menu
Partilhar

Como deixar de ser ciumenta

Por Equipe editorial. Atualizado: 7 abril 2022
Como deixar de ser ciumenta

Os ciúmes podem prejudicar você e o seu relacionamento com o seu parceiro, fazendo com que você viva em uma relação insana, além de sofrer mais. Por esse motivo, neste artigo de Psicologia-Online, te explicamos como deixar de ser ciumenta. Oferecemos algumas técnicas e dicas que ajudarão você a acalmar a ansiedade que pode produzir essa emoção, com o objetivo de que você possa evitar e controlar os ciúmes. Você é responsável e dona/o dos seus sentimentos, então controle-os!

Como controlar o ciúmes

Você tem problemas para controlar o ciúmes no seu relacionamento? É muito comum que, em algum momento, você sinta ciúmes de alguém próximo ao seu parceiro ou parceira que você considera que é mais interessante ou atrativo que você. Essa é uma reação mais ou menos comum no ambiente de um relacionamento, mas você precisa saber como controlar para que não se torne prejudicial para o seu relacionamento. Os ciúmes podem surgir por motivos de insegurança, mas é nossa obrigação controlar essa emoção e curá-la nós mesmos, jogá-la na cara da outra pessoa não serve para nada senão para discutir e tornar o relacionamento tóxico.

Como parar de ser ciumenta/o

Como lidar com ciúmes no relacionamento? Para parar de ser ciumenta ou ciumento com seu parceiro/a é importante que, antes de tudo, você esteja ciente de que é você quem tem o problema. Pare de dar bolas fora: não é culpa do seu parceiro nem dessa garota do trabalho, você tem a emoção e, portanto, só você poderá acalmá-la. É importante que tenhamos isso claro, pois é o primeiro passo para poder resolver essa situação e começar a desfrutar plenamente de nossa relação.

Como não sentir ciúmes

O que são os ciúmes e como controlá-los? Os ciúmes se manifestam devido ao medo de perder a atenção e o apreço que uma pessoa tem em relação a nós. Isso é parcialmente muito normal, somos seres sociais e necessitamos nos relacionar com os outros. No entanto, quando os ciúmes são contínuos, elevados e irritantes para você e para seu parceiro, deixam de ser adequados. Além disso, começam a ser contraproducentes, pois os ciúmes patológicos trazem conflitos e problemas na relação. Podem enfraquecê-la, aumentando o risco de o relacionamento terminar.

Como deixar de ser ciumenta

Para evitar os ciúmes, você pode aplicar diferentes técnicas e dicas que explicamos a seguir. No entanto, a principal base para evitar os ciúmes, para não sentir ciúmes exagerados, é a confiança em si mesmo/a. Quando você confia em si mesmo ou si mesma, significa que você se conhece, que sabe como é, conhece seus pontos mais fortes e também os mais fracos e os aceita. Ou seja, aceita que é um ser humano e, por natureza, é imperfeito: comete erros e acertos, tem virtudes e defeitos.

Quando você confia em si mesmo ou em si mesma e se ama como é, você não precisa da aprovação ou do reconhecimento do outro para se sentir bem. Você não precisa de uma pessoa dependente de você, mostrando seu amor por você continuamente. Quando você não depende emocionalmente do seu parceiro, esse medo exagerado de perdê-lo diminui consideravelmente. E com ele, também diminui os ciúmes. A seguir, explicamos como superar os ciúmes obsessivos.

Como deixar de ser ciumenta - Como não sentir ciúmes

Como deixar de ser ciumenta ou ciumento

Como controlar o ciúmes e a desconfiança? Como para de ter ciúmes? A seguir, você encontrará como deixar de ser ciumenta ou ciumento.

1. Analise a causa dos seus ciúmes

Como controlar o ciúmes possessivo? A primeira coisa que recomendamos é que você seja sincero consigo mesmo: por que você está com ciúmes? Concentre a resposta em você, no seu interior. Os ciúmes não são culpa dessa garota que rodeia seu namorado ou desse treinador que tanto olha para sua namorada. Eles não são os culpados pelos seus ciúmes, você é. O que realmente acontece no seu interior para que você sinta ciúmes? Essa é a pergunta que você tem que responder e, a partir daí, você poderá começar a trabalhar essa emoção. Você se sente inseguro em seu relacionamento?, não gosta de você mesmo?, você sente que seu relacionamento não tem futuro? Analise a situação real e você poderá curá-la da raiz, que é o que realmente importa.

2. Não lute contra seus ciúmes

Como lidar com ciúmes? Você deve entender que eles não são inimigos, nenhum sentimento ou emoção é. Você não é melhor nem pior por senti-los, nem bom nem mau. Você não tem que esconder que sente ciúmes, assim como não tem que esconder que se sente triste ou nervoso. O ciúme não o torna fraco, nem o torna forte. Isso simplesmente o torna humano. O ciúme lhe dá informações sobre si mesmo e você pode ver o que fazer com ele.

