Partilhar

Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?

Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?

Por muito estranho que pareça, existem casos nos quais uma mãe não é capaz de dar o amor que o seu filho ou filha necessita. Essa falta de afeto resulta em filhos com problemas de apego e pouca estabilidade mental. Quando somos pequenos, não somos capazes de distinguir exatamente este problema mas, com o passar dos anos, podemos chegar a sentir que a nossa mãe não nos ama.

O momento no qual nos consciencializamos de que a nossa mãe não sente o afeto que desejamos pode ser muito duro. Em alguns casos, esta é apenas uma sensação subjetiva e temporal após uma briga ou um distanciamento mas, em outros, pode mesmo se ruma realidade que precisamos enfrentar da melhor forma possível. Se, na sua cabeça, você não consegue abandonar o pensamento "Minha mãe não gosta de mim", continue lendo esse artigo de Psicologia-Online.

Também lhe pode interessar: Por que a minha mãe me odeia

Por que a minha mãe não gosta de mim: causas

Como comentado anteriormente, é possível sentir que a nossa mãe não gosta de nós porque discutimos com ela ou nos afastamos por determinados motivos. É até possível que você tenha acabado de se independentizar recentemente e a sua mãe esteja tentando superar o síndrome de ninho vazio e, por isso, não fale tanto com você.

Também é normal sentir que a sua mãe não gosta de você na adolescência. É nessa época da vida que surgem muitos atritos entre a família e se torna complicado manter um relacionamento livre de discussões. Quando somos adolescentes, é normal que nos sintomas incompreendidos pelas nossas famílias e, por isso, podemos chegar a pensar que não gostam de nós.

No entanto, não devemos descartar por completo a possibilidade de que o sentimento "minha mãe não me ama" seja real. Esta percepção de desapego pode provocar um sentimento de insatisfação em nós mesmos, baixa autoestima e um forte vazio emocional. Existem mães que não desenvolvem um laço estreito de apego com os seus filhos ou filhas e eles notam, existem mães com condutas tóxicas, manipuladoras, mães competitivas...

Para poder deixar atrás a dor de pensar que a sua mãe não gosta de você, é necessário assimilar que existem comportamentos desse tipo em certas figuras familiares. Negá-lo apenas bloqueia as nossas emoções e acaba por ser contraproducente a longo prazo. Uma vez que aceitamos que a nossa mãe não gosta de nós como esperamos, podemos desenvolver as nossas próprias fortalezas e ser capazes, com tempo, de seguir em frente.

Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço? - Por que a minha mãe não gosta de mim: causas

Como saber se a minha mãe não gosta de mim

Para poder saber se os pensamentos que você tem são apenas sensações ou se realmente a sua mãe não gosta de você, é necessário aprender a identificar uma mãe tóxica. Embora as mães tóxicas possam ter comportamentos diferentes, normalmente apresentam várias das características seguintes:

  • Critica tudo o que você faz ou diz
  • Julga as suas opiniões e não lhes atribui o valor que merecem
  • Poucas vezes está contente com a sua companhia e tem uma atitude desagradável
  • Você sente que ela está competindo com você constantemente, tentando mostrar mais sucessos ou mais felicidade na vida dela
  • Tenta te manipular para que você se sinta mal com tudo o que você faz
  • Diz abertamente que não gosta de você
  • Compara o vosso físico e sempre tenta ganhar nesse sentido
  • Critica o seu estilo de vida e a pessoa que você ama
  • Sempre se coloca na posição de vítima e te culpabiliza por todo o mal

Mães tóxicas

Caso, efetivamente, a sua mãe não sinta afeto por você, é possível que estejamos perante um caso de síndrome da progenitora tóxica. Estes casos se caracterizam por mães com baixo ou nenhum interesse em exercer o papel maternal. É possível que este síndrome se desenvolva em mulheres que não querem realmente ser mães mas, por motivos alheios, não puderam interromper a gravidez.

