Partilhar

Sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago

 
Por Equipe editorial. 16 fevereiro 2021
Sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago

Observe os sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago, e faça isso porque é importante prestar atenção nessas sensações para tratá-las o quanto antes. A ansiedade se refere a um estado interno de inquietude que se alimenta do próprio ato da ruminação mental. A ruminação, por sua vez, refere-se ao ato de ficarmos mentalmente enredados em pensamentos circulares sobre um medo real ou imaginário.

Por essa razão, um dos sintomas da ansiedade é o tom dos pensamentos que afetam o paciente com uma carga negativa. Um discurso interno marcado por um tom pessimista. A inquietude é o sentimento que define o estado de ansiedade daquela pessoa que vive uma ausência de tranquilidade interior habitualmente.

Continue neste artigo de Psicologia-Online para descobrir quais são os sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago.

Excesso de futuro, sintoma da ansiedade

A ansiedade também se define pela falta de atenção consciente ao presente, já que a pessoa está com a mente no futuro. Na verdade, um sintoma comum da ansiedade experimentado pelo paciente é a vertigem diante dos possíveis medos referentes à ameaças externas que podem surgir no amanhã. A pessoa se sente inundada por essas ideias que a levam a viver na sensação de que estão em uma corda bamba da qual podem cair a qualquer momento.

O medo de um perigo futuro é frequente naquela pessoa que sofre de ansiedade e busca um modo de se proteger diante das ameaças externas. Contudo, com frequência, a pessoa busca evitar essas situações que promovem algum medo e, por esse motivo, a ansiedade se torna ainda mais forte, uma vez que o indivíduo se torna escravo do pânico.

Frequentemente, a ansiedade vem acompanhada de uma atitude perfeccionista por parte daquele que põe sobre seus ombros o peso da exigência extrema. Isto é, o perfeccionismo torna-se uma obsessão.

Tensão muscular, um efeito do estresse e da ansiedade

A relação do corpo e da mente é constante, visto que o ser humano é um só integralmente. Por isso, o estado emocional também afeta o plano físico. É comum que a pessoa que sofre de ansiedade tenha também alguns sintomas corporais. Por exemplo, a tensão muscular se observa inclusive na rigidez dos movimentos de linguagem facial.

Além disso, a ansiedade também afeta a respiração, por isso, a tontura pode ser causada por um problema de ansiedade.

Dor de barriga é sintoma de nervosismo no estômago

O nervosismo no estômago também pode estar presente ao ter que passar por uma prova importante, por exemplo, um exame ou um concurso. Contudo, uma vez que esse momento tenha sido superado, o nervosismo desaparece. Então que diferença há entre esse tipo de nervosismo e a ansiedade?

O nervosismo no estômago é produto da ansiedade ocorre de modo habitual, inclusive sem uma causa concreta. Desse modo, a pessoa pode até sentir ausência de apetite ao notar que tem uma espécie de nó na garganta. Isso é a apreensão. A dor de barriga também pode estar muito vinculada com as terminações nervosas dessa região do corpo.

Um dos traços característicos da ansiedade é que a pessoa pode sentir temor ou insegurança diante de situações cotidianas da rotina. Situações que antes eram realizadas com normalidade, mas que agora passam a ser percebidas a partir de um olhar de perigo derivado de uma preocupação extrema.

Sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago - Dor de barriga é sintoma de nervosismo no estômago

O que é a ansiedade estomacal

As emoções influenciam seu organismo e a área do estômago é especialmente vulnerável ao impacto que as emoções reprimidas por algum tempo podem produzir. A ansiedade pode gerar problemas estomacais como náusea, vômito, sensação de ter o estômago se revirando... Em caso de qualquer problema, é importante procurar seu médico de confiança, já que só um especialista pode determinar o diagnóstico da ansiedade estomacal ou qualquer outro.

O vínculo entre as emoções e o estômago também se manifesta diante de um evento feliz, como estar apaixonado e ter a sensação de borboletas no estômago. Porém, quando a ansiedade é produzida por um assunto que preocupa o indivíduo e se prolonga em intensidade e tempo, então o mal-estar aumenta. Por isso, é muito importante ficar atento o quanto antes aos sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago para buscar uma solução adequada.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago
1 de 2
Sintomas de ansiedade e nervosismo no estômago

Voltar ao topo da página