menu
Partilhar

O que faz uma pessoa gostar da outra

 
Por Equipe editorial. 29 abril 2021
O que faz uma pessoa gostar da outra

Há pessoas que parecem ter um ímã para atrair outras e também há aquelas que se sentem atraídas por alguém, mas não sabem exatamente o porquê. Ambos os casos têm algo em comum, que é esse "match" ou "crush" que basicamente faz parecer que você foi "fisgado" por alguém. Mas o que faz um homem gostar de uma mulher e vice-versa?

Neste artigo de Psicologia-Online explicamos o que faz uma pessoa gostar da outra por meio das 15 chaves da atração.

Aparência

A primeira impressão é um momento e um conceito que é sim relevante, ainda que para muitas pessoas pareça algo superficial. É prudente ressaltar que é só isso, a primeira impressão, porque se uma pessoa se interessa verdadeiramente em conhecer outra, terá que se relacionar com ela diretamente. Apesar disso, essa primeira impressão tem sim um valor quando se trata de atrair alguém - e a aparência física pesa muito, pois as impressões extraídas da aparência de alguém geram preconceitos que provocam a intenção - ou não - de estabelecer contato.

Lembre-se que o aspecto físico está muito ligado à subjetividade, porque o conceito de "beleza" não é o mesmo para todo mundo. Sugerimos que aproveite isso a seu favor e, ao invés de querer parecer-se com outra pessoa, ressalte seus melhores traços, pois a beleza é subjetiva.

Cheiro

Os cinco sentidos interferem na elaboração das relações interpessoais e na percepção que criamos das outras pessoas. A indústria dos perfumes tenta há décadas privilegiar o aroma de cada um para a satisfação pessoal e de quem está em volta, mas apesar disso cada pessoa conta com sua carga hormonal, uma bioquímica humana que confere a cada ser humano um cheiro característico. Esses cheiros são percebidos pelas pessoas ao redor e, ao entrar em interação com o processo bioquímico do outro, o cheiro pessoal pode despertar a atração alheia. Esse processo acontece de maneira inconsciente.

Neste artigo falamos das 25 chaves para saber se você ama alguém - e surpresa, o cheiro está entre elas!

Voz

Parecido com o que acontece com o olfato, a voz pode atrair alguém. O tom, o volume e a voz por si mesma é diferente em cada indivíduo e pode ser agradável ou não aos ouvidos alheios. Por isso, a voz é um dos elementos da atração a se levar em conta quando queremos saber o que faz uma pessoa gostar da outra.

Senso de humor

O que é a vida sem as risadas? Assim como o choro, a risada é uma necessidade, além de ser um indicar de bem-estar. Cabe destacar que com senso de humor não estamos fazendo referência à tirar sarro ou ser motivo de chacota em relação aos outros, e sim da capacidade de desfrutar e inclusive de rir de si mesmo, porque nem tudo na vida é seriedade ou rigidez. Sabendo que é da natureza humana a procura pelo bem-estar, as pessoas tendem a preferir compartilhar momentos com pessoas que provoquem emoções prazerosas, como é o caso do humor.

Inteligência e conhecimento

Nos últimos tempos, tem se dado maior ênfase e atenção ao fato de que nem só a beleza é capaz de fazer alguém se apaixonar ou gostar de outra pessoa, e sim que a inteligência também tem esse potencial. Uma vez descoberta a beleza física, as pessoas esperam encontrar algo a mais, algo que as façam "ficar" - e esse "algo" possivelmente pode ser a inteligência, o desenvolvimento intelectual, o conhecimento. Aqui estamos entendendo como inteligência a capacidade de resolução de conflitos por meio do uso das próprias habilidades cognitivas, e não só como o acúmulo de informações armazenadas na memória de um indivíduo. Confira nosso artigo sobre habilidades cognitivas: o que são, tipos, lista e exemplos.

Demonstrações de afeto

Algo que tende a fazer uma pessoa gostar de outra são as demonstrações de afeto. Cabe ressaltar que nem sempre essas demonstrações são feitas ou percebidas da mesma maneira, se levarmos em consideração as declarações de Gary Chapman, que defende que o afeto é demonstrado de acordo com o que foi aprendido sobre o tema desde a nossa infância. É de onde se pode concluir que todas as pessoas demonstram amor de maneiras diferentes. Então, uma demonstração de afeto pode ir desde dar um presente até um "como você está hoje?".

