Partilhar

O que é a psicopedagogia: definição e funções

 
Por Nerea Babarro Rodríguez, Psicóloga. 23 outubro 2020
O que é a psicopedagogia: definição e funções

A origem da psicopedagogia se encontra estreitamente relacionada com o processo de aprendizagem e as dificuldades que as pessoas que mostram alterações em seu desenvolvimento apresentam, dificultando, assim, sua aprendizagem para seguir a escolaridade do mesmo modo que as pessoas não apresentam nenhum tipo de dificuldade nem alteração.

A psicopedagogia como profissão nasceu (ou surgiu) nos anos cinquenta, que apareceu junto com a criação das primeiras clínicas psicopedagógicas, destinadas a atender crianças com dificuldades em seu desenvolvimento durante a fase escolar, que exigem adaptações psicopedagógicas e ajudas especializadas, a fim de melhorar a aprendizagem destas crianças.

Se você quer se informar mais sobre a psicopedagogia, não hesite em seguir lendo este artigo de Psicologia-Online: o que é a psicopedagogia: definição e funções.

Psicopedagogia: definição

O que é a psicopedagogia? A psicopedagogia é uma disciplina caracterizada por sua presença no campo da educação. Esta disciplina é um ramo da psicologia que se encarrega de aplicar os conhecimentos, tanto psicológicos, como pedagógicos, a problemas próprios do campo educativo, com a finalidade de chegar a uma formulação mais apropriada dos métodos didáticos e pedagógicos.

O que a psicopedagogia estuda? Como mencionamos, a psicopedagogia estuda e trabalha aspectos relacionados com a aprendizagem e as dificuldades que podem estar relacionadas com a mesma. Tendo em conta que a aprendizagem é um processo de mudança e modificação da conduta da pessoa, em um tempo e espaço objetivos, de forma gradual e devido a interação do aprendiz com seu entorno. Portanto, o objeto de estudo e intervenção da psicopedagogia é a aprendizagem e as dificuldades e transtornos de aprendizagem.

O que é a psicopedagogia como profissão

Como profissão, ao que a psicopedagogia se dedica? É uma disciplina que se encarrega de trabalhar aquelas dificuldades de aprendizagem mostradas por pessoas com um déficit ou alteração em seu desenvolvimento, por isso, é possível detectar situações suscetíveis de serem tratadas tanto na escola, como em casa. Que tipo de casos a psicopedagogia trata?

Por um lado, na escola, são os professores que podem detectar alguma situação na qual suspeitem que algum aluno poderia precisar da ajuda ou apoio de um profissional da psicopedagogia. Por exemplo, se um professor indica a seus alunos que devem fazer uma redação, neste caso, poderia detectar as dificuldades que seus alunos apresentam quanto à escrita em função de sua idade. Uma vez detectada a situação, os professores devem se colocar em contato com os pais do aluno para poder explicar a situação e, de forma conjunta, encontrar uma solução, seja frequentando o psicopedagogo do colégio ou a um profissional externo. É importante falar com os pais ou tutores legais, já que nesse caso tratam-se de pessoas menores de idade e a escola não tem poder de decidir sobre elas.

Por outro lado, em casa, são os pais, tutores legais ou familiares que podem detectar que a pessoa mostra dificuldades de aprendizagem. Por exemplo, um pai pede para a criança para que ela leia uma história, quando se dá conta de que apresenta certas dificuldades para ler. Uma vez detectada a situação, os pais devem decidir o que fazer para encontrar uma solução que ajude a criança a melhorar.

