Psicologia clínica

Síndrome de Solomon (medo de se destacar): sintomas, causas e tratamento

 
Alejandro Garcia Mingrone
Por Alejandro Garcia Mingrone. 26 outubro 2022
Síndrome de Solomon (medo de se destacar): sintomas, causas e tratamento

Pessoas que se destacam em alguma atividade costumam possuir altos níveis de exposição pessoal, tanto em círculos com pessoas próximas quanto com pessoas mais distantes. Por exemplo, é possível que o gerente de uma empresa dê um benefício a um funcionário mais eficiente depois de um período de bom desempenho.

Apesar de muitas pessoas desfrutarem do reconhecimento por seu trabalho, essas situações podem ser incômodas para aqueles que não possuem intenção nenhuma de se destacar entre os demais e preferem evitar a inveja. De fato, algumas pessoas apresentam um medo exagerado diante esse tipo de situação, o que pode dificultar o desenvolvimento de sua vida cotidiana. Neste artigo de Psicologia-Online falaremos sobre a Síndrome de Solomon (medo de se destacar), seus sintomas, causas e tratamentos.

Índice
  1. O que é a Síndrome de Solomon
  2. Sintomas da Síndrome de Solomon
  3. Causas da Síndrome de Solomon
  4. Tratamento da Síndrome de Solomon

O que é a Síndrome de Solomon

A Síndrome de Solomon é um transtorno de ansiedade caracterizado pela presença de um medo irracional e exagerado pela ideia de se destacar em alguma atividade, situação e/ou lugar determinado. Considerando suas características e parâmetros que mostram o DSM-5[1], é possível incluir a Síndrome de Solomon dentre os transtornos de ansiedade não especificados.

Para poder realizar um diagnóstico preciso da Síndrome de Solomon, é necessário que se observe uma série de critérios diagnósticos:

  • Medo e/ou ansiedade devido a um objeto e/ou uma situação específica (neste caso, seria o medo de se destacar).
  • Evitar situações de medo e/ou ansiedade imediata.
  • Presença de sintomas durante seis meses ou mais.
  • Deterioração das relações de trabalho, sociais e familiares por causa do medo e/ou da ansiedade.
  • As alterações não podem ser explicadas a partir da presença de algum outro transtorno mental nem da ingestão de medicamentos ou substâncias tóxicas.

Sintomas da Síndrome de Solomon

Como a Síndrome de Solomon se manifesta? Para poder identificar a tempo um quadro clínico como o da Síndrome de Solomon, é imprescindível conhecer as manifestações que podem surgir. A seguir, falaremos quais os principais sintomas desse transtorno ligado ao medo de se destacar:

  • Forte medo da rejeição.
  • Pensamentos catastróficos sobre a solidão.
  • Evitar situações de exposição pessoal.
  • Baixa autoestima.
  • Desconfiança.
  • Suor excessivo.
  • Palpitações.
  • Tonturas.
  • Náuseas.
  • Vômitos.
  • Angústia.

No entanto, é importante considerar que a presença isolada de algum dos sintomas mencionados acima não representa necessariamente a existência da síndrome de Solomon. Por esse motivo, o diagnóstico deve sempre ser realizado por um profissional de saúde mental que avalie as características e experiências específicas de cada paciente.

Síndrome de Solomon (medo de se destacar): sintomas, causas e tratamento - Sintomas da Síndrome de Solomon

Causas da Síndrome de Solomon

Encontrar as possíveis origens dessa patologia é crucial para estabelecer os instrumentos necessários para melhorar o estado mental da pessoa. Em seguida, mostraremos as causas mais frequentes associadas à Síndrome de Solomon:

Fatores ambientais

Muitas vezes as experiências traumáticas do passado exercem uma influência direta sobre os pensamentos, ações e emoções do presente. Em termos gerais, a Síndrome de Solomon costuma originar de algum momento desagradável da vida de uma pessoa.

Essas situações podem acontecer tanto em nível familiar quanto extrafamiliar, podendo incluir abusos, maus-tratos, violência verbal e/ou física, entre outros. Quando isso acontece, a pessoa pode desenvolver o pensamento de que será excluído nos círculos sociais caso venha a se destacar, porque ficará exposta.

Fatores genéticos

A transmissão de genes é outra causa da síndrome de Solomon. Nestes casos, deve ser levado em consideração se essa patologia já foi diagnosticada em algum dos progenitores do paciente, visto que a informação genética pode influenciar em sua forma de agir em situações que tenha que se destacar dos demais.

Nestes casos, a Síndrome de Solomon pode ser adquirida e/ou herdada. Vale destacar que o sistema nervoso central funciona à base de estímulos que vêm de fora, que podem afetar no desenvolvimento do medo em nível geral.

Tratamento da Síndrome de Solomon

Como tratar a Síndrome de Solomon? Felizmente, nos dias de hoje existem formas para tratá-la. A seguir, explicaremos os principais tratamentos:

Terapia psicológica

As sessões psicoterapêuticas fornecem instrumentos que permitem lidar com situações que provocam medo de uma forma mais amena. Por um lado, as terapias de curta duração focam no trabalho sobre as emoções, pensamentos e condutas que dão origem aos sintomas. Dessa forma, o objetivo está em construir formas de envolver-se socialmente apesar do medo de se destacar. Dentre essas terapias, é possível colocar a terapia cognitivo comportamental como a metodologia mais importante.

Por outro lado, o objetivo principal das terapias de longa duração é encontrar a origem dos sintomas de uma pessoa. No caso da Síndrome de Solomon, tratará de compreender quais foram as situações que deram lugar ao medo de se destacar. Dessa forma, a pessoa poderá encontrar alternativas na hora de encarar novas relações sociais. Nestes casos, a psicanálise se destaca como a terapia de longo prazo mais eficaz.

Medicação psiquiátrica

Nos casos em que a intensidade dos sintomas ocasionem sérias dificuldades no desenvolvimento correto da vida cotidiana, o uso de medicamentos ansiolíticos permite diminuir a ação dos sintomas da Síndrome de Solomon.

No entanto, é necessário destacar que o uso desses medicamentos deve ser supervisionado por um profissional de saúde mental capacitado.

Síndrome de Solomon (medo de se destacar): sintomas, causas e tratamento - Tratamento da Síndrome de Solomon

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Síndrome de Solomon (medo de se destacar): sintomas, causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Referências
  1. Asociación Estadounidense de Psiquiatría (2013). Manual Diagnóstico y Estadístico de los trastornos mentales (5ta ed.). Arlington: Editorial Médica Panamericana.
Bibliografia
  • Bados López, A. (2005). Fobias específicas. Facultat de Psicologia. Departament de Personalitat, Avaluació i Tractaments Psicològics. Universitat de Barcelona.
  • Scotti, D., Sansalone, P.A., Borda, T. (2011). Autoestima, miedo a la evaluación negativa y perfeccionismo: un estudio comparativo en población clínica y en población general. III Congreso Internacional de Investigación y Práctica Profesional en Psicología XVIII. Jornadas de Investigación Séptimo Encuentro de Investigadores en Psicología del Mercosur. Facultad de Psicología, Universidad de Buenos Aires.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 3
Síndrome de Solomon (medo de se destacar): sintomas, causas e tratamento