Partilhar

O que significa sonhar que mata alguém

 
Por Bryan Longo. 18 setembro 2020
O que significa sonhar que mata alguém

Nem todos os sonhos são interpretáveis durante uma sessão psicanalítica, às vezes não há material nem associações suficientes e, em alguns casos, as interpretações podem aparecer muito tempo depois. Quando alguém pede as associações ao/à paciente, não tem que acreditar que tudo o que sai dos lábios dessa pessoa é uma associação livre. Em certos momentos, estes elementos podem evidenciar uma resistência que tem a ver com seu discurso egocêntrico, com seu discurso consciente e lógico.

Freud dizia que o sonho é o cumprimento de um desejo, e não de qualquer desejo, e sim de um desejo inconsciente. Ele também dizia que os sonhos são a Via Regia para acessar o inconsciente. O que será procurado no sonho não é o cumprimento de algo que o paciente possa nos dizer em seu estado de vigília (em seu discurso consciente), mas vamos procurar um elementos que entra em contradição com o que o paciente vem nos falando, algo que quebra o suposto sentido do que acontece com ele e com sua vida.

É por isso que neste artigo de Psicologia-Online vamos tentar encontrar um ponto de contradição, algo que faça o paciente falar "não sei por que isto acontece" e, de forma objetiva, avaliar um tipo de sonho em particular: " o que significa sonhar que mata alguém?".

Também lhe pode interessar: O que significa sonhar que alguém morre

O significado dos sonhos

Talvez seja um pouco decepcionante que logo no início deste artigo seja exposto que os sonhos não tem um significado universal, ou seja, o que eu sonho não terá o mesmo significado para um amigo ou para um esquimó nas terras frias do ártico. Os sonhos podem apresentar cenas, tempos, características e sensações muito similares, mas não tem sentido realizar uma interpretação como um dicionário, pois estes contém muita informação do estado de vigília e do próprio inconsciente de cada pessoa em particular. Essa informação sem dúvida variará muito, porque as experiências de vida de João não são as mesmas de Pedro e, mesmo que tenham sido educados pela mesma cultura e família, apresentarão grandes diferenças.

Muitos de nós gostaríamos de ter uma ideia bem próxima da verdade do significado dos sonhos, por exemplo: se sonho que os meus dentes caíram, é agouro de morte de alguém próximo, se sonho que mato alguém, significa que tenho algo pendente ou tenho muito ódio dessa pessoa. E isto, sem dúvida, pode chegar a gerar muita angústia nos sonhadores, porém está mais relacionado à ideia presente na cultura de que, na verdade, existe a possibilidade dos sonhos serem místicos e que funcionem como presságios que se concretizam, porque são baseados em fatos comprovados e medidos.

No entanto, Sigmund Freud (1899) dizia que sua experiência confirmava sua afirmação de que o conteúdo mais frequente dos sonhos é constituído por aqueles objetos sobre os quais recaem nossas paixões mais ardentes. Contudo, também dizia que em maior ou menor grau, o conteúdo dos sonhos acabará sempre sendo determinado pela personalidade individual, a idade, o sexo, a posição, o grau de cultura e o gênero de vida habitual do sujeito, e pelos fatos de seu passado individual.

Considerando a abordagem de Freud, sonhar que se mata alguém está mais associado a todos os pontos citados anteriormente e não como um fato linear (por exemplo, sonhar que não consigo falar significa que há coisas que não me atrevo a dizer ou que existem eventos que me calaram por muitos anos devido à vergonha ou a dor emocional que me provocam, sonhar que como muito tem um significado de compulsão, portanto, reflete um problema alimentar). Não, os sonhos não obedecem a um nexo de um para um, como qualquer outra articulação associativa do discurso do sujeito.

Seria muito mais interessante que a interpretação deste tipo de sonhos fosse pensada como uma rede (entrelaçada) e não como Sigmund Freud expunha com seu termo de "Cadeia Associativa" porque isto, por sua vez, implica um problema: os links de cada cadeia apresentam nexos associativos simples (por exemplo, a cadeia é composta por 4 links (1, 2, 3 e 4), o 1 está associado com o 2, e o 2 com o seguinte, que é o 3 e este último com o 4, mas o 3 não está associado ao 1, nem o 2 ao 4. Se o pensamos como uma rede ou como um tipo de árvore genealógica, a interpretação deste tipo de sonhos acabará sendo muito mais efetiva e proveitosa para o sonhador já que os nexos estarão ramificados. Na raiz de cada nova experiência do sonhador (além de sua idade, sua cultura e personalidade), entrarão em vigor dois ou mais elementos oníricos.

Sonhar que mata uma pessoa desconhecida

Seguindo a linha anterior, onde é expresso que os sonhos não possuem um significado universal, tentaremos facilitar uma leitura para a interpretação.

Sonhar com matar alguém desconhecido não significa que de uma hora para outra vamos pegar uma arma e assassinar alguém sem premeditação nenhuma, já que como se explicava anteriormente, os sonhos podem seguir uma rede de significantes que, no final, nos oferecerão a origem de nossa árvore genealógica de significantes.

