menu
Partilhar

Como superar o ciúme retroativo

Por Marissa Glover, Psicóloga. 21 janeiro 2020
Como superar o ciúme retroativo

É normal que cada um de nós tenha sentido ciúme em algum momento da sua vida. O ciúme é o medo que sentimos quando nos encontramos perante a possibilidade de perder a pessoa que amamos e que esta nos substitua por outra. Sentir ciúme de vez em quando não tem nada de errado, mas pode se converter em algo muito negativo e patológico quando esses sentimentos de medo da possibilidade de perder a pessoa amada se tornam irracionais e começamos a perder o controlo sobre eles.

Nesse artigo de Psicologia-Online, vamos analisar como superar o ciúme retroativo, indicando uma série de conselhos que vão ser muito úteis se você sente esse tipo de ciúmes e quer estar tranquilo/a em sua relação.

O que é o ciúme retroativo

Existe vários tipos de ciúme, mas o que são ciúmes retroativos? Este tipo de ciúme se caracteriza pelo fato de a pessoa que o sente sentir um grande desconforto com o que o seu cônjuge fez no passado e se sinta impotente ao não poder fazer nada para mudar isso. Isso não permite que tenha tranquilidade, já que não consegue parar de imaginar a pessoa amada com alguém com quem ela esteve no passado, censurando-a e reclamando com o sucedido, mesmo não tendo sido parte da vida dela nessa altura.

Essa é uma lista dos sentimentos mais frequentes entre as pessoas que sofrem de ciúme retroativo:

  • Pessoas com ciúme retroativo ou ciúmes do passado sentem uma grande necessidade de saber que são as únicas pessoas importantes na vida do outro/a.
  • Querem comprovar que são melhores que os/as parceiros/as anteriores, pelo que se comparam constantemente com eles/as.
  • Podem ter dificuldade em se concentrar nas atividades diárias, uma vez que não conseguem parar de imaginar tudo o que a pessoa amada viveu com outras pessoas.
  • Costumam exigir explicações ao seu cônjuge sobre o que fez no passado, mesmo que não gostem d escutar o que essa pessoa teve bons momentos com outro/a ou que esteve apaixonada. Insistem para que o/a parceiro/a negue que isso aconteceu e preferem que invente a escutar que esteve apaixonado/a.
  • No fundo, alguém com ciúme retroativo sabe que o companheiro/a também desfrutou estando com outras pessoas, uma vez que ele/a mesmo/a já o fez. Contudo, a sua necessidade de sentir-se único/a é tanta que prefere se enganar a su mesmo/a.
  • Criticam a pessoa amada constantemente pelo que fez com outras pessoas no passado.

Todos esses sentimentos e atitudes são provocados pela falta de segurança que essas pessoas sentem, acabando por ter também uma baixa autoestima. Têm a necessidade de buscar essa estima que não têm nelas mesmas, mesmo que seja através de suas atitudes, e baseiam a própria felicidade na pessoa amada, sentindo-se incompletas sem ela.

Nesse outro artigo de Psicologia-Online, te falamos sobre a insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la.

Como superar o ciúme retroativo - O que é o ciúme retroativo

Ciúme retroativo: consequências

Que uma pessoa sinta ciúmes do passado da pessoa amada constantemente é muito prejudicial para ambos e, evidentemente, também para o relacionamento. Essas são algumas das principais consequências do ciúme retroativo:

  • A pessoa ciumenta fica cada vez mais insegura, fazendo que, por uma razão ou outra, (como por exemplo, o aumento de críticas e reprimendas ao parceiro/a) a outra pessoa comece a se distanciar da mesma.
  • O sofrimento emocional da pessoa começa a interferir de forma negativa na vida cotidiana dela, pelo que não só afeta o relacionamento amoroso, como também outras áreas como o trabalho, a vida social e/ou familiar.
  • O ciúme retroativo excessivo facilmente dá origem a disputas, discussões e conflitos no casal, o que pode levar à rutura do relacionamento.
  • A pessoa amada também pode experienciar muito sofrimento e desconforto, podendo decidir terminar a relação ou impôr limites à pessoa ciumenta.
  • Se o ciúme retroativo aumenta progressivamente, isso pode fazer com que a pessoa afetada pelos mesmos comece a exercer violência física, além da psicológica que provavelmente já exerce sobre a outra.
  • Podem surgir outro tipo de problemas psicológicos ou físicos em ambas as pessoas devido à ansiedade, tristeza e angústia que a situação pode provocar.

