Partilhar

Não consigo fazer amigos: causas e soluções

Não consigo fazer amigos: causas e soluções

Existem objetivos que, quando são definidos, dependem principalmente de nós. No entanto, existem outras metas que são mais complexas porque provocam um grau de reciprocidade. É o caso, por exemplo, da amizade. O desejo de ter amigos e conhecer pessoas novas é muito comum em pessoas de diferentes idades. Por essa mesma razão, quando alguém sente algum limite em torno desse assunto, se questiona qual pode ser o motivo pelo qual não consegue fortalecer novas amizades.

Por que não consigo fazer amigos? Em Psicologia-Online, respondemos a essa pergunta e incentivamos você a aproveitar essa meta como um processo e não como um fim para você mesmo.

Também lhe pode interessar: O que fazer quando se está triste e sozinho

Não tenho amigos: causas segundo a psicologia

Se você se depara frequentemente com o pensamento "não consigo fazer amigos", existem diferentes razões pelas quais você pode se encontrar nessa situação:

1. Pouca vida social

Quando a rotina pessoal de um ser humano é reduzida ao marco previsível de ir do trabalho para a casa, então, é difícil coincidir com pessoas interessantes porque quando essa é sua situação, você não se dá a oportunidade de sair fora da sua zona de conforto. É verdade que atualmente existem páginas muito práticas para conhecer novos amigos online. No entanto, mesmo nesse caso, é importante dedicar tempo e avaliar a possibilidade de realizar um plano presencial em algum momento. Se esse é o motivo pelo qual você tem problemas para fazer amigos, então, faça algumas mudanças em sua agenda para integrar novos planos.

2. A idade

Quando uma pessoa lembra sua história de vida em relação à amizade, pode observar como as etapas do colégio, o instituto e a universidade são definidos por uma maior flexibilidade para investir tempo na amizade. No entanto, o salto para a fase adulta é condicionado pelos horários incompatíveis. Depois dos 30, talvez você precise dedicar mais tempo para conhecer pessoas novas e consolidar novas relações, pois, nesse momento você não conhece tantas pessoas novas como no primeiro curso de sua carreira, por exemplo.

3. Timidez

Cada pessoa deve conhecer a si mesma para fazer novos amigos. As pessoas tímidas devem respeitar seu próprio ritmo para estabelecer novas relações sem comparar com as habilidades de alguém que se posiciona como líder do grupo. Como consequência da timidez extrema nos adultos, a pessoa pode levar mais tempo para aparecer diante dos outros. Portanto, se as condições de tempo não forem atendidas para coincidir com esse grupo em mais ocasiões, é possível que esses laços não evoluam além do companheirismo.

4. Egoísmo

Uma forma de egoísmo visível na amizade é o tempo. Aquelas pessoas que não dedicam um tempo de modo regular a um vínculo, pessoas que aparecem e desaparecem sem dar mais explicações, então, têm dificuldades para construir vínculos estáveis porque essa atitude afasta os outros. Também pode acontecer que, se outras pessoas convidam você para planos, mas você sempre recusa, apresentando desculpas e justificativas, então, chegará um momento em que deixarão de contar com você, porque não notam interesse de sua parte.

5. Relacionamento amoroso

Algumas pessoas vivem um amor no qual praticamente todo seu tempo livre gira em torno desse relacionamento. Deste modo, quando essa dependência emocional no relacionamento não deixa espaço para a amizade, é muito difícil para a pessoa construir novos encontros interpessoais com pessoas interessantes. Esse fato é visível quando ocorre a ruptura e, então, a pessoa afetada sofre por não ter um parceiro e, também, pela falta de amigos.

Não consigo fazer amigos: causas e soluções - Não tenho amigos: causas segundo a psicologia

Não consigo fazer amigos de verdade

Além dos limites que todos podemos experimentar nesse desejo pessoal de conhecer pessoas novas e fazer amigos, na verdade, quando a palavra amizade representa seu profundo e verdadeiro significado, então, você pode entender que realmente fazer amigos é algo que custa porque um vínculo não cresce e evolui em um dia. O conceito de amizade é um pouco destorcido quando é utilizado de maneira quantitativa ao descrever o número de amizades que acompanham o perfil de uma rede social.

No entanto, a amizade marcada pela diferença qualitativa, aquela que nasce das conversas, da sinceridade, da convivência e da cumplicidade do dia a dia, é uma amizade que surge de maneira gradual. Caso contrário, você corre o risco de identificar como amigos pessoas com as quais tem um vínculo de companheirismo ou conhecidos com os quais tem algum tipo de afinidade. Essas relações, com o tempo, talvez resultem em amizade. No entanto, convém não chamar de amigos, quem ainda não é. Caso contrário, você corre o risco de se decepcionar por ter colocado expectativas excessivas na relação.

Como fazer novos amigos

Se você tem problemas para fazer amigos novos, essas dicas podem ajudá-lo a ganhar confiança em si mesmo:

  1. Não fique obcecado com esse tema, mas tente estar atento àquelas oportunidades que surgem no caminho. Tente relaxar porque os vínculos fluem melhor quando você o faz.
  2. Valorize aquilo que você pode contribuir para seus amigos. Quando você se posiciona na expectativa de receber, você pode projetar uma impaciência que afasta os outros. Pelo contrário, quando você valoriza a si mesmo e é ciente de suas fortalezas pessoais, qualidades e talentos, você assume então uma posição adequada para fazer amigos novos. É a atitude que reflete nesse esquema: "Eu estou bem, você está bem".
  3. O poder da mediação. Se alguém do seu ambiente o apresentar a algum amigo com quem você acha que pode se conectar, essa pessoa em comum pode ser um ponto de apoio para ambos na organização dos primeiros planos.
  4. Realize atividades que você gosta, porque nos cursos associados à essas disciplinas têm novas possibilidades de conhecer gente interessante que também compartilham do mesmo hobby que você. No entanto, lembre-se que isso nem sempre acontece quando você deseja, mas, na verdade, as coincidências surgem nos momentos mais inesperados. A amizade é uma consequência natural da própria vida, portanto, confie em suas ações que em algum momento darão seus frutos.
  5. Concentre-se em qualidades que lhe dão segurança, em vez de colocar sua atenção naqueles limites que produzem insegurança. Dê espaço ao outro. Se você preenche todos seus vazios através de suas iniciativas, chamadas de telefone e busca de comunicação, então, não deixe que a amizade se consolide, porque esse é um tema para dois.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Não consigo fazer amigos: causas e soluções, recomendamos que entre na nossa categoria de Emoções.

Escrever comentário sobre Não consigo fazer amigos: causas e soluções

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Christofer
Não acredito que tenho 30 anos e estou lento isso. Meu deus, que vergonha.
Vando
Relaxa você não é o único.

Não consigo fazer amigos: causas e soluções
1 de 2
Não consigo fazer amigos: causas e soluções

Voltar ao topo da página