Partilhar

Como lidar com pessoas altamente sensíveis

Como lidar com pessoas altamente sensíveis

Se estima que cerca de 20% da população apresenta "alta sensibilidade", um termo que se usa para definir a personalidade das pessoas que apresentam uma sensibilidade extrema perante o mundo, recebendo todos os estímulos de uma forma muito mais intensa que os demais. As pessoas altamente sensíveis (PAS) caracterizam-se por ser muito intuitivas, emocionais, empáticas, reflexivas, introvertidas, generosas, perfeccionistas, vulneráveis a críticas, etc. Esta sensibilidade extrema pode ter pontos positivos, mas muitas vezes faz com que as pessoas não se sintam compreendidas por quem as rodeia e que se saturem emocionalmente. Se existe alguém próximo que apresenta este rasgo de personalidade e você gostaria de saber como melhorar a sua comunicação e relação pessoal com ela, preste atenção a esse artigo de Psicologia-Online no qual explicamos com detalhe como lidar com pessoas altamente sensíveis.

Também lhe pode interessar: Perfil de uma pessoa mentirosa

Pessoas altamente sensíveis em psicologia

Em psicologia, uma pessoa é considerada altamente sensível (PAS) quando conta com um sistema neuro-sensorial mais desenvolvido e "fino" que o resto das pessoas. Isso quer dizer que uma pessoa altamente sensível recebe uma quantidade de informação sensorial superior e assimila todas as matizes e subtilezas do seu ambiente que outras pessoas com uma sensibilidade média não captam. Em muitos casos, a sensibilidade alta pode acarretar episódios de bloqueio emocional, saturação sensorial, estresse e, por último, derivar em algum tipo de transtorno psicológico.

Foi assinalado que essa alta sensibilidade é uma característica que se herda e que está presente em 15 a 20% da população, afetando homens e mulheres por igual. Como podemos ver no livro "O dom da sensibilidade" da psicóloga norteamericana Elaine Aron, existem 4 pilares que uma pessoa altamente sensível deve refletir para ser considerada como tal. São eles:

  1. Reflexão profunda da informação que recebe: costuma refletir em excesso e de forma intensa sobre todos os temas, dando muitas voltas à informação recebida para obter uma compreensão melhor da mesma.
  2. Saturação e sobre-estimulação: o fato de ter que processar uma grande quantidade de informação tanto sensorial como emocional pode fazer com que a pessoa chegue a saturar-se mentalmente e se sinta sobre-estimulada.
  3. Grande emocionalidade: ao contrário de outras pessoas, uma PAS vive a sua vida com muita mais emoção e intensidade. Emociona-se facilmente perante qualquer situação e isto caminha de mãos dadas com uma grande empatia, uma característica clássica em pessoas altamente sensíveis.
  4. Alta sensibilidade sensorial: além de ter uma alta sensibilidade sensorial referente aos 5 sentidos (visão, paladar, tato, olfato e audição), as PAS também apresentam uma elevada sensibilidade em relação a subtilezas, ou seja, perante mudanças mínimas que se apresentam no seu ambiente ou pequenas alterações emocionais que as pessoas próximas demonstram.

Para que uma pessoa seja classificada como altamente sensível, deve refletir estas 4 características essenciais em conjunto.

Como lidar com pessoas altamente sensíveis - Pessoas altamente sensíveis em psicologia

Pessoas altamente sensíveis: características

A mente de uma pessoa altamente sensível funciona de forma diferente da das demais. Em seguida te indicaremos algumas das características que as PAS podem mostrar na sua vida diária.

Pessoas altamente sensíveis possuem:

  • Grande empatia com o sofrimento das outras pessoas. Apresentam uma grande capacidade de escutar e uma predisposição a ajudar as outras pessoas para que elas se encontrem bem física e mentalmente.
  • Elevada capacidade de identificar todos os detalhes que ocorrem no seu ambiente e que passam despercebidos para os outros.
  • Nível de resistência a dor muito baixo.
  • Dificuldades para dizer que não e para fixar limites pessoais.
  • Grande facilidade para se apaixonarem. Apresentam uma implicação grande nas suas relações amorosas, chegando até a se esquecer delas mesmas.
  • Tendências perfeccionistas.
  • Grande sensibilidade a críticas.
  • Grandes habilidades para se concentrarem de forma profunda.
  • Facilidade em desfrutar das pequenas coisas.

As pessoas altamente sensíveis costumam sentir-se:

  • Inseguras e tímidas.
  • Incomodadas por luzes, sins e odores intensos e fortes.
  • Muito preocupadas pelo sofrimento alheio, a justiça, o meio ambiente, os animais, etc.
  • Oprimidas ou preocupadas perante mudanças significativas ou repentinas.
  • Comovidas pela arte e pela natureza.
  • Pressionadas com o excesso de trabalho.
  • Incompreendidas ou desconfortáveis em multidões.
  • Confortáveis na solidão.

