menu
Partilhar

Meu marido me trai e não assume, o que fazer?

Por Aina VB, Psicóloga. Atualizado: 13 janeiro 2021
Meu marido me trai e não assume, o que fazer?

Esse sexto sentido que nos avisa que alguma coisa não vai bem, o pressentimento de que alguma coisa está acontecendo com a outra pessoa, a dor de mil agulhas atravessando o peito quando a traição é confirmada... E a negação, que inicialmente nos prendíamos, é agora o escudo de nosso companheiro. Viver uma infidelidade pode ser uma experiência devastadora, mas se além de te trair, não assumir, o drama pode alcançar magnitudes inimagináveis. E diante desta situação, nos perguntamos o que fazer? Neste artigo de Psicologia-Online, damos respostas ao dilema: meu marido me trai e não assume, o que fazer? Te aconselharemos sobre como reagir em caso de infidelidade.

Também lhe pode interessar: Traí e me arrependi

Meu marido me traiu?

Quando estamos com uma pessoa, começamos a conhecê-la melhor, a saber do que ela gosta, o que irrita ela, como ela interage com o mundo, como reage diante de certos assuntos, etc. Quanto mais a conhecemos, mais fácil é detectar comportamentos estranhos, pouco comuns nela, e frequentemente a primeira coisa que nos vem a mente é que o motivo de tais comportamentos se devem ao fato dela estar nos traindo.

Diante desta situação, onde não temos certeza do que está acontecendo, devemos evitar cometer alguns erros, como olhar seu celular ou vasculhar suas coisas, já que isso é invadir sua intimidade e qualquer coisa que encontremos por caso, poderíamos relacionar erroneamente com uma infidelidade. Isto se deve ao viés de confirmação, pelo qual nosso raciocínio indutivo tende a interpretar a informação de maneira que favoreça nossas crenças ou hipóteses. Tampouco devemos acusá-lo diretamente sem ter certeza, pois com isso só vamos colocar a pessoa na defensiva e faríamos a tensão e a hostilidade crescerem na relação.

A melhor forma de proceder se você acredita que seu companheiro te trai é estabelecer um diálogo com ele. Se comportamento incomum pode estar relacionado a algum problema dele, algo que cause vergonha, etc. Assim, se você comunicar da forma mais serena e assertiva possívelque ultimamente você percebe que ele está se comportando de forma estranha e que isso te preocupa, que ele pode te contar qualquer coisa e que você está aqui para apoiá-lo, talvez você se surpreenda com sua resposta.

Meu marido me trai e não assume

Existem muitos motivos pelos quais seu companheiro negue seu affair. Aqui vão alguns:

  • Medo das consequências: o fato de seu companheiro ter feito sexo fora da relação de vocês, sem seu conhecimento e consenso, não quer dizer que ele tenha deixado de te amar. Ele pode negar por medo de te perder, de você terminar o relacionamento, de você parar de falar com ele, etc. Não é incomum escutar "meu marido ou minha mulher me trai, mas não quer me deixar".
  • Culpa: a negação é um mecanismo de defesa, e neste caso é possível que ele sinta tanta culpa, que a única reação que tem no momento é negar suas atitudes.
  • Orgulho: para não te dar a razão, para não ceder. Negou sua acusação uma vez e assumir agora feriria muito o seu orgulho.
  • Evitar a briga: mesmo que negar não seja o método mais efetivo, talvez ele pense que se confirmar, formará a briga do século, e ele tem medo disso ou simplesmente não quer passar por isso.
  • Preservar sua imagem: ser infiel é algo mal visto e socialmente inaceitável. Adúltero parece ser sinônimo de indigno de confiança e, além disso, talvez queira evitar as reprovações, os olhares e cochichos a seu redor.
Meu marido me trai e não assume, o que fazer? - Meu marido me trai e não assume

O que fazer quando se descobre a traição

Meu marido me trai, o que fazer? Se você está segura de que seu companheiro é infiel, tentou falar com ele e ele não assume, há várias coisas que você pode fazer, dependendo de sua vontade de conservar a relação ou não:

No caso de a traição ser um limite que não pode ser ultrapassado para você, de a traição destruir a sua confiança e você sentir que não pode continuar com essa pessoa, você já sabe o que tem de fazer. Estender é alongar um sofrimento desnecessário. As rupturas também são superadas, e ao fechar este capítulo de sua vida, você poderá começar um novo.

Se, por outro lado, você acredita que ainda pode consertar, é imprescindível que possa falar. O primeiro passo é que ele admita, e para isso, estabelecer um espaço de confiança, onde se pode expressar sem medo, com a intenção de chegar à uma solução para o assunto, pode ajudar. Também é possível que ele precise de tempo e espaço para poder te contar tal coisa. Depois que ele tenha admitido, e esteja claro para os dois que desejam continuar com o relacionamento, é preciso falar de como se sentem, do que esperam um do outro, como querem que a relação se desenvolva, etc. Uma opção poderia ser cogitar alguma das formas não monogâmicas de relacionamento, como o poliamor. De qualquer forma, nestas situações a ajuda de uma especialista sempre cai bem, e frequentar a terapia de casal pode ser a melhor opção para corrigir o seu relacionamento.

