Partilhar

Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico

 
Por Irene Alabau, Psicóloga. 31 outubro 2019
Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico

Ivan Pavlov foi um fisiologista e psicólogo russo, cujas investigações foram pioneiras e estabeleceram conceitos chaves na psicologia. Apesar de começar suas investigações no campo do aparelho digestivo, realizou um dos experimentos mais famosos na psicologia e suas contribuições ainda são válidas e seguem sendo aplicadas na atualidade. Se você quiser conhecer mais sobre a história e teoria dessa figura histórica, continue lendo nosso artigo de Psicologia-Online: Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico, onde você encontrará tanto a biografia completa quanto a biografia resumida de Ivan Pavlov.

Ivan Pavlov: biografia

Ivan Petrovich Pavlov nasceu em 1849 em Riazan, Rússia. Filho de uma dona de casa e um sacerdote ortodoxo, começou seus estudos no campo da teologia inicialmente por conselho familiar. No entanto, Pavlov era ávido leitor das obras de Charles Darwin, por isso, finalmente abandonou seus estudos no campo da teologia e começou a estudar medicina e química na universidade de São Petersburgo.

Na sua época de estudante, seu principal mestre foi Vladímir Béjterev, um conhecido neurologista, neurofisiologista e psiquiatra russo. Depois de receber seu doutorado em 1883 da mão da Academia de Cirurgia Médica, mudou-se para Alemanha com o propósito de ampliar seus conhecimentos, finalmente especializando-se no sistema circulatório humano e fisiologia digestiva.

Em 1890, já casado e com um filho, obteve um cargo de professor de fisiologia na Academia Americana Experimental. Por sua vez, também foi nomeado diretor do departamento de fisiologia do Instituto de Medicina Experimental da cidade de São Petersburgo, onde esteve por mais de 45 anos e realizou suas conhecidas pesquisas, entre outras, sobre o aparelho digestivo e os reflexos condicionados. Além disso, sua paixão pelo laboratório se refletiria em seus estudantes, que supervisionavam suas pesquisas, ajudavam na interpretação de dados e edição de ensaios.

Nos anos seguintes, consagrou-se no estudo e investigação do aparelho digestivo e os sucos gástricos e pancreáticos, aperfeiçoando e criando técnicas fisiológicas nesse campo. É especialmente reconhecida sua invenção de uma técnica para estudar o funcionamento do sistema digestivo em animais vivos. Sua dedicação e pesquisa na atividade secretora do estômago foi premiada no ano de 1904 com o prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina, tornando-se a primeira pessoa de nacionalidade russa em receber esse reconhecimento de mérito.

Pavlov é, sobretudo, conhecido por ser a pessoa que formulou a lei do reflexo condicional, que será explicada amplamente nas próximas seções. No campo da reflexologia, foi muito influenciado por Ivan Sechenov, que investigava sobre os reflexos cerebrais. Pavlov concentrou sua pesquisa nessa atividade nervosa superior em 1907.

Cabe destacar que entre 1910 e 1925, o laboratório de Pavlov se tornou o mais equipado do mundo. Depois da Revolução de Outubro de 1917 na Rússia, lhe foi concebido o posto de diretor do departamento de fisiologia do Instituto de Medicina Experimental da Academia de Ciências da União Soviética. Nos anos 30 publicou uma série de pesquisas sobre a reflexologia na área da linguagem humana.

No ano de 1935, ocorreu o Congresso Mundial de fisiologia em Moscou e Leningrado, contando com a presença de mais de 900 cientistas de todas as partes do mundo. Nesse mesmo congresso foi reconhecido e nomeado como o fisiologista mais importante do mundo. No ano seguinte, em 27 de fevereiro de 1936, Ivan Pavlov faleceu de pneumonia aos 86 anos.

Ivan Pavlov: biografia curta

A seguir, você encontrará uma seleção dos dados mais relevantes da biografia de Ivan Pavlov.

Ivan Pavlov: biografia resumida

  • Nasceu em 1849.
  • Estudou medicina e química.
  • Recebeu doutorado em 1883.
  • Casou-se e teve um filho.
  • Foi professor de fisiologia.
  • Pesquisou sobre o aparelho digestivo e os reflexos condicionados.
  • Em 1904 obteve o prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina.
  • Formulou a lei do reflexo condicional.
  • Foi nomeado o fisiologista mais importante do mundo.
  • Em 1936, faleceu aos 86 anos.

O que diz a teoria de Pavlov?

Ivan Pavlov, em seus estudos sobre a atividade nervosa superior, fez uso do método do reflexo condicionado. Um reflexo condicionado trata-se de um reflexo aprendido, uma resposta a um estímulo que antes não causava nenhuma reação. Este reflexo aprendido é fruto da associação repetida entre esse estímulo, que anteriormente não causava nenhuma resposta, com outro que é capaz de causá-la. Esse aprendizado por associações é chamado de condicionamento clássico.

