Interpretação do teste HTP: casa-árvore-pessoa

Interpretação do teste HTP: casa-árvore-pessoa

No mundo há milhares de milhões de pessoas, cada uma com uma atitude única e irrepetível, com as suas vivências próprias e experiências. É difícil vir a compreender com precisão cada ação ou pensamento das pessoas que nos rodeiam. A psicologia da personalidade tenta investigar isso utilizando técnicas e testes para descobrir tendências ou comportamentos.

No entanto, quando as pesquisas em psicologia começaram, eram usadas outras técnicas para examinar a personalidade e a interpretação de vivências pessoais. Estes instrumentos se denominam técnicas projetivas. Entre estes instrumentos encontramos o teste de Rorschach ou o do desenho da figura humana. Neste artigo de Psicologia-Online, apresentamos uma sínteses interpretativa do teste HTP. Entenda a interpretação do teste HTP: casa-árvore-pessoa, uma das técnicas projetivas mais famosas e eficazes da psicologia.

Como fazer o teste psicológico HTP: casa-árvore-pessoa

Dizem que quando desenhamos projetamos partes da nossa personalidade que costumam ficar escondidas no inconsciente. Estas partes são refletidas em como desenhamos os distintos elementos da composição artística. A coisa mais importante neste teste é saber que não existem respostas corretas ou incorretas e os resultados serão mais fiáveis quanto mais livres sejamos na expressão.

Como na majoria de técnicas projetivas, o teste da casa-árvore-pessoa (também conhecido como HTP, do inglês house, tree, person) tem orientações bem simples: temos que desenhar uma casa, uma árvore e uma pessoa em uma folha ou em qualquer superfície em que se possa observar bem o desenho. Assim que tivermos o desenho pronto, um especialista pode interpretá-lo ou podemos fazê-lo nós mesmos com o manual de interpretação do teste HTP, que oferecemos a seguir.

Síntese interpretativa do teste HTP: casa-árvore-pessoa

Em primeiro lugar, é importante salientar que as técnicas projetivas não servem como ferramenta diagnostica. Se utilizam como reforço ou indício para investigar mais sobre a personalidade de quem realizou a prova. Para além, este teste costuma se realizar em crianças pequenas já que elas têm mais facilidade em expressar coisas por meio de um desenho. A seguir, ofereceremos umas instruções simples para saber como interpretar o teste da casa-árvore-pessoa (HTP).

Significado da casa no teste HTP

Este elemento está relacionado com os aspetos familiares da nossa vida, associamos a casa às raízes pessoais, o lar e à estabilidade na interpretação do teste HTP.

  • Tamanho da casa: uma casa grande se associa com alegria, abundância e bem-estar. No entanto, uma casa pequena pode ser sinal de introversão, medo e dificuldade para se relacionar com os outros.
  • Porta: a porta indica a forma em que nos relacionamos com o mundo exterior, uma porta grande e aberta, por exemplo, pode ser sinal de extroversão e abertura para os outros.
  • Janelas: esta parte do desenho tem uma interpretação semelhante à porta: a forma em que desenhamos as janelas indica a modo em que vemos o mundo. Uma casa sem janelas pode ser um sintoma de mau relacionamento com o exterior.
  • Telhado: o telhado se associa normalmente à parte mais moral, ética e consciente dos indivíduos. Se projeta a parte mais "consciente" de nós mesmos. Um telhado grande demais costuma se associar a gente mais idealista na interpretação do teste HTP.
  • Paredes: esta parte do lar está pouco estudada pela comunidade do psicanálise, mas se diz que as paredes refletem a fortaleza interna do indivíduo. Uma parede quebrada é sinal de doença psicológica.
  • Outros elementos: além dos numerosos elementos mencionados, também se devem ter em conta uma série de caraterísticas que também costumam se desenhar: o jardim, um caminho, animais...este último elemento, por exemplo, tende a representar um suporte afetivo.

Interpretação da árvore no teste HTP

Este elemento costuma projetar a parte mais profunda da nossa mente: o inconsciente. Desde o psicanálise se afirma que podemos descobrir muito de nós mesmos ou de quem realiza o teste mediante a interpretação do teste da árvore.

  • As raízes e o chão: desenhar umas raízes muito unidas ao chão costuma ser sinal de segurança e de fidelidade com a família. A sua omissão pode significar sensibilidade extrema e medo.
  • O tronco: é a parte da árvore mais representativa da percepção que temos sobre nós mesmos. Está relacionado com a ideia do "EU" na corrente da psicanálise.
  • Os ramos: este elemento está relacionado com as relações que temos com o mundo exterior. Desenhar uma árvore com muitos ramos pode ser sinal de uma grande rede social de apoio. Pelo contrário, se a copa da árvore está mais para escassa, podemos falar de uma personalidade introvertida com poucas interações sociais segundo a interpretação do teste HTP.

Interpretação do desenho da pessoa no teste HTP

O último elemento que devemos interpretar é o da pessoa no teste HTP. Este desenho está relacionado com o autoconceito, a ideia que temos sobre nós mesmos e sobre como atuamos face as outras pessoas. O teste da figura humana ajuda a nos conhecer um pouco melhor e a saber como nos vemos.

  • Como desenha a figura: se começa por outra parte que não seja a cabeça pode ser uma sinal de mau desenvolvimento cognitivo.
  • A quem desenha: a pessoa que realiza o teste pode se desenhar a si mesmo, a um personagem de televisão, a um parente... em todo caso, este aspeto reflete a pessoa mais importante que tem o indivíduo em esse preciso momento da sua vida.
  • Cara: a cara do desenho costuma projetar a comunicação e a sociabilidade.
  • Posição: o lugar que ocupa a figura humana no desenho também é um elemento muito importante a se analisar. Se está em no canto superior costuma ser um reflexo da capacidade de enfrentamento (canto direito) ou necessidade de atenção (canto esquerdo). Pelo contrário, uma figura centrada mostra uma personalidade equilibrada e sensata na interpretação do teste HTP.

Teste HTP (casa-árvore-pessoa) em adultos

Como mencionamos anteriormente, o teste HTP costuma ser aplicado nas crianças, no entanto, também podemos tentar que um adulto realize o teste da casa-árvore-pessoa e interpretar os seus resultados. Esta ferramenta também costumava ser utilizada para analisar dinâmicas entre a família (se muitos elementos coincidiam, se havia indicadores de problemas, se as crianças mostravam desenhos controversos...).

Hoje em dia, as técnicas projetivas foram passadas para segundo plano e se utilizam outros instrumentos para investigar a personalidade dos indivíduos. Estes instrumentos se baseiam em métodos estatísticos fiáveis e de grande validade. Propomos-lhe dar uma olhada na nossa seção de tipos de testes psicológicos para saber mais sobre testes ajudam a conhecer um pouco mais sobre você e seu ambiente.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Interpretação do teste HTP: casa-árvore-pessoa, recomendamos que entre na nossa categoria de Testes de Personalidade.