Partilhar

Como superar o ciúme retroativo

Por Marissa Glover, Psicóloga. 21 janeiro 2020
Como superar o ciúme retroativo

É normal que cada um de nós tenha sentido ciúme em algum momento da sua vida. O ciúme é o medo que sentimos quando nos encontramos perante a possibilidade de perder a pessoa que amamos e que esta nos substitua por outra. Sentir ciúme de vez em quando não tem nada de errado, mas pode se converter em algo muito negativo e patológico quando esses sentimentos de medo da possibilidade de perder a pessoa amada se tornam irracionais e começamos a perder o controlo sobre eles.

Nesse artigo de Psicologia-Online, vamos analisar como superar o ciúme retroativo, indicando uma série de conselhos que vão ser muito úteis se você sente esse tipo de ciúmes e quer estar tranquilo/a em sua relação.

Também lhe pode interessar: Como esquecer o ex namorado

O que é o ciúme retroativo

Existe vários tipos de ciúme, mas o que são ciúmes retroativos? Este tipo de ciúme se caracteriza pelo fato de a pessoa que o sente sentir um grande desconforto com o que o seu cônjuge fez no passado e se sinta impotente ao não poder fazer nada para mudar isso. Isso não permite que tenha tranquilidade, já que não consegue parar de imaginar a pessoa amada com alguém com quem ela esteve no passado, censurando-a e reclamando com o sucedido, mesmo não tendo sido parte da vida dela nessa altura.

Essa é uma lista dos sentimentos mais frequentes entre as pessoas que sofrem de ciúme retroativo:

  • Pessoas com ciúme retroativo ou ciúmes do passado sentem uma grande necessidade de saber que são as únicas pessoas importantes na vida do outro/a.
  • Querem comprovar que são melhores que os/as parceiros/as anteriores, pelo que se comparam constantemente com eles/as.
  • Podem ter dificuldade em se concentrar nas atividades diárias, uma vez que não conseguem parar de imaginar tudo o que a pessoa amada viveu com outras pessoas.
  • Costumam exigir explicações ao seu cônjuge sobre o que fez no passado, mesmo que não gostem d escutar o que essa pessoa teve bons momentos com outro/a ou que esteve apaixonada. Insistem para que o/a parceiro/a negue que isso aconteceu e preferem que invente a escutar que esteve apaixonado/a.
  • No fundo, alguém com ciúme retroativo sabe que o companheiro/a também desfrutou estando com outras pessoas, uma vez que ele/a mesmo/a já o fez. Contudo, a sua necessidade de sentir-se único/a é tanta que prefere se enganar a su mesmo/a.
  • Criticam a pessoa amada constantemente pelo que fez com outras pessoas no passado.

Todos esses sentimentos e atitudes são provocados pela falta de segurança que essas pessoas sentem, acabando por ter também uma baixa autoestima. Têm a necessidade de buscar essa estima que não têm nelas mesmas, mesmo que seja através de suas atitudes, e baseiam a própria felicidade na pessoa amada, sentindo-se incompletas sem ela.

Nesse outro artigo de Psicologia-Online, te falamos sobre a insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la.

Como superar o ciúme retroativo - O que é o ciúme retroativo

Ciúme retroativo: consequências

Que uma pessoa sinta ciúmes do passado da pessoa amada constantemente é muito prejudicial para ambos e, evidentemente, também para o relacionamento. Essas são algumas das principais consequências do ciúme retroativo:

  • A pessoa ciumenta fica cada vez mais insegura, fazendo que, por uma razão ou outra, (como por exemplo, o aumento de críticas e reprimendas ao parceiro/a) a outra pessoa comece a se distanciar da mesma.
  • O sofrimento emocional da pessoa começa a interferir de forma negativa na vida cotidiana dela, pelo que não só afeta o relacionamento amoroso, como também outras áreas como o trabalho, a vida social e/ou familiar.
  • O ciúme retroativo excessivo facilmente dá origem a disputas, discussões e conflitos no casal, o que pode levar à rutura do relacionamento.
  • A pessoa amada também pode experienciar muito sofrimento e desconforto, podendo decidir terminar a relação ou impôr limites à pessoa ciumenta.
  • Se o ciúme retroativo aumenta progressivamente, isso pode fazer com que a pessoa afetada pelos mesmos comece a exercer violência física, além da psicológica que provavelmente já exerce sobre a outra.
  • Podem surgir outro tipo de problemas psicológicos ou físicos em ambas as pessoas devido à ansiedade, tristeza e angústia que a situação pode provocar.

