menu
Partilhar

Não quero mais meu marido: o que fazer

Não quero mais meu marido: o que fazer

Quando uma pessoa começa a ter essa dúvida, é sem dúvida um sinal de que algo está acontecendo dentro do relacionamento que faz com que ela já não se sinta tão feliz como antes. O simples fato de fazer essa questão não significa que você deixou de amar o seu marido, já que alguns casos pode tratar-se unicamente de uma confusão ou de um estado de espírito passageiro.

Nesse artigo de Psicologia-Online "Não quero mais meu marido: o que fazer", te ofereceremos informação valiosa que permitirá fazer uma reflexão mais ampla e exaustiva sobre quais são as principais razões pelas quais você pensa não querer mais o seu marido, assim como conselhos que servem como guia para saber o que fazer nessa situação.

Diferença entre amor e paixão

Você sabia que existe uma grande diferença entre amor e paixão? Muitas pessoas confundem os dois termos e acreditam que, quando a paixão acaba, quer dizer que acabou também o amor, o que não é verdade.

Então, o que significa paixão? Estar apaixonado é um processo emocional que se gera a partir da alegria e da emoção que se experiencia ao sentir-se muito atraído por uma pessoa. Quando uma pessoa está apaixonada, chega a "sentir-se nas nuvens" ou "sentir borboletas no estômago" só por ver ou até pensar nessa pessoal. Alguém apaixonado é capaz de fazer as maiores loucuras pelo outro, idealiza a pessoa deixando totalmente de ver os defeitos dela e exagerando as suas virtudes, vive com constantes altos e baixos emocionais causados por emoções fortes que a outra pessoa provoca. Na sua mente, pensamentos e ações são encaminhados a estar com a pessoa amada e sente a necessidade de lutar por isso, entre muitos outros sintomas que este estado tão agradável provoca (quando é correspondido).

O que significa amar alguém de verdade?

Não existe nada de errado em estar apaixonado, vale a pena ter essa sensação pelo menos uma vez na vida, mas devemos saber que, por ser um estado emocional, tem um tempo limite e chega ao seu fim. Quando a paixão termina, os apaixonados começam a ver realmente quem é a pessoa amada, param de exagerar as suas virtudes e começam a notar que, como todas, também possuem defeitos. Toda essa série de emoções exageradas desaparece ou diminui e é aqui que é possível estabelecer um ponto de partida até um amor mais sincero e real.

Não sei se amo mais o meu marido

Quando você ama verdadeiramente alguém, você tem consciência dos defeitos e virtudes dessa pessoa, de que nem tudo precisa ser sempre cor de rosa e de que a outra pessoa não é perfeita, assim como você também não é. Apesar disso, você escolhe continuar com essa pessoa e, com o tempo, reforça um amor que vai mais alá do desejo físico para atingir um plano mais espiritual.

Em suma, o amor não tem prazo de validade, mas a paixão sim, e é importante aprender a diferenciá-los. É possível que você pense "Não quero mais meu marido, o que fazer?" no momento em que a paixão esfria e dá lugar ao carinho e ao amor verdadeiro.

Não quero mais meu marido: o que fazer - Diferença entre amor e paixão

Como saber se ainda amo meu marido

"Não quero mais meu marido: o que fazer?" Antes de começar a planejar o que fazer quanto a isso, você deve fazer uma reflexão sobre algumas questões que possivelmente está ignorando e que ajudam a entender o que você sente realmente.

