menu
Partilhar

Como ter confiança em si mesmo

 
Por Marta Menéndez, Psicóloga. 12 julho 2021
Como ter confiança em si mesmo

A confiança em si mesmo significa ser seguro de seu próprio valor, capacidade e poder, independentemente da situação na qual nos encontramos. Alguém que é seguro de si tem uma forte sensação de confiança e segurança em si mesmo. Expressa calma, serenidade e autoconsciência. A confiança em si mesmo frequentemente está relacionada com o fato de ter certos conhecimentos e conjuntos de habilidades, sejam adquiridos ou inatos.

Mesmo que ter aptidão em uma área particular possa ajudar a melhorar a autoestima, não é um requisito necessário para a confiança em si mesmo. Alguém sem nenhuma competência pode ter uma boa autoestima. Neste artigo de Psicologia-Online, te contamos como ter confiança em si mesmo.

Também lhe pode interessar: Como ter mais paciência

Como ter confiança em si mesmo: o condicionamento

O primeiro passo é o condicionamento para impor um sentido de confiança em si mesmo. É um enfoque extrínseco, isto é, externo, no qual se adotam ações para induzir a confiança em si mesmo. Este é o método mais popular dentro da comunidade de autoajuda e também o mais rápido para obter resultados.

Por exemplo, um exercício para ter mais segurança em si mesmo se baseia em repetir uma afirmação positiva, fingir que já tem certa altura, falar e agir com confiança, e assim sucessivamente.

Aqui há alguns exemplos de como usar o condicionamento para aumentar a confiança em si mesmo:

  • Roupas: Vestir-se de forma elegante, com boa presença e ter um aspecto limpo.
  • Linguagem corporal: Caminhar e falar com confiança, ficar tranquilo e sereno, manter a cabeça erguida, ter uma boa postura e sorrir.
  • Técnicas mentais: pensamento positivo, visualização de resultados/cenários positivos, foco nos pontos fortes no lugar das fraquezas.

Estas ações são úteis porque podem proporcionar um aumento de confiança quase imediatamente depois de fazê-las. No entanto, os efeitos raramente são duradouros, ou seja, você precisa se lembrar repetidamente de praticá-las, do contrário os resultados se dissiparão com o tempo.

Como ter confiança em si mesmo - Como ter confiança em si mesmo: o condicionamento

Conselhos para ganhar segurança em si mesmo

O segundo passo quando a pergunta é como ter confiança em si mesmo é fazer trabalhos nos temas que fazem você sentir autoconfiante. Este é o enfoque mais prático para aumentar a confiança em si.

Aquisição de símbolos de valor

A confiança em si mesmo frequentemente está vinculada à posse de certos conhecimentos, habilidades e destrezas. Muitas pessoas não têm confiança porque carecem de uma certa competência. Por exemplo, se você não se sente seguro em seu cargo no trabalho, pode ser que você não tenha a informação e os conhecimentos necessários para desempenhá-lo bem. As pessoas com um alto nível de competência em uma determinada área, geralmente desenvolvem uma grande confiança em si mesmas nessa área como resultado disso.

A competência sempre pode ser desenvolvida através da leitura e da prática. Por exemplo, se você pratica esportes e está se preparando para uma competição, deve treinar todos os dias. Se se trata de uma apresentação ou de falar em público, pratique continuamente frente a diferentes públicos para desenvolver suas habilidades. Finalmente você ficará tão competente nessa área que se sentirá naturalmente confiante nela.

Além da competência, há outros símbolos de valor, dos quais os mais comuns são:

  • Atributos como o nível de atratividade, popularidade, graça...
  • Posses materiais como a quantidade de dinheiro, carro, propriedades, marcas de luxo, etc.
  • Símbolos de status como as qualificações acadêmicas, conquistas, cargos de trabalho.

Dependendo do símbolo de valor que seja relevante para você, pode continuar adquirindo-o para aumentar a confiança em si mesmo. Por exemplo, ao longo da vida, pessoas diferentes perseguem coisas diferentes para aumentar seu senso de autoestima. Algumas pessoas se esforçam para serem mais atraentes e populares. Algumas pessoas procuram obter posses materiais como ganhar mais dinheiro e comprar bens materiais. Outras procuram obter símbolos de status e títulos.

O problema com a aquisição de símbolos de valor para aumentar a confiança é que o aumento da confiança em si mesmo só dura enquanto os símbolos sejam válidos. Se perdem sua relevância como símbolos de valor, a confiança em si mesmo mudará como consequência.

Portanto, para aumentar sua confiança em si mesmo de forma permanente e a longo prazo, existe outra opção.

Como ter confiança em si mesmo - Conselhos para ganhar segurança em si mesmo

Trabalhar diretamente na crença do que você quer representar

Mesmo que os dois conselhos anteriores definitivamente ajudem bastante até certo ponto e podem ser uma forma rápida de melhorar seu estado mental, de forma geral, funcionam a curto prazo e não são permanentes. O condicionamento é como uma solução rápida para induzir um sentimento temporal, enquanto que a aquisição de símbolos de valor apenas ajuda na medida em que se possui os símbolos e estes continuem sendo relevantes.

Ambos abordam os sintomas do problema em vez de sua raiz. A sensação de baixa confiança por supostamente não ter competência suficiente, não ter sucesso suficiente, etc., são apenas sintomas do problema. A raiz real do problema é sua crença de que você precisa ser essas coisas antes de experimentar a autoestima.

Alguém com uma habilidade nula, sem sucesso no passado, e que tem uma imagem absolutamente pobre para os outros pode ter confiança em si mesmo. O que temos que levar em conta é que o único requisito prévio para ter confiança em si mesmo é um senso de confiança em si.

A crença de que precisamos ter esta habilidade ou esse comportamento antes de que possamos nos sentir seguros foi condicionada em nós através da sociedade e dos meios de comunicação, como se fossem verdades puras.

O problema que devemos abordar é o apego ao valor de cada um com estes símbolos. Todas suas crenças sobre o que representa o valor apenas podem ser verdade se você permitir que sejam verdadeiras. A chave é romper o vínculo entre todas as externalidades (o passado, o nível atual de habilidades e capacidades, os resultados, as opiniões dos outros, etc.) e a própria avaliação de valor.

Se você não vê a competência como uma representação de seu valor, então você não o fará. Você deve se lembrar que estes são simples objetos externos, não você. Se você não deixa que algo represente seu valor, então não representará. É fundamental trabalhar diariamente na importância de acreditar em si mesmo.

Veja também o nosso artigo sobre Como aumentar a autoestima.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ter confiança em si mesmo, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como ter confiança em si mesmo
1 de 3
Como ter confiança em si mesmo

Voltar ao topo da página