Como superar o ciúme retroativo: 4 conselhos

Se você está lendo o presente artigo é porque, além de querer saber como superar o ciúme retroativo, deseja entrar em ação para eliminá-lo. Seja você a pessoa que o sente ou a pessoa amada, sabe que este problema tem um impacto negativo tanto para você como para o/a outro/a, pelo que vamos te ajudar a lidar com ele:

Reconheça que o ciúme é irracional

É necessário que você reconheça que o ciúme do passado é totalmente irracional já que, assim como você, a outra pessoa tinha uma vida sentimental antes de você. Reflita e analise de forma objetiva de onde vêm realmente os ciúmes que você está sentindo, reconheça que você não tem motivos para julgar o companheiro/a e que sentir-se dessa forma ou não está em suas mãos.

Imagine como é estar no lugar da outra pessoa

Deixe de colocar toda a atenção em você mesmo/a e tente se enfocar no seu companheiro ou companheira. Imagine-se estando nessa situação e reflita sobre como você se sentiria se ele/a tivesse ciúmes de situações do passado constantemente, se sempre estivesse te criticando e pedindo explicações sobre coisas que já passaram. Dessa forma, você vai se aperceber que a outra pessoa também está desconfortável com a situação e que está sendo culpabilizada de forma injustificada. O que você faria de te culpassem de forma injustificada?

Fale com o parceiro/a

Depois de ter refletido sobre a situação, aproxime-de da outra pessoa e explique como você se sente. Recorde que é fundamental que exista boa comunicação no casal. É importante que você não julgue e que demonstre o que há atrás do ciúme do passado, expressando a sua vontade de eliminá-lo.

