Partilhar

Teste de Denver: o que é, aplicação e interpretação

 
Por Júlia Puigbó Vivas. 22 novembro 2019
Teste de Denver: o que é, aplicação e interpretação

Cada criança tem um ritmo de desenvolvimento próprio e é muito importante determinar como suas capacidades físicas e intelectuais evoluem. A avaliação da evolução da criança é efetuada considerando o conjunto de coisas que ela aprende e o grau de maturação com que as realiza.

Para avaliar o estado de desenvolvimento psicomotor são utilizados diversos testes, dos quais o teste de Denver é um dos mais utilizados. Se você quer conhecer uma descrição mais completa do teste de Denver, sua aplicação e interpretação, você pode encontrá-la neste artigo de Psicologia-Online.

Teste de Denver: o que é e o que mede

O teste de Denver também é conhecido comoo Exame de Desenvolvimento Infantil da População de Denver (EDIPD) e foi criado por três profissionais da psicologia: Williams Frankenburg, Josieh B. Doods e Alma Fordal.

Esse teste psicotécnico permite avaliar de um modo simples, mas eficaz, o estado do desenvolvimento físico, intelectual e psicomotor de uma criança durante as primeiras etapas de seu crescimento, aproximadamente durante os seis primeiros anos de vida.

O teste de Denver é um teste evolutivo que mede a aquisição de determinadas funções de desenvolvimento em relação à idade cronológica da criança. Permite avaliar rapidamente o estado de determinadas funções e, assim, definir estratégias e procedimentos de estimulação do desenvolvimento psicomotor. O desenvolvimento psicomotor ou a aquisição progressiva de habilidades na criança é a manifestação externa da maturação do Sistema Nervoso Central (SNC).

As crianças saudáveis seguem um padrão de desenvolvimento ou de aquisição de habilidades claras. A partir da avaliação do desenvolvimento psicomotor em crianças saudáveis foram definidos padrões fáceis de medir que nos permitem avaliar a evolução maturacional e, assim, saber se a criança em questão está progredindo adequadamente. Também permite realizar o monitoramento evolutivo detalhando os resultados observados nos controles anteriores.

O que mede o teste de Denver?

O teste de Denver avalia estas 4 áreas:

  1. Área Pessoal Social: Avalia a relação da criança com o seu ambiente. Como se comporta a nível social.
  2. Área Motora Fina: Avalia habilidades que incluem as capacidades de coordenação, concentração e destrezas manuais. Exemplo: "Desenhe um homem".
  3. Área da Linguagem: Avalia o processo de aquisição da linguagem, bem como sua evolução e a capacidade da criança de ouvir e se comunicar.
  4. Área Motora Grossa: Avalia a coordenação corporal e os movimentos. Exemplo: "Lançar a bola com a mão".

Aplicação do Teste Denver

O tempo de administração do teste de Denver é de cerca de 20 minutos, sendo realizado de maneira individual. Para realizar o teste é importante criar um ambiente agradável, com a presença da família e com a criança tranquila. O teste consiste em 55 itens, mas somente os que estão à esquerda da linha de idade devem ser aplicados.

Primeiro passo

O examinador deve marcar uma linha sobre a folha do teste que une a idade cronológica da criança nas quatro escalas (Psicomotora grossa, psicomotora fina, a linguagem e área social).

Segundo passo

Avaliar as tarefas determinadas pela idade da criança e marcar uma das quatro opções a seguir:

  1. A criança realiza a tarefa.
  2. A criança não realiza uma tarefa que 90% das crianças de sua idade realizam.
  3. A criança não realiza a tarefa, mas ainda há tempo para fazê-la mais tarde (a faixa etária é inferior à 90% das crianças de sua idade).
  4. A criança, por algum motivo, não colabora. Serão feitas tentativas para avaliar em uma próxima visita.

Materiais para administrar o teste de Denver

Para sua administração, é necessária uma série de materiais:

  • Bola de lã vermelha
  • Sino
  • Bola de tênis
  • Caixa de bolinhas de gude
  • Chocalho
  • Frasco de alumínio com tampa de rosca
  • Lápis
  • 8 cubos de 23 mm

Interpretação do teste de Denver

Primeiro, é necessário perguntar à família se a criança realiza os elementos que estão à esquerda da linha traçada ou aqueles que cruzam a linha.

  • Se a criança falhar na realização de um teste que normalmente é realizado por 90% das crianças de sua idade cronológica, deve ser considerado como uma falha absoluta.
  • É considerada falha relativa quando a criança não passa em um teste no qual 75% das crianças de suas idades passam, neste caso é recomendado aos pais uma maior estimulação.

Na avaliação do teste são contabilizadas somente as falhas absolutas e podem ser avaliadas como problemáticas ou duvidosas. É considerada problemática quando existem duas ou mais falhas em duas ou mais áreas e duvidosa se apenas uma área tem 2 ou mais falhas.

Os atrasos no desenvolvimento podem ser devidos à falta de colaboração por parte da criança, devido à fatores como cansaço, medo, doença ou algum fator orgânico, como a surdez. Ou pode ocorrer um atraso real no desenvolvimento psicomotor.

Temos que ter em mente que o teste Denver não é um teste de inteligência. Foi proposto como uma ferramenta de avaliação com o objetivo de observar se o desenvolvimento de uma criança está dentro dos parâmetros padronizados em relação à sua idade.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Teste de Denver: o que é, aplicação e interpretação, recomendamos que entre na nossa categoria de Testes psicotécnicos e de agilidade mental.

Bibliografia
  • Frankenburg, W. K., and Dodds, J. B. The Denver Developmental Screening Test. J. Pediat. Tratado de Pediatría, Nelson Vaughan Mc Kay.
  • González, R. R., Sánchez, C., Guille, I. C., Olea, M. F., Limón, K. S., Vázquez, I. M., ... & Martínez, M. O. (2013). Edad de presentación de los reactivos del Test de Denver II en Niños de 0 a 4 años de edad del Estado de Morelos. Salud mental, 36(6), 459-47.

Escrever comentário sobre Teste de Denver: o que é, aplicação e interpretação

O que lhe pareceu o artigo?

Teste de Denver: o que é, aplicação e interpretação
Teste de Denver: o que é, aplicação e interpretação

Voltar ao topo da página