Pessoas altamente sensíveis: tratamento

É possível que uma pessoa altamente sensível sofra em excesso por ter essa elevada sensibilidade e que, em alguns casos, possa até sentir-se incompreendida pelos outros ou que sinta que não pertence. Isso pode fazer com a que a PAS procure ajuda profissional, sendo que a terapia para uma pessoa altamente sensível pode incluir:

  • Terapia cognitivo-comportamental: com este tipo de terapia, é possível trabalhar sobre o que a pessoa altamente sensível pensa para poder combater os pensamentos irracionais e enfrentar os medos que apresenta. Também se facilitam as habilidades sociais e sociais necessárias para que o paciente possa alcançar os seus objetivos de vida e se sentir bem com isso. Além disso, se ensinam diferentes técnicas de relaxamento que permitirão reduzir o estresse e a ansiedade elevados.
  • Foco interpessoal: terapia que se centra na forma em que o indivíduo é afetado pelas suas relações pessoais. Se aprende a identificar e expressar as próprias emoções e enfrentar tanto os problemas do passado como os do presente.

Como lidar com pessoas altamente sensíveis - 7 chaves

Se alguém do seu ambiente mais próximo é uma pessoa altamente sensível ou se você passa muito tempo com alguém que possui essas características, recomendamos que tenha em conta os seguintes conselhos para compreendê-la, fazer com que sinta bem e melhorar o vosso relacionamento. Tome nota dessas recomendações para lidar com pessoas altamente sensíveis:

  1. Respeite e entenda a sua forma de sentir: é chave que você entenda que uma PAS não pode evitar sentir dor, sofrer de forma excessiva ou reagir de forma brusca e intensa perante determinadas situações. Por isso, é muito importante que respeite a forma de sentir dessa pessoa e que entenda a forma com que ela recebe estímulos. Evite que a PAS se sinta incomprendida e não se isole nem se altere pelo fato de ela sentir de uma forma distinta da sua.
  2. Fale de um jeito suave: quando você estiver com ela, tente manter um tom de voz suave e recorde a alta sensibilidade dessa pessoas perante os ruídos intensos e fortes. Dessa forma, conseguirá criar um bom ambiente entre ambos e evitará que se crie um clima que possa dar lugar a tensões, mau humor ou reações bruscas.
  3. Evite acusá-la de se queixar demasiado: algo que incomoda muito as pessoas com alta sensibilidade é que as acusem de se queixarem o tempo todo, o que faz com que se sintam incompreendidas pelas outras. É importante que você tenha consciência que, por reagir de uma forma diferente da sua, não significa que esta pessoa se queixe demasiado, mas sim que a diferença está em como ela recebe essa informação ou estímulo, já que o faz de forma mais intensa e rápida que você.
  4. Escute: as PAS sofrem muito quando notam que alguém próximo está passando por um mau momento ou não se encontram bem emocionalmente e, assim como elas se preocuparão por você e dedicarão tempo a escutar e ajudar, é essencial que você faça o mesmo com ela. Deixe claro que a pessoa altamente sensível pode te explicar o que desejar e que conta com todo o seu apoio para quando for preciso.
  5. Pede que explique o que a incomoda: mostre o seu interesse em saber que coisas a incomodam e peça que te explique o que você pode fazer em relação a isso de forma a evitá-lo ou ajudá-la.
  6. Seja honesto e diga o que você pensa: as PAS valorizam muito a honestidade e se sentem muito melhor se você diz claramente o que pensa e sente. Dessa forma, não estarão todo o tempo tentado descobrir o que está acontecendo com você e excessivamente preocupadas com o seu bem-estar.
  7. Respeite o espaço delas: tenha em conta que as pessoas altamente sensíveis também gostam de desfrutar da solidão, fazer os seus planos e estar muito concentrados quando fazem alguma tarefa.
Como lidar com pessoas altamente sensíveis - Como lidar com pessoas altamente sensíveis - 7 chaves

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como lidar com pessoas altamente sensíveis, recomendamos que entre na nossa categoria de Personalidade.

Escrever comentário sobre Como lidar com pessoas altamente sensíveis

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
victoria
Foi maravilhoso saber de tudo isso! Eu já cheguei a pensar que eu era psiquiátrica por simplismente VER TUDO! OUVIR TUDO! IDENTIFICAR ATÉ A EMOÇÃO DE GENTE QUE EU SÓ CONHEÇO A CINCO SEGUNDOS!!!!! Horrível isso, é como se fosse uma MALDIÇÃO!!!!!! Vc não consegue não absorver o ambiente onde vc está, eu já cheguei a vomitar dependendo do eu sinto e pior de quem eu ´´SINTA´´ a pessoa negativa, pra não usar um termo mais chulo.
Apesar de tudo me sinto melhorando e até amadurecendo em meio a coisas terríveis que tenho passado, nunca tive depressão.
Eu só sou fechada e introvertida.
Administrador Psicoblog PT
Oi Victoria! Que bom que você gostou do artigo. Continue acompanhando as matérias de Psicologia-Online :)
A sua avaliação:
Joana Mireia
sempre quis saber como lidar com pessoas sentimentais em excesso. Me ajudou.

Como lidar com pessoas altamente sensíveis
1 de 3
Como lidar com pessoas altamente sensíveis

Voltar ao topo da página