menu
Partilhar

Namoro depois dos 50: como encontrar um amor

Namoro depois dos 50: como encontrar um amor

Aos 50 anos você pode estar em boa forma física, ser atraente, ter uma carreira profissional consolidada, uma grande personalidade, definitivamente, uma ótima vida. Mesmo assim, as pessoas continuam perguntando por que está solteiro/a se tem 50 anos.

O estigma de não ter um relacionamento nesta idade pode ser o resultado da pressão social para se apaixonar em uma idade mais nova. Estar solteiro aos 50 não significa que uma pessoa seja menos valiosa ou que não possa ter uma vida plena e feliz.

Não há uma idade "correta" para o amor e cada pessoa é única em seus desejos e necessidades. É possível que as pessoas com mais de 50 anos encontrem o verdadeiro amor. Neste artigo de Psicologia-Online te daremos todas as chaves para o Namoro depois dos 50: como encontrar um amor.

Também lhe pode interessar: Como encontrar um amor

Não tenha vergonha de sua idade

Tomos escutamos a famosa frase "a idade é apenas um número", mas é muito mais que um simples "marcador" de quanto tempo está na Terra. À medida que a compreensão de nosso valor humano fica cada vez mais clara, reconhecemos que a idade não é uma medida de nosso valor ou a falta do mesmo.

Quando nos libertamos do medo de envelhecer e da pressão social de ter que casar e ter filhos com pouca idade, somos verdadeiramente livres para encontrar uma conexão real, independentemente dos tempos dos outros. A verdadeira liberdade chega quando podemos desconectar a idade de nosso valor como pessoas. Quando finalmente podemos dizer nossa idade em voz alta, para que todos escutem, e a celebramos.

Se quer encontrar o amor aos 50, ame-se a si mesmo/a por completo. Sinta-se livre para amar e ser amado em seu próprio ritmo, sem ter que cumprir com as expectativas da sociedade. Estas pressões sociais não se adaptam a sua realidade nem é preciso segui-las. Lembre-se que é uma pessoa única e que tem direito de tomar as suas próprias decisões e se apaixonar aos 50 e, inclusive, mais tarde.

Tenha clareza do que procura

O passar dos anos vem acompanhado de um conjunto de vantagens que não acontecem na juventude, como a sabedoria e a clareza. A idade te ensina a discernir entre o que quer e o que não quer e te ajuda a se afastar das pessoas e situações que não te geram felicidade ou paz mental. A seguir, te destacamos os benefícios de encontrar o amor aos 50:

  • Te permite ter uma perspectiva mais ampla e cheia de nuances adquiridos com os anos.
  • Já não se estressa pelo que não é importante.
  • Venceu batalhas suficientes para saber por que vale a pena lutar e perdeu batalhas suficientes para saber que sobreviverá aos desafios diários da vida.
  • Sabe o que é importante e o que não é. Suas prioridades mudam e você começa a valorizar os pequenos prazeres da vida no lugar das coisas materiais.

Os conhecidos que contribuem pouco são substituídos por amizades verdadeiras. Você aprendeu o verdadeiro significado da palavra "amigo", você se associa com pessoas sadias e com os pés na terra que possuem ideias em comum e que apoiam seus objetivos e compartilham seus valores. O amor também toma um lugar diferente em sua vida, pois já não é uma necessidade, mas sim um desejo. Agora sabe o que quer e não se conformará com nada menos do que aquilo que te fará feliz.

Enfrente o medo da solidão

O medo da solidão geralmente está arraigado em construções sociais que cada vez têm um peso maior à medida que os anos passam. Nos fizeram acreditar que ter alguém é melhor que estar solteiro. Esta mensagem está muito arraigada em nosso tecido social e é a base do descontentamento de muitos solteiros.

Unida a este mito, está a crença de que ser solteiro significa "não desejado". Nos fizeram acreditar, através de filmes, literatura e música, que estamos incompletos se estamos sozinhos. Apenas a presença de "outro" pode aliviar o vazio que sentimos por dentro e nos fazer sentir completos. Este mito continua vivo na mente de muitos solteiros.

Sem dúvida, a crença de que alguém chegará para nos salvar de nosso mal-estar é muito tentadora. E como é triste nos darmos conta de que ninguém pode dar o consolo de que sentimos falta por dentro. Essa responsabilidade é apenas nossa. Não existe nenhuma força exterior que possa acalmar nossa insatisfação interior.

O que acontece quando uma pessoa não consegue ficar sozinha

Se você pressiona alguém a ficar com você, fracassará. Então, esse relacionamento se converterá em um problema. Depois o problema será a relação. O amor que você supunha que te completaria se converte na perda de sua própria estabilidade emocional, sempre à mercê de seu/sua companheiro/a em quem você depositou a chave de sua felicidade.

