Partilhar

A psicologia das cores segundo Eva Heller

 
Por Marissa Glover, Psicóloga. 29 agosto 2019
A psicologia das cores segundo Eva Heller

Você sabia que as cores podem influenciar a nossa forma de interpretar e até de sentir? A psicologia das cores é uma área da psicologia que está em constante desenvolvimento pela sua crescente importância na sociedade em geral. Eva Heller, psicóloga, professora, socióloga e autora do livro "A Psicologia das Cores", foi uma das profissionais mais interessadas em investigar sobre este campo da psicologia.

Nesse artigo de Psicologia-Online: a psicologia das cores segundo Eva Heller, vamos explicar a essência do que Eva Heller comunica no seu livro de forma resumida mas detalhada. Continue lendo!

Também lhe pode interessar: Significado da cor vermelha na psicologia

Psicologia das cores: sinopse e resumo do livro

A psicóloga, socióloga e professora Eva Heller demonstrou no seu livro "A Psicologia das Cores" que as cores não se usam só por que sim, e que todas possuem um significado e uma finalidade em particular.

Também nos indica que existe uma estreita relação entre as cores e os nossos sentimentos, já que não se trata de uma questão de preferências, mas que vai projetando uma experiência universal além disso, onde as cores se encontram associadas à nossa linguagem e às nossas crenças.

A investigação feita por Eva Heller oferece uma grande quantidade de informação sobre as cores, assim como a maneira na qual se utilizam para desenhar alguns produtos ou marcas comerciais, testes psicológicos baseados em cores como o teste de Lüscher, a forma na qual é possível manipular as pessoas por meio das mesmas, de que forma as cores podem servir de cura, entre muitas informações interessantes.

Devido à grande quantidade de utilidades que podemos dar às cores e à forma como influenciam as pessoas, saber sobre a teoria das cores é uma excelente ferramenta que alguns profissionais como os terapeutas, decoradores, artistas, desenhadores de moda, publicitários, entre outros, podem usar.

A psicologia das cores segundo Eva Heller - Psicologia das cores: sinopse e resumo do livro

A psicologia das cores: como as cores afetam a emoção e a razão

Geralmente, as pessoas que mais usam as cores para influenciar as pessoas são os profissionais criativos que se encontram no mundo do marketing e do desenho gráfico. Contudo, não são apenas úteis para esses fins, pois também podem influenciar de forma positiva as nossas relações pessoais.

  • Todas as cores em absoluto possuem um significado, embora em alguns casos não pareçam.
  • Geralmente, as pessoas mais velhas têm tendência para preferir cores mais luminosas ou de verão, já que projetam um aspeto mais juvenil. Se diz que, conforme mais idade temos, mias tendência temos para optar por esse tipo de cores (por exemplo, o laranja, o amarelo, o verde, o azul turquesa).
  • A mesma cor pode ter um efeito totalmente diferente quando se encontra combinado com outras cores. Isso se deve ao fato de que o efeito que cada cor provoca sempre é determinado pelo contexto no qual se encontra.
  • Quando uma cor se combina com o preto, mesmo que previamente tenha um significado positivo, automaticamente se converte em negativo pela associação. Por exemplo, a cor vermelha faz referência ao amor mas, se é combinada com preto, pose ter o efeito contrário e converter-se em ódio.
  • A combinação de alguma forma típica como a de uma maçã combinada com uma cor que não esteja relacionada com ela, como o laranja, sempre vai chamar a atenção.
A psicologia das cores segundo Eva Heller - A psicologia das cores: como as cores afetam a emoção e a razão

Significado das cores na psicologia das cores de Eva Heller

Em seguida, te explicamos resumidamente a relação entre cores e sentimentos que a Eva Heller refere no seu livro "A psicologia das cores".

Azul

O azul é a única cor na qual não predomina nenhum sentimento negativo, mas sim o contrário. Um dado curioso sobre esta cor é que existem alguns idiomas que não possuem um nome para designar a cor azul. Dizem que, quando a cor azul se usa como principal, predomina mais a razão do que a paixão ou amor desenfreado. O azul sempre vai fazer referência à amizade, à empatia, à honestidade, à confiança e a todo o tipo de valores que têm a capacidade de perdurar eternamente.

Vermelho

É uma cor bastante controversa, intensa e até ambivalente. Uma informação curiosa é o fato de se dizer que é a primeira cor que foi designada com um nome. É uma cor que, se usada em demasia e exposta de forma exagerada, chega sem dúvida a ser muito incômoda. Outro dado curioso é que, em países frios, o significado da cor vermelha é bem bonito e positivo. Já em países quentes, pode ser mesmo desagradável e até representar algo demoníaco. Por último, mas não menos importante, mencionar que a cor vermelha se associa diretamente ao amor, à paixão, ao erótico, assim como também pode representar a guerra, a violência e o ódio.

Amarelo

É uma das cores preferidas das pessoas mais velhas. Esta cor pode projetar muita alegria, positivismo, diversão, otimismo, entre muitas outras emoções positivas. Contudo, também pode projetar todo o contrário e despertar emoções negativas como a desconfiança, o ciúme, a inveja, a avareza, o egoísmo, etc. Também pode indicar um sinal de advertência, o que lhe confere um aspecto mais negativo que positivo. É por isso que os desenhadores gráficos têm dificuldade em usá-lo muitas vezes já que, embora chame a atenção, está muito relacionado com as advertências que muitos artigos como caixas e embalagens mostram.

Verde

É uma cor bastante alegre, sobretudo em seus tons mais claros, mas pode tornar-se aborrecido com excepção do verde que se usa geralmente para o quadro de giz, o qual é o mais adequado para manter a vista focada nele por muito tempo. Por ser uma cor neutra, é continuamente influenciada pelas cores que a acompanham, o que pode dar um aspeto mais positivo ou negativo ao verde. Está intimamente relacionado com a natureza, a energia, a vitalidade e a esperança.

Preto

É a cor favorita dos jovens, uma vez que as pessoas mais velhas a associam mais à morte, enquanto que pessoas novas veem o preto como moda. O preto faz referência à maldade, ao luto, à morte, à mentira, à infidelidade, embora também possa representar o mistério e a magia de uma forma mais positiva.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a A psicologia das cores segundo Eva Heller, recomendamos que entre na nossa categoria de Emoções.

Bibliografia
  • Heller, E. and Chamorro Mielke, J. (2017). Psicología del color. Barcelona: Gustavo Gili.

Escrever comentário sobre A psicologia das cores segundo Eva Heller

O que lhe pareceu o artigo?

A psicologia das cores segundo Eva Heller
1 de 3
A psicologia das cores segundo Eva Heller

Voltar ao topo da página