menu
Partilhar

O que é conhecimento empírico

 
Por Gianluca Francia, Psicólogo. 14 julho 2021
O que é conhecimento empírico

O conhecimento é um processo complexo que implica vários mecanismos sensoriais e cognitivos, e é assim como se obtém informação do meio ambiente. Desde o começo da civilização humana, cada indivíduo utiliza metodologias diferentes para compreender o mundo que o rodeia: através da observação, da investigação e da análise, várias gerações foram capazes de enfrentar diversos desafios. Existem, porém, diversos tipos de conhecimentos, classificáveis pela maneira com que são adquiridos, ou no que se refere a sua fundamentação e universalidade.

Neste artigo explicaremos o que é conhecimento empírico, uma modalidade do conhecimento, para descobrir suas características, tipos e alguns exemplos.

O que é conhecimento empírico

O empirismo (do grego empeirìa, "experiência"), é um ramo da filosofia, nascido na segunda metade do século XVII na Inglaterra, segundo o qual o conhecimento humano deriva exclusivamente dos sentidos ou da experiência. De forma geral, hoje se entende por "empirismo" uma abordagem prática e experimental do conhecimento, baseada na pesquisa e em uma forma de proceder a posteriori, em vez da pura lógica dedutiva.

O conhecimento empírico é produto da experiência; é adquirido quando os órgãos dos sentidos estabelecem contato com o mundo exterior. Este tipo de conhecimento permitiu que a humanidade acumulasse valiosas e diversas experiências ao longo de sua história.

Exemplos de conhecimento empírico

O uso do fogo, o surgimento da agricultura e a domesticação de plantas e animais, são alguns exemplos de conhecimento empírico que foram transmitidos de geração em geração. A validade de muitos conhecimentos empíricos sobre medicina, astronomia, agricultura, navegação e construção, entre outros, tem sido comprovada com a prática diária.

Características do conhecimento empírico

O conhecimento empírico se caracteriza pelo seguinte:

  • Utiliza os dados sensoriais como base de qualquer forma de saber e procede da sensação ao conceito, e não da forma contrária.
  • O empirismo afirma que o conhecimento é aceitação dos dados sensoriais em seu imediatismo concreto e particular.
  • No conhecimento humano sempre se parte do particular: não existem noções universais que condicionam o movimento do pensamento, mas a universalidade das noções (obtida através de generalizações) é apenas um ponto de chegada, uma conquista. O método do empirismo é, portanto, a indução.
  • O empirismo não reconhece nenhum conhecimento que não proceda de um contato imediato do sujeito com o objeto. A fonte primária de todo conhecimento são os dados empíricos que recebem o nome de sensações, percepções, impressões, mas também de ideias.
  • O empirismo limita ao dado empírico o âmbito do conhecimento e nega ao pensamento a possibilidade de ir mais além, portanto nega a possibilidade de uma metafísica.

Tipos de conhecimento empírico

É possível identificar dois tipos diferentes de conhecimentos empíricos, um em particular e o outro contingente.

  1. O conhecimento empírico particular é identificado por se referir a situações específicas, a uma realidade única. No entanto, não é possível garantir que o conhecimento baseado na experiência possa ser aplicado a outros casos de forma generalizada.
  2. Por outro lado, o conhecimento empírico contingente é caracterizado por descrever características que podem ser atribuídas a um acontecimento. Entretanto, poderia mudar em um futuro próximo por várias razões.
O que é conhecimento empírico - Tipos de conhecimento empírico

Diferenças entre o conhecimento empírico e o científico

Empírico é um adjetivo frequentemente relacionado com o termo ciência, e é utilizado tanto no âmbito das ciências naturais como das ciências sociais, e isto significa o uso de hipóteses de trabalho que podem ser desmentidas pela observação ou o experimento (isto é, em última instância, a partir da experiência). Em outro sentido, o termo empírico na ciência pode ser sinônimo de experimental.

O conhecimento científico, por outro lado, é obtido como resultado de uma investigação metódica apropriada, que permite descobrir relações constantes acerca de fatos e fenômenos. Vejamos, por pontos, quais são as maiores diferenças entre os dois tipos de conhecimento:

  • O objetivo do conhecimento empírico é conhecer a realidade observável com o objeto de solucionar problemas práticos da sociedade; o do conhecimento científico é descrever, explicar teoricamente, predizer e transformar a realidade.
  • O objeto de estudo do conhecimento empírico compreende os instrumentos de trabalho do ser humano e o campo da atividade profissional e social; o do conhecimento científico é definido, real e compreende a essência da realidade.
  • O conhecimento empírico não utiliza métodos especiais de conhecimento, ao contrário do conhecimento científico.
  • O conhecimento empírico não desenvolve sistemas teóricos: o conhecimento toma a forma de indicadores concretos (não apresenta uma base teórico-metodológica). O conhecimento científico, por outro lado, elabora sistemas teóricos verificáveis na prática, e é guiado por princípios filosóficos científicos.

Descubra neste outro artigo as características do conhecimento filosófico.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é conhecimento empírico, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia cognitiva.

Bibliografia
  • CERVANTES RAMÍREZ, M., Hernández, M. (2015). Biología General. México: Grupo Editorial Patria.
  • DÍAZ NARVÁEZ V. P. (2009). Metodología de la investigación científica y bioestadística: para médicos, odontólogos y estudiantes de ciencias de la salud. Santiago de Chile: RIL Editores.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que é conhecimento empírico
1 de 2
O que é conhecimento empírico

Voltar ao topo da página