Psicologia clínica

Boca seca por ansiedade: causas e tratamento

 
Alejandro Garcia Mingrone
Por Alejandro Garcia Mingrone. 15 maio 2023
Boca seca por ansiedade: causas e tratamento

A boca seca devido à ansiedade é um dos problemas relacionados com a saúde mental que mais afeta as pessoas que sofrem situações de estresse. Esta condição clínica consiste na diminuição do fluxo de saliva na boca, o que resulta em falta de umidade no sistema respiratório e dificulta a realização de várias atividades da vida diária que são condicionadas por manifestações físicas e emocionais.

É importante entender que existe uma relação direta entre esse problema e fatores que predispõem ao desenvolvimento de ansiedade em pessoas que não possuem ferramentas para controlá-la. Além disso, embora pareça que ter boca seca em situações específicas seja um aspecto pouco relevante, é fundamental levar em consideração que os sintomas envolvidos podem estar associados a outros motivos desconhecidos. Neste artigo da Psicologia-Online falaremos sobre boca seca por ansiedade: causas e tratamento.

Também lhe pode interessar: Ansiedade é hereditária?
Índice
  1. Por que a ansiedade seca a boca
  2. Como saber se tenho boca seca por ansiedade
  3. Como se livrar da boca seca por ansiedade

Por que a ansiedade seca a boca

A ansiedade pode ressecar a boca devido a uma combinação de fatores que agem simultaneamente para causar uma diminuição da saliva no trato digestivo. Do ponto de vista clínico, essa patologia é chamada de xerostomia, que implica uma ausência repetida de saliva na boca.

Ainda assim, é preciso distinguir se é um problema médico ou se existe algum fator psicológico que o desencadeia. Aqui estão algumas causas de boca seca:

  • Superativação do sistema nervoso autônomo: a atividade das conexões neurais pode ser aumentada em situações que produzem alto grau de ansiedade. Dado o nervosismo gerado em determinados momentos específicos que provocam uma resposta do sistema nervoso autônomo, a produção de saliva é notavelmente reduzida.
  • Superativação do sistema nervoso parassimpático: esse conjunto de processos internos tem a função de regular o funcionamento de vários órgãos do corpo por meio do relaxamento muscular. No entanto, sua superativação pode impedir a distribuição adequada da saliva na boca.

Como saber se tenho boca seca por ansiedade

A boca seca por ansiedade pode ser detectada a partir de algumas manifestações específicas que surgem em momentos anteriores, ou no mesmo momento de exposição a fatores estressantes. A seguir, apontaremos como saber se sua boca está seca por ansiedade:

  • Pouca salivação.
  • Nervosismo.
  • Angústia.
  • Incerteza.
  • Garganta dolorida ou irritada.
  • Dificuldade para falar.
  • Impedimento para engolir, mastigar e/ou comer alimentos.

No entanto, é importante mencionar que o diagnóstico de boca seca por ansiedade deve ser feito por um profissional de saúde mental especializado no assunto. Desta forma, será possível estabelecer os critérios clínicos que se adaptam às necessidades de cada pessoa e indicar os melhores tratamentos.

Boca seca por ansiedade: causas e tratamento - Como saber se tenho boca seca por ansiedade

Como se livrar da boca seca por ansiedade

O tratamento da boca seca devido à ansiedade pode ser feito por meio de terapia cognitivo-comportamental, medicamentos ansiolíticos e mudanças no estilo de vida, como reduzir a ingestão de cafeína e aumentar a hidratação. A seguir, você vai conferir as principais metodologias para eliminar a boca seca devido à ansiedade:

  • Terapia psicológica: uma abordagem terapêutica adequada consiste em uma série de sessões nas quais são fornecidas ferramentas que permitem lidar com situações de estresse e/ou ansiedade com maiores recursos. Deve-se notar que esse problema é determinado pela presença de fatores que contribuem para a ansiedade. Entre as abordagens psicológicas breves mais importantes, destaca-se a terapia cognitivo-comportamental. Em linhas gerais, esse tipo de abordagem trabalha as emoções, pensamentos e comportamentos que promovem os sintomas típicos da ansiedade. A partir disso, é possível adotar outras soluções para os problemas. Por outro lado, terapias mais longas buscam a origem dos sintomas a partir da memória de situações passadas associadas ao problema atual. A terapia de longo prazo mais eficaz é a psicanálise.
  • Medicação psiquiátrica: em casos de gravidade considerável, os ansiolíticos podem ser incluídos no plano de tratamento do paciente. No entanto, sua ingestão deve ser supervisionada por um profissional de saúde mental. Aqui você encontrará informações sobre os diferentes Tipos de ansiolíticos naturais, se quiser usá-los como apoio ao tratamento psiquiátrico.
  • Pratique técnicas de relaxamento: tanto o mindfulness quanto a ioga e a meditação são recursos eficazes que reduzem a intensidade dos sintomas. É necessário praticar as técnicas com frequência até conseguir um relaxamento adequado.
  • Beba bastante água: a boca seca requer a ingestão de grande quantidade de água. A hidratação é essencial para que seja restabelecido um fluxo adequado de saliva.
  • Evite uma alimentação rica em sódio: alimentos com muito sal podem contribuir para a boca seca. Por esta razão, é aconselhável reduzir os produtos que contêm altos níveis de sódio, como salsichas, queijos duros, sopas industriais, carnes gordurosas, molhos, entre outros.
  • Faça exercícios físicos: a ansiedade pode ser tratada por meio de atividades que envolvam o uso do corpo. Quando uma pessoa pratica exercícios físicos, ocorre um relaxamento muscular que favorece a liberação de endorfinas, neurotransmissores ligados à felicidade. Nesse sentido, a ansiedade diminui e, portanto, a boca seca pode ser eliminada.
Boca seca por ansiedade: causas e tratamento - Como se livrar da boca seca por ansiedade

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Boca seca por ansiedade: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Bibliografia
  • Marques Soares, M.S. (1991). Estudo clínico de pacientes com síndrome de ardência bucal: Xerostomia, fluxo salivar, medicamentos, ansiedade e depressão. Departamento de Ciências Morfológicas e Odontoesmatologia. Universidade de Barcelona.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 3
Boca seca por ansiedade: causas e tratamento