Psicologia clínica

Vício em açúcar: sintomas, causas, consequências e tratamento

 
Alejandro Garcia Mingrone
Por Alejandro Garcia Mingrone. 18 dezembro 2021
Vício em açúcar: sintomas, causas, consequências e tratamento

Muitas pessoas tem um gosto especial por comidas doces. Ao longo da história, foi inventada uma ampla variedade de alimentos e bebidas doces que apresentam um sabor que atrai centenas de consumidores. Por sua vez, existem muitas sobremesas que se caracterizam por serem doces e agradáveis ao paladar.

Esta classe de objetos consumíveis já faz parte de nossa vida cotidiana e são compartilhados por grande parte de nosso entorno. No entanto, o consumo excessivo de açúcar é um dos problemas que pode gerar uma série de dificuldades.

Se você já passou por algo parecido ou conhece alguém que tenha problemas para conviver com o açúcar, esta informação poderá ser útil para obter algumas ferramentas para abordar esta temática. Quer saber mais sobre isto? Neste artigo de Psicologia-Online, te daremos informações sobre o vício em açúcar: quais são seus sintomas, causas, consequências e tratamento.

Também lhe pode interessar: Vício em comida: sintomas e como tratar
Índice
  1. Sintomas do vício em açúcar
  2. Causas do vício em açúcar
  3. Consequências do vício em açúcar
  4. Como se livrar do vício em açúcar

Sintomas do vício em açúcar

O consumo de açúcar ativa centros de busca localizados no cérebro que fazem com que consumamos excessivamente alimentos sobrecarregados de açúcar. Esta classe de alimentos causa a liberação de substâncias denominadas oxitocina e dopamina, associadas a sensações de prazer. Antes disso, falaremos sobre quais são os sintomas do vício em açúcar mais importantes:

  • Desejo por alimentos doces.
  • Pensamentos recorrentes sobre consumir alimentos com açúcar.
  • Dores de cabeça.
  • Irritação.
  • Nervosismo.
  • Ansiedade. Neste artigo, te mostraremos diferentes remédios para a ansiedade.

Devemos levar em conta o contexto no qual surgem estes sintomas para poder determinar se se trata de uma dependência de açúcar ou de momentos isolados em que sentimos vontade de consumir algum alimento doce. Por este motivo, os sintomas do vício em açúcar devem ser avaliados por um profissional de saúde para que seja possível estudar as emoções, comportamentos e pensamentos da pessoa que sofre desta condição.

Causas do vício em açúcar

A análise das causas que levam à dependência de açúcar é crucial para encontrar métodos adequados que sejam úteis para cada pessoa. Aqui descreveremos as principais causas do vício em açúcar:

  • Fatores ambientais: situações de nosso entorno nas quais a pessoa tenha participado de eventos relacionados com o consumo excessivo de açúcar. Em muitos casos, a imitação de comportamentos corresponde a um traço característico das pessoas dependentes de açúcar. Desta forma, é possível que se tenha observado alguém com certos comportamentos de dependência em relação a alimentos ou outros elementos, adotando este padrão em sua vida cotidiana.
  • Estímulos sociais: outra das causas da dependência de açúcar é a influência dos meios de comunicação. Estes influenciam nas decisões das pessoas mediante diferentes publicidades associadas ao consumo. Sob estas circunstâncias, as imagens de alimentos sobrecarregados em açúcar apresentam um atrativo visual para o consumidor que tem como finalidade que se ingiram estes alimentos que são difíceis de controlar.

Consequências do vício em açúcar

O consumo em excesso de alimentos ultraprocessados com açúcar trazem uma série de consequências diretas sobre a saúde das pessoas. Neste tópico, mencionaremos as consequências da dependência de açúcar mais relevantes:

  • Obesidade.
  • Diabetes tipo II.
  • Infartos.
  • Hipertensão.
  • Aterosclerose.
  • Doenças cardiovasculares.
  • Síndrome metabólica.
  • Agravamento de transtornos mentais tais como depressão e ansiedade.
  • Alterações na capacidade de aprendizagem e memória.
  • Aumento de peso.

Como se livrar do vício em açúcar

Dadas as consequências da dependência de açúcar, é importante contar com tratamentos que apresentam uma eficácia considerável na hora de abordar esta problemática. Felizmente, existem algumas alternativas interessantes que são de utilidade para superar este tipo de dependência. Aqui falaremos sobre como superar a dependência de açúcar:

  • Terapia psicológica: pode ajudar a pessoa a compreender suas emoções, comportamentos e pensamentos sobre situações que geram um conflito. Por um lado, as terapias de longa duração orientam seu objetivo em entender o motivo que originaram uma conduta perigosa para uma pessoa. Por outro lado, as terapias de curta duração fornecem ferramentas ao paciente para que conte com outros recursos na hora de enfrentar situações que geram ansiedade, estresse, angústia e/ou outro sentimento. Neste grupo englobaremos a terapia cognitivo-comportamental e a terapia sistêmica.
  • Tratamento nutricional: devido ao fato de o consumo de açúcar estar relacionado com maus hábitos alimentares, a visita a um nutricionista pode orientar a pessoa que sofre desta dependência a reorganizar sua alimentação e incorporar alimentos mais saudáveis.
  • Tratamento psiquiátrico: às vezes é necessário realizar uma consulta psiquiátrica, dado que existem certos circuitos neuronais no cérebro que incidem no consumo excessivo de açúcar. A ingestão de medicação sempre deve ser orientada por um profissional de saúde mental.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Vício em açúcar: sintomas, causas, consequências e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Bibliografia
  • Obregón, A., Fuentes, J., Pettinelli, P. (2015). Asociación entre adicción a la comida y estado nutricional en universitarios chilenos. Revista Médica de Chile, 143 (1), 589-597.
  • Rada, P., Avena, N., Hoebel, B. (2005). "Adicción" al azúcar: ¿Mito o realidad?. Revista Venezolana de Endocrinología y Metabolismo, 3 (2), 2-12.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Vício em açúcar: sintomas, causas, consequências e tratamento