Partilhar

Diferença entre princípios e valores humanos

 
Por Equipe editorial. Atualizado: 13 julho 2020
Diferença entre princípios e valores humanos

Do ponto de vista da linguagem, existem termos que são utilizados como se fossem sinônimos, quando na verdade não são. Termos e valores são uma referência real para o ser humano no agir, no entanto, seu significado é diferente.

Em ambos os casos, aprofundar-se em torno desse objeto de estudo incrementa o conhecimento sobre a própria natureza humana definida por qualidades como a liberdade e a razão. Neste artigo de Psicologia-Online, refletimos sobre a diferença entre princípios e valores humanos.

Também lhe pode interessar: Valores éticos: o que são, lista e exemplos

O que são valores humanos: definição

Você pode descrever um ser humano com ênfase especial em seus valores como qualidades que individualizam o modo de ser e o comportamento dessa pessoa. Os valores positivos nutrem o ser humano até o ponto de constituir uma fonte importante de resiliência diante das dificuldades da vida na tomada de decisões.

Por meio dos valores admiráveis, uma pessoa aspira a ser sua melhor versão através da coerência com essas informações. Um ser humano começa a educar seus valores desde a infância através do contato direto com o ambiente familiar, social e educacional. Se você quer saber mais sobre os valores, descubra aqui os valores do ser humano com exemplos.

Diferença entre princípios e valores humanos - O que são valores humanos: definição

O que são princípios de uma pessoa

Os princípios são o conjunto de normas que fazem parte da ética e constituem um marco de referência para o agir virtuosamente. Esses princípios referem-se à prática do bem como um fim que produz felicidade ao ser humano como ser racional e livre. A ética é um ramo do conhecimento na filosofia que, a partir de sua perspectiva teórica, constitui uma base fundamental para a ação orientada à prática do bem.

Esses princípios têm um valor universal, ou seja, enquanto os valores descrevem cada pessoa de maneira particular em sua individualidade e características, este sistema normativo é educativo do ponto de vista geral. Esses princípios, por sua vez, são a base dos valores, pois, por exemplo, o valor do respeito se conecta com a manifestação do bem.

O ser humano vive em sociedade, faz parte de um grupo. Portanto, esses princípios potencializam a felicidade através da criação de uma convivência agradável focada no bem comum como um objetivo de bem-estar.

Diferença entre princípios e valores humanos - O que são princípios de uma pessoa

Exemplos de princípios e valores

Tendo explicado o que são os valores e os princípios humanos, a seguir, listamos exemplos específicos de ambos elementos. O ser humano é livre, a prática do bem é exercida através da virtude que valoriza o hábito.

Quais são os princípios que reforçam a convivência em sociedade?

  1. Cada ser humano é imenso em dignidade, portanto, uma pessoa não é um meio, mas um fim em si mesma. Uma pessoa nunca deve ser instrumentalizada nem tratada como um objeto.
  2. Princípio de igualdade. Todo ser humano possui o mesmo valor. Este princípio de igualdade é universal.
  3. Respeito pela lei natural.

Quais valores são uma base sólida para o crescimento interior?

  1. A humildade. Refere-se à maneira pela qual uma pessoa se posiciona diante da realidade, longe de qualquer manifestação de soberba ou vaidade. É consciente de que todos os vínculos nascem de uma posição de igualdade. Portanto, este valor se conecta com o princípio descrito no parágrafo anterior.
  2. Responsabilidade. O exercício da responsabilidade está relacionado com a liberdade, pois o ser humano deve ser consciente de que suas ações têm consequências. Portanto, quando toma uma decisão, também tem que assumir este fato a partir do momento em que faz uma escolha.
  3. Sinceridade. Este é um valor que parte da relação que uma pessoa tem consigo mesma. Ou seja, a sinceridade não remete apenas à transparência com os outros, mas também, ao vínculo de autenticidade e coerência refletido no amor próprio.
  4. Respeito por si mesmo e pelos outros, atendendo ao princípio da dignidade, pela qual cada pessoa é única e totalmente irrepetível.
  5. Gratidão que valoriza o apreço e o reconhecimento pelos presentes da vida, começando pelos detalhes mais simples da existência.

Através do conhecimento da diferença entre valores e princípios humanos, e o desejo de agir a partir dessa estrutura de ação, uma pessoa pode levar essa base teórica ao plano da prática quando toma decisões em sua vida. Obviamente, também pode acontecer que uma pessoa se arrependa de ter agido de determinada maneira e possa reconsiderar ao perceber os efeitos de seus atos.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Diferença entre princípios e valores humanos, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia social.

Escrever comentário sobre Diferença entre princípios e valores humanos

O que lhe pareceu o artigo?

Diferença entre princípios e valores humanos
1 de 3
Diferença entre princípios e valores humanos

Voltar ao topo da página