Partilhar

Insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la

 
Por Claudia Pradas Gallardo. 13 dezembro 2019
Insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la

A insegurança é um estado psicológico que surge da baixa autoestima e da falta de confiança em si mesmo, podendo se tornar um grande impedimento em nossa vida cotidiana. A pessoas inseguras têm dificuldades em muitas áreas do seu dia a dia: no trabalho, nas relações sociais, nos estudos... Esse sentimento de que alguém nunca é suficiente é um peso muito grande do qual devemos nos livrar.

Neste artigo de Psicologia-Online, você encontrará todas as informações necessárias sobre a insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la. Deste modo, você poderá conhecer em detalhes esse estado mental para poder combatê-lo. Preste atenção e tome nota para superar a insegurança!

Também lhe pode interessar: Codependência emocional no relacionamento

Insegurança emocional: causas

Definimos a insegurança emocional como um estado no qual não somos capazes de confiar em nossas próprias habilidades e sentimos que não respondemos às expectativas que estabelecemos. A insegurança emocional e pessoal geralmente está muito relacionada com uma baixa autoestima e uma imagem negativa de nós mesmos. Por sua vez, a autoestima baixa pode ser causada por diversos fatores.

Por que somos pessoas inseguras?

Entre algumas causas da insegurança pessoal e da baixa autoestima, destacamos as seguintes:

  • Estilo de apego inseguro: durante os primeiros anos de vida, definimos nosso autoconceito com base no afeto e no apego que recebemos de nossos pais e/ou cuidadores. Um tipo de apego negativo está relacionado com a insegurança emocional e a baixa autoestima.
  • Pressão externa: na sociedade atual, vivemos constantemente sob pressão para cumprir inúmeras expectativas que, em muitos casos, se tornam uma carga psicológica muito importante.
  • Expectativas muito altas: como comentamos no ponto anterior, nos obrigamos a cumprir objetivos muito exigentes, não atingir todos pode causar muita frustração. Como consequência dessa frustração, nos sentimos mal por nosso desempenho e isso causa um alto nível de insegurança pessoal.
  • Experiências negativas ou traumáticas: outra das causas mais frequentes da insegurança em si mesmo é o fato de ter passado por um evento traumático como uma relação de abuso, ou abuso psicológico.

É interessante comentar que existem estudos que determina que o gênero também condiciona a insegurança. Em tais estudos, observa-se como existem diferenças significativas entre mulheres adolescentes e homens nos seguintes aspectos:

  • As mulheres têm uma autoestima mais baixa em geral e apresentam um baixo autoconceito físico e emocional, enquanto que os homens têm pior autoconceito familiar e acadêmico [1].

Insegurança emocional: sintomas

Agora que definimos a insegurança e compreendemos sua origem é importante saber como identificá-la. Na psicologia, geralmente utiliza ferramentas pra medir a autoestima. No entanto, o que significa ser uma pessoa insegura?

10 sintomas de insegurança emocional de acordo com a psicologia

Podemos saber se temos insegurança emocional identificando alguns dos sinais e sintomas que enumeramos a seguir:

  1. Indecisão ou dificuldade para tomar decisões
  2. Necessidade de aprovação constante por parte dos outros
  3. Medo do abandono ou da rejeição
  4. Medo de mudanças e dos desafios, dificuldades para se adaptar à uma nova situação
  5. Nível de exigência muito alto
  6. Pensamentos negativos sobre a própria imagem
  7. Dificuldades nas relações sociais
  8. Sentimentos de inveja e ciúmes, esse sintoma é mais pronunciado em pessoas inseguras em uma relação
  9. Baixa tolerância à frustração
  10. Estilo de comunicação passiva, sem expressar as necessidades e sentimentos próprios

Se você considera que tem bastantes sintomas que coincidem com o listado anteriormente, é importante considerar algum tipo de tratamento, terapia ou exercícios para superar a insegurança emocional e pessoal.

Como vencer a insegurança

Agora que você conhece a definição de insegurança emocional, suas causas e sintomas. Chegou o momento de saber como deixar de ser inseguro. Para isso, a psicologia propõe diferentes linhas de tratamento:

1. Terapia para definir o autoconceito

Uma das soluções para superar a insegurança enraizada é redefinir a imagem que temos de nós mesmos. Se no nosso caso, a insegurança emocional tem sua origem na infância, é importante mudar a avaliação pessoal e o autoconceito mental. Pensar em quem somos, independentemente do que nos foi dito em nossa educação, parece complicado, mas com a ajuda de um terapeuta é um exercício possível e muito eficaz.

2. Reestruturação cognitiva

Esse exercício baseado na terapia cognitiva pode ser muito efetivo para combater a insegurança. Nessa terapia, as frases e pensamentos que temos sobre nós mesmos são coletados e restruturados, concentrando-os de uma maneira mais positiva.

  • Por exemplo: "vou suspender esse exame, não estudei o suficiente e não sou uma pessoa inteligente" Para reestruturar esse pensamento devemos nos perguntar a validade do pensamento "estou me preparando para o exame há uma semana, realmente não estudei?" ou "deveria valorizar mais minhas capacidades intelectuais ao invés de me criticar tanto"

É muito importante aprender a identificar o tipo de diálogo interno que temos. Geralmente não nos damos conta dos comentários negativos que somos capazes de dizer.

3. Estratégias de comunicação assertiva

Como explicamos anteriormente, um dos sintomas da insegurança pessoal e emocional é um estilo comunicativo passivo. Esse tipo de comunicação é caracterizado por não expor nossos pensamentos e emoções por medo de ser julgado.

A comunicação assertiva baseia-se em poder expressar sem ofender aos outros, mas sem ter medo de expressar seus direitos e comunicar suas necessidades. Se você quer saber mais, aqui oferecemos algumas dinâmicas de comunicação assertiva.

4. Treinamento em habilidades sociais

Depois de tentarmos solucionar nossos pensamentos e estilos de comunicação, podemos trabalhar as habilidades sociais. Uma pessoa insegura emocionalmente geralmente está relacionada com o medo e o medo da rejeição. Por isso, trabalhar as habilidades sociais a partir da inteligência emocional pode ser um exercício muito eficaz para superar a insegurança em todos os aspectos de nossa vida.

Se você considera que esses problemas o impedem de levar uma vida normal, é importante que você procure um psicólogo especialista para que ofereça ferramentas adequadas às suas necessidades.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la, recomendamos que entre na nossa categoria de Crescimento pessoal e autoajuda.

Referências
  1. Garaigordobil, M., Durá, A., & Pérez, J. I. (2005). Síntomas psicopatológicos, problemas de conducta y autoconcepto-autoestima: Un estudio con adolescentes de 14 a 17 años. Anuario de Psicología Clínica y de la Salud, 1, 53-63.

Escrever comentário sobre Insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la

O que lhe pareceu o artigo?

Insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la
Insegurança emocional: causas, sintomas e como vencê-la

Voltar ao topo da página