Partilhar

Não consigo conviver com a minha mãe

Não consigo conviver com a minha mãe

Infelizmente, sempre houveram casos de conflito na relação de mãe e filho(a). Por mais que a pessoa se esforce, é difícil decifrar o motivo para a relação com a mãe ser tão negativa, e também é difícil que a pessoa chegue a uma conclusão precisa.

Neste artigo de Psicologia-Online, intitulado "Não consigo conviver com a minha mãe", vamos te mostrar as principais razões pelas quais isto acontece, bem como o que pode estar motivando a sua mãe a agir como ela tem agido até agora.

Também lhe pode interessar: Por que a minha mãe me odeia

Não me dou bem com a minha mãe - 5 razões

"Por que não consigo conviver com a minha mãe ?" é uma questão que causa muita dor para a pessoa que a coloca, já que o que ela mais deseja é poder se sentir mais próxima da mãe e, em alguns casos, se este assunto não é bem tratado, pode afetar a autoestima dessa pessoa. Antes de conhecer os principais motivos pelos quais você não se dá bem com sua mãe, é necessário conhecer também o que pode estar ocorrendo, ou que aconteceu com ela, e que a influencia a agir dessa forma até agora.

  • Falta de empatia. Uma das principais razões para você não se dar bem com sua mãe é a falta de empatia entre ambas as partes, ou da parte dela em relação a você. Você se sente incompreendido(a) toda vez que fala com sua mãe? Sente que nunca foi capaz de entendê-la? Se sente julgado(a) por ela? Se a sua resposta for sim, provavelmente esta seja a raiz do problema. Sua mãe não sabe como se colocar em seu lugar e ver as coisas através de sua perspectiva, só enxerga do jeito dela e só considera os critérios dela, por isso não te compreende. Ela não tem consciência de que a realidade é diferente para cada pessoa, de que cada uma percebe a vida à sua maneira e que isto é totalmente normal.
  • Necessidade de controlar. Algumas mães que possuem baixa autoestima, baseiam seu valor no controle sobre seus filhos, já que é algo que dá sentido à vida delas. É difícil ter uma boa relação com uma mãe controladora e possessiva, que sempre tenta se meter na vida de seu/sua filho(a) adulto e estar ao seu lado em tudo que este/a faz. Existem mães que não permitem que seus filhos tomem suas próprias decisões, e os manipulam para que eles acabem fazendo o que elas querem.
  • Frieza. Algumas mães expressaram pouco o seu carinho por seus filhos, ou até mesmo nunca o fizeram. Mães que, direta ou indiretamente, enviam mensagens de reprovação e falta de aceitação para seus filhos. Comportam-se de maneira emocionalmente distante e fria, o que dificulta uma bom relação com elas.
  • Incompatibilidade. É possível que, simplesmente, sua personalidade e a de sua mãe não se encaixem de forma alguma, assim como suas ideia e crenças, e toda vez que você conversa com ela, ambos acabam se irritando, ou simplesmente você não se sente em sintonia com ela e isto causa frustração.
  • Narcisismo. Outra possível razão para que você não se dê bem com sua mãe é o fato de ela ser uma pessoa muito centrada nela mesma, que se preocupa demais pelo "que dirão" e como as coisas que acontecem a você repercutem na reputação dela. Ela age quase exclusivamente por interesses próprios e isto faz com que você não se sinta valorizado(a) e querido(a) por ela. Os filhos de pais narcisistas podem apresentar problemas de comportamento e convivência.
Não consigo conviver com a minha mãe - Não me dou bem com a minha mãe - 5 razões

Por que a minha mãe me trata mal?

Algumas razões pelas quais ela se comporta dessa maneira que não te agrada, ou que simplesmente não é compatível com você, são as seguintes:

  • É muito provável que os pais dela se comportaram da mesma forma quando ela era criança, logo, ela não é capaz de te oferecer uma coisa que ela nunca teve.
  • A insegurança é outro fator importante para que sua mãe se comporte desta maneira com você, e não permita uma relação melhor com ela. Por exemplo, nos casos de mães que só pensam em seus próprios interesses e em controlar seus filhos, fica evidente o alto grau de insatisfação pessoal e de baixa autoestima delas.
  • Se você sente que sua não lhe compreende, certamente ela não tem consciência de que cada pessoa percebe o mundo de forma diferente, e crê que todas as coisas deveriam ser de uma forma determinada para todos.

É necessário mencionar que existem muitas outras razões possíveis para que sua mãe esteja agindo dessa forma, e para que você não tenha uma boa relação com ela, por exemplo, vocês tiveram muitas brigas familiares e não souberam como resolvê-las de maneira adequada, ela falhou com você em algum momento de sua vida, ou ao menos você sentiu que ela falhou, vocês não possuem os mesmos valores... entre muitas outras coisas.

Saiba mais no artigo "Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?"

Não consigo conviver com a minha mãe - Por que a minha mãe me trata mal?

Não consigo conviver com a minha mãe, o que fazer?

  • Estabeleça limites. Se você identificar que a relação ruim que você tem com sua mãe se deve à manipulação e controle que ela quer exercer sobre você o tempo todo, é hora de estabelecer limites. Você, como pessoa adulta e independente, tem o direito de tomar suas próprias decisões, sua mãe não deve interferir nelas. É necessário conversar com ela e expressar como você se sente, de forma tranquila e sem gerar discussões, e o que você irá fazer a partir de agora de forma autônoma. Se ela começar a discutir, simplesmente reafirme o que você disse anteriormente, de forma segura e pacífica, sem entrar no jogo dela.
  • Empatia. Aprenda a se colocar no lugar de sua mãe e a identificar as raízes de sua atitude, sem julgá-la. Isto ajudará você a ter mais paciência e compreensão, o que será positivo na hora de lidar com ela e para que estabeleçam uma relação melhor.
  • Aceitação. É fundamental aceitar que a sua relação com sua mãe não é a melhor relação do mundo, e que suas maneiras de ser e de agir não são iguais. Não fique negando e tentando resistir, as coisas são assim e não vale a pena continuar prendendo-se a algo que é muito difícil, ou impossível, de mudar. Aceite a sua situação e faça o que está ao seu alcance para melhorá-la, se afastando quando for necessário.
  • Terapia psicológica. Se você sente que essa relação ruim com sua mãe está afetando muito sua vida, e você não encontra maneiras de lidar com isso, é necessário que você procure a ajuda de um profissional, que se encarregará de trabalhar, juntamente com você, para melhorar esta situação e poder aumentar seu bem-estar emocional.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Não consigo conviver com a minha mãe, recomendamos que entre na nossa categoria de Conflitos familiares.

Escrever comentário sobre Não consigo conviver com a minha mãe

O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
Juliana Soares
Eu amo minha mãe, mas temos um relacionamento muito difícil, tenho 44 anos três filhas e ela acha que pode mandar em mim, com meus é a mesma coisa se nós não fizermos as coisas do jeito dela ela até surta, é uma mulher temperamental e narcisista
A sua avaliação:
vinicius
odeio minha mãe do fundo do meu coração
A sua avaliação:
samuel nunes
a minha mãe é narcisista (cada vez que ela faz algo 'legal para mim' é para eu fazer outra coisa bem maior para ela e quando eu falo muito baixo ela fala CALA A BOCA VC ESTA GRITANDO (eu odeio ela do fundo do meu coração)

Não consigo conviver com a minha mãe
1 de 3
Não consigo conviver com a minha mãe

Voltar ao topo da página