Partilhar

Sou casada e me apaixonei por outro: o que fazer

Sou casada e me apaixonei por outro: o que fazer

Seja sincera consigo mesma: esse é o primeiro e principal conselho que podemos te dar se você está passando pelo dilema: "sou casada e me apaixonei por outro". Nessas situações delicadas, é possível que os sentimentos que você tenha desenvolvido sejam 100% de amor ou que, ao contrário, se tratem de apenas uma admiração que todos nós podemos ter logo quando conhecemos alguém pela primeira vez, mas que com o tempo passam. Além disso, essa afirmação também costuma ser uma das principais frases de casamento em crise e, por isso, também é importante perceber se você realmente está apaixonada por outra pessoa ou se, na verdade, só está fugindo de problemas existentes no seu relacionamento.

Por isso, uma das primeiras coisas que você tem que fazer em uma situação dessas é analisar a natureza dos seus sentimentos, já que, antes de tomar uma decisão em relação ao seu casamento, é essencial que você saiba realmente o que está sentindo. Assim, nesse artigo de Psicologia-Online te ajudaremos a resolver o dilema "sou casada e me apaixonei por outro, o que fazer?".

Sou casada e me apaixonei por outro: conselhos básicos

Se você é casada e acha que está apaixonada, não se precipite. Quando sentimos emoções confusas podemos cair no erro de tomar decisões precipitadas e equivocadas se nos deixamos levar por esse "impulso amoroso" sem ter analisado bem as consequências dos nossos atos.

Por esse motivo, umas das primeiras coisas que te recomendamos é que você seja prudente e pense muito bem antes de dar um passo em falso. Assim, a seguir, te oferecemos uma lista com os conselhos básicos que você deve seguir antes de tomar uma decisão para que você possa lidar com essa delicada situação da melhor forma possível.

  1. Analise o que você está sentindo: quando você leva muito tempo casada ou em uma relação fechada e monogâmica, é normal que você sinta que seu casamento está um pouco estático, parado no tempo, monótono ou até chato. Aquelas emoções intensas que você sentia pelo seu marido talvez não se demonstrem mais após anos de relação. Por isso, quando sentimos algo, por mais pequeno que seja, por outra pessoa, podemos confundir isso com amor e isso nos leva a um erro. Assim, é extremamente importante que você leve o tempo que for para analisar se o que você está sentindo por esse novo alguém é amor.
  2. Diferencie bem amor de desejo: mas como saber se estou apaixonada? Essa costuma ser uma pergunta recorrente para mulheres que estão passando por essa situação. E mesmo que a resposta seja complexa e distinta para cada pessoa, é possível que, se você analisou bem suas emoções e sentimentos, possa perceber que sente algo muito forte por esse outro homem e que isso ultrapassa um capricho, um desejo ou uma forte atração física ou sexual.
  3. Pese os possíveis caminhos a seguir: caso você realmente se tenha apaixonado por outro homem ou mulher estando casada, o que te recomendamos é que, antes de tomar uma decisão a respeito, você pese todos os possíveis caminhos e consequências que podem resultar dela. Você está disposta a terminar o relacionamento com seu marido? Se isso acontecer, você pretende começar uma nova vida com essa pessoa ou essa nova relação só é algo passageiro? Como melhor explicar essa decisão para filhos e outros familiares? Essas são algumas questões que recomendamos que você responda.
  4. Não se sinta culpada: se depois de analisar os seus sentimentos e pesar os caminhos a tomar você entender que realmente está apaixonada por outro homem e por isso quer terminar a relação na qual se encontra no momento, se sentir culpada não é a solução. É completamente normal que você passe a desenvolver sentimentos amorosos por outras pessoas ou que você já não esteja apaixonada pelo seu marido. No entanto, seja sincera com você mesma e com seu marido sobre toda a situação, para que vocês dois não saiam mais machucados e ressentidos dessa relação do que necessário. Sobre isso, também vale lembrar que o homem também pode enfrentar o mesmo dilema e que, nesse caso, você também iria gostar que ele fosse honesto com você. No artigo "sou casado e me apaixonei por outra, o que fazer?" te mostramos o outro lado da moeda.

Sou casada e me apaixonei por outro: tomar uma decisão

Como já mencionamos anteriormente, é importante que, depois de ter analisado seus sentimentos, você comece a pensar na decisão que irá tomar. Nessa fase, você tem 4 principais opções na sua frente:

  1. Deixar seu marido e começar uma nova relação.
  2. Continuar com seu marido e esquecer da outra pessoa.
  3. Deixar seu marido e optar por estar sozinha por um tempo para conhecer melhor o que você espera de uma relação.
  4. Explicar toda a situação para o seu marido e, se os dois estiverem de acordo, abrir a relação.

