Partilhar

O que é psicologia humanista: principais características

Por Equipe editorial. 27 fevereiro 2019
O que é psicologia humanista: principais características

A psicologia humanista se centra no estudo da pessoa como um todo e parte da ideia de que os seres humanos são inatamente bons.

Os psicólogos humanistas não observam a conduta humana somente a partir dos olhos do observador como também através da pessoa que atua ou pensa. Esses profissionais entendem que o comportamento humano não pode se separar de seus sentimentos, intenções, autoimagem e até história pessoal e que deve se concentrar na liberdade, no potencial e na criatividade humana.

Na psicologia humanista, Carl Rogers foi um dos primeiros nomes e criadores dessa corrente. O enfoque humanista da psicologia, que é holístico, ainda conta com ideias do famoso Abraham Maslow, popularmente chamada de teoria de Maslow. Nesse artigo de Psicologia-Online, te contaremos o que é psicologia humanista e mostraremos suas características principais.

Também lhe pode interessar: 11 tipos de temperamento na psicologia

Como surgiu a psicologia humanista e o humanismo

O humanismo surgiu por volta da década de 1950 como a terceira grande força dentro da psicologia e como resposta às significativas limitações manifestadas por alguns psicólogos às abordagens comportamentais e psicanalíticas.

A psicologia comportamental foi criticada por se centrar na consciência humana e na personalidade e também por seu caráter determinista, mecânico e muito dependente a testes em animais.

Já a psicanalítica foi refutada pela sua ênfase excessiva no inconsciente e nas forças instintivas, além do seu caráter também determinista.

Assim, entre 1957 e 1958, Abraham Maslow e Clark Moustakas se reuniram com outros psicólogos que compartilhavam do mesmo objetivo para estabelecer uma associação profissional que seguisse uma abordagem mais positiva e humanista.

Nessas reuniões, se discutiram os conceitos e temas que se consideravam fundamentais para essa nova psicologia: autorrealização, criatividade, saúde, individualidade, natureza intrínseca, o eu, o ser, o tornar-se e o seu significado.

A Associação Americana de Psicologia Humanista foi fundada em 1961. Os principais contribuidores para o desenvolvimento da psicologia humanista foram: Carl Rogers, Gordon Allport, James Bugental, Charlotte Buhler, Rollo May, Gardner Murphy, Henry Murray, Fritz Perls, Kirk Schneider, Louis Hoffman e Paul Wong.

Psicologia humanista: o que é (definição)

Algumas suposições fundamentais da psicologia humanista são:

  • A experimentação (pensar, perceber, recordar, sentir...) é algo fundamental.
  • A experiência subjetiva da pessoa é o primeiro indicador do seu comportamento.
  • Uma compreensão precisa do comportamento humano não se pode conseguir através de testes em animais.
  • O livre-arbítrio existe e as pessoas deveriam aceitar sua responsabilidade para seu autocrescimento e autorrealização. Nenhum comportamento está pré-determinado.
  • A autorrealização, ou seja, a necessidade pessoal em buscar seu potencial máximo, é natural.
  • As pessoas são inatamente boas e crescerão deste modo se as condições adequadas forem dadas principalmente durante a infância.
  • Cada pessoa e cada experiência é única e, por isso, os psicólogos devem tratar cada caso de forma individual e não seguir pautas provenientes de estudos em grupo.
O que é psicologia humanista: principais características - Como surgiu a psicologia humanista e o humanismo

Características do humanismo

Há uma série de elementos da psicologia humanista que quando estão dentro do contexto de terapia recebem o nome de terapia centrada na pessoa. Algumas das mais importantes características da psicologia humanista são:

1. Não julgar

As teorias e técnicas do humanismo se baseiam em uma abordagem na qual o profissional não julga o que a pessoa conta durante a terapia.

2. Empatia

Outro aspecto fundamental da terapia centrada na pessoa é a empatia. Os terapeutas que adotam uma abordagem humanista se "aproximam" dos seus pacientes quando exploram seus aspectos emocionais.

3. Não patologizar

Muitos terapeutas humanistas deixam de lado os jargões clínicos, assim como o diagnóstico, e se centram na essência da pessoa. Muitos humanistas empregam a abordagem centrada na pessoa para incentivar o paciente a se concentrar em seus pontos fortes.

4. Ênfase no 'eu'

O objetivo dessa terapia é promover a expressão de sentimentos, pensamentos e emoções através do diálogo. Em alguns casos, consegue-se incentivar o paciente a escrever, pintar e atuar (pisco-drama), formas de se expressar os sentimentos.

5. Existencial

Os comportamentos existenciais são uma das características mais importantes do humanismo. Os terapeutas existencialistas ajudam os pacientes a trabalharem padrões restritivos e abordagens que fomentem a criatividade como forma de expressão. As quatro dimensões existencialistas que são exploradas são: física, psicológica, social e espiritual.

O que é psicologia humanista: principais características - Características do humanismo

Críticas à psicologia humanista

O humanismo sustenta que as experiências subjetivas das pessoas dificultam a mensuração, a avaliação e o estudo das variáveis humanas e das suas características.

Trabalhar principalmente com dados qualitativos impossibilita medir e verificar qualquer observação feita em terapia. Não é apenas complicado comparar dados qualitativos com outros, como também a falta de dados quantitativos faz com que as teorias não possam ser apoiadas por evidências empíricas.

Outros especialistas que criticam o humanismo também comentam sobre a falta de eficácia da psicologia humanista para tratar transtornos mentais graves e sobre as generalizações feitas sobre a natureza humana, como a completa rejeição de alguns conceitos comportamentais e psicanalíticos.

Por exemplo, mesmo que a psicologia humanista afirme que os testes em animais não servem para estudar a conduta humana, alguns dados dos mesmos permitiram estabelecer conceitos aplicáveis a pessoas. Além disso, a psicologia humanista se centra exclusivamente no livre-arbítrio e no consciente.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é psicologia humanista: principais características, recomendamos que entre na nossa categoria de Personalidade.

Escrever comentário sobre O que é psicologia humanista: principais características

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
martha cristiane
Muito bom este site, me ajudou muito.

O que é psicologia humanista: principais características
1 de 3
O que é psicologia humanista: principais características

Voltar ao topo da página