É verdade que, para muitas pessoas, ser mãe é um presente e algo que agradecem eternamente. Contudo, a maternidade implica grandes pressões e expectativas sociais às quais algumas mulheres não podem chegar. O papel social de mãe condiciona muito uma vida e pode provocar um desgaste severo no laço afetivo entre os filhos e a progenitora.

Consequências de síndrome da progenitora tóxica

Como é fácil prever, as consequências de um vínculo tóxico entre mãe e filho podem ser muito desagradáveis. Para os filhos e filhas, implica uma sensação de desapego que, possivelmente, arrastarão para o resto das suas vidas. É provável que não abandonem o pensamento "minha mãe não me ama" facilmente, ideia que pode provocar muitas inseguranças na hora de formar novas relações pessoais. Além disso, esses filhos costumam crescer com problemas de autoestima e até comportamentos autodestrutivos indiretos e transtornos de personalidade.

Quanto à mãe tóxica, esta se encontra em uma situação confusa. Por um lado, não tem interesse em proporcionar cuidados e carinho aos seus filhos ou filhas e prefere organizar a sua vida à volta dela mesma. Por outro lado, pode chegar a sentir que o seu ambiente rejeita enormemente o seu estilo de vida e, como consequência, se sente forçada a cuidar dos seus filhos de qualquer forma.

Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço? - Mães tóxicas

Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?

Uma vez esteja claro que a sua mãe não gosta de você, é o momento de agir em consequência. É fácil falar mas entendemos que esse é um processo complicado. Para superar esse problema, é necessária muita força de vontade e pensamentos que alimentem a sua autoestima constantemente. Você deve ser forte na adversidade e aceitar que, no caminho da vida, a sua mãe não te vai acompanhar, pelo menos não do jeito que você precisa.

Em seguida, apresentamos alguns passos simples baseados na terapia psicológica para saber o que fazer se você sente que a sua mãe não gosta de você:

  1. Assumir o desapego: como comentado nos pontos anteriores, não aceitar a realidade bloqueia por completo a gestão desse conflito. Assumir que o laço afetivo é praticamente nulo é um passo necessário para selar a ferida.
  2. Evitar os conflitos: assim que você for capaz de manter uma distância cordial com a sua mãe, é possível que ela procure a mesma dinâmica de discussões que mantinham antes. Nesse caso, teremos que aprender a resolver um conflito de forma assertiva.
  3. Ter uma vida independente dela: se você continua vivendo com a sua mãe, terá de desenvolver espaços e momentos de individualidade nos quais a sua mãe não intervém, já que formar uma independência correta pode ajudar a subir a sua autoestima e as capacidades de resiliência. Se você vive sozinho ou sozinha, esse passo é muito mais fácil pois apenas é necessário evitar o contato excessivo com ela.
  4. Não culpe a sua mãe: a culpa é um sentimento que apenas provoca peso e, com o peso, não podemos fazer nada. Portanto, mesmo que seja muito doloroso para você, tente não julgar os sentimentos da sua mãe. É impossível saber exatamente o que aconteceu com a sua mãe para que ela seja incapaz de desenvolver um vínculo de afeto em relação a você.

Viver sentindo que a sua mãe não te ama não é uma tarefa simples, é por isso que recomendamos seguir este processo de superação lentamente e sem pressas, seguindo cada passo e cada conselho ao seu ritmo. Pode passar muito tempo até que você seja realmente capaz de seguir em frente, independentemente da que deve ser a nossa figura materna. No entanto, não devemos frustrar-nos perante esse caminho, tudo chegará, incluindo a estabilidade mental depois dessa fase difícil.

Este artigo é meramente informativo, em Psicologia-Online não temos a capacidade de fazer um diagnóstico ou indicar um tratamento. Recomendamos que você consulte um psicólogo para que ele te aconselhe sobre o seu caso em particular.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?, recomendamos que entre na nossa categoria de Conflitos familiares.

