Partilhar

Por que tenho pesadelos constantes

 
Por Equipe editorial. 28 abril 2020
Por que tenho pesadelos constantes

Os pesadelos são sonhos que nos dão medo e angústia durante a noite e podem ser acompanhados de sintomas de ansiedade, como dificuldades para respirar, transpiração ou frequência cardíaca acelerada. Esses tipos de sonhos são mais frequentes em crianças do que em adultos, no entanto, 50% dos adultos têm pesadelos em algum momento e foi observado que é mais comum em mulheres do que em homens. Quando os pesadelos se tornam uma condição frequente e por um longo período de tempo, é importante prestar atenção, pois, embora as causas possam ser diversas, às vezes podem ser um sintoma de algum transtorno psicológico ou neurológico. Neste artigo de Psicologia-Online, abordamos essa questão com detalhes e respondemos à pergunta: "por que tenho pesadelos constantes?". Além disso, mostramos quais medidas podemos tomar para evitar esses sonhos tão angustiantes e desfrutar de um sono de qualidade.

Também lhe pode interessar: O que significa sonhar com ex namorado

O que são pesadelos e quando ocorrem

Podemos definir os pesadelos como um tipo de sonhos complexos e prolongados que provocam um medo intenso na pessoa que os experimenta. Geralmente, nesses sonhos, a pessoa afetada sente que sua vida ou segurança estão em perigo ou se depara com uma ameaça contra sua vida. No entanto, também é provável ter pesadelos nos quais a integridade física não corre perigo. Essa ameaça ou perigo geralmente aumenta à medida que o sonho avança, assim como o sentimento de medo da pessoa, e o despertar geralmente ocorre quando essa ameaça ou perigo alcança seu ponto mais alto no sonho.

Os pesadelos geralmente ocorrem na chamada fase REM, ou seja, na segunda metade da noite, sendo muito mais frequentes nas últimas horas de sono. Durante essa fase é produzido uma "reorganização da memória" e uma reelaboração das lembranças, e os pesadelos ocorrem quando essa reorganização é acompanhada por uma hiper resposta empática na qual é produzido um aumento da frequência cardíaca e da atividade respiratória.

Pesadelos recorrentes, o que pode ser?

Embora as causas de ter pesadelos frequentes não sejam conhecidas, os especialistas apontam que o sofrimento desses sonhos durante o descanso pode estar relacionado com fatores como os que mostramos a seguir:

  • Estresse e ansiedade: durante os períodos em que estamos mais estressados, angustiados ou ansiosos, as possibilidades de ter pesadelos seguidos aumentam. Podem ser uma forma de liberar as tensões que acumulamos no dia a dia.
  • Traumas psicológicos: aquelas pessoas que viveram ou observaram um acontecimento traumático podem ter pesadelos constantes e uma péssima qualidade do sono. Normalmente, isso ocorre devido a um transtorno por estresse traumático e pode acontecer devido às experiências negativas, como um acidente, um sequestro, ter sido vítima de abusos, perda de um ente querido, etc.
  • Transtornos do sono: quem sofre de transtornos do sono, como apneia do sono ou terrores noturnos, têm mais probabilidades de ter pesadelos.
  • Doenças ou condições físicas: condições que dificultam o descanso, como por exemplo, a febre alta ou os problemas respiratórios, podem causar um grande desconforto noturno e favorecer o aparecimento de pesadelos.
  • Consumo de medicamentos: a ingestão ou retirada de alguns medicamentos pode provocar os pesadelos constantes. Entre esses fármacos, podemos encontrar os antidepressivos, anti-epiléticos, anti-histamínicos, potencializadores cognitivos, medicamentos para Parkinson ou a pressão arterial alta, etc.
  • Consumo excessivo de álcool ou de outras substâncias estimulantes que alterem o sistema nervoso pode resultar em pesadelos noturnos.

Quando os pesadelos são recorrentes e ocorrem com muita frequência, poderiam ser um sintoma de certos problemas psiquiátricos, como por exemplo: depressão, transtorno de estresse pós-traumático, transtorno obsessivo compulsivo, esquizofrenia, até de doenças neurológicas. Por esse motivo, quando os pesadelos são muito seguidos e são acompanhados de outros sintomas emocionais e físicos, é conveniente procurar um profissional para tentar averiguar qual é a origem e iniciar a terapia e o tratamento apropriados em cada caso.

Por que tenho pesadelos constantes - Pesadelos recorrentes, o que pode ser?

Sintomas associados aos pesadelos

Agora que sabemos quais são as causas mais comuns dos pesadelos frequentes, vejamos que tipo de sintomas ou sinais uma pessoa que experimenta esse tipo de sonho em suas horas de descanso pode apresentar:

  • Enquanto o pesadelo ocorre, o afetado pode falar, se mover ou reclamar.
  • Acordar com um sentimento profundo de medo.
  • Pulso cardíaco acelerado.
  • Frequência respiratória acelerada.
  • Transpiração.
  • Dificuldade para conciliar o sono e se acalmar após o pesadelo.
  • Consequentemente, no dia seguinte, a pessoa pode apresentar sonolência diurna excessiva, cansaço, dificuldade para se concentrar, mau humor ou sintomas de depressão leve.

O que fazer para não ter pesadelos recorrentes

Para evitar os pesadelos constantes e conseguir desfrutar de um sono reparador e de qualidade, uma série de medidas simples pode ser adotada, como as seguintes:

  • Manter uma boa higiene do sono: estabelecer um horário fixo para dormir, descansar durante umas 7 ou 8 horas por dia e dormir em um ambiente cômodo, tranquilo e relaxado.
  • Evitar comer muito ou comidas abundantes antes de ir dormir.
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas ou substâncias estimulantes, como a cafeína ou a teína, antes de ir se deitar.
  • Reduzir o estresse e/ou a ansiedade diária: pode ser realizando exercício físico ou colocando em prática técnicas de relaxamento e respiração. Caso o estresse ou a ansiedade não possam ser auto gerenciados, é recomendável procurar ajuda psicológica.
  • Evitar assistir filmes de medo ou terror à noite, pois podem favorecer a ocorrência de pesadelos.
  • Caso surjam pesadelos a partir do consumo de um novo medicamento, o médico deve ser consultado sobre a possibilidade de substituir o tratamento por outro.
Por que tenho pesadelos constantes - O que fazer para não ter pesadelos recorrentes

Procure ajuda profissional se...

Ter pesadelos de vez em quando é algo normal, mas quando esses sonhos são vivenciados com muita frequência ou por muito tempo, e também representam um desconforto significativo para a pessoa afetada, é recomendável procurar ajuda profissional e procurar um psicólogo.

Na psicoterapia, verificou-se que a terapia cognitivo-comportamental pode ser a melhor solução para os pesadelos constantes e recorrentes. Com isso, você pode lidar com o conteúdo dos pesadelos e aceitar todas as emoções que nos acompanham. Além disso, são oferecidas técnicas de reestruturação cognitiva, de relaxamento e de exposição aos sonhos para poder controlar, na medida do possível, essa situação.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Por que tenho pesadelos constantes, recomendamos que entre na nossa categoria de Significado dos sonhos.

Escrever comentário sobre Por que tenho pesadelos constantes

O que lhe pareceu o artigo?

Por que tenho pesadelos constantes
1 de 3
Por que tenho pesadelos constantes

Voltar ao topo da página