menu
Partilhar

Como praticar a empatia

 
Por Marta Menéndez, Psicóloga. 29 setembro 2021
Como praticar a empatia

No nosso dia a dia falamos de empatia, mas o que significa ser empático? A empatia pode definir-se como a habilidade para identificar, compreender e compartilhar os sentimentos ou perspectivas de outras pessoas. Para não confundi-la com a compaixão, devemos ter em conta que a empatia é intrinsecamente não julgadora.

Como praticar a empatia? Para sermos verdadeiramente empáticos, devemos cultivar a capacidade de renunciar. Os efeitos da empatia não só moram nos benefícios diretos que tem sobre as pessoas próximas, mas também vai muito mais além do nosso círculo imediato. Neste artigo de Psicologia-Online te mostramos algumas formas de praticar a empatia.

Por que ser empático?

A empatia melhora as relações, incrementa o rendimento laboral e, inclusive, tem efeitos positivos a longo prazo. Investigações recentes mostram que somos seres sociais que tendemos a cuidar do outro de forma natural, mas que também há formas de praticar ou ensinar a empatia. Porém, podíamos dizer que não ser empático vai contra a natureza humana.

Benefícios de ser empático

Praticar a empatia traz muitos benefícios para nós, entre eles estão os seguintes:

  • Nos permite tratar as pessoas da mesma forma que gostaríamos de ser tratados.
  • Entendemos melhor a necessidade das pessoas que nos rodeiam.
  • Compreendemos melhor a percepção que os demais formam de nós segundo nossas palavras ou condutas.
  • Alcançamos uma maior compreensão da comunicação verbal.
  • No trabalho, entendemos melhor as necessidades dos clientes.
  • Temos menos problemas na hora de tratar conflitos interpessoais, seja no trabalho ou em casa.
  • Temos capacidade para prever com maior precisão as ações e reações das pessoas que interagem com a gente.
  • Sabemos como motivar as pessoas que estão no nosso entorno.
  • Temos maior capacidade para convencer os outros dos nossos pontos de vista.
  • Em cada experiência que vivemos não contamos só com a nossa percepção, mas também com a das pessoas que nos rodeiam.
  • Temos mais facilidade para lidar com a negatividade dos outros se podemos entender suas motivações e medos. Quando alguma coisa vai mal com alguém, devemos nos lembrar que temos que acalmá-lo e aceitar a situação tal e como é.
  • A empatia pode converter-te em um melhor líder, seguidor e amigo, em geral: em uma pessoa melhor.
Como praticar a empatia - Por que ser empático?

Como praticar a empatia em adultos

Se você ainda se pergunta como praticar a empatia, te apresentamos situações e dinâmicas de empatia e assertividade que podem ser muito úteis para você.

Seja curioso

Como crianças, somos naturalmente curiosos já que vamos explorando o mundo por meio de nossos olhos inocentes e sem preconceitos. Infelizmente, a medida em que vamos crescendo a monotonia da rotina pode acabar com esse frescor. A empatia reside em um sentido de curiosidade, tanto pelas pessoas como pelas situações que nos rodeiam. Sem importar se se trata de uma mulher que se senta ao seu lado no ônibus todos os dias ou o carteiro que deixa as cartas na sua casa todas as manhãs, faça o esforço de falar com as pessoas com quem você não falaria normalmente.

Escute

Uma pessoa que sabe escutar é alguém que proporciona atenção plena. Dedique o tempo necessário para escutar realmente o que os demais estão contando e tente sentir a emoção que existe detrás das palavras. Frequentemente, quando nos dão espaço necessário para falar algo, costumamos encontrar a solução através de nós mesmos e uma resposta não é sempre necessária.

Fale desde o seu coração

Ser uma pessoa que sabe escutar não é suficiente, a empatia é uma via de mão dupla. Para criar uma aliança profunda e verdadeira necessitamos nos abrir mais a outra pessoa e estar preparados para compartilhar as nossas vulnerabilidades.

Enfrente os seus preconceitos

Ainda que não queiramos reconhecer, a maioria de nós nos sentimos culpados quando colocamos etiquetas em outras pessoas. Ser verdadeiramente empático implica buscar aspectos comuns entre nós e não diferenças. O voluntariado é uma boa forma de acabar com esses preconceitos e conectar com pessoas que de outra forma não conheceríamos no nosso dia a dia.

Mantenha contato físico

Uma vez que seu amigo tenha se aberto com você, pode deixar se levar pelo instinto de dar-lhe um abraço. A investigação mostrou que o contato físico incrementa os níveis de ocitocina melhorando o humor, diminuindo a pressão arterial e o estresse.

Como praticar a empatia - Como praticar a empatia em adultos

Dinâmicas para desenvolver a empatia em adultos funcionam?

Uma metanálise de 18 estudos sobre os efeitos do treinamento da empatia mostrou que praticar a empatia aumentava seus níveis.

Os estudos avaliam a empatia de diferentes formas, mas muitos empregam testes nos quais se apresentam uma série de situações e perguntam: "o que você faria se nessa situação fosse essa pessoa?", enquanto outros empregam autoavaliações diárias. Em todas as medidas empregadas parece haver certo efeito positivo de treinamento. Ainda que devemos ter em conta que esses estudos apresentam limitações.

Aquelas pessoas que mostravam melhoras significativas eram principalmente profissionais da saúde ou estudantes da universidade. E os estudos normalmente realizavam um seguimento dos participantes durante algumas semanas, não durante mais tempo.

Sendo assim não podemos estar seguros de que é possível aumentar a empatia através de um treinamento formal, assim como tampouco podemos assegurar se é possível ajudar alguém a ter mais empatia ao longo do tempo. Entretanto, nunca é demais desenvolver esse aspecto da nossa inteligência emocional.

Neste outro artigo você pode ver as características de pessoas pouco empáticas.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como praticar a empatia, recomendamos que entre na nossa categoria de Emoções.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como praticar a empatia
1 de 3
Como praticar a empatia

Voltar ao topo da página