Na verdade, não ter um relacionamento não tem nada a ver com valor pessoal. O certo é que sentimos um vazio quando não estamos conectados com nós mesmos. O medo de estar sozinho/a é muito maior que o fato real de estar e pode ser superado através do autoconhecimento e da paz interior. Neste artigo encontrará mais informações sobre como superar o medo de estar sozinho, também chamado autofobia.

Como é o namoro depois dos 50

Uma das chaves para encontrar o amor aos 50 é tirar o tempo necessário para ficar sozinho/a, pois é um processo enriquecedor que nos ajuda a descobrir quem somos realmente e o que queremos da vida. Uma pessoa pode permanecer solteira muito tempo por muitos motivos, inclusive até os 50 anos, entre eles, para escolher sabiamente seu companheiro/a de vida.

Apressar-se para ter uma relação por pressões sociais pode te fazer escolher mal e estabelecer uma relação insatisfatória. Por outro lado, os benefícios de superar o medo de ficar sozinho são muitos. Vejamos os mais importantes:

  • Sua antiga evitação da solidão parece ridícula em retrospectiva.
  • Você descobre a satisfação pessoal.
  • Começa a valorizar a vida que tem.
  • Cria uma nova plataforma da qual o amor pode florescer.
  • Ter uma conexão interna que te permitirá atrair novos pretendentes que também gostam de si mesmos e de você.
Namoro depois dos 50: como encontrar um amor - Enfrente o medo da solidão

Sinta-se confortável em sua própria pele

Estar em paz contigo mesmo/a é a coisa mais importante para encontrar o amor aos 50 e a qualquer idade. Sentir-se bem com a pessoa que é, é o melhor ponto de partida para formar uma nova relação e é o trabalho que ninguém pode fazer por você.

A relação que temos com nós mesmos é a chave do sucesso para todas as relações que construímos com os outros. Quando você é feliz e se sente realizado/a independentemente da opinião dos outros, é mais atraente para o tipo de pessoa feliz e saudável que quer em sua vida.

Quando o desejo de ser amado supera o desejo de ser quem somos, nos perdemos no caminho. Nestes casos, os encontros se baseiam em criar uma impressão e as pessoas tendem a fingir ser algo que não são para parecerem mais interessantes. O pretender ser algo que não é para enganar o outro e querer se vestir com a embalagem de uma coisa que você não é prejudica ambas as partes. Neste contexto não há conexão possível porque não se sustenta na verdade.

Se quer encontrar um amor aos 50, mantenha-se fiel a si mesmo/a e não tenha medo de falar e ser claro/a. Se é a primeira vez que sai em muito tempo, não tenha medo de mostrar seu coração. Cada vez que falar e viver sua verdade, terá mais clareza do que quer. Portanto, estará mais próximo de materializar seus verdadeiros desejos de felicidade.

Aprenda com os erros do passado

Você amou e foi amado. Ganhou e perdeu no amor, desfrutando de seus pontos mais gostosos e sobrevivendo à dor da perda ou do término. Depois de ter sofrido por amor, seja por uma traição, por conflitos constantes e dificuldades para resolvê-los, por decepções ou por diferenças de valores e princípios, é fácil culpar seu/sua ex pelo fracasso do relacionamento.

No entanto, é mais provável que possa ter uma relação mais sadia e satisfatória que a anterior com uma nova pessoa se colocar o foco em seus próprios erros e refletir sobre como poderia melhorar no futuro.

Seja autêntico/a

Se você deseja encontrar um relacionamento aos 50, é importante que seja sincero/a consigo mesmo/a e com os outros. Não há nada de mau em não encaixar ou não ter química com alguém. O mais importante é ser autêntico e mostrar sua verdadeira personalidade. Desta maneira, atrairá a pessoa adequada para você e conseguirá uma relação feliz e saudável. Seja valente e não tenha medo de mostrar sua verdadeira identidade.

Os encontros não devem ser como uma entrevista em que se busca obter informação da outra pessoa. É importante evitar o julgamento e o interrogatório, já que isto pode fazer com que a outra pessoa se sinta ameaçada e não seja autêntica. Um coração aberto te permitirá obter informações valiosas sobre a outra pessoa sem esforço. Se tem dúvida de como fazer isso, não perca este artigo sobre o que fazer no primeiro encontro.

Como se consegue um amor? O coração aberto também tem o poder de seduzir e conectar as pessoas, porque permite que ambos brilhem em sua autenticidade e cria um ambiente de possibilidades ilimitadas. Este é o recurso mais valioso que temos para alcançar o verdadeiro amor.

No entanto, frequentemente temos de mostrar nosso coração e o endurecemos para proteger nosso ego. Se ocultarmos nossa verdade, estamos privando a outra pessoa da oportunidade de nos conhecer realmente e de conectarmos de maneira genuína. Para encontrar o amor aos 50, deve deixar de lado seus medos e seja valente.