Escrever comentário sobre Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?

O que lhe pareceu o artigo?
88 comentários
A sua avaliação:
Jiji
Chocada em ver tanto a comentários de jovens passando por isso...
Mas ao invés de colocar panos quentes, direi a todos os que sofrem...Eu direi:
Construam uma vida, como quiserem e sejam felizes e livres!
Coisa essa que muitas progenitoras, não serão capaz, por serem amargas e desfilaram veneno o tempo todo!!!
Existe uma lei na vida, que tudo o que fizermos aqui, vem a "conta"!
Faça a sua parte!
A trate bem, estenda a mão se precisar, mas não fique perto para não se intoxicar...
Depois mais um anos ainda teremos que aturá-las fazendo cara de vitimas dizendo...
O que eu fiz para merecer tamanha solidão....
Segue sua estrela e que Deus abençoe A todos!

A sua avaliação:
Hanna Keltyn
Bom, eu odeio a minha mãe, sério de vdd, mano ela me trata como se eu fosse nada; antigamente quando eu tinha 7 a 9 anos de idade, ela GOSTAVA de mim, sabe?, Ah eu não sei explicar direito:-;, mas antigamente na minha infância de 1,2,3,4,5,6,7,8,9 eu acho q ela gostava de mim, daí ela começou a namorar e simplesmente parou de dar atenção pra mim d vdd,pq tipo, ela se mudou pra longe com ele, mas na mesma cidade que eu moro. Ela nunca na vida perguntou "tudo bem" ou algo do tipo mano... Ela nunca me deu um amor de mãe de vdd, vcs n sabem o tanto que eu choro😭 ela teve um filha esse ano ( i agora que ela parou de vez, bem que todos falaram que eu ia ficar no canto,... Hoje é o dia das crianças e sabe o que ela fez? Ela simplesmente veio 7 hrs e só deixou um sapato na cadeira i falou "toma" juro que pelo que eu escutei foi isso cara . E ela simplesmente foi embora eu até agr tô chorando cara😭😭😭 pq Deus fez uma mãe dessa na terra?pra fazer isso cmg? Eu odeio tanto ela muito msm
Fran
Não fique assim procure uma pessoa boa tia alguém que confie e adote como sua mãe apenas cresça estude seja uma pessoa melhor do que ela pensa que vc vai ser mostre pra ela e pra todos que vc é inteligente e vai conquistar tudo que quer na vida só vc acreditar e ser forte TB passei por isso
A sua avaliação:
Mariana
Minha mãe ela meio que não gosta de mim pq ela não mim dá atenção ela dá atenção pro meu padrasto e eu fico triste ela só presica de mim só pra fazer favor e ela mim xiga fala que sou o rependimento da vida dela sou uma praga sou chata idiota e isto dói muito meu mim sito um lixo e eu quero morrer 😭😭😭😭
Raissa Simas
