Crescimento pessoal e autoajuda

Gaslighting na psicologia

 
Francielle Bechtold
Por Francielle Bechtold. 23 junho 2022
Gaslighting na psicologia

O termo gaslighting vem sendo cada vez mais explorado para exemplificar formas de relacionamentos abusivos, sejam amorosos, familiares ou profissionais.

Basicamente, gaslighting é uma forma de manipulação mental, ou seja, o abusador usa de palavras para diminuir o outro, diminuir a sua autoestima, e fazer com que o outro se sinta culpado por tudo o que acontece dentro do relacionamento.

No artigo de hoje aqui em Psicologia-Online, nós vamos te explicar o que é Gaslighting na psicologia, reforçando os principais comportamentos abusivos através de exemplos claros que possam ajudar você a identificar se está sendo vítima de uma manipulação psicológica.

Também lhe pode interessar: O que é inveja na psicologia
Índice
  1. O que é gaslighting
  2. Como identificar o gaslighting
  3. Exemplos de gaslighting
  4. Como sair de um relacionamento abusivo

O que é gaslighting

Gaslighting é uma forma de abuso e manipulação emocional. Comumente praticado por parceiros em uma relação amorosa, é uma forma utilizada pelo abusador através de mentiras, falsas acusações, omissão de comportamentos e abusos psicológicos.

Um exemplo bastante prático para estas situações é: um parceiro que trai o outro e ao menor sinal de desconfiança, nega veementemente o comportamento e faz a outra pessoa acreditar que está imaginando coisas, que suas desconfianças são infundadas e "loucura" da sua própria cabeça.

Os principais objetivos desse abuso psicológico é negar pontos negativos do seu próprio comportamento, negar inclusive, problemas e transtornos psicológicos que recusa a assumir e tratar, culpar e manipular o outro para assumir a culpa por tudo o que acontece e em outras situações de benefício próprio. Por isso, em uma relação tóxica, uma das partes tende a assumir toda a culpa e responsabilidade por todos os problemas do casal.

A pessoa que sofre o abuso tende a ter baixa autoestima, se sentir culpada por tudo, assumir toda a responsabilidade pelos problemas e erros que acontecem no relacionamento, passa a duvidar da sua capacidade, inclusive da sua capacidade mental, acredita que seu senso de julgamento está errado, e dificilmente consegue identificar sozinho/a que está sendo vítima de violência psicológica.

O gaslighting pode ocorrer em qualquer tipo de situação e relação, dentro do ambiente familiar está muito presente, por exemplo, dentro de casos de alienação parental. No ambiente de trabalho também pode ocorrer como forma de diminuir as capacidades e competências do outro para evitar um aumento salarial ou uma promoção.

Como identificar o gaslighting

A violência psicológica pode causar inúmeros problemas na vida do sujeito, por isso, vamos listar abaixo alguns exemplos de gaslighting, frases tipicamente pronunciadas pelos abusadores, para que você consiga identificar se está sendo vítima de abuso psicológico.

  • "Você está louco(a)"
  • "Isso é coisa da sua cabeça"
  • "A culpa de tudo isso é sua"
  • "Se você não fosse assim, isso não aconteceria"
  • "Não foi assim que aconteceu"
  • "Você é muito dramático/sensível"
  • "Você entende tudo errado

O que significa gaslighting basicamente pode ser explicado através dessas falas tão comuns. Ou seja, uma das partes desse relacionamento está sempre acusando a outra e, com o tempo, a outra pessoa passa a internalizar tais sentimentos negativos em relação a si própria.

O forte envolvimento sentimental impede que a pessoa que sofre dessa violência psicológica consiga identificar o que está acontecendo, por isso, ela tende facilmente assumir a responsabilidade por tudo, e é manipulada de forma a acreditar que de fato, tudo é sua culpa.

Se desvencilhar de um relacionamento tóxico necessita de uma rede de apoio bastante fortalecida, que consiga identificar estes padrões negativos no relacionamento. Por isso, se as pessoas ao seu redor tentam lhe alertar sobre alguns comportamentos estranhos dentro do seu relacionamento, vale acionar o sinal de alerta.

Exemplos de gaslighting

Além dos exemplos de frases tipicamente usadas no gaslighting, vamos apresentar agora alguns padrões comportamentais muito comuns. Dessa forma, você poderá entender com mais facilidade o que significa gaslighting e observar se você pode estar vivenciando um relacionamento abusivo.

  1. Mentiras e negações: a pessoa que pratica o gaslighting tende a mentir muito e negar a realidade. Ou seja, as mentiras e negações são uma forma de deixar a vítima com dúvidas sobre o que de fato está acontecendo, e a faz acreditar que pode realmente estar enganada sobre determinada situação. Assim, a vítima é caracterizada como louca, como alguém que não consegue interpretar bem os acontecimentos e alguém que tem uma imaginação fértil.
  2. Chantagens e ameaças: estes são dois comportamentos muitos comuns dos abusadores. O abusador faz a pessoa acreditar que ele é a única pessoa capaz de amar a vítima como ela é. Com isso, diminui a importância da família e dos amigos, utilizando de chantagens emocionais e ameaças para manipular a outra parte. As necessidades do abusador são comumente supridas uma vez que a vítima acredita que, se esse relacionamento terminar, ela não encontrará outra pessoa que será capaz de amá-lo(a).
  3. Demonstrações de amor: a demonstração de amor e carinho também faz parte desse abuso emocional, isso porque, é através dessas demonstrações que o abusador consegue reforçar a ideia de que é a única pessoa que pode amar a vítima. Através dessas demonstrações de amor e carinho o abusador reafirma para a vítima a ideia de que existe amor, cuidado e carinho, para assim, conseguir manter o seu padrão, ou aumentar gradualmente as manipulações e abusos psicológicos sem que a vítima perceba.
  4. Manipulação através de brincadeiras: uma forma muito comum de praticar o gaslighting é através de humilhações e constrangimentos justificados através de brincadeiras. Ou seja, o abusador faz comentários tanto em público quanto em particular sobre a vítima, de forma a diminuir e constranger e justifica tal comportamento como sendo uma brincadeira. Ao menor sinal de desconforto da vítima o abusador tende a usar a frase "você não sabe brincar".

Como sair de um relacionamento abusivo

Certamente para quem vivencia uma relação tóxica, onde existe a prática do gaslighting, é muito difícil encontrar formas de se desvencilhar dela. Além disso, é muito difícil identificar que está, de fato, vivenciando uma relação abusiva, uma vez que os níveis de autoestima estão prejudicados, bem como o seu próprio senso de julgamento da realidade.

Portanto, aproveite todo o conhecimento adquirido sobre o que significa gaslighting, bem como os exemplos apresentados acima, para identificar sinais de alerta e buscar ajuda.

Por fim, um acompanhamento psicológico será necessário para reestruturar o entendimento da realidade da vítima, construir padrões mais saudáveis, e eliminar crenças que foram construídas ao longo dessa relação, além de reforçar práticas e construções de relações mais saudáveis para o futuro.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Gaslighting na psicologia, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Bibliografia

Jacquelyn Johnson. 2021. How to Recognize Gaslighting and Get Help. Healthline. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/gaslighting> Acesso em 6 de junho de 2022.

Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Gaslighting na psicologia