menu
Partilhar

Conceito de ética profissional, importância e exemplos

 
Por Gianluca Francia, Psicólogo. 13 dezembro 2021
Conceito de ética profissional, importância e exemplos

A palavra ética deriva do grego antigo "ethos", que significa caráter, comportamento, costume. A ética é entendida como o ramo da filosofia, que nasceu na Grécia antiga, que estuda o comportamento dos seres humanos e os critérios nos quais nos baseamos para avaliar os comportamentos e as escolhas.

A ética hoje é uma doutrina que reflete sobre o comportamento do ser humano, em vários campos. Nos últimos dois séculos, graças a Karl Marx, chegou a se falar de ética de trabalho e, a partir de então, dos conceitos de alienação e trabalho. O trabalho definido como ético é o que oferece ao sujeito a possibilidade de expressar sua personalidade ao exercê-lo.

Mais recentemente, entraram na ética do trabalho uma série de bons comportamentos que os trabalhadores devem manter no local de trabalho e chegou a se elaborar um código de conduta profissional. Neste artigo de Psicologia-Online, veremos o conceito de ética profissional, sua importância e exemplos a respeito dele.

Também lhe pode interessar: Valores éticos: o que são, lista e exemplos

O que é ética profissional

Ética profissional, o que é? Por ética profissional se entende o conjunto de convicções e das normas morais que regulam o exercício da profissão e que, em uma sociedade determinada, se consideram universalmente vinculantes para quem exerce tal profissão.

A ideia de que o exercício de uma profissão, assim como muitos outros setores, como família, sexualidade e vida social, está sujeito a normas éticas, está presente na sociedade desde que as profissões foram estabelecidas. O famoso juramento de Hipócrates pode ser considerado como um primeiro testemunho de verdadeiro código de ética profissional.

A definição da ética profissional se baseia, então, na ideia de que todas as profissões, independentemente de seu ramo ou atividade, deveriam se desenvolver da melhor maneira possível, sem causar danos a terceiros ou procurar exclusivamente o próprio benefício de quem a pratica.

Em alguns casos, a ética profissional tem a ver com ações específicas de cada profissão. Neste sentido, um advogado, um psicólogo ou um médico tem como valores juramentados de ética profissional a confidencialidade da informação recebida e a eficiência, já que em alguns casos se trata de situações que implicam perigo de vida, por exemplo.

Conceito de ética profissional e seus princípios

Os princípios nos quais se baseia a ética profissional são diversos e se distinguem pela profissão individual e a realidade laboral nas quais serão aplicados. Quando se fala de ética profissional, entra-se em um campo que tem fortes conotações individuais: o que para uma pessoa ou para uma empresa é um valor imprescindível, por exemplo, pode não ser para outra pessoa ou para outra realidade de trabalho.

No entanto, além das ideias pessoais, há uma série de valores que nunca deveriam faltar, em nenhum âmbito, quando se fala do conceito de ética profissional. Vejamos quais são os princípios da ética profissional:

  1. Respeito: qualquer que seja sua função ou profissão, o respeito é uma característica básica para lidar bem em um ambiente de trabalho.
  2. Comunicação: queiramos ou não, é a base de qualquer relação e a comunicação profissional não é uma exceção.
  3. Cooperação: um elemento imprescindível no âmbito profissional, sobretudo nos casos em que a própria tarefa prevê um intercâmbio contínuo com outras figuras profissionais ou diferentes modalidades de trabalho em grupo.
  4. Profissionalismo: uma das qualidades mais importantes da chamada ética profissional.

Qual a importância da ética profissional?

Há uma ética profissional diferente para cada profissão. Não é a mesma para um magistrado, um advogado, um professor, um jornalista, um médico ou um enfermeiro. Se o médico revela meus segredos, ou se um professor abusa de sua função sendo grosseiro e ofensivo com meu filho ou minha filha, sei que perderá seu registro profissional e será condenado. Com base nesta certeza, estimarei o poder que cada um deles interfere na vida de outras pessoas ou proporcionar recursos e serviços a outras pessoas.

Assim, quando falamos da importância da ética profissional nos referimos ao conjunto de regras e comportamentos que condicionam e limitam o poder que cada um de nós pode exercer sobre os outros e sobre si mesmo/a no exercício de uma profissão. Eis aqui, pois, os 10 principais comportamentos éticos que deveriam ser respeitados dentro de todas os ambientes de trabalho. Por isso, se você se pergunta o que é ser um profissional ético, deve atentar-se a eles:

  1. Presença.
  2. Honestidade.
  3. Trabalho em equipe. Neste artigo você encontrará mais informações sobre o trabalho em equipe: o que é, importância, características e vantagens.
  4. Zelo.
  5. Atitude.
  6. Produtividade.
  7. Capacidades organizativas.
  8. Comunicação.
  9. Cooperação.
  10. Respeito.

Veja no nosso outro artigo Como lidar com pessoas tóxicas no trabalho.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Conceito de ética profissional, importância e exemplos, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia social.

Bibliografia
  • BARCA, L. (2009). L’etica professionale. Disponível em: <https://www.eticaeconomia.it/letica-professionale/> Acesso em: 13 de dezembro de 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Conceito de ética profissional, importância e exemplos
Conceito de ética profissional, importância e exemplos

Voltar ao topo da página