  • Você confundiu paixão com amor? Depois de ter entendido o que explicamos antes, em que consiste o amor e a paixão, você conclui algo sobre o que está acontecendo com você? Acredita que vale a pena continuar com o seu marido mesmo depois da paixão ter acabado? Faça essa pergunta a você mesma(o), assim como outras relacionadas que possam surgir.
  • Você consegue identificar em que momento deixou de querer o seu marido? Busque na sua memória e identifique a partir de que momento o amor que você sente pelo seu marido começou a diminuir, pode ser por terem problemas constantes, por ele ter deixado de ser fisicamente atraente para você, por ele ter feito coisas que você não gostou, etc.
  • O que você sente que falhou no relacionamento? Pense se existe algo importante para você que está faltando no seu relacionamento e se é possível tê-lo em algum momento.
Não quero mais meu marido: o que fazer - Como saber se ainda amo meu marido

Quero me separar mas tenho medo de me arrepender - 3 chaves

Nos relacionamentos em casal, existem vários altos e baixos que fazem com que nos sintamos mais ou menos conectados com a pessoa amada em determinados momentos. Se não nos conhecemos bem a nós mesmos e não sabemos como gestionar esses momentos, pode surgir muita confusão. Por esse motivo, é importante não agir de forma impulsiva e evitar tomar decisões precipitadamente sem ter feito antes uma reflexão sobre o que está acontecendo com você agora.

  • Seja sincero com você mesmo(a). Antes de tudo, você deve ser sincero(a) com você mesmo(a) e reconhecer o que sente verdadeiramente em relação ao seu marido. Se você não está segura(o) do que quer, faça um exercício de introspeção e uma reflexão profunda sobre o que está acontecendo e determine o que é melhor para você.
  • Fale com o seu marido. Além de ser sincero com você mesmo, é importante que também seja franca(o) com o seu marido e que ele saiba como você se sente nesse momento. Isso não só vai permitir que você faça algo em relação ao que você sente, por muito difícil que seja, mas o seu marido também vai agradecer que você tenha tido o respeito de ser sincera(o) com ele. Outra vantagem de expressar o que você sente ao seu marido é saber também o que ele sente. É possível que você descubra coisas nesse momento também.
  • Tome uma decisão. Depois de falar com o seu marido de forma sincera sobre o que você está sentindo, tome um tempo se ainda se sente confusa(o) mas use esse tempo para tomar uma decisão e entender se o seu relacionamento tem futuro. Caso você se sinta segura(o) de que não quer mais o seu marido na sua vida, terá de optar por terminar o relacionamento, pelo seu bem e pelo dele, já que só assim estará sendo coerente consigo mesma(o).

