Partilhar

Conflitos familiares: exemplos e como resolver

 
Por Claudia Pradas Gallardo. 9 agosto 2019
Conflitos familiares: exemplos e como resolver

É normal ter conflitos e problemas com pessoas com as quais convivemos diariamente. Os problemas familiares são algo relativamente comum e fáceis de identificar. No entanto, é importante aprender a resolvê-los, uma vez que podem derivar em discussões familiares graves se não são tratados adequadamente. Existem muitos tipos de conflitos familiares: entre irmãos, pais e filhos, problemas no casamento... e todos eles merecem ser definidos e analisados com especial atenção.

No seguinte artigo, falamos sobre os conflitos familiares, oferecendo exemplos e como resolver. Você quer saber o que fazer sobre um problema ou briga de família? Então, recomendamos que continue lendo essa informação interessante e útil em Psicologia-Online.

Exemplos de conflitos familiares

Os problemas e os conflitos são algo diário na nossa vida. Quer seja no trabalho, com os nosso amigos, com a pessoa amada e, claro, em família.

O conflito forma parte inevitável da convivência e mais quando se trata de um ambiente familiar ao qual pertencem diferentes gerações, ideias e até valores. Alguns especialistas afirmam que o conflito é, de certa forma, positivo já que, graças a ele, podemos desenvolver as nossas habilidades sociais quando ele é corretamente gestionado.

Tipos de conflitos familiares

Existem diferentes tipos de conflitos familiares que podemos enfrentar, dependendo do tipo de relacionamento, a gravidade e a raiz do problema. Em seguida, indicaremos a forma de classificar estes problemas:

  • Segundo a relação entre familiares: podemos encontrar problemas entre irmãos, crises no relacionamento ou no casamento, problemas entre prais e filhos ou conflitos entre pessoas externas e familiares.
  • Segundo a gravidade do problema: encontramos disputas leves (broncas e reprimendas), discussões graves até problemas que afetam diretamente a estrutura da família, como é o caso de uma infidelidade, maltrato infantil e até violência de gênero.
  • Segundo a raiz do problema: esta forma de classificar os conflitos é mais variada, uma vez que as razões pelas quais duas ou mais pessoas discutem são infinitas, em todo o caso, para poder resolver o conflito, sempre será necessário ter em conta a sua origem.
Conflitos familiares: exemplos e como resolver - Exemplos de conflitos familiares

Brigas de família mais comuns

Quais são as principais causas de um conflito em família? Como podemos solucionar um problema entre irmãos? E se existe uma pessoa idosa na questão? Estas questões costumam aparecer em muitas ocasiões quando tratamos de resolver um problema de família. Para poder abordá-lo corretamente, podemos analisar estes exemplos de conflitos mais comuns na família:

Exemplo 1: Problemas entre irmãos

Quando se tem mais que um filho, é provável que os irmãos discutam em mais do que uma ocasião, quer seja por ciúme, inveja ou problemas pessoais. Para poder abordar um problema entre irmãos, podemos propiciar o diálogo e a comunicação assertiva entre eles.

Exemplo 2: Problemas no relacionamento

Os problemas em casal podem ocorrer em qualquer fase de uma relação: quer seja no início ou no momento em que decidem formar uma família. Por isso, é fundamental cuidar das dinâmicas em casal para evitar que se desgastem.

Exemplo 3: Conflitos por dinheiro

Os problemas econômicos costumam estar na ordem do dia. Embora os mais pequenos não costumem participar nesse tipo de disputas, muitas das suas dinâmicas e atividades estão envolvidas.

Quando falamos de conflitos familiares econômicos, falamos de uma situação muito tensa, já que é complicado adequar o papel que tomamos em relação aos nossos seres queridos quando existe dinheiro pelo meio.

Exemplo 4: Problemas familiares por saúde

Os problemas de saúde na família costumam ser os mais complicados de gestionar emocionalmente, uma vez que existem dois tipos de conflitos associados a saúde:

  • Em primeiro lugar, o fato de ter uma pessoa com problemas de saúde que exige cuidados implica uma demanda alta de atenção, tempo, dedicação e esforço.
  • Em segundo lugar, o fato de um ser querido estar em em um estado negativo de saúde afeta severamente o nosso humor e pode provocar situações de tensão derivadas dos nossos sentimentos de tristeza e preocupação.
Conflitos familiares: exemplos e como resolver - Brigas de família mais comuns

Como resolver conflitos familiares

Por fim, se você se encontra em alguma das situações que mencionamos ao longo desse artigo, deve tomar nota das soluções para mediação de conflitos familiares que vamos oferecer em seguida.

Conflitos familiares: o que fazer

Dependendo do tipo de problema que existe na sua família, você deve seguir determinados conselhos ou outros. Contudo, todos eles compartilham a paciência, inteligência emocional e a comunicação assertiva.

  • Se o problema reside nas lutas entre irmãos, como comentado anteriormente, é importante propiciar um ambiente no qual ambos se possam expressar sem medo, evitando os estilos comunicativos pouco eficazes (passividade e agressividade).
  • No caso dos problemas em casal, é imprescindível trabalhar as dinâmicas e evitar que os conflitos passem a intoxicar as pessoas que não estão relacionadas com o problema inicial. Por isso, se recomenda aprender a conviver em casal durante um tempo de prova antes de formar uma família.
  • Se o problema familiar tem a saúde como foco, é conveniente que seja mais do que uma pessoa que se encarrega de gerir as necessidades da pessoa doente. Caso contrário, o bem-estar mental desse membro da família pode ser afetado negativamente. Saiba mais sobre o síndrome do cuidador nesse artigo.

Finalmente, para terminar o artigo sobre conflitos familiares: exemplos e como resolver, indicamos alguns passos muito simples úteis para resolver qualquer tipo de conflito, de qualquer natureza ou gravidade:

  1. Escutar: é difícil solucionar um problema se uma pessoa não entende o que acontece ao outro membro da família.
  2. Falar: a comunicação assertiva está baseada em falar abertamente sobre como nos sentimos sem ferir as emoções dos outros. Esse passo é fundamental para solucionar problemas em família.
  3. Participar: recorde que a sua família pode implicar um ponto de apoio muito importante na sua vida, participe na solução de problemas para poder facilitar que tudo se resolva.
  4. Mostrar afeto: embora não exista nenhum conflito, dizer aos seus pais, avós ou irmãos o quanto você ama eles pode ajudar na aproximação e na fomentação do afeto em família.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Conflitos familiares: exemplos e como resolver, recomendamos que entre na nossa categoria de Conflitos familiares.

Bibliografia
  • Gómez Gómez, F., García Villaluenga, L., Bolaños Cartujo, I., Garrigós Tembleque, S., Hierro Requena, M., & Tejedor Ureta, M. (2010). Como resolver os conflictos familiares.

Escrever comentário sobre Conflitos familiares: exemplos e como resolver

O que lhe pareceu o artigo?

Conflitos familiares: exemplos e como resolver
1 de 3
Conflitos familiares: exemplos e como resolver

Voltar ao topo da página