Partilhar

Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento

 
Por Equipe editorial. 30 janeiro 2021
Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento

Ao contrário dos pesadelos, os terrores noturnos constituem um transtorno do sono que provoca um meio despertar da pessoa afetada, a qual pode experimentar um episódio de grande angústia, medo e terror com gritos, choro, pancadas, palpitações, suores, entre outros sintomas. Além da incapacidade de tornar completamente independente do sono, a pessoa afetada não lembra do que aconteceu durante esse episódio no dia seguinte. Embora os terrores noturnos sejam comuns em crianças e geralmente desapareçam espontaneamente à medida que a criança cresce, também é possível que ocorram em adultos e, neste caso, poderiam estar associados aos problemas emocionais, como estresse, ansiedade, depressão ou alguma condição médica subjacente. Neste artigo de Psicologia-Online, vamos explicar quais são as causas, os sintomas e o tratamento dos terrores noturnos em adultos.

Também lhe pode interessar: Causas da ansiedade noturna

O que é terror notuno

Os terrores noturnos são um tipo de transtorno do sono no qual a pessoa afetada acorda rapidamente e bruscamente aterrorizada e angustiada. A pessoa pode acordar soltando um grito de angústia, muito assustada ou até mesmo confusa, isso também pode ser acompanhado de outros sintomas, como frequência cardíaca acelerada, respiração alterada e suor excessivo. Em alguns casos, pode até atingir o que quer que esteja ao seu redor sem estar consciente realmente do seu entorno. Depois, geralmente não se lembra do que aconteceu e não dá resposta aos esforços que os outros fazem para tranquilizá-la.

Estes episódios geralmente duram entre 10 e 20 minutos e, em seguida, a pessoa adormece novamente. Os terrores noturnos ocorrem durante a fase profunda do sono e, geralmente, na primeira metade da noite.

Terror noturno em adultos: causas

Os terrores noturnos são muito mais frequentes na infância e geralmente desaparecem na adolescência. No entanto, também existem uma porcentagem de pessoas adultas que sofrem disso e, neste caso, embora a causa exata seja desconhecida, os especialistas apontam que poderiam estar relacionados com problemas emocionais ou de personalidade. Vejamos a seguir quais podem ser as causas dos terrores noturnos em adultos:

  • Estresse e tensão emocional;
  • Ansiedade;
  • Depressão.
  • Transtorno bipolar;
  • Fadiga e falta de sono;
  • Ter protagonizado algum evento traumático, como poderia ser a perda de um ente querido, um acidente, uma separação, uma doença, etc;
  • Antecedentes familiares de terrores noturnos: aparentemente, as pessoas que têm familiares diretos com este problema são mais propensas a sofre dele;
  • Febre alta e consumo de alguns medicamentos: tanto a febre como o consumo de certos medicamentos poderiam aumentar as fases do sono, tornando-as mais profundas e favorecendo o sofrimento desses episódios;
  • Consumo de álcool ou drogas.
Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento - Terror noturno em adultos: causas

Terror noturno em adultos: sintomas

Para saber se você tem terrores noturnos, você pode fazer a si mesmo as seguintes perguntas:

  • Você costuma acordar de repente à noite soltando um grito ou aterrorizado e muito angustiado?
  • Ao acordar, você realiza alguma ação que possa colocar você ou quem quer que esteja ao seu redor em perigo nesse momento?
  • Você se sente muito confuso quando acorda?
  • Você não consegue lembrar o que aconteceu na manhã seguinte?
  • A pessoa que está ao seu lado nesse momento não consegue acordá-lo ou acalmá-lo?

Caso tenha respondido afirmativamente a primeira das perguntas anteriores e também tenha dito "sim" para alguma das seguintes, você pode estar sofrendo de terrores noturnos.

