Partilhar

O que é a talassofobia e como superá-la

 
Por Marissa Glover, Psicóloga. 21 janeiro 2021
O que é a talassofobia e como superá-la

Você fica apavorado só de pensar em ir à praia? Fica nervoso somente por ver o mar? Tem medo de chegar muito perto das margens do mar e que a água alcance os seus pés? Se você respondeu positivamente a alguma destas perguntas, provavelmente, você deve estar se sentindo bem incomodado e incompreendido, mas não fique angustiado, este problema afeta mais pessoas do que você pode imaginar e tem um nome, se chama talassofobia.

Mas, o que é a talassofobia e como superá-la? A talassofobia é o medo intenso e exagerado do mar. As pessoas que sofrem dessa fobia têm medo até mesmo de imaginar o que há debaixo da água e de ver margens onde existe uma grande massa de água. Logo, para estes indivíduos é inimaginável entrar no mar, se aproximar da margem e/ou viajar de barco. Felizmente, este problema tem solução e a pessoa que sofre dele pode conseguir eliminá-lo por completo e aproveitar melhor das férias na praia, por exemplo, ou viajar em um cruzeiro. Simplesmente, o fato de combater esta fobia e eliminá-la, permitirá que pessoa tenha uma melhor qualidade de vida ao adquirir mais confiança e segurança nela mesma.

É por isso que neste artigo de Psicologia-Online, te convidamos a entender com mais profundidade o que é a talassofobia e como superá-la.

Sintomas da talassofobia

As pessoas que têm medo do mar ou talassofobia apresentam uma série de sintomas característicos que os identificam. Entre eles, encontram-se os seguintes:

  • São conscientes de que seu temor do mar é irracional, mas têm a sensação de que não podem fazer nada para controlá-lo.
  • Podem ter reações físicas como suor, palpitações, náuseas, desidratação bucal, entre outras, geradas pela ansiedade que estar perto do mar provoca nelas, até mesmo ao ver uma imagem com uma grande quantidade de água.
  • Medo do que há debaixo da água. Causa pânico nelas pensar nos animais que existem nas profundezas.
  • Evitam ir à praia, já que só de se aproximar das margens e sentir a água em seus pés, provoca muito mal-estar.
  • Podem ter dificuldades para falar e/ou pensar com clareza quando se encontram perto do mar, e em casos mais graves, sentem isso ao ver imagens ou vídeos sobre o mar.
  • Sentem pânico de viajar de barco.
O que é a talassofobia e como superá-la - Sintomas da talassofobia

Talassofobia: causas

A principal razão para uma pessoa ter medo do mar, é por ter vivido experiências ruins no passado. Provavelmente na infância, mas incluindo outras etapas da vida, a pessoa viveu uma situação difícil no mar que causou muito medo e marcou ela. Por exemplo, estar nadando na praia e ter sido arrastada pela maresia, ficar a ponto de se afogar, ter passado por uma tempestade a bordo de um barco, etc. É possível que algumas pessoas começaram a desenvolver esse medo por terem presenciado alguma situação onde outra pessoa se encontrava em perigo dentro do mar, ou ter visto um filme onde havia tubarões ou outros animais na água, que atacavam as pessoas.

Outra possível razão pela qual a talassofobia pode surgir é por falta de informação sobre o mar e/ou o que existem nas profundezas do oceano, e por isso a pessoa tem uma ideia equivocada sobre o que se pode encontrar no mar e generaliza. Por exemplo, pode chegar a pensar que pode encontrar animais perigosos na praia, mesmo nas partes de pouca profundidade.

Como superar a talassofobia

Existem recursos e ferramentas que ajudam a superar a talassofonia, alguns deles são:

Informar-se

Um passo importante para começar a superar o medo do mar, é se informar de tudo sobre ele. É preciso levar em conta que não são todos iguais, cada um possui características diferentes, como a temperatura, as ondas, os animais marinhos (levar em consideração a profundeza em que são encontrados), entre muitas outras coisas necessárias para eliminar as ideias erradas.

Técnicas de relaxamento

Existe uma série de técnicas de relaxamento que você pode praticar para se preparar para superar a talassofobia. A seguir, te explicaremos uma delas que você pode aprender facilmente e praticar em casa.

  • Respiração diafragmática: a respiração diafragmática ou abdominal, é uma técnica utilizada para se controlar a ansiedade, o estresse e para aprender a relaxar. É muito simples de aprender e você pode praticá-la desta forma: primeiramente, inale o ar lenta e profundamente e sinta como o abdômen se expande, segure o ar entre 5 e 10 segundos e depois exale lentamente pela boca. Você pode repetir este exercício quantas vezes achar necessário, até que se sinta mais tranquilo, realizando-o devagar e com calma para não ter uma hiperventilação. Você pode praticar sentado ou de pé, no lugar em que você se encontra. Neste caso, você pode realizar esta técnica quando estiver fisicamente próximo ao mar, a bordo de um barco e/ou apenas imaginando ou olhando uma imagem relacionada que te provoque ansiedade.

Exposições na imaginação

Você pode praticar técnicas de exposição na imaginação que te ajudarão a começar a curar a talassofobia. Uma coisa que você pode fazer é, em um lugar tranquilo, sentado/a ou deitado, fechar os olhos e começar a imaginar primeiro que você está em uma praia, mas a observa de longe, imaginando o som do mar, o odor da brisa que chega onde você está, a cor do mar, etc., da forma mais real possível e, uma vez que comece a sentir reações físicas incômodas, procure relaxar utilizando o exercício de respiração diafragmática, sentindo como as sensações de ansiedade que você sente começam a desaparecer pouco a pouco.

Quando você notar que seu corpo está menos tenso, continue com uma situação que te cause mais medo, por exemplo, uma onde você está nas margens da praia, etc. Isto te ajudará a se preparar para quando tiver que enfrentar o mar de maneira física.

Exposições de maneira progressiva

Depois de ter se exposto ao mar por meio da imaginação, e notar que sua ansiedade diminuiu, você pode começar a se expor fisicamente de maneira progressiva. Você pode pedir a um/a amigo/a ou familiar que te acompanhe e ir se aproximando pouco a pouco das margens da praia e ir realizando os seus exercícios de relaxamento. Tenha em mente que você não deve fazer tudo em um só dia, isto pode levar semanas ou até mesmo meses, o importante é ser constante.

Psicoterapia

No caso de seu medo ser muito intenso e você sentir que não pode superá-lo sozinho, apesar de querer eliminá-lo, você sempre pode optar por buscar um/a profissional que possa te ajudar. Este tratamento é parecido com os de outros tipos de fobia, onde o terapeuta te informará tudo sobre seu sofrimento, analisará as causas que originaram o problema e começará um programa para ir reduzindo este medo. É normal que se utilize a psicoeducação, reestruturação cognitiva (para eliminar as crenças irracionais e modificá-las por outras melhores), exercícios de relaxamento, visualização e exposição gradual ao objeto temido.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é a talassofobia e como superá-la, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que é a talassofobia e como superá-la
1 de 2
O que é a talassofobia e como superá-la

Voltar ao topo da página