menu
Partilhar

O que é transtorno de ansiedade social

 
Por Alejandro Garcia Mingrone. 14 janeiro 2022
O que é transtorno de ansiedade social

Às vezes a vida pode ser difícil. As pressões que recebemos de nosso entorno podem nos sobrecarregar e isso nos traz dificuldades em nossa vida diária. A medida que vamos crescendo, vamos enfrentando situações nas quais nos expomos para viver em sociedade. Nos submetemos à observação de outras pessoas sobre nossas crenças, atitudes, comportamentos e pensamentos. Muita gente desfruta destas ocasiões, apesar do nível de exposição que pode ter.

É certo que há pessoas que são beneficiadas diante destas situações e outras sofrem consequências desfavoráveis. Neste sentido, há pessoas que sofrem um grande medo de se vincular com outras pessoas e isto pode ter repercussões em suas atividades cotidianas. Conhecer dados concretos sobre esta problemática pode dar ferramentas valiosas para agir a tempo diante deste problema. Por isso, neste artigo de Psicologia-Online, te falaremos sobre o que é transtorno de ansiedade social.

Também lhe pode interessar: O que é ansiedade generalizada

O que é o transtorno de ansiedade social

Quando fazemos menção ao transtorno de ansiedade social, estamos nos referindo a um quadro clínico caracterizado pela presença de um temor exacerbado e intenso a ser observado e julgado em situações sociais. Este transtorno se encontra dentro dos transtornos de ansiedade que figuram no DSM-V[1]. Sua diferenciação é crucial para poder se estabelecer um diagnóstico correto que permita adotar situações que aliviem os sintomas das pessoas que sofrem com ele.

Características do transtorno de ansiedade social

Determinar as características específicas do transtorno de ansiedade social permite detectar a problemática e pensar em tratamentos eficazes. Segundo o DSM-V, as qualidades que o transtorno de ansiedade social apresenta são as seguintes:

  • Medo ou ansiedade diante uma ou mais situações sociais nas quais se está exposto à opinião de outras pessoas.
  • Medo de mostrar ansiedade e que seja valorizada de forma negativa.
  • Geralmente, as situações sociais provocam medo.
  • Evitação dos contextos sociais.
  • Duração de seis meses ou mais.
  • Medo e ansiedade desproporcionais ao perigo real que representam as situações sociais.
  • O medo e a ansiedade não estão relacionados com doenças médicas ou a ingestão de substâncias.
  • O medo e a ansiedade não se encontram vinculados com outros transtornos mentais.

Sintomas do transtorno de ansiedade social

Uma vez identificadas as características que este quadro clínico apresenta, é importante conhecer os sintomas que sejam possíveis indicadores do transtorno em questão. A seguir, situaremos os principais sintomas do transtorno de ansiedade social que se manifestam ao interagir com outras pessoas:

  • Medo de ser julgado.
  • Isolamento social.
  • Vergonha.
  • Vermelhidão do rosto.
  • Pensamentos negativos referentes ao comportamento durante uma reunião social.
  • Suor excessivo.
  • Aumento da frequência cardíaca.
  • Tremores.
  • Tonturas.
  • Náuseas.
  • Dores estomacais.
  • Tensão e/ou fraqueza muscular.
  • Dificuldade para respirar.

Apesar destes sintomas, deve se ter em conta que o diagnóstico deve ser realizado por um profissional da saúde, pois este será o encarregado de avaliar as características do paciente como a idade, o sexo, doenças pré-existentes e histórico familiar, entre outros.

O que é transtorno de ansiedade social - Sintomas do transtorno de ansiedade social

Causas do transtorno de ansiedade social

Antes de tudo, compreender as causas que derivam em um quadro de transtorno de ansiedade social possibilita que disponhamos de maiores ferramentas para tratá-lo. Nos itens seguintes, descreveremos as principais causas do transtorno de ansiedade social.

Fatores genéticos

A transmissão de genes encontra-se associada às respostas emocionais que uma pessoa pode ter em determinados âmbitos. Neste sentido, há genes que contêm informação referente às emoções que podem ser implantadas diante de situações de interação social. Aqui a herança genética desempenha um papel fundamental.

Fatores ambientais

Outra das causas do transtorno de ansiedade social são as experiências passadas desagradáveis. Por exemplo, pode ocorrer que a pessoa tenha vivido alguma situação de maltrato verbal e/ou físico entre pessoas, o que fica armazenado como recordação, e depois se desdobra este comportamento diante de outras pessoas.

Além disso, a imitação de comportamentos de pessoas do entorno familiar incide no transtorno de ansiedade social. Em outras palavras, se dentro do seio familiar há alguém que padece deste mesmo transtorno, existem grandes possibilidades de que outras pessoas também sejam diagnosticadas com o mesmo quadro clínico.

Tratamento do transtorno de ansiedade social

Apesar dos sintomas e causas que dão forma ao transtorno de ansiedade social, existem tratamentos que melhoram as condições de vida daquelas pessoas que sofrem dele. Neste tópico, te mostraremos como curar o transtorno de ansiedade social.

Terapia psicológica

Por um lado, se encontram as terapias de longa duração que tentam apontar a origem dos sintomas para que a pessoa possa adotar outra postura frente a situações de ansiedade social.

Por outro lado, estão as terapias de curta duração que abordam em um período limitado de sessões as emoções, pensamentos e comportamentos da pessoa que sofre de ansiedade social. Por sua vez, este enfoque contribui com ferramentas que podem ser úteis para enfrentar de outro modo as situações de interação social. Como forma de exemplo, existem sessões nas quais se trabalham situações de exposição social mediante diversas intervenções.

Medicação psiquiátrica

Em casos que demonstrem maior gravidade, o uso de psicofármacos pode ser empregado. A administração de medicamentos deve ser guiada por um profissional da saúde que trabalhe em conjunto com um psicólogo.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é transtorno de ansiedade social, recomendamos que entre na nossa categoria de Psicologia clínica.

Referências
  1. Asociación Estadounidense de Psiquiatría. (2013). Manual Diagnóstico y Estadístico de los trastornos mentales (5ta ed). Arlington: Editorial Médica Panamericana.
Bibliografia
  • Frangella, L., Lukaszewicz, C. (2018). Manual Psicoeducativo para personas con ansiedad social. Fundación Foro: Buenos Aires.
  • Muñoz Murillo, J.P., Alpízar Rodríguez, D. (2016). Prevalencia y comorbilidad del trastorno por ansiedad social. Revista Cúpula, 30 (1), 40-47.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
O que é transtorno de ansiedade social
1 de 2
O que é transtorno de ansiedade social

Voltar ao topo da página