menu
Partilhar

Morder é demonstração de amor?

 
Por Equipe editorial. 10 abril 2023
Morder é demonstração de amor?

O que significa o desejo de morder o seu parceiro? Esta é geralmente uma das expressões habituais por parte de pessoas cujas relações íntimas envolvem mordidas ou "beliscões" muito apaixonados. A boa notícia é que esse comportamento tem uma resposta válida que pode estar relacionada a alguma parafilia, forte sensação sexual ou até mesmo demonstrações de afeto.

Morder é demonstração de amor? O fato é que cada casal é diferente, então se você está com alguém que gosta de te morder, não se alarme! Neste artigo de PsicologiaOnline, explicamos por que seu parceiro te morde. As respostas podem surpreendê-lo(a).

Também lhe pode interessar: Homem apaixonado sente muito desejo?

É normal querer morder o parceiro?

Embora você possa não acreditar, a resposta para esta pergunta é sim. Geralmente, sentir vontade de morder o seu parceiro é algo completamente normal. Na verdade, trata-se de um mecanismo de regulação emocional em que você se vê envolvido em um conjunto de emoções provocadas pelos hormônios reguladores da felicidade e do impulso sexual.

Em outras palavras, é normal que algumas pessoas sintam vontade de morder o seu parceiro como uma demonstração de forte impulso e sensações sexuais muito intensas. No entanto, é importante manter uma comunicação aberta e sincera com o seu parceiro para tentar entender os motivos por trás desse comportamento e estabelecer certos limites, se necessário.

Agora que você sabe que esse comportamento pode ser mais comum do que pensava, vamos ver as possíveis causas principais pelas quais o seu parceiro te morde.

Morder excita?

Em primeiro lugar, morder costuma excitar muito algumas pessoas. De fato, muitas pessoas começam a morder o pescoço e os lábios de seu parceiro antes de iniciar as relações sexuais. Um pouco de mordidas de brincadeirinha não é nada mau, o problema é quando se ultrapassa a linha e causa alguma lesão. Nesse caso, é preciso estabelecer limites e falar honestamente sobre a situação.

Por que meu namorado me morde?

Observe que morder é comum quando comemos, e quando estamos com muita fome costumamos morder com mais vontade. O mesmo acontece no âmbito sexual, onde para algumas pessoas morder pode ser um sinal de "fome voraz" pela outra pessoa.

Então, se você se pergunta: "por que meu namorado me morde?", pode ser porque nesses encontros simples carícias não são suficientes, assim um dos que estão na relação deseja tanto o outro que literalmente o morderá para tentar "provar" um pouco mais do seu corpo.

Por que mordemos quem amamos?

Outro dos motivos da relação das mordidas e da demonstração de amor é que muitas pessoas chegam à idade adulta com alguns traços da infância, entre os quais pode incluir morder. Por sua vez, é possível que seu parceiro seja uma pessoa brincalhona e que demonstre isso através de morder durante os momentos mais íntimos.

Morder é demonstração de amor? - Por que mordemos quem amamos?

Morder quem ama para demonstrar excitação

Por outro lado, é provável que seu parceiro acredite que é excitante para você ser mordido ou que veja isso como uma boa prática durante as relações sexuais. No entanto, embora seja verdade que morder funcione para algumas pessoas, para outras não é muito satisfatório.

De qualquer forma, é importante estabelecer com seu parceiro suas preferências e as "regras do jogo" para que ambas as partes aproveitem os momentos passados em conjunto.

Por que temos vontade de morder quem amamos?

Existe um fetiche em que algumas pessoas adoram a pele do outro e sentem prazer em mordê-la. Nesse caso, estaríamos falando de uma condição mais patológica que deve ser analisada em profundidade por algum especialista em comportamento humano.

Morder é demonstração de amor? - Por que temos vontade de morder quem amamos?

O ex-parceiro gostava de mordidas

Muitas vezes, o parceiro tende a fazer o que gostava em seu relacionamento anterior, mas isso não significa que você também tenha que gostar. Nesse caso, talvez o ex gostasse de ser mordido e mostrar essas "marcas de guerra" aos amigos, mas se não for o seu caso, você deve dizer a ele que não gosta para que possam sair desse círculo vicioso.

Conversem com sinceridade e diga que não se sente confortável com certas fantasias sexuais para descobrir algo que satisfaça ambos.

Morder porque tem ciúmes

Em alguns casos, morder a parceira ou parceiro pode ser uma maneira de "marcar território" e deixar claro que você está com alguém. Isso pode ser a manifestação de um comportamento possessivo e ciumento. Para identificar isso, você precisa prestar atenção aos momentos e com que frequência é mordido.

Se for muito comum e a pessoa sempre tentar deixar uma marca, pode ser uma maneira de mostrar que ela tem ciúmes e quer que todos saibam que está com você. No artigo a seguir, explicamos tudo sobre ciúmes doentio e como superá-lo.

Morde você quando está perto do orgasmo

Por fim, seu parceiro te morder pode ser uma reação involuntária gerada pelo prazer do momento e pela falta de controle emocional. Ou seja, tem a ver com atingir o orgasmo e o excesso de prazer.

Agora que você já sabe por que seu parceiro te morde, só resta estabelecer uma comunicação franca, já que esse é um elemento chave nessas situações. Fale se você gosta ou não que te mordam e em que parte você quer ou pode ser mordido para que o relacionamento seja transparente e genuíno. Lembre-se que nunca é demais experimentar coisas novas e interessantes. Neste artigo, você poderá aprender algumas técnicas para uma comunicação eficaz.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Morder é demonstração de amor?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sexologia.

Bibliografia
  • Becerril, D. (2001). Relaciones de pareja. Revista de educación, 325, 49-56.
  • Espínola, I. S., Cambranis, A. O., Salazar, A. M., & Esteves, C. G. (2017). Aproximación al concepto de pareja. Psicología para América Latina, (29), 7-22.
  • Rubio Aurioles, E., & Velasco Téllez, C. A. (1994). Las parafilias. In Antología de la sexualidad humana (pp. 247-75).

 

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Morder é demonstração de amor?
1 de 3
Morder é demonstração de amor?

Voltar ao topo da página