Partilhar

11 tipos de temperamento na psicologia

 
Por Nerea Babarro Rodríguez, Psicóloga. 13 maio 2019
11 tipos de temperamento na psicologia

Desde a perspectiva psicológica, o temperamento se refere a como uma pessoa é, ou seja, entendemos o temperamento como um conjunto de traços que definem a pessoa tal como é. Para além disso, é importante salientar que a personalidade está formada pelo temperamento e pelo caráter das pessoas. Alguns autores afirmam que o temperamento pode mudar ao longo da vida da pessoa, de acordo com as suas vivências relacionadas com a educação, o entorno, a saúde, as experiências vitais, etc. Em resumo, se considera que ter um temperamento ou outro é o resultado das experiências da pessoa desde o nascimento. Os traços de temperamento têm possibilidade de se modificar à medida que a pessoa se enfrenta a situações novas. Neste artigo de Psicologia-Online: 11 tipos de temperamento na psicologia, nos concentrarmos em explicar quais os tipos de temperamento distintos com os traços que podem definir uma pessoa. Continue lendo e conheça o temperamento sanguíneo, colérico, fleumático, melancólico, etc.

Também lhe pode interessar: Significado das cores na psicologia

11 tipos de temperamento na psicologia

Esses são os 11 tipos de temperamento de acordo com a psicologia:

  • Temperamento Fleumático
  • Temperamento Colérico
  • Temperamento Sanguíneo
  • Temperamento Apático
  • Temperamento Apaixonado
  • Temperamento Melancólico
  • Temperamento Nervoso
  • Temperamento Amorfo
  • Temperamento Inseguro
  • Temperamento Obsessivo
  • Temperamento Sensível

Continue lendo para conhecer as características de cada um deles e descobrir qual é o seu.

1. Temperamento Fleumático

O primeiro dos tipos de temperamento de uma pessoa é o temperamento fleumático. As pessoas de temperamento fleumático costumam ser muito pacientes, fato que as leva a ser pessoas perseverantes e metódicas quando querem conseguir o que se propõem e, além disso, se mostram indiferentes perante as possíveis dificuldades que possam surgir. No entanto, estas pessoas têm dificuldades na tomada de decisões pois, mesmo que as suas opiniões sejam independentes, tendem a se preocupar pelas consequências dos seus atos que podem aparecer a longo prazo. Existem outros aspetos que caracterizam as pessoas com temperamento fleumático como o fato de serem pessoas calmas, controladas, introspetivas, muito inteligentes, de mente aberta, que se preocupam pelos seus princípios, etc.

2. Temperamento Colérico

As pessoas com temperamento colérico se definem por uma grande facilidade para se adaptar às mudanças, costumam estar de bom humor, mas podem se zangar rapidamente. São pessoas com uma grande inteligência e coragem. Devido à sua facilidade para se adaptar às novas situações, as pessoas com temperamento colérico, costumam ser pessoas que gostam das mudanças, pelo que gosta de estar ativas e ir em busca de novas sensações. Por isto não costumam ser pessoas muito pacientes nem disciplinadas, pois têm uma necessidade de mudança que o impede ou dificulta: este é o ponto negativo das pessoas com temperamento colérico. Tratam-se de pessoas que normalmente exageram o que acontece, deixando-se levar pelos seus impulsos. Para além, este temperamento caracteriza as pessoas por serem impulsivas, extrovertidas, ativas, inovadoras, excitáveis e falantes.

3. Temperamento Sanguíneo

O terceiro dos tipos de temperamento na psicologia é o temperamento sanguíneo. As pessoas que se definem por um temperamento sanguíneo se caracterizam por serem calmas e corajosas, mas também tendem a ser egoístas, desconfiadas e cínicas. Além disso, são pessoas muito práticas e apaixonadas pelo trabalho e pelo dinheiro. Também costumam ser boas no pensamento abstrato, mas contrariamente, não têm interesse nas conversações profundas, tendo sim uma grande preferência pelas coisas práticas e pelo presente (aqui e agora). Normalmente, as pessoas de temperamento sanguíneo se relacionam facilmente com outras pessoas e, também costumam ter uma grande capacidade para compreender situações difíceis e complicadas. Finalmente, é importante salientar que são pessoas muito liberais em ideologia política.

4. Temperamento Apático

As pessoas que têm um temperamento apático costumam ser pessoas com ausência de interesses e ideias que presentam dificuldades para se relacionar com as outras pessoas. São pessoas melancólicas, fechadas, teimosas, passivas, indiferentes, preguiçosas, difíceis de conhecer e que gostam das rotinas. No que se refere às emoções que as pessoas de temperamento apático tendem a sentir, geralmente são emoções negativas e persistentes, isto é, que duram constantemente no tempo.

No entanto, as pessoas de temperamento apático se sentem bem na solidão, portanto, as dificuldades para se relacionar com os outros não são um inconveniente, pois não precisam da companhia dos outros para poder se sentir bem e estar contentes. Estas pessoas, apesar de tudo, se sentem melhor consigo mesmas em comparação com as pessoas de temperamento sentimental.

5. Temperamento Apaixonado

As pessoas com temperamento apaixonado são mais prudentes que as de temperamento colérico, mas também costumam gostar do movimento e da atividade. As pessoas de temperamento apaixonado se caracterizam por serem agressivas, decididas e por darem uma grande importância à honra, à lealdade e/ou à objetividade. As pessoas de temperamento apaixonado tendem a gostar da ordem e costumam ser politicamente conservadoras. São pessoas que tendem a valorar em grande parte as tradições e costumam mostrar um comportamento altruísta com pessoas que têm sujeitas ao seu poder. Além disso, as pessoas com este tipo de temperamento tendem a enfrentar os obstáculos sem medo e, normalmente, os superam graças à sua capacidade de trabalho.