Namoro depois dos 50: como encontrar um amor - Seja autêntico/a

Amplie seu círculo social e suas atividades

Se ficar em casa, a probabilidade de que encontre o amor é muito pequena. Uma das melhores maneiras de conhecer novas pessoas aos 50 e encontrar um/a parceiro/a potencial é realizar atividades e hobbies de que goste. Tão logo sair de sua casa, e especialmente se o faz para realizar atividades que gosta, é provável que encontre alguém com gostos similares. Por exemplo, se gosta de se exercitar, vá para uma academia local ou clube esportivo.

Trate de ampliar seu círculo social e conhecer pessoas interessantes. Uma forma que se torna cada vez mais popular entre os adultos mais velhos é através de encontros online. Os aplicativos de encontros podem ser uma forma eficaz de conher pessoas novas. Existem apps e sites na internet especializados para pessoas com mais de 50 anos.

Comunique-se de forma positiva

A forma com que se comunica com seu/sua parceiro é vital porque o que diz, e como diz, afeta como seu/sua companheiro/a se sente e a qualidade da relação entre ambos. Alguns princípios da comunicação positiva para encontrar amor com mais de 50 são:

  • Manter uma atitude de respeito e consideração em todos os momentos.
  • Escutar ativamente e mostrar que entende o que está dizendo.
  • Mostrar empatia e compaixão pelos sentimentos do outro.
  • Ser claro e conciso em suas palavras e não usar a linguagem corporal ou o tom de voz que possa ser percebido como desafiante ou ameaçador.
  • Evitar o sarcasmo e a linguagem ofensiva.
  • Abordar conflitos e diferenças de forma construtiva e procurar soluções no lugar de culpados.

Seja claro com suas expectativas

É importante ser honesto/a sobre seus desejos e objetivos em um relacionamento. Não deve ter medo de dizer o que quer, falar de suas expectativas sobre a relação abertamente e ser claro/a. Se tem problemas de saúde, não os esconda. Não há nada de mau em ser seletivo e esperar para encontrar a pessoa adequada. Não tenha medo de "assustar" a outra pessoa. Dizer o que quer afastará as pessoas que não buscam a mesma coisa que você e colocar em seu caminho as que buscam.

As pessoas querem diferentes coisas em diferentes momentos de suas vidas. Saber o que quer é a única maneira de diferenciar se o que tem agora é o que realmente quer. Está interessado/a em encontros casuais ou em um relação de exclusividade? Não importa sua preferência, apenas que seus pensamentos, palavras e ações reflitam consistentemente sua intenção. É a forma de saber se seu date e você são compatíveis e estão na mesma direção. Isto te ajudará a atrair uma pessoa que compartilha de suas preferências.

Saber o que quer e como o quer é o processo através do qual cria conexão e autenticidade para encontrar um relacionamento aos 50. Renuncie às "técnicas de sedução" e estratégias para encontrar um relacionamento. Este tipo de táticas não te garantem uma conexão real com outra pessoa. A forma de criar a relação que deseja é sendo claro/a e coerente com seus desejos.

Com a idade está pronto/a para conhecer alguém especial, tem clareza das qualidades necessárias em um/a parceiro/a e saber o tipo de relação que quer. Considere as qualidade internas de uma pessoa, como seus valores e personalidadem já que estes são os aspectos que podem causar confliros a longo prazo. Quando não estamos na mesma página nestes aspectos, sempre aparecerá alguma situação que pode colocar em perigo a relação.

Namoro depois dos 50: como encontrar um amor - Seja claro com suas expectativas

Seja paciente

Procurar um relacionamento aos 50 pode ser desafiador para muitas pessoas que se sentem sozinhas e procuram o amor. Querem se apaixonar, compartilhar experiências, mas sentem que o tempo delas já passou por serem mais velhas. No entanto, ao se apressar para encontrar um relacionamento, podem cometer o erro de se conformar com uma pessoa com a qual não sente uma conexão emocional profunda ou não há reciprocidade.

Não se limite a procurar em sua faixa etária. Não há limite de idade para o amor, assim não tenha medo de explocar e conhecer pessoas de diferentes idades. Não se renda se não encontrar o par perfeito de imediato, continue em frente e confie que encontrará a pessoa adequada no momento adequado. Não se desanime se não encontrar a pessoa ideal de imediato. Com o tempo e perseverança, é possível encontrar a pessoa certa.

Se você gostou das nossas dicas sobre namoro depois dos 50 anos e quer saber como despertar o desejo em um parceiro/a, leia também este outro artigo.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Namoro depois dos 50: como encontrar um amor, recomendamos que entre na nossa categoria de Sentimentos.

Bibliografia
  • Gurman, A. S., Lebow, J. L., & Snyder, D. K. (Eds.). (2015). Clinical handbook of couple therapy. Guilford Publications.
  • Winter, S. (2012). Allowing Magnificence: Living the Expanded Version of Your Life. CreateSpace Independent Publishing Platform.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
FÁTIMA
Gostaria de encontrar uma pessoa de bom caráter.
Namoro depois dos 50: como encontrar um amor
1 de 4
Namoro depois dos 50: como encontrar um amor

Voltar ao topo da página