Como superar o ciúme retroativo: 4 conselhos

Se você está lendo o presente artigo é porque, além de querer saber como superar o ciúme retroativo, deseja entrar em ação para eliminá-lo. Seja você a pessoa que o sente ou a pessoa amada, sabe que este problema tem um impacto negativo tanto para você como para o/a outro/a, pelo que vamos te ajudar a lidar com ele:

Reconheça que o ciúme é irracional

É necessário que você reconheça que o ciúme do passado é totalmente irracional já que, assim como você, a outra pessoa tinha uma vida sentimental antes de você. Reflita e analise de forma objetiva de onde vêm realmente os ciúmes que você está sentindo, reconheça que você não tem motivos para julgar o companheiro/a e que sentir-se dessa forma ou não está em suas mãos.

Imagine como é estar no lugar da outra pessoa

Deixe de colocar toda a atenção em você mesmo/a e tente se enfocar no seu companheiro ou companheira. Imagine-se estando nessa situação e reflita sobre como você se sentiria se ele/a tivesse ciúmes de situações do passado constantemente, se sempre estivesse te criticando e pedindo explicações sobre coisas que já passaram. Dessa forma, você vai se aperceber que a outra pessoa também está desconfortável com a situação e que está sendo culpabilizada de forma injustificada. O que você faria de te culpassem de forma injustificada?

Fale com o parceiro/a

Depois de ter refletido sobre a situação, aproxime-de da outra pessoa e explique como você se sente. Recorde que é fundamental que exista boa comunicação no casal. É importante que você não julgue e que demonstre o que há atrás do ciúme do passado, expressando a sua vontade de eliminá-lo.

Foco no presente

Recorde que o sofrimento desnecessário provém dos nossos pensamentos sobre o passado ou sobre o futuro. Nesse caso, o seu sofrimento tem origem em situações do passado que você também viveu, já que não conhecia o/ parceiro/a atual ou, se já se conheciam, não estavam em um relacionamento. Portanto, cada vez que você notar que os seus pensamentos começam a divagar sobre situações do passado, procure trazê-los de volta ao momento presente e concentrar a atenção no que está fazendo agora. Uma boa técnica para fazer com que a mente se concentre no momento presente é a meditação.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como superar o ciúme retroativo, recomendamos que entre na nossa categoria de Sentimentos.

Escrever comentário sobre Como superar o ciúme retroativo

O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
Agatha
Eu fico olhando o perfil das garotas que ele fi ou e fico me comparando com elas, me perguntando se sou o suficiente, pensando que elas eram melhores que eu em tudo, é muito chato todo esse sentimento
A sua avaliação:
Ana
Hoje eu encontrei um álbum de fotos deles juntos, atual e ex, em um momento de família no passado mas meu subconsciente não entendeu que não era real, q eita outro tempo e disparou um gatilho de tremendo sofrimento. Estou arrasada......
Gabriela
Eu passei pelo mesmo problema , mas era uma caixa cheia de cartas que ela escreveu pra ele , e lá também se encontrava um par de alianças, isso faz alguns meses mas eu me sinto traída todos os dias , isso está me matando aos poucos ,tudo que fazemos eu fko pensando "ele já fez isso com ela". Éh uma tortura 😖
Renato
Vcs fazem alguma coisa pra minimizar esse sentimento? Já estou na terceira psicologa e tem dias que são tortuosos. Não sei mais oq fazer. Tenho ciumes de coisa de 20 anos atrás.
A sua avaliação:
Leo
Eu estou com esse problema, e de tanto pensar nisso nem consigo mais realiza certas tarefas e isso preocupa-me muito. Além disso tenho notado que a minha parceira está a ser afectada por causa dele meu ciúme irracional e não quero que isso continue
João
Entendo, tenho passado por isso. Venho buscando formas de melhorar.
Com o passar do tempo e conversando com ela percebi que muitas coisas são da nossa própria cabeça e nem existiram.
Creio que se ela está com você agora é porque ela gosta, então relaxe e curte, nada mais importa para ela só você. Nessa história toda independente do passado dela, quem se deu bem foi você, você é o grande "campeão", aproveite e valorize isso.
Não é algo fácil de se tratar, mas com exercícios e se tiver muito forte uma ajuda profissional você supera. Mas trate antes que acabe com seu relacionamento.
No meu caso mesmo ela falando que nada foi tão bom quanto o que eu proporciono as vezes parece que não levo em consideração, porém essa é a verdade, se ela está comigo é porque ela gosta de mim e sou melhor que qualquer caso.
Boa sorte, amigo!

Como superar o ciúme retroativo
1 de 2
Como superar o ciúme retroativo

Voltar ao topo da página