Partilhar

O que é a psicologia organizacional

 
Por Gemma Adsuara Arrufat. 16 outubro 2020
O que é a psicologia organizacional

Dentro da psicologia existem uma grande variedade de ramos e especialidades. Todas e cada uma delas é de vital importância para entender o mundo como o conhecemos. No entanto, através de uma ou outra, podemos aprender sobre determinados conceitos.

Em Psicologia-Online não queremos dar mais importância a algumas disciplinas que à outras, e é por isso que queremos apresentá-lo e ensiná-lo como funciona cada uma delas. Neste artigo, temos o objetivo de que você conheça um pouco mais sobre uma abordagem da psicologia muito enraizada e importante em nosso dia-a-dia. É nada mais, nem menos, do que a psicologia organizacional.

Também lhe pode interessar: O que é amizade verdadeira

O que é a psicologia organizacional

De acordo com Pérez (2013), a psicologia organizacional é a disciplina ou ramo da psicologia orientada ao estudo do comportamento das pessoas no seio de uma organização. Colocando de outro modo, esse tipo de psicologia pretende analisar os comportamentos dos indivíduos que fazem parte de uma organização.

O que faz um psicólogo ou psicóloga organizacional?

As principais funções de um ou uma profissional neste âmbito são:

  • Estudar o comportamento humano dentro de uma organização.
  • Avaliar e selecionar o grupo.
  • Avaliar o desempenho tanto dos indivíduos como da organização em si.
  • Elaborar programas de formação e desenvolvimento organizacional.
  • Desempenhar atividades de planejamento, organização, direção e controle.
  • Realizar estudos sobre as variáveis psicolaborais que influenciam nas organizações.

Tipos de psicologia organizacional e suas características

Dentro da psicologia das organizações, existem diferentes especialidades e funções:

Psicologia organizacional industrial

A psicologia organizativa industrial é baseada nos seguintes objetivos:

  • Determinar as características dos indivíduos mais aptos para cada trabalho.
  • Determinar as condições que garantam o melhor e mais satisfatório resultado.
  • Determinar quais influências contribuem para maximizar o bem-estar no trabalho.

Esta nasceu como resultado de um aumento no interesse pelo fator humano e substitui o modelo mecânico de comportamento por outro que levasse em conta os sentimentos e motivações dos trabalhadores.

Psicologia organizacional positiva

Trata-se basicamente de uma abordagem focada no estudo de um ótimo funcionamento por parte das pessoas no qual o contexto laboral se refere. Seu objetivo é potencializar os ambientes de trabalho com a finalidade de desenvolver ao máximo cada uma das virtudes dos trabalhadores e deste modo apoiar o sucesso empresarial.

Psicologia organizacional e do trabalho

A base do seu estudo parte da busca de todas as relações das pessoas e o trabalho em cada uma de suas manifestações, com o objetivo final de alcançar ao máximo nível uma adequada eficiência, tanto por parte da organização como dos trabalhadores, bem como o desenvolvimento pessoal deste último.

Psicologia organizacional e recursos humanos

Para que um trabalho adequado seja realizado é necessário um trabalhador adequado que o realize. É por isso que os recursos humanos são completamente necessários dentro da psicologia organizacional. Sua função é identificar as necessidades de capacitação e desenvolvimento de uma empresa; elaborar e otimizar a qualidade de vida no trabalho; avaliar a eficiência dos programas de treinamento, desenvolver baterias para avaliar o desempenho tanto dos indivíduos como das próprias organizações.

Por que estudar psicologia nas organizações?

Nossa sociedade está fundamentada sobre uma base capitalista onde, para sobreviver, você tem que trabalhar. No entanto, isso não significa que você tenha que fazer isso em condições inadequadas nem que as empresas tenham que ser afetadas pela ineficiência dos trabalhadores.

É por isso que toda vez, mais e mais empresas recorrem aos especialistas na psicologia das organizações para poder melhorar. Assim, atualmente esta é uma das especialidades na psicologia com mais oportunidades de trabalho, pois cada vez mais psicólogos são requeridos nas organizações.

