Partilhar

Como lidar com pessoas bipolares no amor

 
Por Marta Menéndez, Psicóloga. 4 março 2020
Como lidar com pessoas bipolares no amor

A doença bipolar é uma doença mental crónica que provoca oscilações de humor severas que vão de extremos altos (mania) a extremos baixos (depressão). As mudanças de humor bipolares podem ocorrer várias vezes por ano, ou apenas em raras ocasiões. Uma pessoa bipolar é perigosa? É consciente dos seus actos? Como lidar com pessoas bipolares no relacionamento?

Se você quiser sair de dúvidas, neste artigo completo de Psicologia-Online mostraremos como lidar com pessoas bipolares no amor e como os sintomas do transtorno bipolar podem ser identificados.

Também lhe pode interessar: Como lidar com uma pessoa bipolar

Sintomas de transtorno bipolar

Existem vários tipos de transtorno bipolar:

  • Transtorno bipolar I, caracterizado por pelo menos um episódio maníaco. Pode ou não ser seguido por um episódio depressivo.
  • Transtorno bipolar II, caracterizado por pelo menos um episódio depressivo importante com duração mínima de duas semanas e pelo menos um episódio de hipomania (condição mais branda que a mania) com duração mínima de quatro dias.
  • Transtorno ciclotímico, caracterizado por, pelo menos, dois anos de sintomas.

Com esta condição, a pessoa tem muitos episódios de sintomas hipomaníacos que não cumprem todos os critérios para um episódio hipomaníaco. Também apresentam sintomas depressivos que não preenchem todos os critérios diagnósticos para um episódio depressivo severo. Nunca estão sem sintomas por mais de 2 meses seguidos.

Os sintomas específicos da doença bipolar variam de acordo com o tipo de bipolaridade que é diagnosticado. No entanto, alguns sintomas são comuns na maioria das pessoas com transtorno bipolar. Estes sintomas incluem:

  • Angústia
  • Problemas de concentração
  • Irritabilidade
  • Mania e depressão ao mesmo tempo
  • Desinteresse e perda do prazer na maioria das actividades
  • Uma incapacidade de se sentir melhor quando coisas boas acontecem
  • Psicose que provoca um distanciamento da realidade, resultando muitas vezes em ilusões (crenças falsas mas fortes) e alucinações (ouvir ou ver coisas que não existem).

Continue lendo este artigo para saber como age uma pessoa bipolar no amor e no relacionamento.

Como lidar com pessoas bipolares no amor - Sintomas de transtorno bipolar

Pessoa bipolar no amor

As alterações de humor associadas à desordem bipolar podem causar alterações extremas no comportamento. Durante episódios maníacos, uma pessoa com transtorno bipolar pode ter uma quantidade incomum de energia e não ser capaz de dormir. Quando se experienciam episódios depressivos, uma pessoa com transtorno bipolar pode parecer cansada e triste. Ele ou ela pode não querer sair ou fazer coisas que são consideradas normais.

Uma pessoa bipolar pode ter um parceiro/a estável?

Estas grandes mudanças de humor podem dificultar a comunicação e a socialização. Embora os sintomas do transtorno bipolar possam ser controlados com medicamentos e psicoterapia, podem afectar as relações na mesma, especialmente as românticas.

Como lidar com pessoas bipolares no amor - Pessoa bipolar no amor

Como lidar com pessoas bipolares no amor

Se você sofre de um transtorno bipolar, pode estar familiarizado/a com o impacto que sua condição pode ter em uma relação romântica. Você pode se sentir nervoso/a para começar um novo relacionamento e encontrar o momento "certo" para dizer ao seu parceiro/a que você tem transtorno bipolar.

Como lidar com pessoas bipolares no relacionamento

Estas preocupações são compreensíveis, mas é importante ter em mente que você pode ter uma relação romântica saudável. Para ter a melhor chance de sucesso em um novo relacionamento, não deixe de se comunicar abertamente e seguir seu plano de tratamento.

Algumas das recomendações que sugerimos são:

  • Fale com a pessoa sobre o seu transtorno. Faça isso antes de assumir um compromisso de longo prazo com essa pessoa. Descreva o que esperar quando se está a ter uma mudança de humor. Também é útil explicar o que você costuma fazer para gerir o seu humor. Dessa forma, a outra pessoa não ficará surpreendido quando experimentar um episódio de humor. Eles podem até ser capazes de te ajudar a ultrapassar isso.
  • Siga o teu plano de tratamento. Talvez a melhor maneira de reduzir o estresse na sua relação seja seguir o seu plano de tratamento. Isto pode ajudar a minimizar os sintomas e a reduzir a gravidade das mudanças de humor. Discuta o seu plano de tratamento com a pessoa para que ela possa te ajudar a continuar no bom caminho.
  • Mantenha uma linha aberta de comunicação. Informe a pessoa quando sentir uma mudança de humor para que ela não fique alarmada com uma mudança repentina no seu comportamento. Além disso, esteja aberto/a quando a pessoa disser que notou que seu humor está "diferente". Muitas vezes, outros podem ver mudanças no nosso humor quando nós não somos capazes.
  • Seja honesto/a. Se você está tendo um episódio grave e está lutando com seus sintomas, não hesite em notificar essa pessoa e pedir ajuda quando você precisar dela. Por exemplo, se você está passando por um episódio depressivo e não tem vontade de sair de casa, explique isso ao seu parceiro/a em vez de inventar uma desculpa para ficar em casa.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como lidar com pessoas bipolares no amor, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Escrever comentário sobre Como lidar com pessoas bipolares no amor

O que lhe pareceu o artigo?

Como lidar com pessoas bipolares no amor
1 de 3
Como lidar com pessoas bipolares no amor

Voltar ao topo da página