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Não quero mais meu marido: o que fazer, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
48 comentários
A sua avaliação:
Rose
O que fazer pra tirar dúvidas e medo
A sua avaliação:
Ana eli
Namoro há quase 7 anos. Ele é carinhoso, me ajuda financeiramente. Faz tudo pra me agradar, porém já peguei ele várias vezes mandando mensagens para outras mulheres, pedindo foto delas peladas. Ele me pede perdão, implora pra eu não terminar, diz q nunca me traiu fisicamente, e que vai parar de mandar mensagens pra outras mulheres e tal. Eu quero terminar mas mesmo assim fico pensando q ele vai sofrer muito sei lá. Tenho pena .
A sua avaliação:
Ana Gonçalves
Reencontrei um namorado da adolescência. Nos 2 somos casados, eu tenho 22 anos de casada e ele 15 anos e temos um caso a 1 ano. Somos apaixonados. Tenho 50 anos e ele 51. Ele está se separando. Eu não quero me separar pq meu marido é bom e tenho uma filha deficiente. E agora? Escolho o amor ou a família?
A sua avaliação:
Osmar
Sou cansado há vite anos e minha esposa do nada me dici guê nunca me amou quando conheci ela tinha um casal de filho um dois anos e o outro com três e eu assumi sem pensar em nada eai ela me deu mais uma filha hoje com 19 anos mas estou muito ferido pois nén eu e nem ela traiu simplesmente ela não quer mais ser minha esposa agora guê todos os filhos estão criados ela só dia guê nunca me amou ou seja só cervi para ajudar ela criar os filhos agora não sirvo mais mas ela não fala em divórcio e nem eu pois ho amo com todas minhas forças me ajude por favor estou ficando meio maluco
Ana eli
É triste se sentir usado, mas talvez ele nem tenha te usado . Não fique pensando nosso, foque no quanto vc foi maravilhoso na vida dela. Siga sua vida em paz, tenho certeza q vai encontrar uma pessoa maravilhosa pra recomeçar.
A sua avaliação:
Scarlet
Sou casada a 20 anos. Tenho 55 anos.
Estudei,fiz faculdade,não queria casar,depois veio uma vontade de ter um filho ,dentro de uma família, ai conheci meu marido e em 10 meses casei.
No namoro, ele já pisava na bola,mas eu era cega,ou não queria ver.
Assim q casamos meu tormento começou.
Ele foi mostrando que o objetivo dele ,que era me fazer sofrer.
A máscara foi caindo e me vi casada e grávida de um homem grosseiro,ciumento,manipulador, folgado,alcoólatra, possessivo,desempregado, auto estima estratosférica, entre outras.
Fazia tudo pra me manipular,tudo sempre teve q ser em número, gênero e grau do jeito que ele quer.
Nunca me elogia.qdo comprava algo pra mim,jogava na cara. Não é carinhoso, nunca elogia nada, toda refeição é uma reclamação, perdi a Conta de qtas vezes chegou muito bêbado em casa, bebia de cair, passava 4 a5 horas no bar ,todo dia. Chegava do serviço todo dia 10 horas da noite e bêbado .
Passei anos nos fim de semana sozinha,enquanto ele estava no bar .
Perdi a conta das brigas q tivemos.
Dos 20 anos juntos,ele passou pelo menos 14 desempregado.
Qdo trabalhava ,dividia as contas comigo.
Mercado,eu pagava quase sempre ou sempre.
Me chama de gorda,vigiava o que eu comia, diz q tenho q passar fome pq preciso emagrecer,pq estou muito gorda.
Dizia q eu tinha amante(eu nunca trai ele)
Detesta minha família. Mesmo eles ajudando muito a gente.
Meu filho odeia o pai. Diz que ele não é exemplo de nada pra ele.
Antes eu rezava, mandava texto enormes pra ele,tentando "consertar"nosso casamento, fazer dar certo.Ele usava cada palavra que eu dizia pra me ofender e contra mim. Depois eu fui cansando,o amor acabou,a paciência tbm.
Descobri uma traição dele, e ai fui ligando pontos e vi como fui idiota na mão dele.
Ele sempre tentou me rebaixar,me desvalorizar.
Ele é insuportável,tanto q vigia a louça q lavo, a batata que frito,se lavei a mão, etc...entre outras coisas.
Tinha MUITAS mágoas deles, hoje nem isso.
Faz uns 12 anos tento me separar, mas ele não vai embora, pq o objetivo dele É judiar de mim.
E tbm está mais uma vez desempregado,não tem condições de nada,e eu nao quero que meu filho veja o pai morando na rua.
Hoje brigou comigo pq não comprei guardanapo. Sempre só quer do bom e do melhor.
Eu sustento tudo com meu trabalho.
Vivemos apertado,e ele não se mexe.
Agora eu não falo mais nada,me isolei.evito conversa,evito ficar no mesmo ambiente. Não o suporto mais.
Ele é gordofobico ,machista,preconceituoso, desdenha das pessoas,e de mim muito tbm.
Preciso força . Quero me separar, vou dar um jeito de dividir o pouco q tenho pra ele me dar paz.
Não desejo mal nenhum pra ele.
Mas preciso viver,ser livre,ter paz. Casamento ,nunca mais.