Dar atenção

Uma pessoa atenciosa não passará despercebida. A pessoa pode não ter um arsenal de técnicas encantadoras ou um físico deslumbrante, mas a forma como faz os outros e outras se sentirem enquanto estão juntos/as é algo que faz a diferença.

Segurança própria

Uma das características mais atraentes em alguém é a segurança que ela transmite. Não se trata de agir com teimosia, e muito menos crer que tudo o que você fala ou acredita está correto, e sim enfrentar a vida com sobriedade e determinação, pois isso é interpretado pelos outros como um traço de estabilidade.

Autossuficiência

A autossuficiência é uma virtude que se atinge na idade adulta e que geralmente pressupõe desenvolvimento pessoal, além de habilidades cognitivas e psicoemocionais, entre as mais importantes. Por isso, falar de uma pessoa autossuficiente significa que ela é capaz de explorar todas as áreas da sua vida com a menor ajuda possível e, portanto, tende a não pedir aos outros com frequência para ajudar com a solução de seus problemas. Essa característica pode ser atrativa, uma vez que representa o contrário da dependência. A dependência leva ao esgotamento daqueles que se relacionam com alguém dependente.

Independência financeira

Estreitamente relacionado com o tópico anterior, a independência patrimonial e financeira tende a ser um atrativo para as pessoas na hora de buscar um relacionamento romântico. Não se trata de avaliar você pelos seus bens, é algo que consiste mais na impressão que você causa em relação a essa questão. Isto é, quem se mostra financeiramente independente não espera ajuda do governo ou dos pais, por exemplo, e demonstra que conta com habilidades cognitivas que permitiram chegar a essa independência. Gostar de alguém com esse tipo de característica pode ser baseado em uma busca por estabilidade.

Independência emocional

A independência emocional não é sobre agir de forma fria ou desinteressada. Na verdade, consiste em contar com habilidades psico e socioemocionais que permitem entrar em relações interpessoais de reciprocidade e qualidade. Essa característica pode atrair as pessoas porque demonstra uma forte presença de inteligência emocional e, por isso, espera-se que o indivíduo em questão se comporte de forma assertiva em situações emocionais.

Projeção de futuro

Outro motivo que faz uma pessoa gostar da outra é a escolha de caminho futuro a ser percorrido. Nesse caso, contar com projetos e metas a curto, médio e longo prazo é um sinal de que a pessoa provavelmente tem ambição, planejamento, segurança... Além disso, permite que a outra pessoa possa ver se planejam ou não futuros parecidos ou compatíveis.

Valores em comum

É sabido que as coisas em comum entre as pessoas tendem a funcionar como uma ponte que as une. Para estreitar as relações interpessoais, então, é preciso encontrar alguém com quem você compartilhe aspectos importantes da vida como os valores, os ideais e os gostos. Ter esses aspectos em comum provavelmente contribui para uma pessoa gostar da outra.

Flexibilidade

A forma de viver a vida é particular e subjetiva e isso é maravilhoso. Contudo, quando se age com rigidez frente a todas as circunstâncias da vida, geralmente isso se deve a preconceitos que alguém traz consigo. Uma pessoa que pode ver ou assumir as situações a partir de uma perspectiva flexível provavelmente gerará maior interesse nos que estão ao seu redor.

Gosto pelo novo

Esse tópico engloba tudo aquilo que tem a ver com explorar novas situações: o gosto que algumas pessoas têm pelo novo, por assumir riscos e se atrever a experimentar. Nesse sentido, uma pessoa menos previsível em relação à sua rotina diária pode ser mais atraente aos outros do que alguém que não é assim. É certo que as rotinas são necessárias e demonstram estabilidade, mas isso não significa que a vida precisa ser rígida e sem mudanças.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que faz uma pessoa gostar da outra, recomendamos que entre na nossa categoria de Sentimentos.

Bibliografia
  • Riso, W. (2007). El poder del pensamiento flexible. Bogotá, Colombia. Editorial Norma.
  • Chapman, G. (1995). Los cinco lenguajes del amor. Colombia. Unilit.
  • Goleman, D. (2005). La inteligencia emocional: por qué es más importante que el cociente intelectual. Barcelona. Editorial Javier Vergara Editor.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que faz uma pessoa gostar da outra
O que faz uma pessoa gostar da outra

Voltar ao topo da página