Oi, Marina! Entendo sua dor, caso queira conversar você pode entrar em contato com o HELP, são pessoas voluntárias que já passaram por situações semelhantes e superaram, vou por aqui o contato:
(11) 4200-0034 (zap)
@HELP.FJU (insta)
Fran
Já passei por isso tudo hoje sou uma adulto sou forte e conquistei tudo que ela pensou que eu não iria conquistar, lembre-se vc é inteligente e suficiente para conquistar o que quiser e amor é dado com espontâniedade talvez ela não saiba o que é amar de verdade tem pessoas que são mais mães que as próprias não se sinta culpada por isso e também não culpe isso acontece muito,não é normal, mas acontece
A sua avaliação:
Ingrid Beatriz Fernandes
Como fazer ser vc ver que realmente sua mãe não gosta de vc e só te que coloca para baixo e contra a pessoa que vc ama
Fran
Viva estude seja uma pessoa realizada conquiste seus ideais, ame a vc mostre pra tudo que não te dá valor a pessoa que vc pode ser não pelos outros mais por vc não espere amor do que não te procura seja mãe ou pessoas, passei por coisas ruins e posso dizer hoje sei que não devem provar nada a ninguém devemos ser felizes com nós mesmos
A sua avaliação:
Erika
Oi, meu nome é Erika estou escrevendo aqui pq n tenho com quem desabafar. Eu tenho 17 anos e moro com a minha mãe meus irmãos e meu pai. Minha mãe sempre me coloca pra baixo ela sempre me critica em tudo oq eu faço sempre diz coisas como "ai fulana ja tem um emprego" "fulana tem capacidade de fazer as coisas" e o pior de tudo é q ela critica meu corpo minha aparência sabe? Ela me ignora do nada para de falar cmg do nada, e são coisas q me afetam dms porém eu relevo...eu tenho um namorado com a mesma idade q a minha já faz 1 ano e 2 meses q estamos juntos e sempre q dá ela me ofende e ofende a ele tbm, ele é um garoto trabalhador super gente boa e educado mais ela sempre, sempre msm tenta por defeitos nele e isso me deixa mt chateada.. eu choro pq tento fazer tudo pra deixar ela feliz n dou trabalho sou super na minha n tenho nem amigos, mais ela sempre me critica, me ofende me chama d nomes feios e isso machuca dms.. :( se alguém puder me dar um conselho pode dar ta.
Lisa
Olá Erika, não pude ignorar o teu comentário.
Tenho 38 anos e passei por isso, mas fui muito maltratada fisicamente também. E aos 15 fui expulsa de casa.
Viajei para Portugal aos 17 me casei e hoje tenho uma filha da tua idade e um filho de 14 anos.
Sou tão feliz e grata a minha progenitora por ter me expulsado de casa. Se estou onde estou foi graças a isso.