Viviany
Você é extremamente forte! Por favor, receba meu abraço apertado e minha admiração! Não te conheço, mas, estou torcendo por você! Fica bem!
Carla
Ao ler o seu “desabafo” vi o retrato do transtorno de personalidade narcísica. Leia sobre o assunto….. e FUJA! Pela sua sanidade mental e dos seus filhos!
Mari
Eu sinto muito pelo que você está passando, você é uma pessoa muito forte pra suportar tudo isso por tanto tempo. Ja faz uns meses que você escreveu entao espero que você ja tenha se livrado desse encosto.
A sua avaliação:
Mayara
Olá boa tarde ,quero me separar mais meu marido não aceita ,eu não sou obrigada a continuar com ele ,não sou casada no papel oq posso está fazendo ? Como posso agir
A sua avaliação:
Ana Lima
Estou com o meu namorado a 8 anos, ele sempre foi uma pessoa que tinha o desejo de se casar, ter filhos e uma família e eu não. Sempre quis fazer coisas sozinha, coisas que não dá pra fazer com ele.
Moro com ele a 3 anos e eu nunca quis, vim por pressão dele e da família dele.
A verdade é que estou me sentindo péssima porque não sinto mais atração por ele, quando transando eu só chego ao orgasmo se pensar em outras pessoas.
E ele é uma pessoa boa, nunca me traiu e me respeita bastante, o problemas sou eu que não quero mais .
Quando tento falar com ele sobre ele se faz de vítima e diz que não pensa assim, e ficamos mal resolvidos.
Se alguém puder me aconselhar eu agradeço.
Hellen
Tbm me sinto assim as vezes, mas eu ainda gosto do meu marido, o problema é que ele é chato. Eu não estou mais suportando ele
Camila
Boa dia Ana, li seu texto, e pelas suas palavras é nelas que muitas vezes tem algo nas entrelinha, você é uma mulher corajosa e forte, se você ainda não conhece Elaine Hourives ou Marcia Luz eu te recomendo, e foi com elas que aprendi muita coisa, existe um ser Supremo e Superior que rege todas as coisas, e sabendo disso nos permitiu fazer escolhas e ser livres e nessa jornada estamos aqui para aprender, e sabendo disso a voz interior todos os dias fala conosco, o que podemos fazer com isso é prestar atenção e saber o que realmente estamos sentindo e querendo pois sempre temos a resposta dentro de nós e a força que esta dentro de nós que vem do alto, na verdade o que perguntamos nos já sabemos o que fazer, e muitas vezes por algo da história do inconsciente do passado e da nossa mente não agimos, precisamos de ação, quando o sentimento e o pensamento dizem a mesma coisa muitas vezes é aquilo que queremos deveríamos fazer, a resposta esta em nós, tudo ou quase tudo são nossas escolhas e sempre esta em nossas mãos. És a partícula da centelha Divina.
Mari
O seu caso é semelhante ao meu. Ele tenta me agradar mas nao consigo corresponder a nada, não sinto nada por ele.
A sua avaliação:
anônima
Sou casada tem mais ou menos uns 6 anos à 7 tenho três filhos meu marido não me dá atenção viagem 15 dias em cada mês e quando chega a gente só briga briga ele não conversa comigo eu tento ele é fora de acordo a gente não tá tendo relações mas como antes ele não me procura só que eu sei que ele não tem outra pessoa também e está sendo muito difícil para mim eu não tô conseguindo ter o mesmo sentimento que antes estou gostando de outra pessoa que é bem diferente não quero tomar decisões precipitadas pelos meus filhos mas não estou suportando mais