6. Temperamento Melancólico

O sexto dos tipos de temperamento de uma pessoa é o temperamento melancólico. Como diz o seu nome, as pessoas com um temperamento sentimental se caracterizam pela constante presença de um componente sentimental e emocional muito forte. Costumam sentir emoções muito poderosas e fortes mas persistentes, quer sejam negativas ou positivas. Assim, estas pessoas tendem a ser observadoras, subjetivas, retrospetivas, obsessivas, teimosas, idealistas e românticas. Além disso, costumam apresentar dificuldades ao aceitar as mudanças e, geralmente, não estão à vontade com elas mesmas.

7. Temperamento Nervoso

As pessoas de temperamento nervoso são pessoas que costumam sentir de forma muito forte e potente tudo o que acontece com elas. São pessoas muito enérgicas, impulsivas, brincalhonas, susceptíveis, desarrumadas, indisciplinadas e frívolas. As pessoas com este tipo de temperamento costumam ter dificuldades na tomada de decisões, perdem o interesse por qualquer coisa fácil rapidamente, e tendem a buscar aventuras e novas experiências. As pessoas de temperamento nervoso mudam de estado de espírito com facilidade e tendem a expressar de forma exagerada tudo o que acontece.

8. Temperamento Amorfo

O oitavo dos tipos de temperamento na psicologia é o temperamento amorfo. As pessoas de temperamento amorfo se caracterizam principalmente por ser preguiçosas, desarrumadas, desajeitadas, tranquilas, conformistas, influenciáveis, evitam os esforços e costumam adiar as coisas que têm que fazer para mais tarde (“faço depois, “melhor deixar para amanhã", etc). As pessoas com este tipo de temperamento não prestam atenção às consequências que possam existir no futuro, unicamente vivem o presente e, portanto, não dão muita importância às consequências dos seus atos e fazem simplesmente o suficiente para poder viver o dia a dia, tentando satisfazer as necessidades básicas, como comer e dormir.

9. Temperamento Inseguro

As pessoas com o tipo de temperamento inseguro costumam ser pessoas que apresentam dificuldades para realizar os seus atos, como diz o seu nome, apresentam insegurança pessoal e emocional e duvidam dos seus atos (se são corretos ou não, se trarão consequências negativas...). Existem distintos aspetos que podem caraterizar as pessoas que têm um temperamento inseguro: as pessoas com este tipo de caráter têm uma grande falta de confiança em si mesmas, evitam quebrar a rotina e conhecer coisas e situações novas. Por essa razão, evitam a busca de experiências e sensações novas. As pessoas com este tipo de personalidade mostram medo dos julgamentos que as outras pessoas podem fazer delas. Vivem contínuos problemas nas suas relações pessoais: normalmente se faz referência aos ciúmes, à desconfiança, etc. Este fato muitas vezes acarreta uma baixa autoestima da pessoa com temperamento inseguro. As pessoas com este tipo de temperamento normalmente têm pensamentos negativos e veem o lado negro de tudo.

10. Temperamento Obsessivo

O temperamento obsessivo é próprio de pessoas que costumam realizar muitos rituais e rotinas com a finalidade de poder diminuir a ansiedade que provocaria a ausência dos mesmos. Tendem a se caracterizar por serem pessoas que costumam se preocupar demais por problemas e situações do dia a dia, pensam demasiado em tudo (conversas, imagens, pensamentos, situações…), até que não podem controlar nem parar estes pensamentos constantes que fazem que não pare de pensar nas coisas. Por vezes, tudo isto acarreta um efeito negativo no estado de espírito e no comportamento das pessoas com este tipo de caráter. As pessoas com temperamento obsessivo costumam ser pessoas perfeccionistas, maníacas, organizadas, com extrema necessidade de limpar tanto as coisas que as rodeiam como o seu próprio corpo, etc. No entanto, é importante não confundir o temperamento obsessivo com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

11. Temperamento Sensível

As pessoas de temperamento sensível costumam ser muito susceptíveis e com um alto grau de sensibilidade. Em seguida, mencionaremos algumas das caraterísticas que definem as pessoas com este tipo de caráter. As pessoas de temperamento sensível apresentam dificuldade para tomar decisões, são afetadas alguns sons ou cheiros fortes, mostram sensibilidade perante as críticas que as pessoas façam sobre elas. Por isto, as pessoas que as rodeiam costumam dizer as coisas de uma forma mais delicada e com tato, para evitar que sejam demasiado afetadas. Outra caraterística das pessoas de temperamento sensível é ter excessiva empatia: tendem a se sentir muito afetadas pelos problemas de outras pessoas. Também preferem o trabalho de equipa, mas não gostam de ter que tomar as decisões finais. Por último, as pessoas com este tipo de temperamento mostram medo dos riscos. Isto é, preferem não romper com as suas situações e rotinas diárias e não buscam novas sensações e experiências.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a 11 tipos de temperamento na psicologia, recomendamos que entre na nossa categoria de Personalidade.

Bibliografia
  • Izquierdo, A. (2002). Temperamento, carácter, personalidad. Una aproximación a su concepto e interacción. Revista Complutense de Educación, 13(2), 617-643.
  • Quintanilla, B. (2003). Personalidad madura. Temperamento y carácter. México: publicações Cruz O., S.A.
  • Rodríguez, A. (s.f.). Carácter: definición, cómo se forma y tipos.

 

 

Escrever comentário sobre 11 tipos de temperamento na psicologia

O que lhe pareceu o artigo?

11 tipos de temperamento na psicologia
11 tipos de temperamento na psicologia

Voltar ao topo da página