Partilhar

O que é assertividade e exemplos

O que é assertividade e exemplos

Definimos a assertividade como a capacidade de comunicar os nossos sentimentos e necessidades às pessoas que nos rodeiam, evitando ferir e ofender os demais. No entanto, para saber conhecer o significado de assertividade em profundidade, necessitamos fazer uma definição correta segundo a psicologia.

Algumas pessoas consideram que assertividade e habilidades sociais são conceitos sinônimos. Contudo, é importante ter em conta que a assertividade é apenas uma parte das habilidades sociais, sendo ela que reúne comportamentos e pensamentos que nos permitem defender os direitos de cada um sem agredir nem ser agredido.

Continue lendo este artigo de Psicologia-Online para saber o que é assertividade e exemplos concretos para entender melhor em que consiste esta habilidade social e pessoal.

O que é assertividade: exemplos e significado

Em primeiro lugar, é muito importante saber o que significa ser assertivo e porque é tão importante cultivar este elemento da nossa personalidade. A primeira característica que devemos levar em conta é o fato de poder observar a assertividade nas nossas relações sociais e pessoais. Enquanto algumas pessoas comunicam de forma agressiva e até mesmo passiva, a chave nas habilidades sociais é saber comunicar com assertividade e empatia.

Exemplos de comunicação assertiva

Em seguida, te mostramos o que é assertividade com exemplos para que você possa entender melhor a situação:

Imaginemos o seguinte contexto: você está jantando em um restaurante. Quando o garçom traz o seu pedido, você repara que o copo está sujo, com marcas de batom de outra pessoa. Perante essa situação, você pode:

  • Não dizer nada e usar o copo sujo contra a sua vontade.
  • Fazer um escândalo e usar no local e dizer ao garçom que nunca voltará ao estabelecimento.
  • Chamar o garçom e pedir que, por favor, ele troque o seu copo por outro.

O que você faria?

Nem a primeira opção nem a segunda são comportamentos apropriados ou característicos da comunicação assertiva. Nessa situação, se o que desejamos é reduzir o nosso estresse e tratar as outras pessoas com respeito, a terceira opção é a mais assertiva que podemos empregar.

Significado de assertividade

Agora que já temos um exemplo, definimos a assertividade como uma capacidade social na qual aprendemos a expressar os nossos sentimentos e emoções, descobrindo a forma de respeitar-nos a nós mesmos sem agir de um jeito agressivo.

Em seguida, te mostramos um diagrama para que você compreenda melhor o que é assertividade.

O que é assertividade e exemplos - O que é assertividade: exemplos e significado

Como ser assertivo: conselhos da psicologia

Agora que já conhecemos todos os mistérios da assertividade, chega o momento de aprender a ser assertivo. Para isso, podemos seguir os conselhos da psicologia cognitiva e social. Quando não somos pessoas assertivas, podemos ter problemas com as nossas amizades, problemas em casal ou em família... e os conflitos não costumam ser resolvidos de uma forma rápida e eficaz.

O treino assertivo não é algo simples e é possível que cometamos alguns erros durante o processo. No entanto, como qualquer outro comportamento, é algo que pode ser aprendido com a prática.

Treinamento assertivo: habilidades sociais

Existem dois motivos pelos quais uma pessoa não é assertiva:

  • Pensa que não tem direito a ter as suas próprias crenças, direitos ou opiniões.
  • Acreditam que os seus direitos devem ser defendidos acima dos dos outros, com raiva e agressividade.

No primeiro caso, o treinamento assertivo não consiste em converter pessoas submissas em reclamantes e acusadoras, mas sim a assinalar que as pessoas tem direito a defender os próprios direitos em situações

Analisemos algumas ideias falsas que as pessoas passivas costumam ter:

  • Nunca devemos interromper as pessoas. FALSO: Temos direito a interromper o interlocutor para pedir uma explicação.
  • Os problemas de uma pessoa não interessam a mais ninguém e não devemos fazê-las perder tempo escutando-os. FALSO: Temos direito a pedir ajuda ou apoio emocional.
  • Devemos nos adaptar aos outros, ou acabamos correndo o risco de perder uma amizade. FALSO: Temos direito a dizer "NÃO".
  • Quando alguém tem um problema, devemos ajudá-lo. FALSO: Temos direito a decidir quando oferecer ajuda aos outros e quando não.

Os casos em que as pessoas pouco assertivas se tornam violentas e reativas, é importante realizar um treinamento assertivo fortalecendo a empatia e mostrando a importância dos sentimentos e direitos das pessoas que nos rodeiam.

Também podemos realizar técnicas de relaxamento mental para adultos caso desejemos aprender a comunicar com calma e sem levantar o tom de voz.

O que é comunicação assertiva: exemplo de diálogo

Agora que você já sabe o que é assertividade, deve saber que existem muitas técnicas para ser assertivo.

Uma das técnicas mais eficazes consiste em desarmar o outro com um elogio ou um reconhecimento do seu trabalho, da sua pessoa ou da sua tarefa, para depois expressar o que necessitamos.

Vamos ver um exemplo ilustrativo do que queremos dizer:

  • Mulher: "José, você pode ir buscar as crianças ao colégio? Ainda preciso preparar a lição para amanhã e não vou ter tempo."
  • Marido: "Lamento Maria mas acabo de chegar do trabalho e estou muito cansado, vai tu."
  • Mulher: "Sei que você está muito cansado, é normal com toda essa dedicação ao seu trabalho. O seu chefe devia entender isso e reduzir as suas tarefas diárias, mas peço por favor que você traga as crianças, preciso terminar esse trabalho para amanhã. Depois podemos descansar."

Nesse exemplo, os próprios direitos são defendidos (direito a pedir ajuda e a expressar a opinião) sem violar os direitos do outro, uma vez que não existe nenhum tipo de ordem, menosprezo ou agressividade em relação à outra pessoa.

Em resumo: ser assertivo é expressar o nosso ponto de vista, respeitando o dos demais.

Recorde que ser assertivo não significa querer sempre ter razão, mas sim expressar a própria opinião e ponto de vista, sejam eles corretos ou não. Todos temos também direito a errar e a não ser excessivamente julgados pelos nossos erros.

Assertividade e empatia: diferenças e relação

A empatia é a capacidade de "calçar o sapato alheio", ou seja, sentir como próprias as emoções alheias e agir considerando as pessoas que nos rodeiam.

A empatia é uma característica da inteligência emocional muito importante e muitas vezes se relaciona diretamente com a assertividade. Isto acontece porque, para poder ser assertiva, uma pessoa necessita desenvolver a empatia.

Diferença entre assertividade e empatia

A principal diferença entre assertividade e empatia reside em que a assertividade se foca em expressar algo nosso aos outros, enquanto que a empatia é exatamente o oposto: a empatia é um canal de fora para dentro, até ao nosso próprio processamento emocional.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é assertividade e exemplos, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia cognitiva.

Escrever comentário sobre O que é assertividade e exemplos

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Marcos
Excelentes exemplos de assertividade no dia a dia.

O que é assertividade e exemplos
1 de 2
O que é assertividade e exemplos

Voltar ao topo da página