menu
Partilhar

Relaxamento mental: exercícios

 
Por Alejandro Garcia Mingrone. 5 agosto 2022
Relaxamento mental: exercícios

Vivemos em uma sociedade com muito estresse e as exigências que enfrentamos diariamente criam várias dores de cabeça. Também pensamos muitas vezes que podemos resolver situações complexas que não somos capazes de enfrentar. Poderíamos resumir este problema em uma palavra: exigências. Assim, nossa mente busca constantemente recursos para encontrar estratégias que nos aproximem cada vez mais dessas determinações auto-impostas.

Entretanto, isto pode nos desgastar e nos deixar em estado de tensão e nervosismo por um longo período de tempo, e é por isso que é importante fazer uma pausa das obrigações e imposições da vida. Neste artigo de Psicologia-Online, explicaremos como fazer exercícios de relaxamento mental.

Meditação

A meditação é uma das terapias psicológicas que tem como objetivo focalizar a atenção no presente. Esta técnica de relaxamento pode ser praticada de forma independente através de uma série de etapas:

  1. Antes de tudo, a meditação deve ser realizada em um ambiente tranquilo, longe de estímulos externos que possam distrair a pessoa.
  2. Uma vez que isto tenha sido alcançado, é dada ênfase especial à respiração diafragmática para produzir relaxamento muscular.
  3. Finalmente, recursos como a visualização são utilizados para alcançar um foco total nos pensamentos, emoções e comportamentos que temos no presente.
Relaxamento mental: exercícios - Meditação

Escrita

Quando estamos estressados, nossa mente não pode descansar porque está sujeita a muitos pensamentos atormentadores. Um dos métodos para evitar tais pensamentos é usar exercícios de escrita, pois isto nos permite escrever em um lugar externo os sentimentos negativos que nos impedem de relaxar.

A fim de realizar este exercício de relaxamento mental, é necessário descrever com o máximo de detalhes possível como nos sentimos naquele momento. Por outro lado, a escrita também oferece a possibilidade de inventar histórias fictícias nas quais aparece um aspecto pessoal que nos causa desconforto. Ao escrever, é possível obter uma pausa das preocupações diárias.

Exercício físico

O esporte é um bom aliado da saúde mental, pois produz uma liberação do estresse contido através do exercício físico. Durante estas atividades, o cérebro segrega hormônios que trazem alívio tanto ao corpo quanto à mente, como a dopamina e as endorfinas.

Ao mesmo tempo, esta atividade requer atenção focalizada nos movimentos, estratégias, funções e objetivos do momento, o que nos permite nos distrair do estresse e das preocupações diárias. Entretanto, é importante que a atividade física realizada seja de interesse pessoal para não se transformar em mais um motivo de estresse impedindo o relaxamento mental.

Relaxamento mental: exercícios - Exercício físico

Visualização

A visualização é uma técnica de relaxamento mental que consiste em evocar cenários imaginários. Em outras palavras, quando visualizamos um lugar tranquilo para tentar relaxar, nossa mente pode viajar para esses lugares e reduzir a tensão. Como exemplo, podemos citar visualizações que estão relacionadas a uma praia, ao mar, entre outras.

Escutar música relaxante

Os ruídos diários interferem em nosso humor e nos impedem de estabelecer uma distância ideal dos momentos desagradáveis. A música relaxante diminui o ritmo cardíaco e a agitação de nossa vida diária, por isso pode ser uma excelente técnica de relaxamento mental.

Por outro lado, para relaxar ouvindo música, é necessário ouvir a música que gostamos em um lugar tranquilo, longe de ruídos externos que podem interromper nosso descanso.

Respiração profunda

Quando respiramos profundamente por um período prolongado de tempo, a mente pode descansar de pensamentos repetitivos e incessantes. Antes de tudo, você deve inalar o ar progressiva e lentamente até encher seus pulmões até a capacidade.

Depois de alguns segundos, exale o mesmo ar lentamente para evitar expulsá-lo de repente. É importante repetir o mesmo procedimento até que tanto o corpo quanto a mente se acostumem a ele.

Se você quiser saber mais sobre este tópico, você pode consultar os Exercícios de respiração diafragmática.

Praticar yoga

Há agora uma série de benefícios conhecidos da prática diária de yoga. Embora ela possa ser considerada um exercício físico, sua metodologia difere de outras atividades. Enquanto os esportes envolvem a ativação do sistema nervoso que afeta os músculos, o yoga é feito por meio de posturas corporais e respiração profunda.

Também é considerada uma prática espiritual porque conecta o corpo com a mente. Para fazê-lo corretamente, você pode usar tutoriais ou assistir a aulas personalizadas com um instrutor treinado.

Relaxamento mental: exercícios - Praticar yoga

Desenhar e pintar

Como na escrita, o desenho e a pintura nos permitem expressar todos os sentimentos que temos dentro de nós e expressar nossas emoções. Tanto o desenho quanto a pintura estão relacionados a gostos pessoais, portanto, fazer uma dessas atividades reduz a intensidade dos pensamentos que nos assombram todos os dias.

Descartar os pensamentos negativos

Esta técnica de relaxamento mental pode ser aplicada em qualquer campo. Basicamente, consiste em escrever pensamentos negativos em um pedaço de papel e depois colocar a nota em um lugar discreto ou jogá-la no lixo.

O objetivo deste exercício é entender que há pensamentos que devemos remover de nossas vidas porque são prejudiciais. Para ilustrar, quando jogamos fora um objeto que não é de nosso agrado, tentamos tirar ou diminuir o seu valor, o mesmo vale para os seus pensamentos ruins.

Questionar ideias

Se o estresse persiste com o tempo, é porque os pensamentos que o sustentam têm um valor importante para nós. O questionamento de ideias é outra técnica de relaxamento mental que nos permite tirar a consistência dos pensamentos negativos.

Desta forma, podemos transformar afirmações em perguntas para produzir um relaxamento mental que melhore a qualidade de vida. Exemplos de tais perguntas poderiam ser "é realmente importante?" "por que estou me preocupando tanto com isto?" "qual é o objetivo da minha preocupação?", entre outros.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Relaxamento mental: exercícios, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Bibliografia
  • Chóliz Montañés, M. (2018). Técnicas para el control de la activación: Relajación y respiración. Facultad de Psicología, Universidad de Valencia.
  • Rodríguez-Rodríguez, T., García Rodríguez, C.M., Cruz Pérez, R. (2005). Técnicas de relajación y autocontrol emocional. Revista Electrónica MediSur, 3 (3), 55-70.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Relaxamento mental: exercícios
1 de 4
Relaxamento mental: exercícios

Voltar ao topo da página