Funções da psicopedagogia

A psicopedagogia é um ramo da psicologia, assim como a psicologia clínica. A psicopedagogia é uma disciplina que tem uma parte de psicologia e parte de educação, por isso, abarca funções de ambas. Até agora falamos sobre o papel da psicopedagogia na aprendizagem das pessoas. Por este motivo, é importante destacar que não aprendemos unicamente quando somos crianças e estamos escolarizados em um centro educacional, mas aprendemos desde o momento em que nascemos, até o momento em que morremos. Nunca deixamos de aprender, e é por isso que as funções da psicopedagogia atendem a todas as etapas do desenvolvimento, isto é, em todas as idades. A seguir, mostramos uma lista das funções da psicopedagogia, ou seja, as tarefas que estes profissionais exercem:

  • Proporcionar atenção aos estudantes com necessidades educacionais especiais que os impedem de aprender no mesmo ritmo que seus colegas, que não apresentam dificuldades. Esta função é feita através de aulas em grupos reduzidos ou individualmente, adaptando os materiais e as atividades de acordo com a capacidade e ritmo de cada criança, mantendo a quantidade e o conteúdo, mas modificando a forma que os conceitos são explicados, entre outras coisas.
  • Trabalhar, com estudantes que precisam, aspectos relacionados com a psicologia e a pedagogia, como conhecimento da pessoa, interação e inserção no meio social, transição ao mercado de trabalho, desenvolvimento de habilidades cognitivas, entre outros.
  • Outra função da psicopedagogia é coordenar as atividades do centro educativo que proporcionam uma atenção específica de estudantes com necessidades educacionais especiais, sejam elas colocadas em prática pelo profissional da psicopedagogia ou pelos professores.
  • Coordenar com outros meios e órgãos e trabalhar, de forma conjunta, na organização de medidas de atenção à diversidade que os estudantes requerem, sempre levando em conta tudo aquilo que foi estabelecido previamente pelo centro educacional.
  • Colaborar, junto com os outros profissionais do centro educacional, nos processos de avaliação e revisão, tanto dos resultados dos estudantes como dos projetos curriculares em nível estatal. Os projetos curriculares fazem referência ao plano de estudos que marca os objetivos da educação em uma determinada população.
  • Proporcionar orientação psicopedagógica nos processos de aprendizagem e na adaptação às diferentes etapas evolutivas, como por exemplo, orientação profissional, ou orientação focada no que estudar, entre outros.
  • Outra função da psicopedagogia é detectar as características individuais (em nível pessoal e social), que dificultem o processo de ensino e aprendizagem dos alunos, com a finalidade de favorecer sua adaptação dentro do âmbito escolar, na medida do possível.
  • Avaliação e análise das dificuldades e da situação dos alunos que apresentam necessidades educacionais especiais, com a finalidade de poder redigir um informe técnico da situação, para solucionar os problemas de escolarização e poder decidir se é necessário realizar uma proposta de adaptação curricular.
  • Outra função da psicopedagogia é realizar um acompanhamento de estudantes com necessidades educacionais especiais e, assim, poder detectar se foram apresentadas melhoras nas dificuldades apresentadas.
  • Assessorar as famílias de estudantes com dificuldades de aprendizagem e realizar formação dos pais é outra das funções da psicopedagogia.
  • Assessoria a centros educativos, às equipes docentes e equipes diretoras, em relação às atividades e funções relativas ao suporte que estudantes com necessidades educacionais especiais devem receber.
  • Por último, outra função da psicopedagogia é a orientação profissional para adultos e a orientação vocacional.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é a psicopedagogia: definição e funções, recomendamos que entre na nossa categoria de Transtornos de aprendizagem.

Bibliografia
  • Bravo, L. (2009). Psicología educacional, psicopedagogía y educación especial. Revista IIPSI, 12(2), 217-225.
  • Miret, L., Fuster, A., Peris, E., García, D., y Saldaña, P. (2002). El perfil del psicopedagogo.
  • Roca, E. (2001). Función y perfil profesional de los psicopedagogos. Una perspectiva desde Cataluña. Teoría educativa. Revista Interuniversitaria, 12, 159-178.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que é a psicopedagogia: definição e funções
O que é a psicopedagogia: definição e funções

Voltar ao topo da página