Foco no presente

Recorde que o sofrimento desnecessário provém dos nossos pensamentos sobre o passado ou sobre o futuro. Nesse caso, o seu sofrimento tem origem em situações do passado que você também viveu, já que não conhecia o/ parceiro/a atual ou, se já se conheciam, não estavam em um relacionamento. Portanto, cada vez que você notar que os seus pensamentos começam a divagar sobre situações do passado, procure trazê-los de volta ao momento presente e concentrar a atenção no que está fazendo agora. Uma boa técnica para fazer com que a mente se concentre no momento presente é a meditação.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como superar o ciúme retroativo, recomendamos que entre na nossa categoria de Sentimentos.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
9 comentários
A sua avaliação:
Bryan
Muito obrigado
A sua avaliação:
Bryan
Estou em uma situação assim e quero melhorar e eliminar o ciúmes, conheço minha atual a anos,eramos amigos antes de ser namorados,ela é minha primeira namorada e coisas como sexo só fiz com ela,mas ela ja teve um ex antes de mim, completamos 2 anos de namoro por agr e recentemente ele (ex) voltou para a vida dela, começou com uma curtida e hj até saem juntos e ficam horas conversando ,me sinto desconfortável mas n vou proibir nada , a questão e que tenho muito ciúmes e me sinto extremamente desconfortável com isso mas ela diz q ele e um dos poucos amigos que ela tem,eu tendo entender mas n da,fico constantemente tentando fazer mais que ele, quando fico sabendo as coisas que eles faziam juntos eu quero fazer mais,se eles fizeram relações sexuais em certos lugares eu quero ter com ela tbm e ter mais e melhor,e algo extremamente babaca de se pensar eu sei mas n consigo controlar,acabo ficando com raiva e deixando ela tomar conta e isso está atrapalhando, atitudes como ela ter ânimo para sair com ele mas ter preguiça de ir na esquina comigo me chateiam mas nd justifica o jeito q estou agindo,ja conversei com ela,ja tentamos dar um tempo para que eu possa melhorar mas n adianta, eu ja fico nervoso com coisas bobas e desde que ele voltou as nossas vidas só tem piorado ,as pessoas e inclusive ela me pediu para procurar um psicólogo e é o q estou fazendo,tenho 17 anos (quase 18) e ela tbm, sinceramente não sei mais o q fazer,ele n vai sair da nossa vida pq ela n vai querer,e com esses ciúmes eu acabo prejudicando nos dois,ela tem outros amigos homens mas eu n sinto ciúmes,sinto dele por que ele é ex,ele fez coisas com ela ,acabo pensando mais no q eles fizeram do que nas coisas q nós fizemos,fico comparando e cobrando ser mais que ele, nunca quis ele de volta mas msm pedido várias vezes não adiantou, junta o ciúmes com o estress que eu ja tenho e com minha dependência emocional ,eu não sei o que fazer , só quero acabar com isso e poder curtir meu namoro em paz sem esses ciúmes idiota que eu sinto,eu amo ela e sei que ela me ama, desculpe o texto enorme,acabei desabafando enquanto falava.
Rosilayne
Acho melhor você ter outra conversa com ela sabe ela tem que pensar em um futuro com você e não ficar com amizade com o ex dela,é claro que você pode confiar nela mais não completamente sabe se eu fosse você eu iria querer sair junto com ela quanto esse ex dela tiver você podia ter uma conversa com ela e ela se por no seu lugar sabe, ao invés dela ter prazer de sair com ele deveria de ter com vc, eu entendo completamente você se quiser vocês sobre isso eu to aqui isso n vai ser fácil pra vc pq eu sei que vc n vai tirar isso da sua mente mais vdct
Bruno
Meu amigo me identifico com a sua trajetória e ja estouva 12 anos casado e vira e mexe tenho meu momentos de estresse emocional. Engraçado, antes era o melhor amigo da minha atual esposa eu sabia de td da vida dela assim como ela da minha....e nunca tirei o "Homem maravilha" que foi o cara q lhe tirou a virgindade e mesmo no final de outros relacionamentos ela voltava a ficar com ele...até ficar comigo, o tempo passa mas o fantasma sempre aparece, mas nada melhor q um dia após o outro
A sua avaliação:
Marcos Felipe
Obrigado muito por esse artigo, eu realmente admito que tenho esse problema, mas eu como sempre gosto de pesquisar o que eu sinto, eu realmente sei que em algum lugar da minha mente me dizia que eu não estava sendo coerente e certo em ficar com ciúmes do passado do meu atual namorado. Tudo que está no artigo bate 100% com o que eu sinto e com o que eu penso e reconheço isso, não quero acabar com meu relacionamento por coisas do passado que eu mesmo vivi também, depois de ler esse artigo até o final percebi que fui uma pessoa muito egoista por querer julgar meu conjugue atual por coisas do passado sendo que eu também fiz e vivi, eu realmente estava sendo alguém tóxico na vida dele, eu realmente iria acabar com meu relacionamento por coisas fúteis assim, obrigado por esse artigo vocês ajudam muito com essas palavras, é muito bom por que mesmo as pessoas que não tenham condição de ir num psicólogo pode procurar ajuda na internet como eu mesmo fiz, obrigado por esclarecer esse sentimento negativo que estava em mim e eu não sabia o que era, eu estou bem mais leve e quero trabalhar mais isso em mim pra manter minha relação mais saudável e feliz, estou mega emocionado pois depois de ler essas palavras sinto que preciso ser uma pessoa melhor também. obrigado 🙏🏻