3. Não pense mal sobre seu parceiro

Para deixar de ser ciumenta/o com seu parceiro/a é importante que não deixe que seus pensamentos e fantasias afetem seu relacionamento. Controlar a mente e a negatividade é essencial para poder ser dono de tudo que ocorre na sua cabeça e colocar um pouco de coerência. Pode ser que você tenha um "flash" mental que o faça imaginar que seu parceiro não atende o celular porque está com outro/a, mas você não deve ouvir esse pensamento e você tem que relaxar para que a razão venha à sua mente. Nesses momentos é a emoção que está se tornando proprietária de você, você tem que ser mais forte que ela e recuperar o controle.

4. Assuma sua responsabilidade afetiva

Suas emoções são as suas, não as de outra pessoa. O ciúme é sua forma de reagir e isso não é culpa da outra pessoa. A maneira de lidar com isso não é atacando a outra pessoa, mas indo mais fundo em si mesmo.

5. Trabalhe a sua autoestima

Uma das causas mais comuns que deixam com ciúmes é que não temos uma boa autoestima. A falta de amor próprio e de segurança em nós mesmos pode fazer que, qualquer pessoa próxima à nossa namorada ou namorado se tornem um "perigo". Porém, a verdade é que eles não são o perigo, mas nós somos: temos que começar a trabalhar em prol da nossa autoestima e confiar que nosso parceiro nos ama e nos respeita pelo que somos. Como deixar de ser ciumento e inseguro? Neste outro artigo, mostramos os sintomas de uma baixa autoestima, para que você aprenda a detectá-los e reflita sobre os mesmos, se esse for o seu caso. Algumas dicas para melhorar a sua autoestima são:

  • Nenhuma pessoa é mais ou menos do que qualquer outra.
  • Cada pessoa é diferente, única e incomparável com as outras.
  • O valor das pessoas não depende de seu físico, sua renda, sua idade, suas qualificações acadêmicas... O valor do ser humano está em sua bondade, em sua capacidade de dar amor e de contribuir com os outros.
  • Todas as pessoas têm a mesma dignidade.
  • Todas as pessoas são dignas de amor.
  • Você não precisa de ninguém, você é um ser completo, você pode escolher a empresa que o traz, mas não precisa dela.

6. Identifique seus pensamentos

O que você acha desta situação? Você prevê que a relação vai acabar? Você sente que você não é suficiente para ele e que seu parceiro vai perceber isso em algum momento? Você se compara com seus amigos? Você acha que há pessoas que seu parceiro vai gostar mais do que você? Você tem medo de que seu parceiro encontre alguém mais bonito, mais inteligente, mais culto, mais maduro, mais jovem...? Tente ser honesto consigo mesmo e reconhecer seu diálogo interior. A partir daí, você pode descobrir suas inseguranças e aprender como lidar com o ciúmes de uma maneira melhor.

7. Esqueça as feridas do passado

Muitas vezes, nos relacionamentos, o que fazemos é projetar nosso passado. Fazemos isso inconscientemente e involuntariamente, mas temos que começar a controlar essa situação porque o passado é passado. Que você tenha sido traído em relacionamentos anteriores não é motivo para justificar que, atualmente, você seja uma pessoa desconfiada e possessiva. Você precisa superar esse episódio e enfrentar seu presente de maneira saudável e positiva. Seu parceiro/a atual não tem culpa alguma de você ter sido ferido no passado e, portanto, você não pode despejar nele todas as suas emoções. É algo seu e, portanto, só você poderá superá-lo.

8. Fortaleça seu relacionamento

Outra das dicas que ajudarão quando a pergunta é como não ter ciúmes, é que você tenha uma vida de casal positiva e forte. Se você e seu parceiro/a estão bem, a desconfiança e os ciúmes ficarão em segundo plano, porque você viverá sua felicidade e conexão em primeira pessoa. Portanto, recomendamos que você faça planos com ele/ela, que dedique noites românticas, que não perca seu vínculo e, assim, serão fortes e estarão muito unidos.

9. Respire profundamente

Uma técnica muito simples de aplicar e que, além disso, será a mais eficaz é que, quando você sente que os ciúmes estão tomando conta de você, respire profundamente 10 vezes e relaxe. Embora pareça tolo, a verdade é que relaxar seus ânimos ajudará você a acalmar os nervos e a pensar antes de falar. Muitas vezes, as discussões por ciúmes aparecem, basicamente, porque não conseguimos controlar essa emoção e ela "explode". Portanto, assim que detectar que os ciúmes afetaram seu interior, respire e, depois, fale. Assistir a vídeos relaxantes, como o que deixamos logo aqui abaixo, pode te ajduar a controlar os pensamentos.

