Partilhar

Relacionamento à distância dá certo?

Relacionamento à distância dá certo?

Por diversos motivos, alguns casais são obrigados a manter uma relação à distância. Relacionamento à distância dá certo? Neste artigo de Psicologia-Online te informaremos sobre esta situação difícil.

Também lhe pode interessar: Como manter um relacionamento à distância

Relacionamento à distância na psicologia

De maneira geral, as relações podem ser complicadas. Se, aos problemas habituais, somamos a distância, dificuldades podem surgir. Existem vários fatores que influenciam se a relação à distância funcionará ou fracassará. Por exemplo:

  • O tempo que os membros do casal estão separados. Não é a mesma coisa quando a separação dura semanas, do que quando dura meses ou anos.
  • A distância entre os membros do casal. Quanto maior a distância entre eles, mais complicado será de se verem durante o período de separação.
  • As fundações da relação. Se a relação do casal é saudável e está consolidada, a confiança e a segurança serão maiores, logo há mais chances de dar certo.
  • A duração da relação. Nos inícios de relacionamento, os sentimentos são mais intensos, mas também é necessário mais contato.

Problemas e soluções para as relações à distância

Se precisam estar separados ou separados por um tempo, o ideal é que ambos conheçam alguns dos problemas que podem surgir, assim como as soluções quem podem ajudar. A seguir, abordaremos 4 dos problemas mais frequentes, e daremos conselhos para solucioná-los:

Questões de horário

É possível que exista uma grande diferença de fuso-horário entre os locais de residência dos membros do casal. Isto pode dificultar a comunicação.

  • Solução: estabelecer um horário para fazer chamadas. É possível que um/a dos/as dois/duas tenha que fazer um esforço, por isso podem ir mudando o horário semanalmente.

Ciúmes

Os ciúmes e a insegurança podem aparecer e provocar algumas discussões. Os comentários do entorno sobre a possibilidade de a relação fracassar, ou o aparecimento de terceiros, são capazes de afetar negativamente.

  • Solução: manter a comunicação diária pode ajudar. Não é conveniente tirar conclusões precipitadas sem falar com seu/sua companheiro/a antes. Por exemplo, se não atendeu o telefone ou não respondeu uma mensagem. Trabalhar no relacionamento ajuda a aumentar a segurança. Por exemplo, contando detalhes, relembrando a nosso/a parceiro/a o que gostamos nele ou nela, etc.

Ausência de contato físico

A impossibilidade de contato físico, beijos, abraços, carícias... é difícil de suportar.

  • Solução: primeiramente, aproveitar ao máximo os encontros. Além disso, você pode utilizar a imaginação e contar a seu/sua companheiro/a o que você faria se estivessem juntos. Quanto mais detalhada for a explicação, mais real parecerá. Isto também pode ser aplicado para a sexualidade.

Discussões ou brigas

Assim como em circunstâncias normais as discussões podem afetar a relação do casal, quando há distância não é diferente.

  • Solução: a solução é a recomendada para qualquer situação: dialogar ao invés de discutir, empatia, assertividade e escuta ativa.

Como manter um relacionamento à distância

As relações à distância não são agradáveis para ninguém, mas podem funcionar se a separação é temporária. Para que isto ocorra e a distância não signifique o fim da relação, é importante trabalhar nela.

  • Cuidar da relação e da comunicação. Dedicar tempo e esforço é fundamental.
  • Trabalhar juntos ou juntas para resolver as pequenas dificuldades que podem surgir, fortalecerá a relação.
  • A confiança nestes casos é primordial, porque como já vimos, os ciúmes e a insegurança podem surgir.
  • Contar para seu/sua companheiro/a como você se sente e animá-lo/a, e vice-versa.
  • Conversar sobre o futuro juntos ou juntas para aumentar a motivação e tornar a situação mais suportável.
  • Enquanto durar a separação, fazer um esforço para ver o/a outro/a quando possível os dará forças para continuar.
  • Tirar o máximo proveito das vantagens da tecnologia atual. Não se limitem apenas às mensagens e às chamadas. É possível ter encontros online (um jantar, um café), jogar juntos, assistir um filme enquanto o comentam...
Relacionamento à distância dá certo? - Como manter um relacionamento à distância

Como saber se uma relação à distância está funcionando

A distância pode nos confundir. A ansiedade, a frustração por não estar ao lado de nosso/a companheiro/a, as emoções em geral, são capazes de gerar dúvidas de se nossa relação está funcionando ou se está colapsando. Há alguns sinais que indicam se sua relação está indo bem:

  • Você se sente amado/a. Se você sente que seu/sua companheiro/a está a seu lado, mesmo que não seja fisicamente, que te ama e apoia, sua relação está indo bem.
  • Você sente falta dele/a. Se você gosta de falar com seu/sua companheiro/a, deseja que chegue o momento de se falarem e ainda mais que possam se ver, essa ansiedade é um bom sinal.
  • Pensar no futuro faz você se sentir bem. Se quando você imagina o fim da separação e o futuro juntos ou juntas você sorri, se sente bem e está desejando que esse momento chegue.