É importante que você esteja consciente das possibilidades que podem ser escolhidas, mas vale ressaltar que cada caso é diferente e, por isso, você pode sim encontrar uma outra opção que faça mais sentido para você, sua vida e sua família.

Começar um relacionamento logo após terminar um outro, por exemplo, a opção 1, pode não ser a melhor ideia para seu psicológico. Isso porque você pode, sem perceber, repetir os mesmos "vícios" ou má práticas da relação anterior com o novo namorado, o que pode desgastar esse novo relacionamento.

Por outro lado, a segunda opção, a de continuar com o seu marido se você realmente tem sentimentos amorosos por um outro homem pode acabar cultivando, com o passar do tempo, sentimentos de tristeza, remorso, raiva, ressentimento e culpa em ambas as partes. Isso não quer dizer, no entanto, que apostar no seu casamento e esquecer a outra pessoa seja impossível ou não deva ser feito em casos; seja honesto com seu parceiro e reconstrua a relação se for o que você deseja.

Já se a terceira opção é que a mais te agrada, o que podemos te dizer é que ela é uma das melhores para poder saber melhor o que você quer da vida depois dessa relação e até para se conhecer melhor como mulher. Deixar seu marido e optar por estar sozinha por um tempo pode ser fundamental para te ajudar com isso. No artigo "Como terminar um relacionamento" te damos alguns conselhos sobre como proceder nesse assunto.

Por fim, se você quiser abrir a relação, que é a opção 4, o mais importante é, em primeiro lugar, conversar muito bem com seu marido para saber se ele concorda com essa opção. Muitas vezes, mais do que estar apaixonado por outro homem, o que a mulher sente falta é da liberdade e das experiências de quando estava solteira. Assim, se o marido estiver de acordo, e apenas se ambos estiverem na mesma página, é possível dar início a um novo capítulo da sua relação dessa maneira.

Sou casada e me apaixonei por outro: causas

"Por que me apaixonei por outro homem se sou casada?" é uma pergunta bem frequente quando uma pessoa se encontra nessa difícil situação, já que pode parecer contraditório e até injusto poder sentir algo por outro alguém estando casada. Mesmo assim, nesse artigo de Psicologia-Online queremos te dizer uma coisa: você não é a única pessoa que está passando por isso; essa situação é mais comum do que muitos reconhecem.

Já os principais motivos para que algo do tipo aconteça podem estar relacionados a um desgaste no casamento, como a perda da paixão, da ilusão e da magia que ele já teve um dia. Por isso, é normal que sintamos um desejo de nos abrir a outras pessoas para voltar a sentir essa sensação intensa de amor. A seguir, te mostraremos algumas das causas mais habituais que respondem ao dilema "sou casada e me apaixonei por outro":

  • Monotonia no casamento: é uma das causas mais frequentes. Uma relação amorosa pode se tornar chata e monótona e, por isso, involuntariamente podemos buscar novas experiências fora de casa. Para evitar essa situação, é importante lutar para romper a monotonia e experimentar se a chama da paixão ainda existe entre vocês.
  • Falta de sexo: mesmo que pareça algo superficial, o que se sabe é que uma das causas mais habituais de se apaixonar por outro homem é uma falta de relações sexuais. No casamento, o sexo pode acabar ficando em segundo plano e, por isso, é normal que, com o passar do tempo, você sinta um desejo de voltar a usufruir ao máximo de relações sexuais e, como na sua relação isso não está mais tão presente, você começa a procurar isso fora dela.
  • Incompatibilidade matrimonial: também é possível que, atualmente, você já não esteja mais apaixonada pelo seu marido. Pessoas que se casaram há algum tempo podem não ser mais as mesmas atualmente, tendo desenvolvido novos gostos, paixões e prioridades ao longo dos anos. Por isso, os sentimentos que você tinha no passado por alguém podem não existir mais agora. Essa situação abre as portas do seu coração e outras pessoas podem acabar entrando mais facilmente.

Se você desejar saber mais sobre um relacionamento em crise: sinais e soluções, não deixe de ler esse artigo de Psicologia-Online.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sou casada e me apaixonei por outro: o que fazer, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Escrever comentário sobre Sou casada e me apaixonei por outro: o que fazer

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Marcia
Achei muito interessante. Pois está acontecendo comigo mas não me abri com ninguém. Boa tarde
A sua avaliação:
Robinho
Somos casados e nos apaixonamos mesmo assim...

Sou casada e me apaixonei por outro: o que fazer
Sou casada e me apaixonei por outro: o que fazer

Voltar ao topo da página