10. Deixe o celular

Estar o dia todo falando com seu parceiro ou pendente de onde está ou com quem, a única coisa que você fará é que essa emoção esteja com você muito mais horas do que deveria. É importante retirar a importância e, para isso, você não deve deixar que assuma o controle. Além disso, se você quer que seu parceiro se sinta feliz com você, é essencial que você deixe seu espaço, deixe-o respirar e respeite sua privacidade.

11. Não tente ser detetive

Aproveitando a dica anterior, outra dica valiosa para que você aprenda como deixar de ser ciumenta/o é não bancar a/o detetive. O controle é uma fantasia. Mais busca sobre o que a outra pessoa está fazendo não lhe dá mais controle sobre o relacionamento. Pelo contrário, quanto mais tempo você passa investigando e interpretando mal a realidade, mais você alimenta falsas crenças e medos. Não vasculhe suas coisas, ou suas mídias sociais. O controle é um paradoxo, quanto mais você tenta controlar, mais provas você precisa ter para se acalmar.

12. Aprenda a falar de maneira assertiva

Para saber como controlar o ciúmes é essencial também que, se houver algo que realmente te incomoda, você possa comunicá-lo de maneira assertiva. Ou seja: direta, porém, sem discutir. Você precisa aprender a falar de maneira controlada, racional e coerente para que possa entendê-lo e resolver se há algo que está afetando você.

13. Respeite suas relações

Um casal saudável compartilha um espaço comum, mas também tem um espaço pessoal individual. Além disso, em uma relação saudável, você está lá por escolha e com liberdade. O casal é uma área da vida, mas o mais saudável é que você também tem outras áreas da vida, tais como família, amizades, trabalho, hobbies... Portanto, você deve respeitar as outras relações interpessoais que seu parceiro tem, sejam elas com a família, amigos, colegas de trabalho...

14. Empatia: você também tem amigos

Outra técnica essencial para que você possa parar de ter ciúmes é se colocar no lugar dele. É importante que saiba diferenciar o que é uma amiga/o de algo mais e, portanto, o melhor é que você se coloque na pele dele e tente ver como você se sentiria se seu parceiro/a discutisse com você sempre que visse esse seu amigo ou amiga. Temos que respeitar a individualidade de nosso parceiro/a, é nosso companheiro/a de vida, mas não é algo nosso. A possessividade não leva a lugar nenhum, apenas tornará seu relacionamento tóxico.

15. Ponha limites se necessário

Uma vez que você trabalhou sobre si mesmo, viu a causa do ciúme, analisou seu diálogo interno, detectou suas crenças irracionais sobre relacionamentos, aprendeu técnicas de relaxamento e colocou sua autoestima em uma base sólida, é hora de analisar se você se sente bem sobre o relacionamento.

Há muitos tipos diferentes de relações e os limites podem ser muito diferentes. O que é necessário para que uma relação seja saudável é que ambos os parceiros se sintam confortáveis com o que estabeleceram. Se houver comportamentos da outra pessoa que o façam sentir-se desrespeitado, você pode comunicar isso estabelecendo limites. Por exemplo: "Nesta relação, procuro exclusividade. Se você quiser ter relações afetivas sexuais com outras pessoas, eu não estou interessado nesta relação e, portanto, irei embora". Ter ciúmes doentios é diferente de querer viver em uma relação respeitosa. Se você sente que a pessoa não te respeita e não tem a intenção de fazê-lo, você deve repensar a relação.

Se depois de ver todas estas dicas você ainda quiser se aprofundar no tema como deixar de ser ciumenta/o, assista ao vídeo sobre como lidar com ciúmes no relacionamento.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como deixar de ser ciumenta, recomendamos que entre na nossa categoria de Terapia de casal.

Bibliografia
  • Carlen, A. M., Kasanzew, A., & López, A. F. (2009). Tratamiento cognitivo conductual de los celos en la pareja. Revista Electrónica de Psicología Iztacala, 12(3), 173-186.
  • Martínez, L. M. R. (2005). Celos y envidia: emociones humanas. UNAM.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
4 comentários
A sua avaliação:
Renan
Muito construtivo esse artigo, anotei os tópicos e vou começar a seguir para tentar ser melhor. Obrigado!
A sua avaliação:
Will Ferreira
Queria entender o porque sinto ciúmes de minha esposa em relação a outras pessoas , eu sou mais fechado ela já é muito mais dada gosta de conversa fazer amizade
A sua avaliação:
Kaiemily
Como se controla
A sua avaliação:
Kananda
Alguém poderia me ajudar sou muito insegura com meu relacionamento e tenho ciúmes de mais , como faço pra controlar tudo isso ??
Como deixar de ser ciumenta
1 de 2
Como deixar de ser ciumenta

Voltar ao topo da página