menu
Partilhar

Dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamento

 
Por Alejandro Garcia Mingrone. 5 janeiro 2022
Dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamento

Você tenta ser forte e resistir às pressões de hoje em dia para continuar com todos os projetos e atividades da vida diária. No entanto, chega um ponto em que seu corpo começa a se expressar. Todo o estresse parece se manifestar através de seu organismo e existe algo que não vai bem. As pessoas processam suas emoções de diversos modos e um deles corresponde à dor no peito por ansiedade.

A ansiedade aqui desempenha um papel fundamental e conhecer informação sobre este tema pode nos ajudar a ter maiores ferramentas na hora de tratá-la. Possivelmente algo disto seja familiar ou você tenha pessoas próximas que apresentem estes sintomas. Quer saber como acabar com a dor no peito por ansiedade? Neste artigo de Psicologia-Online, te daremos informações sobre a dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamentos.

Também lhe pode interessar: Ansiedade dá dor de garganta?

Ansiedade causa dor no peito?

Ao falar de ansiedade e dor no peito, devemos ficar atentos às manifestações físicas que experimentamos, já que assim poderemos determinar o melhor modo de proceder. Como resposta à pergunta de quanto dura a dor no peito por ansiedade e estresse, você deve saber que a duração deste tipo de dor dura cerca de 15 minutos ou menos. Por isso, se notamos que os sintomas persistem é importante procurar um centro de saúde.

Dito isto, descreveremos os sintomas da dor no peito por ansiedade mais característicos:

  • Dor latejante
  • Ardência no peito.
  • Contração muscular intensa.
  • Espasmos.
  • Pontadas no peito esquerdo.
  • Ansiedade e estresse.
  • Pressão no peito.
  • Dor constante no peito.
  • Sensação de adormecimento de extremidades do corpo.
  • Falta de ar e dor no peito.

É importante reconhecer estes sintomas, já que esta informação nos ajudará a saber se o que você está sofrendo é um infarto ou um ataque de ansiedade e o tratamento correto poderá ser aplicado. Se você quer saber mais sobre isto, te recomendamos ler nosso artigo Diferenças entre ansiedade e infarto.

Dor no peito pode ser ansiedade?

Aqui devemos mencionar que a justificativa destas manifestações corporais não está relacionada com fatores físicos. Dito de outra forma, estes sintomas não são a consequência de enfermidades físicas. No entanto, a existência de algum dos sintomas descritos é de relevância para levá-lo em consideração.

Diante da detecção de algum destes sintomas da dor no peito por ansiedade, é preciso contatar um profissional da saúde, dado que será ele o encarregado de levar adiante um tratamento adequado, tendo em conta as necessidades de cada pessoa dependendo das qualidades.

Além disso, se você está se perguntando o que tomar para a dor de peito por estresse, é importante que saiba que é recomendável não se automedicar, pois é necessário uma análise mais completa e detalhada das particularidades do quadro clínico em questão.

Se você quer aprender a aliviar a dor de peito por ansiedade e estresse de forma natural, não perca o seguinte artigo sobre Ansiolíticos naturais para a ansiedade.

Dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamento - Ansiedade causa dor no peito?

Causas da dor no peito por ansiedade

Por que meu peito dói e me falta ar? É preciso levar em consideração que há causas concretas que incidem na sensação de dor no peito por ansiedade. Por isso, é importante compreender o surgimento da ansiedade, pois é um fator desencadeante de reações físicas. A seguir, veremos quais são as causas da dor no peito por ansiedade mais frequentes.

Experiências traumáticas

Existem situações do passado que podem ocasionar uma carga elevada de emoções como ansiedade, medo, confusão ou raiva, entre outros. Quando ocorrem eventos desagradáveis para a pessoa, uma das formas de expressar emoções é através de manifestações corporais, como a falta de ar e a dor no peito.

Desta forma, a pressão no peito por ansiedade pode estar relacionada com situações de muito estresse nas quais existem dificuldades para lidar com elas de modo mais saudável.

Estresse cotidiano

A rotina da vida cotidiana pode trazer momentos de tensão, produto de exigências do entorno no qual a pessoa vive. Se a complexidade em gerir estas tensões ultrapassar as possibilidades e recursos do indivíduo, o corpo sente o estresse e se expressa na forma de dor no peito.

Devido a estas circunstâncias, a falta de ar e a ardência no peito podem ser resultado do entorno social, cultural, laboral e/ou afetivo. Para controlar melhor este estresse, te recomendamos este artigo com técnicas de relaxamento mental que te ajudarão a aliviar a ansiedade e dor no peito em sua vida cotidiana.

Tratamento da dor no peito por ansiedade

Apesar das complicações da dor no peito por ansiedade e estresse, é certo que não representa um perigo real de doenças que possam ser graves. Neste sentido, atualmente há uma série de tratamentos disponíveis para a abordagem desta problemática. Nos parágrafos seguintes, situaremos os principais tratamentos com maior eficácia para que saiba o que fazer quando sentir dor no peito e ansiedade.

Terapia psicológica a curto prazo

Para saber como aliviar a dor no peito por ansiedade e estresse, primeiro é necessário localizar a causa que o gera. Na base disto, a terapia nos ajuda a tolerar certas situações que nos geram ansiedade de outro modo para que nosso corpo não sofra.

Por um lado, existem terapias focadas na solução de problemas a curto prazo que utilizam técnicas tais como a exposição gradual a situações de ansiedade. Com elas é possível constatar de que maneira reage a pessoa e o objetivo consiste em incorporar outros recursos para diminuir a ansiedade vinculada à dor no peito.

Por outro lado, também se utiliza a respiração profunda para apaziguar progressivamente as manifestações físicas e retirar consistência dos pensamentos que geram ansiedade. Se esta técnica para amenizar a dor no peito te interessa, neste artigo você encontrará diferentes Exercícios de respiração para acalmar a ansiedade.

Terapia psicológica a longo prazo

Este tipo de terapia está orientado a situar as causas que se relacionam com a sensação de dor no peito por ansiedade e estresse no passado. Sob estas qualidades, é possível que a pessoa adote outras maneiras de enfrentar situações de ansiedade que permitam suprimir esta pressão muscular.

Dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamento - Tratamento da dor no peito por ansiedade

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Bibliografia
  • López, G.J., Quaranta, A. M., Quaranta, T.R. (2007). Trastorno de pánico y dolor torácico. Revista de Posgrado de la VIa Cátedra de Medicina, 167 (1), 22-28.
  • Martínez Mallen, M., López Garza, N. (2011). Trastornos de ansiedad. Revista Neurología, Neurocirugía y Psiquiatría, 44 (5), 101-107.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamento
1 de 3
Dor no peito por ansiedade: sintomas, causas e tratamento

Voltar ao topo da página