É importante levar em conta que a distância é difícil e pode afetar seu estado de ânimo. É possível confundir desesperança com desinteresse, por isso é muito importante a comunicação e que falem de seus sentimentos para evitar mal-entendidos.

Resumindo, um relacionamento à distância dá certo se receber o trabalho adequado e a separação for temporária, porque o futuro juntos ou juntas é a motivação para superar as dificuldades de estarem separados/as.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Relacionamento à distância dá certo?, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Bibliografia
  • Beck, A. T. (2011). Con el amor no basta. Madrid: Paidós.

Escrever comentário sobre Relacionamento à distância dá certo?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Bianca Hellen de Oliveira Pereira
Eu tenho, ou tinha, um relacionamento a distância, mas ja estou a 1 anos longe, e meu parceiro sempre que falo sobre planejar logo pra nos casar, ele reage como se eu tivesse pressionando ele; e ele planeja gastar com carro, chuteira, time de futebol amador na cidade, mas nossa casa nunca sai do papel, sempre arruma um motiva pra nem começar nossa construção, ja estou noiva a 1 ano (desde que saí da cidade onde ele morava), e ele acha ruim de eu pedir pra ela me ligar todo dia, tem semanas que ele só fala por msg e se eu peço pra ser por vídeo ele reclama. Estou junto a ele faz 2 anos e 6 meses, pra muitas pessoas eh pouco tempo, mas ja faz um ano que ele me pediu em casamento e eu aceitei, ja faz mais d uma ano que temos onde construir a casa, com paredes e teto/telhado feito, falta encanamento, fiação, portas e janelas, é muita coisa eu sei, mas ele nunca acha que é a hora de começar a construção. Eu ja junto porcentagem de tudo que eu ganho faz quase 1 ano, e ele dizia que ja guardava a mais tempo, mas a pouco tempo atrás descobri que nunca guardou (diz ele qie não dava pra guardar).
Se eu tivesse perto eu talvez até esperaria mais, pois nunca fui do tipo de querer casar rápido, mas ele me promete coisas e me dá esperanças, e quando eu vou perguntar sobre, a gente briga pq ele diz q to pressionando.
Hj eu canssei de tudo e bloquiei ele e a familia dele, e os amigos dele de tudo nas minhas redes sociais, e sei que ele não virá na casa onde moro, pois ele nunca se deu o trabalho de me ver onde moro, foi sempre eu a trouxa que ia pra lá, e dormia na casa dele, e ouvia reclamação quando eu ficava em hostel la na cidade (pois ele não podia entrar no quarto). Na ultima vez que nos encontramos, que foi a menos d uma semana (ficamos antes disso 7 meses longe, por conta da pandemia e morarmos com pessoas de grupo de risco), ele não quis nada de romantismo, tudo foi voltado ao sexo, assumo que sou uma ninfomaníaca, mas eu preciso de carinho também.
E hj discutimos e resolvi terminar, pois eu pedi pra ele me ligar no almoço (na vdd mandei varias msg perguntando se ele tava trabalhando, se tava descanssando, se ele não iria me ligar hj e coisas do tipo), e então ele me ligou, eu tava muito carente, e ele só brigou comigo e eu desligava na cara pq eu ja tava chorando, e daí ele jogou na cara que eu não faço mais caminhada nem nenhum exercício físico, pq ele não fica mais comigo no telefone pra fazer as caminhadas, e por isso minhas crises de anciedade andam crescendo tanto, e ainda perguntou se sou tao dependente assim dele, e eu fui sincera dizendo que sim, e daí ele se irritou mais ainda comigo. Então finalmente fiquei com raiva o suficiente pra terminar tudo.... mas to naquela de achar ainda que ele vai dar um jeito de entrar em contato comigo, me fazer mais promessas e eu cair igual sempre, pq direto eu tento terminar, e ele me faz promessas e eu caio que nem trouxa achando que ele vai sim casar comigo.
Tipo, de resto ele não tem nada de errado, ele eh um bom homem, trabalhador, não me trai mais, ajuda sempre as pessoas quando as mesmas tem necessisades. Mas o mal dele eh que se acomodou com a vida dele de filho que a mãe faz comida dele, limpa a casa onfe ele mora, lava roupa dele, ele não tem que pagar conta de casa, e o principal, ele mora com os pais e o irmão, e ninguém quer ele fora de casa, na verdade minha sogra mesmo sendo um amor, ela não quer que ele saia de casa, ela sempre lembra ele das contas que vai ter que pagar, e que ela não vai ajudar, mas mesmo assim a casa nossa seria em cima da casa dela.
Ja eu, sou a pessoa que mora com a vó, ela paga as contas da casa, faz comida e lava a roupa, meu pai ajuda com dinheiro tbm, mas eh a terceira casa onde to morando, pq primeiro minha mãe me pois pra fora de casa por conta do marido dela, que queria só sexo e prazer, e como eu neguei pra ele, ele deu um jeito de me por pra fora, fui morar com minha vó materna, mas la tive que sair pq

Relacionamento à distância dá certo?
1 de 2
Relacionamento à distância dá certo?

Voltar ao topo da página