menu
Partilhar

Como saber se é infarto ou ansiedade?

 
Por Alejandro Garcia Mingrone. 19 julho 2023
Como saber se é infarto ou ansiedade?

Um infarto e um ataque de ansiedade podem ser motivos de preocupação intensa tanto para quem os experimenta quanto para seu círculo mais próximo. Ambos se caracterizam pela presença de uma dor no peito perturbadora que causa angústia e desespero. Embora apresentem manifestações corporais semelhantes, existem algumas diferenças que permitem identificá-los com precisão e firmeza. Frequentemente, a confusão entre esses conceitos faz com que muitas pessoas não tenham recursos para lidar com essas situações a tempo e evitar complicações. Além disso, a falta de dados necessários e precisos sobre esse tema pode levar a crenças equivocadas.

Neste artigo do Psicologia-Online, forneceremos informações sobre como saber se é infarto ou ansiedade.

Também lhe pode interessar: Como diferenciar infarto de ansiedade

Tipo de dor no peito

Uma das principais maneiras de distinguir se é infarto ou ansiedade é a intensidade da dor no peito, que varia consideravelmente em ambos os casos. Por um lado, um infarto pode causar uma pressão persistente no peito que irradia para diferentes áreas do corpo.

Por outro lado, nos ataques de ansiedade, a sensação de desconforto está localizada em um ponto específico. Na maioria desses casos, o tipo de dor no peito diminui com várias técnicas de relaxamento corporal e mental. Nas situações que envolvem um infarto, é difícil que haja alívio sem intervenção médica.

Duração

Um infarto geralmente tem uma duração média de 10 minutos, mas o estado de saúde de uma pessoa pode piorar significativamente com o passar do tempo. Dessa forma, as pessoas que tiveram infartos anteriores sabem que essas situações causam uma deterioração no organismo que não se recupera facilmente.

Por outro lado, os ataques de ansiedade podem variar em duração devido às particularidades de cada um. Em outras palavras, a ansiedade atinge um pico máximo de intensidade após alguns minutos, mas depois desse tempo diminui gradualmente até desaparecer por completo.

Localização da dor

A localização das dores no corpo tanto em um infarto quanto em um ataque de ansiedade difere em ambas as situações.

Por um lado, um infarto envolve uma dor intensa e aguda localizada em áreas próximas ao esterno, que se irradia gradualmente para outras regiões de forma progressiva. Em geral, isso causa um desconforto contínuo e maior à medida que o tempo passa. Por essa razão, pode-se dizer que o início do desconforto é delimitado em um local específico, mas depois se espalha pelo corpo.

No caso dos ataques de ansiedade, é comum que a dor seja circunscrita à região esquerda, embora não se irradie para outras áreas.

Grau de periculosidade

Um dos indicadores mais relevantes para detectar tanto os infartos quanto os ataques de ansiedade é o grau de periculosidade de cada um deles. Devido às complicações que acarretam, os infartos são muito perigosos e podem causar graves consequências para a pessoa, desde congestão pulmonar até a morte física. Nesses casos, as pessoas precisam de hospitalização e intervenção médica de emergência para evitar maiores danos.

Por outro lado, os ataques de ansiedade não causam consequências diretas para a saúde física da pessoa, uma vez que as causas que os originam estão relacionadas à presença de pensamentos intrusivos. Neste artigo, explicamos tudo sobre pensamentos intrusivos: o que são, tipos e como tratar.

Sintomatologia

Os sintomas característicos de um infarto podem se intensificar em períodos curtos de tempo. Em geral, a pessoa que está sofrendo um infarto costuma apresentar falta de ar, respiração com falhas, tontura, náuseas, fraqueza corporal, dor no braço esquerdo, entre outros.

Embora os ataques de ansiedade também possuam essa apresentação clínica, os sintomas geralmente são acompanhados por uma ideia persistente de morte ou loucura. Além disso, é comum ocorrer tremores corporais e sensação de dormência.

Em suma, a diferença mais notável entre os sintomas da ansiedade e um infarto reside nos fatores psicológicos que influenciam cada um deles. Aqui você encontrará mais informações sobre os tipos de ansiedade e seus sintomas.

Como saber se é infarto ou ansiedade? - Sintomatologia

Causas anteriores

O infarto pode estar associado a múltiplas causas anteriores, sendo as mais comuns a formação de coágulos sanguíneos nas artérias. Isso leva a uma obstrução do fluxo sanguíneo devido a um bloqueio na artéria coronária, que está conectada ao coração.

Por sua vez, os ataques de ansiedade são causados por uma combinação de situações estressantes que não foram bem assimiladas pela pessoa. Ou seja, não há fatores biológicos envolvidos nesse problema.

Possibilidade de controle da dor

Os infartos são impossíveis de controlar devido à irradiação contínua da dor que há. Como a intensidade aumenta gradualmente, não há métodos nem movimentos corporais que proporcionem alívio.

Por outro lado, os ataques de ansiedade podem diminuir de intensidade através de um tipo de respiração corporal fluida e outras técnicas de distração mental. Se você quiser saber mais sobre o assunto infarto ou ansiedade, confira o artigo "Ansiedade pode causar infarto?".

Como saber se é infarto ou ansiedade? - Possibilidade de controle da dor

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se é infarto ou ansiedade?, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Bibliografia
  • Calderón Rubio, E., Pérez Gonzaga, S. (2020). Diagnóstico diferencial entre ataques de pánico y síndrome coronario agudo. Relación, estigma y aportaciones de la psicología. Congreso virtual internacional de Psiquiatría, Psicología y Enfermería en Salud Mental.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Como saber se é infarto ou ansiedade?
1 de 3
Como saber se é infarto ou ansiedade?

Voltar ao topo da página