos de casos, o sentimento de culpa no que foi infiel o faz sofrer demais, ao grau de afetar também a relação com o outro. Recuperar a confiança é fundamental, e para isso o profissional faz uso de técnicas e ferramentas de terapia de casal que devem ser realizadas em casa para alcançá-lo.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como superar uma traição no casamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Escrever comentário sobre Como superar uma traição no casamento

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
José Paulo
Quando se apaga com uma borracha um risco lápis feito no papel, a marca o grafite é retirado sim, mas o sulco do lápis sempre ficará marcado no papel, o que na minha visão se compara à traição. Podemos perdoar sim (passando a borracha), mas o sulco sempre fica (mágoa). Passei por uma traição, que me deu a dimensão do amor que tinha pela pessoa, pois a dor foi proporcional a esse amor e à total confiança que eu depositava nela. Perdoei a traição e resolvi continuar com a relação, mas a todo o momento penso nessa traição. Será que um dia eu esquecerei completamente o que aconteceu?

Como superar uma traição no casamento
1 de 2
Como superar uma traição no casamento

Voltar ao topo da página