menu
Partilhar

Como virar a página de um relacionamento

 
Por Cristina Alavedra Barceló, Psicóloga. 19 fevereiro 2021
Como virar a página de um relacionamento

Quando um relacionamento termina, há uma tendência a querer virar a página, fazer a fila andar, o mais rápido possível para que a dor passe e voltemos a nos sentir como antes. Nossos esquemas mentais se rompem e fica a certeza de que aquilo em que acreditávamos não é eterno. A realidade nos sacode com um golpe duro e chega ao momento em que precisamos nos recompor disso. Por isso, neste post de Psicologia-Online sugerimos como virar a página em um relacionamento com 9 dicas simples e práticas.

Também lhe pode interessar: Como esquecer um homem casado

Sem pressão

É comum que, quando estamos imersos no pós-término, queiramos estar bem e recuperar nosso equilíbrio com as novas circunstâncias. Em muitas ocasiões, este desejo de recuperar nosso equilíbrio de maneira precipitada nos leva a uma pressão que não nos permite processar a dor do término. Então, o que fazer depois de uma separação? É importante não se pressionar e aceitar a dor que a perda ou ruptura traz e não querer estar bem antes do tempo, ou seja, permitir-se ter dias mais nublados e não querer fingir que tudo está indo bem. Neste artigo, falamos sobre como superar o fim de um relacionamento.

Novos hobbies

De cada adversidade pode vir uma oportunidade, a separação pode ser um bom momento para começar o que você há muito tempo queria fazer, mas nunca encontrou tempo, aquele curso de pintura ou cerâmica, aquelas aulas de ioga ou culinária, etc. Como virar a página de um relacionamento? Invista tempo em você mesmo e no cultivo de seus hobbies, estes momentos lhe permitirão escapar e se concentrar em você.

Livros de autoajuda

Uma maneira de se distrair e aprender ao mesmo tempo é uma leitura motivacional ou de autoajuda. Este tipo de leitura costuma oferecer estratégias e ferramentas para ajudar a gestionar as emoções, aprender sobre as perdas e dicas para transformar uma experiência dolorosa em aprendizado e oportunidade. Muitos desses livros ajudam a desenvolver a autoestima e autoconfiança, já que muitas vezes essas características podem ser afetadas após um término.

Apoie-se nos seus círculos

É importante que neste momento você procure apoio ao seu redor e use momentos para se refugiar neles, para expressar o que você sente, como você se sente e as incertezas que podem envolver a ruptura. É importante não esperar por seu ambiente que se aproxima de você, lembre-se que em maior ou menor grau cada pessoa está travando suas batalhas, portanto, se você sentir que precisa falar com alguém ao seu redor, não hesite em escrever ou telefonar e pedir apoio.

Técnicas narrativas

As técnicas narrativas são úteis para virar a página e muito utilizadas no processos de luto, que também podem envolver um término. Trata-se de escrever uma carta à outra pessoa se despendido dela e, inclusive, agradecendo por tudo o que viveram juntos, o que cada pessoa trouxe à vida da outra, o que você leva contigo, mas usando isso como se fosse um passo a um novo começo. Despeça-se disso e diga 'olá' ao que está por vir a partir de agora. Essa tarefa pode até ser repetida mais de uma vez, é muito importante que se possa expressar o que sente. Essa não é uma carta para ser entregue, mas sim para estar em contato com suas emoções e pensamentos. Neste post, ajudamos com 30 frases sobre término de namoro.

Ajuda profissional

Se você não consegue superar uma separação, a melhor opção que pode te ajudar a virar a página é ir a um acompanhamento psicológico. Ajuda profissional não significa que seja algo muito sério ou que você não possa superar por si mesmo, às vezes é uma figura que te ajuda a ver as coisas de outra perspectiva, alguém completamente novo em sua vida que não te julgará ou lhe dará uma opinião sobre os fatos, como às vezes o ambiente faz, mas te ajudará a ter outra perspectiva sobre sua vida que favoreça seu crescimento pessoal. Essa pessoa vai te ajudar a trabalhar em sua auto-estima e autonomia emocional, algo muito importante para aprender a estar só após um relacionamento.

Não se jogar em outro relacionamento

Aquela história de um prego tira outro prego até pode servir para algumas situações mas nem sempre, principalmente quando o prego é você. Para virar a página de um relacionamento é fundamental recuperar a autoestima, mas é importante fazer isso sem outra pessoa, caso contrário, ficamos sempre dependente de outras pessoas para nossa autoestima.

É verdade que uma parte da nossa autoestima depende das nossas relações, sejam eles de amizade, família ou românticas, mas é importante saber cultivar a nossa autoestima por contra própria e que ela não depende de terceiras pessoas sempre. Se jogar um novo relacionamento logo após terminar o outro é uma forma de querer se recompor sem viver o processo de luto ou ter aprendido a estar só. É desse tipo de situação que saem os famosos relacionamentos rebotes, que quase nunca funcionam.

Lembre-se: quem procura, acha

Lembre-se, as redes sociais são ótimas ferramentas, mas você precisa saber como utilizá-las. Não se obceque em analisar e procurar durante todo o dia o que seu/sua ex está fazendo. Isso só vai aumentar sua ansiedade e obsessão. Para virar a página do relacionamento, concentre-se em se recuperar, em investir tempo em você mesmo e não em investigar o que seu/sua ex faz ou não faz.

Paciência e respeito ao seu tempo

Nenhum mal dura cem anos. Lembre-se de que nesta vida tudo acontece por uma razão e tudo é temporário. Talvez não seja a primeira vez que você parte seu coração ou a primeira vez que se machuca, lembre-se que é verdade que você passou por um mau momento e que talvez existam experiências que ainda doem hoje, mas você já superou e também superará a atual. Repita para si mesmo todos os dias como um mantra: nenhum mal dura cem anos. É uma fase e de cada tempestade nasce uma flor.

Após uma separação, pode haver dúvidas, inseguranças e até mesmo culpabilidade. É importante compreender e trabalhar o sentimento de culpa após terminar um relacionamento.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como virar a página de um relacionamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sentimentos.

Bibliografia
  • Congost, S. (2016) ¿Cómo saber si estoy en una relación de dependencia emocional? Recuperado de http://www.silviacongost.com/tag/relaciones-de-dependencia-emocional

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como virar a página de um relacionamento
Como virar a página de um relacionamento

Voltar ao topo da página