Portanto o conselho que te dou, é tenta sim arranjar um trabalho. E quando tiveres 18 anos vai fazer a tua vida e não deixes de estudar.

O que ela é não podes deixar reflitir não tua vida. És muito melhor que ela.

Um beijo no coração e Deus te proteja 😘
Ingrid Beatriz Fernandes
A mesma coisa quer tá acontecendo comigo

E o que eu posso lhe fala e seja forte
Ryu Ahn
Entendo, que dor, sua vida é bem dificil, a minha também esta dificil, bom...Também vou ser expulso de casa aos 18 anos mermo, kkkk ( REALIDADE: MÃÂÂÂE NÃO ME ODEIEEE! ) :( :), tomara que de tudo certo
Carlos E. Silva
O melhor a fazer é planejar a sua partida. Eu era maltradado na família por ser um bastardo, eu mesmo descobrir e percebi isso com o tempo. Muita agressão física e verbal, com 10 anos peguei o meu registro de nascimento e cai no mundo. Tive sorte, consegui uma nova família e me dei bem intelectualmente e financeiramente. Me acharam depois de 30 anos, mas pedi pra seguirem em frente e me esquecer como foi no passado, não quis reaver nenhum ex-familiar, muito menos a mãe, só de lembrar me traz sofrimento, já tentei ver como tirar eles do meu registro, mas não tem como.
Raissa Simas
Oi, Erika ! Entendo sua dor, caso queira conversar você pode entrar em contato com o HELP, são pessoas voluntárias que já passaram por situações semelhantes e superaram, vou por aqui o contato:
(11) 4200-0034 (zap)
@HELP.FJU (insta)
Ro
Querida Ericka. Passei exatamente por isso por 14 anos. Não imagina quantas noites chorei de soluçar tentando entender e achando que o problema estava em mim. E acabamos carregando a dúvida do 'por que que nossa mãe não gosta de nós'. E após várias idas a psicologa hoje eu entendo que o maior motivo é justamente o óbvio, ela é diferente de nós. E isso incomoda muito. E apesar de nem sempre elas parecerem ruins, muitas vezes são, uma psicologa tentou me fazer enxergar isso. Eu ficava tentando mascarar o caráter dela para mim mesma, como se o problema fosse nós.... O fato é que ela vê uma fragilidade e bondade em nós e por ainda estar no controle de nossa vida judia. E os outros familiares da casa por serem semelhantes a ela e covardes ficavam na mesma onda me tratando mal até por influência dela. Por sermos pessoas boas (percebo pelas suas palavras generosas) ela sempre vai estranhar. É muito divino e superior você conseguir perdoar. Mas não foque nisso agora. Foque quando sair daí (você terá que sair deste ambiente um dia). E verá uma mágica de remorso ocorrer com ela. Dê um gelo nela no início, mas sem tratar mal, apenas mantenha a distância, até para você se recuperar. Até a ficha de remorso cair sobre ela. Uma outra diga (ficou mais fácil de eu aplicar) quando faltava pouco para sair de casa (me casei) foi manter a calma e a gentileza acima de tudo, e não deixa-la me ver sofrendo. Como ser profissional sabe... Isso mostra uma superioridade que não imagina! E isso não afeta o seu caráter. Uma tia muito sábia me aconselhou dar uma banana para minha mãe e planejar minha vida para conseguir sair dalí. Dê uma banana (não me importar com ela) e corre atrás de conseguir sair dali. Descobri que dar uma banana significa parar de enxergar ela como nossa mãe, aí verá que atingirá menos seus sentimentos a atitude dela!!!!! Se ela não te enxerga como filha, você não precisa enxerga-la como mãe. E terá orgulho da sua bondade para o resto da sua vida. Sabe porque? Porque você é superior nos sentimentos tendo um bom coração. Ouvi muitos contarem quando eu sair de casa que minha mãe passou a dizer que eu era melhor que ela. Coisa que ela jamais me diria. Aí encaixou com o que a psicologa disse, que o problema dela era maldade sim. Somos diferentes no coração, isso causa inveja. Siga forte, você não imagina como Deus será generoso em sua vida! Uma pessoa boa terá um futuro brilhante!
Fran
