Partilhar

Relacionamento em crise: sinais e soluções

 
Por Equipe editorial. 19 março 2019
Relacionamento em crise: sinais e soluções

Ultimamente você não está se sentindo muito bem com seu parceiro ou parceira? A distância, as brigas frequentes, a sensação de tédio e os sentimentos de raiva e ressentimento são alguns dos sintomas que podem indicar que você está sofrendo uma crise no relacionamento. É importante que você saiba que essa situação é muito comum nos casais que já estão juntos há algum tempo, e as famosas crise dos 7 anos de namoro, a dos 3 anos de casados ou a dos 10 anos de casamento são exemplos disso.

No entanto, estar passando por um relacionamento em crise não quer dizer que você acabará terminando com o seu amado, pelo contrário, uma crise no namoro ou uma crise no casamento pode ajudar a fortalecer a relação. Muitas vezes, essas crises são perfeitas para conhecer melhor a pessoa com a qual você está dividindo sua vida. Por isso, nesse artigo de Psicologia-Online vamos te mostrar os principais sinais e soluções para um relacionamento em crise. Assim, você poderá enfrentar melhor a situação com boas ferramentas.

Também lhe pode interessar: Sinais de que ele quer terminar

Sinais de um relacionamento em crise

Como saber quais são os sinais de um relacionamento em crise? Em qualquer relação amorosa há épocas que são melhores que outras.

O stress, a monotonia, os aborrecimentos do dia-dia e os problemas externos podem fazer com que, pouco a pouco, uma relação vá mudando e se transforme em um empecilho mais do que algo positivo na nossa vida.

No entanto, temos que saber diferenciar o que é um período ruim de verdadeiras crises no relacionamento. Não é recomendável já pensar no pior na primeira mudança já que todo casal pode passar dias ou semanas ruins com sua cara metade.

Uma crise no relacionamento acontece quando essa situação se prolonga por mais tempo e não dá sinais de que irá voltar ao normal. Alguns dos principais sinais de que você tem um namoro em crise ou até um casamento em crise são os seguintes:

Vidas independentes

Um dos sinais mais claros de que um casal que está em crise é quando ambos fazem mais planos separadamente do que juntos. É evidente que cada um tem sua própria vida, seus próprios sonhos, desejos e independência, mas se você está em um relacionamento, é normal que você passe grande parte do seu tempo com o seu parceiro.

Por isso, se ficar junto do seu parceiro já não te agrada tanto e se você se sente melhor quando faz planos sozinho é porque, sem dúvida, vocês estão passando por uma crise.

Falta de comunicação

Outro dos sintomas de um relacionamento em crise é que não exista uma boa comunicação entre vocês. A sensação de viver quase com um estranho é muito habitual nessas circunstâncias. Se a comunicação é perdida, vive-se em uma inércia.

Além disso, também é muito frequente que, no momento em que você quiser conversar sobre algo, a tensão esteja tão alta que vocês podem acabar discutindo.

Redução das relações sexuais

Quando há um relacionamento em crise, também se nota muito na cama. É nessa hora que o sexo deixa de ser um reflexo da conexão e dos sentimentos que existem entre o casal. Por isso, quando se passam maus momentos é normal que a cama seja um dos lugares onde mais se pode perceber essa distância.

Isso não quer dizer que não há relações sexuais durante esses períodos, mas que as que acontecem são mais "rotineiras", quase que por obrigação. Se isso está acontecendo com vocês pode ser um grande sinal de que o relacionamento não está tão bom como já foi um dia.

Falta de interesse em melhorar a relação

Também é normal que, quando se tem um relacionamento em crise, não haja interesse por nenhuma das partes em melhorar a situação. Ou seja, nenhum dos dois quer enfrentar o problema e, por isso, continuam a viver o ignorando e não oferecendo alguma proposta para solucioná-lo.

Brigas constantes

Esse último sinal de um relacionamento em crise consta no seguinte: você pode saber se está em um namoro em crise ou em casamento em crise quando qualquer coisa pode resultar em uma briga. Isso acontece por que os seus ânimos podem já estar exaltados e, quando há qualquer sinal de problema, as discussões começam.

É importante tentar evitar esse tipo de briga por que a única coisa que faz é deixar a relação mais tóxica e aumentar os seus sentimentos de remorso e ressentimento em relação ao outro.

Quando você detectar algum desses sinais ou sintomas é importante que, antes de mais nada, pense se você quer continuar se esforçando por essa relação ou se, pelo contrário, prefere terminá-la. Você deve tomar uma decisão de forma individual e depois informá-la ao seu parceiro para que os dois possam saber que passo tomar em seguida.

Relacionamento em crise: sinais e soluções - Sinais de um relacionamento em crise

Como salvar um relacionamento em crise

Mas você pode ser perguntar: como salvar um relacionamento em crise? O que fazer quando o relacionamento está em crise? Como acabamos de comentar, é importante que você seja sincero consigo mesmo e pense se você ainda ama a pessoa com que está e se vale a pena lutar por essa relação.

Viver um relacionamento em crise não significa que a relação tem que acabar, mas sim que você terá se esforçar mais por ela. Saber em que pé que as coisas estão é o básico para saber como melhorá-las.

No caso que você queira continuar a lutar pelo seu amor, abaixo te daremos algumas soluções para os problemas de um relacionamento em crise para que possa aplicá-los a partir de hoje mesmo.

Dar espaço para o outro

Muitas vezes, um relacionamento em crise pode surgir por que vocês não têm o próprio espaço. Pode ser por que vocês costumavam a fazer tudo juntos, sem muitos momentos nos quais estavam separados.

Por isso, é interessante que nesses casos vocês se deem um pouco mais de espaço, para que vocês percebam o quanto sentem falta um do outro.

Refletir sobre seus erros

Para solucionar um relacionamento em crise também é indispensável que você reflita sobre todos os erros que pode ter cometido na relação. O mais comum é que joguemos toda culpa para o nosso parceiro, mesmo quando no fundo sabemos que a verdade é mais complicada que isso.

Estar em uma relação consiste em um trabalho diário de duas pessoas e, por isso, ambos têm parte da culpa. Aceitar que você também errou é o primeiro passo para poder melhorar e conseguir uma relação mais estável e positiva.

Perdoar os erros do outro

Se você quer superar um relacionamento em crise, você também tem que aceitar que ninguém é perfeito. Haverá características e comportamentos do seu parceiro que irão te irritar ou até mesmo te machucar.

No entanto, é necessário aprender a aceitar alguns desses defeitos, a perdoar falhas e erros que não sejam tão graves, ou a pelo menos colocá-los em uma balança: as coisas boas de um relacionamento devem pesar mais que os pontos negativos.

Além disso, é essencial que você aprenda que, uma vez resolvido, o problema não deve ser citado em outro contexto. Se vocês não se comunicarem e solucionarem os problemas, sempre estarão se enfrentando.

Aprender a falar sem brigar

É importante melhorar a comunicação no relacionamento para que, quando surgir um problema, os dois saibam falar sobre ele sem automaticamente brigar.

As discussões podem criar situações muito negativas para o casal quando, em realidade, é falando que se entende o ponto de vista das pessoas. Por isso, tente controlar sua raiva e mau-humor e procure se colocar na pele do outro.

Relacionamento em crise: sinais e soluções - Como salvar um relacionamento em crise

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Relacionamento em crise: sinais e soluções, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Escrever comentário sobre Relacionamento em crise: sinais e soluções

O que lhe pareceu o artigo?

Relacionamento em crise: sinais e soluções
1 de 3
Relacionamento em crise: sinais e soluções

Voltar ao topo da página