Ivan Pavlov: teoria de aprendizagem

Essa descoberta foi uma grande contribuição de Ivan Pavlov para a teoria da aprendizagem na psicologia, pois mostrava o mecanismo mais básico pelo qual pessoas e animais eram capazes de entender as relações entre estímulos, aprender novas respostas, variar e adaptar sua conduta com base nelas. Portanto, Pavlov introduz e demonstra um dos princípios básicos da teoria da aprendizagem.

Ivan Pavlov: teoria comportamental

Por outro lado, o legado de Pavlov chega até a teoria comportamental, a corrente da psicologia cujo objeto de estudo é centrado no comportamento observável de animais e seres humanos com o objetivo de estabelecer as leis comuns do comportamento. Embora tenha sido John B. Watson, um psicólogo estadunidense, o fundador da corrente psicológica do behaviorismo, as contribuições de Ivan Pavlov à teoria comportamental foram imprescindíveis e de grande relevância. O próprio Watson afirmou ter ficado impressionado com os estudos do fisiologista russo. Pavlov foi o primeiro a estudar os estímulos condicionados e sua teoria do condicionamento clássico é um dos conceitos chaves e ponto de partida da teoria comportamental.

O que é o condicionamento clássico?

A seguir, é explicado o experimento com o qual Pavlov descobriu o mecanismo que sustenta o chamado condicionamento clássico.

Ivan Pavlov: contribuições

Uma das grandes contribuições de Ivan Pavlov é o condicionamento clássico ou aprendizagem associativa. Consiste em gerar uma conexão entre um estímulo neutro, que antes da criação desta associação é incapaz de gerar uma resposta concreta, e uma resposta reflexa automática. Mediante essa associação, o estímulo que antes era incapaz de originar a resposta reflexa pode chegar a provocá-la.

Ivan Pavlov: experimento

A origem desta contribuição é encontrada no experimento de Ivan Pavlov com cães, um dos experimentos mais famosos da história da psicologia. Pavlov observou que ao colocar comida para um cachorro, ele salivava, o que chamou de reflexo salivar. No entanto, também percebeu que o cachorro era capaz de salivar apenas vendo ou cheirando a comida. Assim, concentrou seu estudo nas chamadas secreções psíquicas, secreções produzidas pelas glândulas salivares na ausência de comida na boca. Por isso que cada vez que colocava comida ao cão, ele tocava um sino antes de dar a comida, para que o cachorro associasse o sino com a comida que recebia instantes depois. Após várias associações entre o sino e a comida, o cão salivava apenas ao escutar o sino, independentemente se teria comida posteriormente. Com isso, conseguiu-se que o sino, um estímulo neutro e sem significado para o cachorro antes da série de associações, provocasse a mesma resposta que a comida, neste caso a salivação. Desta maneira, o cão havia aprendido a realizar uma associação.

Com este experimento, os elementos ou variáveis da teoria do condicionamento clássico foram determinados:

  • Estímulo neutro (EN): estímulo sem significado e incapaz de produzir uma resposta reflexa, nesse caso, o EN é o sino.
  • Estímulo incondicionado (EI): estímulo que gera uma resposta no organismo de maneira inata e automática, o EI seria a comida, que causa salivação de forma natural.
  • Estímulo condicionado (EC): trata-se do estímulo neutro uma vez realizada a associação com o estímulo incondicionado. Portanto, o estímulo condicionado seria o sino, uma vez associada com a comida após o processo de aprendizagem do cão, capaz de gerar salivação por si só.
  • Resposta incondicionada (RI): trata-se da resposta inata provocada de maneira automática pelo estímulo incondicionado. A RI seria a salivação que é produzida pela comida.
  • Resposta condicionada (RC): a resposta aprendida, que é produzida pelo estímulo condicionado. Neste caso, a reposta condicionada seria a salivação pelo som do sino.

Todo este processo é o que se conhece como condicionamento clássico, e até hoje continua sendo uma das pedras angulares da teoria comportamental e da aprendizagem. Da mesma forma, essas contribuições de Ivan Pavlov ainda são usadas para explicar a base de comportamentos como vícios e fobias, bem como base para o tratamento aversivo ao alcoolismo e outros vícios.

Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico - O que é o condicionamento clássico?

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico, recomendamos que entre na nossa categoria de Biografias.

Bibliografia
  • Gil, F. M. T., & Mollá, C. C. (2006). Historia de la psicología. McGraw-Hill, Interamericana de España.
  • Gutiérrez, G. (1999). Iván Petrovich Pavlov (1849-1936). Revista Latinoamericana de Psicología, 31(3), 557-560.
  • Pérez, A. M., & Cruz, J. E. (2003). Conceptos de condicionamiento clásico en los campos básicos y aplicados. Interdisciplinaria, 20(2), 205-227.

Escrever comentário sobre Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico

O que lhe pareceu o artigo?

Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico
1 de 2
Ivan Pavlov: biografia e teoria do condicionamento clássico

Voltar ao topo da página