A sua avaliação:
Elizangela Moraes
Como fazer o parceiro ciumento retroativo aceitar que tem esse problema e procurar ajuda?
A sua avaliação:
Anônima
E quando você perdeu a virgindade com a pessoa amada, mas ela já viveu muito mais coisas? Saber disso me enoja e tem me atrapalhado no sexo, só consigo pensar que as coisas que ele faz comigo já fez com outras e que não é diferente comigo. O pior é quando a minha mente me faz pensar nos detalhes íntimos das relações sexuais dele, fico muito triste e mal.
who
hasuhasuh exatamente eu ae
Harry
Vivo exatamente essa situação, perdi a virgindade com a pessoa que eu amo, mas ela não, fico exatamente nessa paranoia que você citou, de imaginar os detalhes íntimos, saber que alguém já esteve ali no meu lugar, isso vai me matando, mas sei que não tenho direito nenhum de cobrar, ou de julgar por isso, e um dia vou superar, me caso em menos de um mês, e não quero levar esse sentimento para o altar junto comigo
A sua avaliação:
Princesa
Obrigada
A sua avaliação:
Agatha
Eu fico olhando o perfil das garotas que ele fi ou e fico me comparando com elas, me perguntando se sou o suficiente, pensando que elas eram melhores que eu em tudo, é muito chato todo esse sentimento
A sua avaliação:
Ana
Hoje eu encontrei um álbum de fotos deles juntos, atual e ex, em um momento de família no passado mas meu subconsciente não entendeu que não era real, q eita outro tempo e disparou um gatilho de tremendo sofrimento. Estou arrasada......
Gabriela
Eu passei pelo mesmo problema , mas era uma caixa cheia de cartas que ela escreveu pra ele , e lá também se encontrava um par de alianças, isso faz alguns meses mas eu me sinto traída todos os dias , isso está me matando aos poucos ,tudo que fazemos eu fko pensando "ele já fez isso com ela". Éh uma tortura 😖
Renato
Vcs fazem alguma coisa pra minimizar esse sentimento? Já estou na terceira psicologa e tem dias que são tortuosos. Não sei mais oq fazer. Tenho ciumes de coisa de 20 anos atrás.
Virto
Vcs fazem algum tipo de tratamento, algo do tipo? Gostaria de alguém pra trocar umas ideias. Converso com amigos mas pra quem não sente acha que somos loucos. Queria mto conversar com quem passa por isso.
david
Virto, me chama, sofro disso
Arthur
Procure um psicólogo! Acho que qualquer pessoa ficaria incomodado. Converse com ele e pergunte se ele precisa dessas lembranças na vida dele e que vc fica incomodada e isso te deixa mal. Peça a ele que tire as fotos de casa para que você nunca mais encontre. Que de preferência jogue fora! Que ele fique com esse passado apenas na memória. Quando estou com pensamentos negativos eu começo a relembrar de coisas do meu passado que eu ia odiar se meu namorado começasse a me questionar. Assim eu percebo que eu também já tive momentos felizes/amor/sexo antes de conhecê-lo, mas que o hoje estou bem mais feliz e que não quero voltar no passado.
Depois de fazer esse exame do meu próprio passado, eu desencano de ficar sofrendo com o passado do meu namorado.
A sua avaliação:
Leo
Eu estou com esse problema, e de tanto pensar nisso nem consigo mais realiza certas tarefas e isso preocupa-me muito. Além disso tenho notado que a minha parceira está a ser afectada por causa dele meu ciúme irracional e não quero que isso continue
João
Entendo, tenho passado por isso. Venho buscando formas de melhorar.
Com o passar do tempo e conversando com ela percebi que muitas coisas são da nossa própria cabeça e nem existiram.
Creio que se ela está com você agora é porque ela gosta, então relaxe e curte, nada mais importa para ela só você. Nessa história toda independente do passado dela, quem se deu bem foi você, você é o grande "campeão", aproveite e valorize isso.
Não é algo fácil de se tratar, mas com exercícios e se tiver muito forte uma ajuda profissional você supera. Mas trate antes que acabe com seu relacionamento.
No meu caso mesmo ela falando que nada foi tão bom quanto o que eu proporciono as vezes parece que não levo em consideração, porém essa é a verdade, se ela está comigo é porque ela gosta de mim e sou melhor que qualquer caso.
Boa sorte, amigo!

Como superar o ciúme retroativo
1 de 2
Como superar o ciúme retroativo

Voltar ao topo da página