estou em crise de ansiedade de tanto pensar de tanto me torturar saber que durma com uma pessoa que me virar as costas não dá carinho não dá atenção não entendi não me escuta tá muito difícil sendo que conheço esse rapaz que eu gosto aos 8 ou 9 anos ele sempre foi carinhoso nunca mudou antes de me casar a gente teve algo não sério mais ter te vemos não sei o que fazer ele me trata bem me dá carinho e eu sei que ele tem sentimento por mim não que só carinho não só gostar a gente tem muito em comum e eu não sei o que fazer eu tô me sentindo nada do lado do meu esposo ele é machista controlador não posso sair já é um motivo para uma confusão Ele bebe e se descontrola quer um conselho ou algo que possa me ajudar a repensar não me sinto capaz de dividir isso com alguém da minha família
NINHA
Penso que sair de uma relação ruim para entrar em outra nunca vai ser a solução dos nossos problemas. Toda pessoa tem defeitos e infelizmente para nos mantermos em um relacionamento precisamos analisar se "esses" defeitos do outro é aceitável para nós. Porque senão outro relacionamento vai ser mais um fracasso . O fato é: Até onde podemos suportar para continuar em um relacionamento com alguém? Acho que ninguém tem a resposta. Afinal não conhecemos todos os "tipos" de pessoas certo? E outra: Será que precisamos realmente estar amando alguém para alcançar essa tão sonhada felicidade? E se o príncipe que nos apaixonamos pela segunda vez na verdade for um "sapo" e "nossos" filhos pagar um preço alto por nossas escolhas erradas baseadas nessa "carência" que a gente nem sabe de onde vem? Vale a pena correr esse risco? Quando se tem filhos, se jogar de cabeça em um novo relacionamento pode ser arriscado. Por isso precisamos ter certeza do que queremos claro, mas não se esqueça que saber o porquê que queremos faz toda a diferença na tomada de decisões.
Espero que esteja bem e feliz com quem quer que seja viu?
Fica bem tá. Espero que esteja muito feliz.
A sua avaliação:
Jana
Estou há 10 anos junto com meu namorado, e há 3 anos resolvemos comprar uma casa e morarmos juntos (na verdade eu quis, ele foi no embalo)....ele diz gostar de mim, mas nesses dez anos juntos, agora analisando, penso que ele está junto comigo por comodidade. Nesse último, tem sindo extremamente difícil a nossa convivência, já conversei muitas vezes com ele sobre o que sinto e vejo que pra ele não importa, ou seja, ele não quer saber o que sinto, por quer será? Pra mim dá a entender que se pra ele está bom, porque ele vai se estressar não é mesmo?!!! Logo sou uma figurante na vida dele (pelo menos me sinto assim, e já não sinto mais nada por ele, talvez uma amizade de amigos mesmo...apenas)....triste realidade...mas aí vem um x nessa questão, como compramos uma casa e estamos pagando, eu gostaria de ficar com a casa...ou eu me estrepo em dívidas e não faço mais nada na vida e fico com a casa ou continuo com essa vida horrorosa que venho levando, sem amor. Gente sem amor a gente é nada. E o que a gente esconde no fundo da alma o corpo adoece. Uma hora sai tudo pra fora, o corpo dá um jeito de mostrar que não ta legal (no meu caso já estou com depressão....e crises de ansiedade.....isso é um leve resumo da minha vida pacata...
Renata