Já passei por tudo isso hoje sou adulta e forte e lê digo vc não tem que provar nada a ninguém somente a respeite estude conquiste sua vida e lembre-se na sua vida vc vai encontrar muitas pessoas como sua mãe seja na escola trabalho etc e muitos desafios
Vc deve erguer a cabeça e amar a si mesma e procurar não ser igual ela se inspirar em pessoas que conquistaram tudo na vida e que tem um bom carácter
A sua avaliação:
Nathalya
eu tenho 14 anos e tenho ansiedade , minha mãe só gostava de mim ( ou fingia) quando ela era casada com meu pai , depois que eu passei a morar com ela e meus avos . minha vida literalmente virou um inferno , eu fazia de tudo para ela "voltar a gostar de mim e nada para ela estava bom , eu era uma das melhores alunas da minha sala e sempre fui uma menina bem prendada. á 4 anos atras ela se reclacionou com um cara e ele conseguiu manipular ela , ela ficava em casa sem trabalhar e eu tomava conta do meu irmao mais novo e da casa , ia para escola e quando eu chegava ela nunca estava em casa (sempre na casa do meus avos e voltava tarde) , ganhei uma responsabilidade de cuidar de uma criança e eu n sabia fazer nada , entao eu aprendi a cozinhar por telefone . ela me julgava (ate hj isso) e me fazia ficar para baixo quando eu completei 12 anos , eu comecei a gostar de mim e ela tentava fazer eu me sentir um lixo (ate hj ) .
bom , eu fui na psicologa esse ano . pois eu tomava muitos remedios , para abaixar minha pressao , pois isso me dava sono e por outros motivos tambem, fui diagnosticada com ansiedade e ela falou que era bobagem para a psicologa e a psicologa falou que pode piorar .
ja tive algumas crises e nunca consigo pedir ajuda e meus "amigos" nunca foram de verdade
Ryu Ahn
Entendi, o'que vc falou é o'que esta acontecendo comigo, tenho 10 anos e vou ser expulso aos 18 anos :(, mas não ligo, também a vida de MANGAKAS são solitárias mermo, kkkkk.....BUUUAAAA! MÃE NÃO ME ODEIEEEE!
Raissa Simas
Oi, Nathalya! Entendo sua dor, caso queira conversar você pode entrar em contato com o HELP, são pessoas voluntárias que já passaram por situações semelhantes e superaram, vou por aqui o contato:
(11) 4200-0034 (zap)
@HELP.FJU (insta)
Fran
Estude conquiste sua vida , ame se vc é inteligente e suficiente para conquistar o que quiser é só acredita em vc molde seu carácter para não fazer com ninguém o que ela fez com vc, lembre se onde vc for talvez vc encontre pessoas como ela. Nunca se diminue para caber no mundo de ninguém
A sua avaliação:
Patricia
Eu estou escrevendo aqui para desabafar mesmo, desde criança minha mãe e eu sempre tivemos diferenças, ela sempre me colocava pra baixo, me comparava com minhas primas, sempre me fazia ficar mal, muitas vezes me desprezava, segui minha vida casei, tive filhos, e aí ela teve um AVC, ficou acamada, meu pai que cuidava dela, faleceu Ah 6 anos cuido dela, mas ela que antes culpava meu pai, agora me culpa, faço o melhor que posso, sempre para deixá-la confortável, mas nunca é o bastante, ela continua me desprezando, eu não estou aguentando mais, ela é uma pessoa muito ruim, narcisista e egoísta, não sei o que fazer
Raissa Simas
Oi, Patricia! Entendo sua dor, caso queira conversar você pode entrar em contato com o HELP, são pessoas voluntárias que já passaram por situações semelhantes e superaram, vou por aqui o contato:
(11) 4200-0034 (zap)
@HELP.FJU (insta)
A sua avaliação:
Jenniffer
Ítalo provavelmente vc ñ vai ver nas vou escrever mesmo assim eu tenho uma vó bem ruim e morei com ela por um ano foi a pior coisa tbm minha mãe fala que vai arrumar mala pra me levar pra casa da minha vó tbm tenho um irmão mas novo tbm ele é ultra Novo três anos até parece bobagem mas ela tbm mima ele tudo que eu faço tbm vira motivo de briga
A sua avaliação:
Italo
Boa tarde, sou o Italo, tenho 16 anos e a minha mãe se encaixa em praticamente todos os requisitos pra ser uma mãe tóxica, por algum motivo ela é bem frustrada e gosta de descontar tudo em mim.