No vídeo abaixo, explicamos como superar o fim de um relacionamento:

Fui traída, e agora? O que dizer para a outra pessoa

Descobrir uma infidelidade pode ser um momento extremamente doloroso, especialmente porque aquela pessoa na qual confiávamos cegamente, a quem havíamos dado tudo, quebrou o pacto, traindo toda a fé que havíamos depositado nela. Durante esses momentos de agitação, é muito fácil gritar e falar coisas que não queríamos, ou tomar decisões das quais nos arrependeremos mais tarde.

Como posso dizer à outra pessoa que sei que ela está me traindo? O melhor a se fazer, depois de descobrir uma traição, é tomar o tempo necessário. Refletir sobre como você se sente, sobre a relação de vocês e sobre o que você quer dizer para sua companheira. Escrever uma carta pode ajudar a colocar suas ideias em ordem e ver se você está realmente falando o que quer expressar. Logo, da forma mais calma possível, comunicar toda sua reflexão para a sua companheira para, a partir daí, ver como ela responde e, se puder, tomar uma decisão sobre o que fazer de agora em diante.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Meu marido me trai e não assume, o que fazer?, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Cintia
Trouxe minha mãe para minha casa, para ficar um tempo comigo ela tem 72 anos, ela tem problema com a bebida, mais no mais a saúde dela é boa. Meu marido é aposentado e Eu trabalho, pedi para ele não comprar cerveja pra ela, eu ia tentar diminuir a quantidade de cerveja que ela estava tomando, deixei um celular para gravar se ela ia pedir cerveja e se Ele ia comprar, ao chegar em casa e escutar a gravação, escutei eles transando e depois do ato falam abertamente sobre intimidades deles o que já fizeram etc. Estou atrassada, mandei minha mãe embora da minha casa, falei do ocorrido para meus irmãos, visto que eu é quem levava ela no médico compras e tudo mais, meus filhos querem que eu me divorcie, mais não consigo tomar uma decisão, ele nega mesmo escutando o áudio. Não consigo tomar uma atitude, não dormimos mais juntos, mais ele vem conversar comigo como se nada tivesse acontecido.
A sua avaliação:
Emília Mopelua
O meu marido me traiu com a nossa funcionária e nesta traição nasceu uma menina e agora está esperando o segundo filho e eu ainda amo ele será que devo manter este casamento ou me retiro, por favor uma ajuda.
Marilia Isabel Fragoso Lima
Ninguém pode te falar o que fazer, mas acredito que você tenha um limite mesmo amando muito a pessoa, certas atitudes trazem muito sofrimento e a vida é uma só para viver ela carregando tanta dor e sofrimento, ninguém é de ninguém.
Tati
Querida, se te faça mal, separe. Caso seja algo que consiga conviver e esteja em comum acordo, mantenha. Porém pela forma que escreveu me parece que é algo que te faz mal, então se permita sentir o que isso te causa e tome a decisão acertada para você. Se cuide, se proteja, se faça bem... e esteja ao redor de pessoas que façam o mesmo por ti. Boa sorte na sua história
Missionária
Oi, amiga. Não deixe ninguém pisar em cima de ti. Você é muito importante. Confesso que fiquei horrorizada quando li neste site que quem TRAI também AMA, PORQUE TEM MEDO DE PERDER Sinceramente, eu tinha até me retirado depois de ter lido isso. Só parei para escrever esta mensagem porque no seu lugar eu também gostaria de ouvir uma palavra de sabedoria que conforte nosso coração e nos traga paz. Não me sentiria bem comigo mesma se não viesse ajudar a ti. Amiga, a pessoa te que ama, vai se sacrificar por você! Ela vai fazer de tudo para te ver feliz, porque ela te ama. E não existe motivo que justifique o amor, simplesmente ele existe e é a coisa mais incrível que existe. Eu sei que você ama seu companheiro, mas percebi pela sua mensagem que você não sente paz no coração ao lado dele. Eu sei que dói, dói muito, a dor aperta seu ser...mas você precisa ser forte! Você precisa por você mesma cuidar de ti e ficar longe de tudo o que faz mal a você. O tempo corre, temos que aproveitar essa vida de um modo que nos sintamos bem. A decisão de permanecer ou separar não é minha, é sua, você vai fazer aquilo que for melhor para o seu coração. Você está neste relacionamento, porque você se acostumou com ele, no seu lugar eu trabalharia o desapego e a autoestima. Imponha limites ao seu marido se quiser continuar com ele. Fala firme com ele, não precisa gritar, só fala firme como uma mulher forte. Faça as coisas que te faz bem. Recomendo para você o programa "Escola do Amor/ The Love School" com Renato e Cristiane Cardoso. Também recomendo os vídeos do doutor neurocientista Pedro Calabrez, mas especificamente este "Perdoar Traição?" Fica na paz, irmã! Procura em Deus a força de que você precisa, sei que vai superar! Que Jesus te ilumine. Te mando um abraço muito apertado e carinhoso que você merece!
Samile
Se retire

Meu marido me trai e não assume, o que fazer?
1 de 2
Meu marido me trai e não assume, o que fazer?

Voltar ao topo da página