Estou numa situação parecida, casei com uma pessoa a qual eu Gostava na época mas o tempo passou e a coisas mudaram e eu infelizmente já não sinto mais amor por ele, está não pra uma amizade, é ele é uma boa pessoa mas estou em um dilema pq sei que a separação não é fácil, e ainda tenho um filho com ele tb!
A sua avaliação:
Graziele
Não estou bem no meu casamento quero um tempo penso em outra pessoa o que devo fazer
A sua avaliação:
ROBERTINA
nao suporto conviver com meu marido
vanessa
estamos na mesma
Mili
Mulher, eu também. Mas eu não sei por onde começar, não sei como contar pra ele que não gosto mais dele.. A gente mora junto vai fazer 3 anos, mas diante de tantas brigas, eu acho que deixei de gostar dele. Não sinto vontade de nada, quando ele sai eu me sinto melhor, agora quando ele tá em casa da vontade de sair sabe?! Eu queria achar uma maneira de contar isso pra ele, mas eu não sei como e mesmo pra onde começar. Alguém pode me aconselhar ? :(
A sua avaliação:
Juliani
Estou casada 6 anos ...meu marido é viciado bebida e eu odeio isso pork já tive várias desipcao.. sinto raiva dele pork final de semana é bar e só me procura pra questionar eu ...mas ele sempre volta ..oque eu faço pra tirar ele casa de vezs
Rosiane Olina da Silva
Juliano, passo pelo mesmo, eu não quero mais ter decepções , fico incomodada perto dele .mais ele não quer ir embora apesar de deixar claro que não amo e tenho ódio dele , por tantas decepções 😓
A sua avaliação:
Sabrina
Eu me separei do meu marido por 2 vezes, por conta de traição e humilhações que eu passava, agora ele está um homem maravilhoso é um ótimo pai , faz tudo por mim, eu o amo, mas não sinto vontade de estar mais com ele, tenho vontade de terminar novamente ,mas tenho medo de deixar ele ferido
Amandinha
Estamos na mesma situação, eu vivi 9 anos atrás de brigas, atrás de chingos, não me valorizava, era só critica e critica, me deixou muito sozinha, me olhava como se tivesse ódio de mim. Agora depois que ele descobriu que me ama de verdade e quer ficar comigo, e está mudado, eu depois de tudo que passei no convívio, acabei por desgostar, e não consigo recuperar o sentimento de amor, apenas sinto amizade, não sinto atração nenhuma. Porém o medo de chatear ele me bloqueia totalmente. Mas sinto muita vontade da libertação, mas não consigoo.
ninha
Estranho vc pensar nos sentimentos dele, se ele vai ficar ferido, sendo que ele te traiu. Quando ele te traiu ele estava pensando em vc? Enquanto vc pensa se ele vai ficar triste ou não com sua partida sua vida vai ficando pra trás porque agora ele te manipula com a figura de bom homem. Ninguém muda a verdadeira essência. Seres humanos aprimoram talentos e outras coisas mas caráter a gente morre com ele.
A sua avaliação:
Joicilene Ferreira Da Silva
Eu não sinto mais nada pelo meu marido quando ele quer manter relação sexoal comigo eu não quero eu não me sinto bem o que eu faço
Rafaella
fala que a verdade que você não sente desejo ninguém e trepadeira de sexo e ele sendo seu marido vai tem que te entender porque te ama ou ama só pelo sexo você e livre
A sua avaliação:
Ana Paula Durval Nunes
Eu não sinto mais nada pelo meu marido porque ?
Hellen
Talvez sejam as mágoas, os estresses diários, a gente não cansa de avisar.. siga sua vida e fale a verdade
A sua avaliação:
Juciana oliveira bispo
Eu nao sinto mais nada por meu marido, so que ele me ama,o que fazer?