O curso de psicologia organizacional

Atualmente não existe um curso de psicologia organizacional como tal. No entanto, esses conhecimentos podem ser acessados a partir de diferentes cursos.

Por um lado, pode se iniciar um aprendizado das organizações por meio do estudo do curso de psicologia. Muitas universidades têm em seu plano de estudos disciplinas voltadas para essa área da psicologia. Esse tipo de psicologia pode ser estudado a partir do grau de relações de trabalho e ocupação, o qual é mais voltado para a formação de profissionais para que dominem a organização do trabalho a partir de uma perspectiva multidisciplinar. A formação em relações de trabalho e recursos humanos tem o objetivo de proporcionar nos estudantes uma completa formação em tudo o que se refere à organização do trabalho, a gestão pessoal e a organização jurídica do trabalho e da segurança social.

Uma vez que tenha cursado algum dos cursos/graus previamente nomeados, pode-se realizar um mestrado especializado na psicologia organizacional, conforme temos detalhado anteriormente. Além disso, também existem outros cursos e treinamentos, tanto presenciais como online, que nos permitirão desenvolver ainda mais nossas habilidades no que a psicologia das organizações se refere. Esses treinamentos permitirão adquirir os conhecimentos necessários para organizar de maneira profissional as áreas de recursos humanos e assim melhorar a qualidade no trabalho e o comportamento laboral.

Livros de psicologia organizacional

Se você quer aumentar seus conhecimentos por meio da leitura, deixo à sua disposição os títulos de uma série de livros que podem ajudá-lo a acalmar sua preocupação com esse tema. Ou para aumentar, quem sabe.

  • Introdução à Psicologia das Organizações. Francisco Gil Rodríguez; Carlos María Alcover de la Hera. ISBN 10: 8420635642 / ISBN 13: 9788420635644. Ed. Alianza, 2003. O objetivo desse manual é apresentar uma visão de conjunto da Psicologia das Organizações que resulta, ao mesmo tempo, rigorosa, atual e acessível, em um campo caracterizado por uma grande atividade e expansão, tanto no âmbito da pesquisa como no da aplicação em todo tipo de empresas, organizações e instituições.
  • Psicologia das organizações. Martínez Tur, Vicente (coord.); Ramos López, José (coord.); Moliner Cantos, Carolina (coord.) ISBN 13: 9788490770832. Editorial Síntesis, S. A., 2015
  • Coaching executivo. Alonso García, Miguel Aurelio; Calles Doñate, Ana María; Gioya Rivero, Pedro. ISBN 10: 8497567161 / ISBN 13: 9788497567169. Editorial Síntesis, S.A., 2010. O coaching executivo ajuda e facilita um processo de mudança, busca alcançar mudanças positivas nas pessoas e que tais mudanças repercutiram nas organizações nas quais trabalham.
  • Técnicas qualitativas em Recursos Humanos. Vera María Lorente; Laura Martinez Isabel. ISBN 10: 8497568168 / ISBN 13: 9788497568166. Editorial Síntesis, S.A, 2012. Esse livro traz as principais contribuições das técnicas qualitativas ao contexto organizacional.
  • Teoria das relações de trabalho. Desafios. Juan Carlos Rodríguez Serrano; María Pilar Curòs Vila; Víctor Oltra Comorera. ISBN 10: 8484293114 / ISBN 13: 9788484293118. Ed. Uoc, 2003.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é a psicologia organizacional, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia social.

Bibliografia
  • Álvarez, R. (2013). La psicología organizacional positiva y la mejora organizacional. Revista éxito empresarial, 227(1), 1-3.
  • Bresó, E. (2017). Introducción a la Psicología del Trabajo. Universidad Jaume I.

Escrever comentário sobre O que é a psicologia organizacional

O que lhe pareceu o artigo?

O que é a psicologia organizacional
O que é a psicologia organizacional

Voltar ao topo da página