Ela já não me tratava bem na infância, agora na adolescência ficou tudo mais nítido. Sempre me culpa por não viver do jeito que queria e só sabe me colocar pra baixo, mas ela só trata a mim dessa forma, com o meu irmão que é dois anos mais novo é tudo diferente, ela mima e trata ele como se fosse um bebê.

O que mais me entristece nisso tudo é saber que ela falhou em ser mãe apenas comigo, sempre me compara com o meu pai (por ter puxado as características físicas dele), e eu odeio ser comparado com ele, já que é um cara irresponsável, tóxico e gosta de viver a vida como se tivesse 20 anos.

Agora tudo que eu faço é motivo de briga, a maneira como escovo os dentes, os ruídos que faço quando como, tudo irrita ela, e como não sou de abaixar a cabeça acabo levando a discussão pra onde não deveria, ela fica com ainda mais raiva e me ameaça dizendo que vai me mandar morar com o meu pai.

Já morei com ele por 1 ano e foi uma das piores coisas que aconteceu na minha vida, ele não sabe ficar um dia sem se embebedar, sempre discute com a atual mulher, e o o ambiente é terrível, acho que fiquei traumatizado por ter morado com ele, consegue ser pior que a minha mãe.

Graças a isso tudo vou me tornar um adulto com sérios problemas emocionais (o que já acontece agora, nem conseguir uma namorada eu sou capaz), não tenho em quem me espelhar ou me apoiar nos momentos tristes, me sinto horrível por dentro e por fora e a única vontade que tenho é de retirar os varais, fazer uma corda e dar um fim nessa vida horrível que ganhei.

Desculpe pelo incômodo, não me sinto seguro pra desabafar com os meus amigos e muito menos com a minha mãe, provavelmente vão ignorar o meu comentário, mas eu não me importo, muito obrigado.
Nathalya
Entrei em choque com isso tudo
Lisa
Ítalo, espero de coração que estejas bem !!!

Tenho 38 anos, aos 15 fui posta fora de casa, vivi um verdadeiro inferno com a minha progenitora.
Meu pai morreu quando eu tinha 1 ano, e ela me comparava com ele sempre, porque temos características semelhantes, porém nem o conheci e ela tratava-me como se a culpa dele ter tratado ela mal, fosse minha.

Como disse aos 15 tive de sair de casa, porque tive uma briga normal com meu irmão mais velho e ele disse: se ela não sair de casa, saio eu.
Era um domingo 11 da noite e ela deu-me um saco com roupas, vim para Portugal com 16 anos.
Hoje tenho dois filhos( uma fará 18 na próxima quinta feira ) e o outro tem 14.
Meu marido trata-me como rainha.
E sim fiquei com traumas das pancadas que levei, dos nome que me xingou.
Estou com fibromialgia, em dezembro ela começou a me cercar com msgs e eu deixei, ela chegou a dizer que me amava, nunca tinha feito. Eu acreditei porque tinha vontade que fosse verdade, mas descobri que ela estava a tentar mais uma vez me extorquir.
E quando sentiu que foi descoberta, a máscara caiu e me xingou horrores chegando ao ponto de me enviar msg com esta frase “APROVEITA A DEPRESSÃO E SE MATA KKKK” repare no requinte de maldade do “kkk” no final.

Hoje estou mal me sentindo um lixo, então vim a net procurar coisas sobre maes que odeiam filhos e caí aqui. Não sou como ela, não sou má pessoa.

Não tens de ser também acredita. Deus te proteja.
Um abraço de Portugal.
Vou rezar por ti, tens idade de meus filhos quase e doí-me ver alguém sofrer como eu.
Raissa Simas
Oi, Italo! Entendo sua dor, caso queira conversar você pode entrar em contato com o HELP, são pessoas voluntárias que já passaram por situações semelhantes e superaram, vou por aqui o contato:
(11) 4200-0034 (zap)
@HELP.FJU (insta)
A sua avaliação:
gislene c pierini
Minha mãe me expulsa de casa quase todos os finais de semana, trabalho, estudo mas nada ta bom pra ela , na ultima discussão me expulsou de casa novamente, eu disse que não iria embora pq a casa tmbm é minha , mas ela respondeu que não tenho nada aq e mandou pegar as minhas coisas e ir embora.
Raissa Simas
Oi, Gislene! Entendo sua dor, caso queira conversar você pode entrar em contato com o HELP, são pessoas voluntárias que já passaram por situações semelhantes e superaram, vou por aqui o contato:
(11) 4200-0034 (zap)
@HELP.FJU (insta)
Fran
Já passei por isso, estude vc é inteligente e o suficiente para conquistar o que quiser, não só sua mãe mal todo lugar que vc for talvez encontre uma ou outra pessoa que vai te inferiorizar ou querer te prejudicar filtre e tire tudo de dentro de vc ame se.
Lembre-se independente do que os outros digam vc pode tudo que quiser e se ela não te aceita não é vc que perde por dar amor perde é quem não o recebe.

Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?
1 de 3
Minha mãe não gosta de mim: o que eu faço?

Voltar ao topo da página