Partilhar

Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos

 
Por Claudia Pradas Gallardo. 21 agosto 2019
Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos

Este hormônio produzido pelo nosso próprio cérebro ajuda a regular o sono e a fortalecer o nosso sistema imunológico. Recentemente, foram descobertos certos benefícios que levaram à produção de alguns medicamentos com doses de melatonina, medicamentos esses que podem ser comprados em farmácias e outros estabelecimentos. Contudo, antes de comprar melatonina, é importante saber o que provoca, quais são os seus benefícios e que dosagens são recomendadas.

Nesse artigo completo de Psicologia-Online, falaremos sobre a melatonina para dormir: dosagens, contraindicações e alimentos que contêm melatonina. Vamos solucionar todas as suas dúvidas sobre este hormônio para que você saiba exatamente o que é melatonina e para que serve.

Também lhe pode interessar: O que é serotonina e para que serve

O que é melatonina: dosagem e contraindicações

Se você procura conselhos sobre como conciliar o sono, é muito possível que encontre informação relacionada com a melatonina e suplementos que contêm esse hormônio. Embora existam numerosos estudos que afirmam que a melatonina ajuda a regular o sono, muitos deles acabam concluindo que é mais benéfico encontrar outras vias para tratar a insônia.[1]

O que é melatonina

Este hormônio é produzido pela glândula pineal e tem como função principal regular o nosso ciclo de sono e despertar. A melatonina é produzida regularmente em um ciclo de 24 horas, dito ciclo tem um pico de liberação onde se produz mais melatonina e, graças a isso, o nosso relógio biológico - o ritmo circadiano - se sincroniza e segue o seu ciclo.

Este hormônio foi descoberto há mais de 50 anos, no entanto, começou a ser comercializado em massa em 2005, aproximadamente.

Como tomar melatonina

Para saber o que é melatonina e para que serve, você deve conhecer as indicações e dosagens na qual se apresenta. Graças à recente fama que a melatonina ganhou, atualmente é muito fácil comprá-la em uma farmácia e até em certos supermercados.

  • É apresentada em formato de comprimidos e, se você quer saber como tomar melatonina, a primeira coisa que deve ter em conta é que a mesma não pode ser tomada de forma irregular. Por ser um hormônio que controla ciclos biológicos, tomar suplementos de melatonina de forma irregular durante um certo período de tempo pode fazer com que os seus ritmos se desajustem.

  • Segundo vários especialistas, antes de tomar este hormônio é importante consultar um médico para ele regule a quantidade de comprimidos que você deve tomar. Normalmente, a dosagem inicial não deve ultrapassar as 10 mg (5 comprimidos de 2 mg durante as horas prévias a dormir).

Contraindicações da melatonina

  • É recomendado evitar o consumo de suplementos de melatonina nas horas de máxima exposição solar
  • Se você apresenta diabetes tipo I, deve evitar tomar melatonina
  • Evite a todo o custo tomar suplementos de melatonina se está tomando anticoagulantes, imunossupressores, anticoncepcionais, insula ou anticonvulsivos.
Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos - O que é melatonina: dosagem e contraindicações

Melatonina para dormir: como funciona

Os estudos médicos revelam que as pessoas que tomam estes suplementos dormem em média 10 minutos mais.

Como comentado anteriormente, uma das funções básicas da melatonina é regular o nosso ritmo circadiano e, como consequência, ajuda a conciliar o sono caso tenhamos dificuldade em fazê-lo.

Para que serve a melatonina

A luz solar controla a secreção de melatonina através da retina e do sistema nervoso. Quando chega à glândula pineal, a mesma recebe os estímulos luminosos em forma de sinal e começa a segregar melatonina.

Como este processo leva o seu tempo, o pico de melatonina na maioria das pessoas ocorre ás 3 da madrugada, hora na qual o nosso "relógio biológico" volta a dar volta.

O problema desses suplementos é que os seus efeitos são leves na população saudável (pessoas sem ansiedade ou TDAH). Os estudos médicos revelam que as pessoas que tomam estes suplementos dormem, em média, 10 minutos mais, pelo que os suplementos de melatonina para dormir não se mostram muito eficazes. Ainda assim, demonstraram ter mais efeitos benéficos nos seguintes aspetos:

  • O tratamento de TDAH
  • A prevenção de jet lag
  • O alívio dos sintomas de depressão invernal
  • O fortalecimento do sistema imunológico
  • A prevenção do envelhecimento por ter efeito antioxidante nas células

Em seguida, te oferecemos um esquema simplificado que explica como a melatonina age no nosso corpo.

Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos - Melatonina para dormir: como funciona

Alimentos que contêm melatonina

Se você quer regular o seu ciclo do sono mas não quer comprometer a sua saúde tomando suplementos de melatonina ou comprimidos para dormir, deve saber que existem alguns alimentos ricos em melatonina:

  • Arroz
  • Aveia
  • Milho doce
  • Tomate
  • Banana
  • Nozes
  • Cereja

Melatonina para dormir: considerações

É possível que você ainda tenha algumas dúvidas sobre para que serve a melatonina, pelo que ajudamos a esclarecer outras potenciais questões para que você tenha toda a informação sobren esse hormônio.

Melatonina engorda?

Muito pelo contrário, ao regular o nosso ritmo biológico, a melatonina ajuda a queimar calorias e é capaz de prevenir o sobrepeso e a obesidade.[2]

Melatonina: comprar em farmácia ou supermercado?

Esta é outra dúvida bastante comum. Embora o produto e o princípio ativo sejam os mesmos, se recomenda visitar uma farmácia (e até o seu médico, como comentado anteriormente) para que te informem corretamente caso você queira tomar melatonina.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicofármacos.

Referências
    1. Pérez Collado, E. M., Quesada Martínez, M. I., & Parra Parra, Y. (2015). La melatonina:¿Una alternativa saludable para combatir el insomnio?.
    2. Prunet-Marcassus, B., Desbazeille, M., Bros, A., Louche, K., Delagrange, P., Renard, P., ... & Pénicaud, L. (2003). Melatonin reduces body weight gain in Sprague Dawley rats with diet-induced obesity. Endocrinology, 144(12), 5347-5352.
      Bibliografia
      • Illnait-Ferrer, J. (2012). Melatonina: actualidad de una hormona olvidada. Revista CENIC. Ciencias Biológicas, 43(3).

      Escrever comentário sobre Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos

      O que lhe pareceu o artigo?

      Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos
      1 de 3
      Melatonina para dormir: dosagem, contraindicações e alimentos

      Voltar ao topo da página