A seguir, compartilharemos alguns pontos que você pode considerar no momento de entender este tipo de sonhos:

Significado dos elementos de seus sonhos

Pergunte-se: o que significa a morte para você? Ou, o que você pensa sobre assassinato? Estas perguntas ampliarão os pontos conexos que determinarão o significado de seu sonho. Por exemplo, algumas pessoas podem dizer que a morte é algo trágico, doloroso e triste, outras podem expressar que é a perda ou a ausência de algo e te indiquem "que é a perda de alguém importante", outras, por outro lado, podem manifestar que a morte é algo inevitável e que esta faz parte da vida, que desde o momento que nascemos começamos a morrer.

As perguntas dos significados das palavras ampliam significativamente o material associativo do sonhador, mesmo que isto resulte de alguma forma em conteúdo consciente, já que o sujeito está racionalizando os significados. Por isto, é importante pedir a nós mesmos ou ao sonhador que diga a primeira coisa que vem à mente quando se faz este tipo de perguntas.

Sonhos: nossas paixões mais ardentes

Sonhar que matamos, apesar de ser alguém desconhecido e, sobretudo, mesmo que isto em nosso estado de vigília soe angustioso, vergonhoso e deplorável, é um desejo muito latente, porém reprimido.

A vergonha, a angústia e a desaprovação deste tipo de comportamentos serão coisas que surgirão como resposta egocêntrica a um comportamento impulsivo. Esta resposta egocêntrica é a que nos gera mal-estar pelo conteúdo onírico, mas de forma subjacente é um desejo latente, porém inconsciente, daquele significado da morte ou assassinato: desejo da ausência de alguém importante.

Características da pessoa desconhecida

Apesar de a pessoa que matamos em nossos sonhos ser uma pessoa desconhecida, ela ainda pode oferecer algumas características importantes para o processo associativo, por exemplo:

  • Era homem ou era mulher?
  • Como estava vestida?
  • O que fazia quando você a assassinava?
  • Ela resistiu enquanto você a assassinava?

Sonhar que mata alguém sem querer e foge

Sonhar que se mata alguém, e no sonho aparecer algum tipo de consciência referente à ideia de que o ato foi um acidente, é outra intervenção racional e não inconsciente porque, como você sabe que foi um acidente? Você escorregou e cravou uma faca na pessoa por acidente? Você girou e de repente percebe que tinha alguém atrás de você e você o acertou com a faca?

O sonhador pode dizer que simplesmente sabe que foi um acidente porque sentiu isso no sonho, por exemplo, poderia dizer "foi um acidente, porque quando eu matei, rapidamente comecei a ajudar ou peguei na mão e comecei a chorar, queria fugir". É possível formular algumas das seguintes perguntas se o caso particular permitir:

  • Como você sabe que foi um acidente?
  • Sabia que a maioria de nossos sonhos são desejos latentes inconscientes?
  • O que você sente por essa pessoa que assassinou por acidente?
  • Apesar de que neste momento te pareça um evento irrelevante ou estúpido, surgiu algum tipo de desentendimento com a pessoa que você matou por acidente?
  • Como você considera sua relação com a pessoa que assassinou por acidente?
  • A pessoa que você matou por acidente impediu que você fizesse ou falasse alguma coisa? Por exemplo, que você expressasse uma ideia.

Sonhar que mata alguém conhecido

Sonhar que você mata alguém conhecido pode te levar a crer que a interpretação dos elementos oníricos será mais fácil, já que se limita ao nexo do significante, mas lembremos da interpretação em rede e não em cadeia. Se o sonho é relatado durante um processo terapêutico, geralmente experiências ou eventos com a pessoa que se matou no sonho terão sido relatados (por exemplo, a relação com o pai, conflitos com algum irmão ou também foi descrito uma excelente relação com algum amigo ou companheiro amoroso, mas que foi morto no sonho). Toda esta informação que surgiu, ou que pode surgir, durante o discurso somará pontos em todo o entrelaçado da rede de significantes.

Esta incorporação de significantes deve nos encorajar a encontrar o significado latente entre todos. A seguir, te presenteamos alguns pontos que você pode levar em conta no momento de fazer uma interpretação destes sonhos:

  • Avalie a qualidade da relação com a pessoa com a qual você sonhou.
  • Tenha em mente que, muitas vezes, os eventos não resolvidos tendem a se manifestar em nossos sonhos, apesar de que as circunstâncias atuais em estado de vigília sejam distintas às do sonho.
  • Avalie qualquer raiva ou frustração que você calou ou que foi calado em algum momento relacionado com a pessoa que você sonhou em assassinar, ou que possa representar algum nexo entre todos os significados.
  • Eventos que podem parecer irrelevantes para os outros, podem ter sido muito significativos para nós, portanto, podem representar um elemento essencial no inconsciente que opera diariamente em nossa vida.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que significa sonhar que mata alguém, recomendamos que entre na nossa categoria de Significado dos sonhos.

Bibliografia
  • Sigmund Freud. (1899). La interpretación de los sueños. Editorial AKAL.

Escrever comentário sobre O que significa sonhar que mata alguém

O que lhe pareceu o artigo?

O que significa sonhar que mata alguém
O que significa sonhar que mata alguém

Voltar ao topo da página