Tenho pavor so em pensar de fazer sexo com ele,me ajuda?e nessa história ainda tenho uma filha de 3 anos
A sua avaliação:
Camila
Sou casada há 10 anos e no último mês desconfio com quase certeza que me traiu com uma garota de programa.
Nossa relação não vem bem há muitos anos, meu marido é muito indiferente comigo, não é o tipo de homem que valoriza sua esposa, nunca me diz que estou bonita coisas do tipo que gostamos de escutar e sentirmos quando somos amadas, nossa relação intima é muito frustrante pra mim pois ele não me procura nunca, sempre sou eu que tomo a iniciativa e muitas e muitas vezes ele me rejeita. Mesmo com tudo isso sempre insisto e tento entender ele e sempre propuz de procurarmos ajuda, mas ele não enxerga o problema e diz que eu que crio um problema na nossa relação.
Mas agora sinto que alguma coisa mudou dentro de mim depois que peguei as fotos no seu celular, busca na Internet por prostitutas , sinto que algo se perdeu no que sentia por ele e não sei se vou superar e voltar a olhar ele como o olhava antes.
Eu tive que falar o que descobri e o quanto estava desepcionada com ele e queria entender o porquê estava procurando prostitutas o que estava faltando na nossa relação e disse que queria me separar não tinha mais como manter uma relação assim. Nunca fui uma esposa desconfiada e insegura, não tenho costume de mexer nas coisas deles mas alguma coisa me fez olhar o celular dele.
Estamos juntos ainda tentando superar mas sinto que não esta realmente empenhado a superar e mudar suas atitudes pois é mais fácil não falar dos problemas do que buscarmos uma solução. Estou me sentindo muito triste com tudo isso e vejo que pra ele é como se nada tivesse acontecido e estamos vivendo da mesma forma que antes.
Sei que estou protelando uma decisão que tenho que tomar, e não sei por que ainda não fiz. Talvez com medo de ser julgada pela minha família ou insegurança de ter que reconstruir minha vida sozinha.
Patricia
Só tenha medo de continuar nesta situação e não ser feliz ... você vai se sentir melhor quando sair disso tudo ... assim q der o primeiro passo tudo caminha melhor ... desejo a você, fé em Deus , força e paz !
Patricia Belém
Faça minhas ás palavras da minha chará
A sua família não vai le julgar não.
Pensei isso a 14 anos.
É quando pedir ajuda a minha família eles me receberam de braços abertos..
Não tenha medo..
Vá ser feliz.
A sua avaliação:
Olivia
Sou casada há sete anos, tenho duas filhas com meu marido, mas desde a gestação da nossa segunda filha ele mudou pra mim, sinto que ele não a queria, ele me traiu e eu descobri não só com uma mulher que é noiva como com outras, e garotas de programa, agora minha filha mais nova está com um ano e oito meses, decidi me separar dele, pois sinto que estou ficando louca, perdi minha saúde mental, eu era muito vaidosa, me sentia bonita, hoje me sinto um traste velho, me sinto velha, feia e acabada, e foi ele mesmo que fez com que eu me senti se assim, eu ainda gosto dele, mas sinto que não vou mais ter paz enquanto estiver ao seu lado, por isso decidi me separar, mas agora ele está prometendo que vai mudar, que vai ser tudo diferente, falou que me ama e que quer terminar os dias da vida dele ao meu lado, antes quando eu falava em separar ele sempre concordava mas aí eu desistia, não tenho apoio de ninguém, e no momento estou sem trabalhar, por não ter com quem deixar minha filha mais nova, me sinto perdida, o desejo de sair de perto dele é mais forte do que o de ficar, e tentar de novo não sei o que fazer.
Sayuri
Amiga não sou psicóloga mas tem algo que eu sei bem,não se cresce verdadeiramente como mulher sem a passagem de pelo menos 1 cretino na nossa vida. Sei bem o que está passando porque eu já passei por isso, mas a minha dica seria de fato se separar dele, a pensão das filhas ele tem de dar de qualquer jeito inclusive a sua até a sua recolocação no mercado, procure a defensoria pra saber seus direitos, mas antes de tudo tenha vontade de levantar e sacudir a poeira e dar a volta por cima, não há nada pior no mundo do que estar ao lado de alguém que nos faz perder a dignidade, se precisar de mais dicas e encorajamento de como sair dessa comente aqui, abraços e beijos de luz.
Patricia
Força, siga sua vida ... o que voce precisa é de paz , se amar e cuidar das suas filhas .... homem diz que ama pra ficar , mas depois faz tudo igual ou pior ! Experiência própria!
Fernandas
Nada que eu falar aqui vai mudar sua vida, mas na minha pequinês você deve colocar sua menina em uma creche para arrumar um serviço.
A sua avaliação:
Mercia
Estou longe do meu marido e sinto que ja nao aamo
Lola
Paula que nasce torto, morre torto. Tudo igual. So muda endereço.
A sua avaliação:
Nataly
Meu marido me julga diz q tenho amante
Nao tenho nenhum
Ja trair ele com 3 homens mais foi por sexo pq ele nao me satisfaz na cama nunca mim satisfez ele tem o pito que parece palito de fosforo de tao pequeno ele e gordo mesmo assim apoiei ele 1 ano e 4 meses juntos temos um filho mais nao amo e nunca amei ele gostava muito dele mais dps que ele deu pra me julgar nao gosto nem q ele me toque m sinto mau confessei q trair ele m perdou nap voltei mais atrair ele
Mais ele nao confia em mim e e muito ciumento lembrado q ele ja era antes deu trair ele super agora e mais nao sei oque faco nao quero magoar ele .
Vanda
Magoar ele você já magoa. Se você não quer deixar ele só por isso, então você pode deixar, ele não vai sofrer tanto quanto vai sofrer se continuarem assim.

Não quero mais meu marido: o que fazer
1 de 3
Não quero mais meu marido: o que fazer

Voltar ao topo da página