Preste atenção a quais são os principais sintomas de terrores noturnos em adultos, isso pode ajudá-lo a confirmar o diagnóstico:

  • Ter sensações muito desagradáveis e visualizar imagens negativas durante o terror noturno;
  • Durante o episódio, a pessoa pode falar, gemer, gritar, soluçar ou chorar;
  • Mover-se excessivamente, o que pode provocar quedas;
  • Acordar gritando, muito angustiado e aterrorizado;
  • Ao acordar, apresenta sudoração, hiperventilação, ritmo cardíaco elevado, confusão e desorientação;
  • Bater ou chutar seu entorno de maneira inconsciente;
  • Pode ficar com os olhos abertos e andar enquanto está dormindo;
  • Não reage às tentativas da pessoa que está ao seu lado de acordá-lo ou tranquilizá-lo;
  • Não se lembra do episódio ou de qualquer coisa que aconteceu durante o mesmo;
  • Uma vez que tenha passado o episódio, o afetado pode voltar a dormir.
Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento - Terror noturno em adultos: sintomas

Efeitos e consequências do terror noturno

Inevitavelmente, ao sofrer de terrores noturnos, a qualidade do sono e descanso da pessoa são severamente afetados e as consequências podem ser as seguintes:

  • Insônia: o sono da pessoa afetada é alterado e o simples fato de pensar que tais episódios podem ser recorrentes pode dificultar a conciliação do sono.
  • Sonolência excessiva no dia seguinte: no dia seguinte, a pessoa pode estar mais cansada e fatigada do que o normal, além de ter dificuldades para se concentrar. Seu desempenho habitual pode diminuir consideravelmente.
  • Os terrores noturnos também podem ter consequências para as pessoas ao redor do afetado e é possível que elas sofram alterações do sono e não consigam descansar tranquilamente.

Quando procurar um especialista em terrores noturnos

Se os terrores noturnos ocorrem esporadicamente devido a episódios temporais de tensão ou estresse, não têm por que constituir um sinal de alarme. Agora, é muito importante procurar ajuda profissional quando esses episódios começam a ser cada vez mais frequentes ou recorrentes, seguem um padrão específico, a integridade física da pessoa afetada e das pessoas ao seu redor estão em perigo ou no dia seguinte está muito cansada e incapaz de realizar as atividades cotidianas com normalidade.

Desta forma, é essencial consultar um/a especialista quando:

  • Os terrores noturnos são frequentemente experimentados;
  • Não consegue descansar bem e no dia seguinte há muito cansaço e fadiga;
  • As pessoas ao seu redor não podem dormir e descansar bem;
  • Tem medo de adormecer;
  • Os terrores noturnos provocam comportamentos agressivos ou violentos;
  • Seguem um padrão específico;
  • Pensa ou suspeita que pode ter algum problema mental ou emocional.

O profissional da saúde mental analisará a sintomatologia de cada caso e fará uma avaliação exaustiva para confirmar o diagnóstico. Existem muitos outros transtornos que provocam sintomas parecidos aos dos terrores noturnos, daí a importância de um profissional especializado estudá-los e fazer um diagnóstico final correto.

Tratamento dos terrores noturnos em adultos

Não existe um tratamento específico para curar os terrores noturnos em adultos, o tratamento geralmente tem como objetivo melhorar a qualidade do sono do paciente e a evitar que apareçam esses episódios tão angustiantes durante a noite. O tratamento dos terrores noturnos pode incluir o seguinte:

  • Psicoterapia: pode ser realizada uma terapia cognitivo-comportamental, que em alguns casos pode ser combinada com a ingestão de medicamentos que ajudem a tratar os sintomas associados.
  • Tratamento das condições médicas ou mentais que podem ser as responsáveis pelo sofrimento desses episódios noturnos.
  • Reduzir o estresse, a ansiedade e a tensão acumulada.
  • Execução de técnicas alternativas, como hipnose, meditação, ioga, etc.
Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento - Tratamento dos terrores noturnos em adultos

Dicas para evitar os terrores noturnos em adultos

  • Defina e mantenha um horário estável para ir dormir. Procure descansar entre 7 ou 8 horas por dia.
  • Dormir em um ambiente cômodo, tranquilo e sem ruídos.
  • Relaxe a mente antes de dormir, seja fazendo atividades tranquilizantes ou exercícios de relaxamento.
  • Fazer exercício físico durante o dia para liberar as tensões acumuladas e diminuir o estresse. Ioga e pilates são boas disciplinas para conseguir um ótimo relaxamento físico e mental.
  • Evite o consumo de substâncias estimulantes durante o dia ou antes de ir dormir.
  • Evite jantares muito abundantes ou refeições grandes antes de dormir.
  • Tome um banho de água quente antes de dormir para relaxar.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento
1 de 4
Terror noturno em adultos: causas, sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página